A República Brasileira

367 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
367
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A República Brasileira

  1. 1. A República Brasileira (1889 – Dias Atuais) Monarquia República -Poder concentrado nas mãos do monarca (rei). -Autoridade máxima: rei. -Cargo vitalício. -Forma de chegada ao poder: hereditariedade. -Poder dividido em: Executivo, Legislativo, Judiciário. -Autoridade máxima: presidente. -Cargo temporário (geralmente 4 anos). -Forma de chegada ao poder: através do voto popular. História - 9º ANO
  2. 2. Divisão da República Brasileira 1889: Proclamação da República 1930 1945 1964 1985 Dias Atuais 1ª República (República Velha) Era Vargas Período Democrático Ditadura Militar Nova República
  3. 3. 1ª República (1889-1930) ou República Velha  Proclamação da República (1889): ◦ D. Pedro II velho, doente, decadente e sem apoio político é deposto do trono pelos militares brasileiros. ◦ Um novo governo é formado pelos militares, sob a liderança do Marechal Deodoro da Fonseca. ◦ “O povo assistiu tudo bestializado” (jornalista Aristides Lobo sobre a Proclamação da República.
  4. 4. A República da Espada (Marechais) (1889-1894)  Fase de organização e consolidação da República brasileira, em que o país foi governado por dois militares (Deodoro da Fonseca e Floriano Peixoto).  Criação de novos símbolos para a nação: bandeira, hino nacional e heróis (Tiradentes).  Insatisfação dos membros da marinha contra o autoritarismo dos presidentes (Revolta da Armada).
  5. 5. A CONSTITUIÇÃO DE 1891  Adoção de um regime presidencialista representativo;  Tripartição de Poderes: Legislativo, Executivo e Judiciário;  O Brasil passou a se chamar Estados Unidos do Brasil (influência da Constituição dos Estados Unidos da América);  Implantação do Federalismo: os estados ganhavam autonomia para elaborar as suas próprias leis, eleger seus governantes e organizar suas próprias forças militares;  Voto direto e aberto para presidente e membros do Poder Legislativo;  Sufrágio universal masculino para maiores de 21 anos, com exceção dos analfabetos.  Criação de um Estado Laico: A Igreja Católica foi desmembrada do Estado Brasileiro, deixando de ser
  6. 6. A República Oligárquica (Café-com-Leite) – 1894-1930  Segundo período da 1ª República, em que o governo foi exercido pelas oligarquias rurais (cafeicultores e pecuaristas) de São Paulo e Minas Gerais.  Os candidatos a presidência de São Paulo e Minas Gerais tinham acordos de alternância no poder.
  7. 7. A República Oligárquica (Café-com-Leite) – 1894-1930 COMO AS OLIGARQUIAS DE SÃO PAULO E MINAS GERAIS CONSEGUIAM SEMPRE ELEGER OS CANDIDATOS QUE APOIAVAM?
  8. 8. Política dos Governadores CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA GOVERNADORES DOS ESTADOS VOTOS INVESTIMENTOS E APOIO
  9. 9. CORONELISMO E VOTO DE CABRESTO CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA CORONÉIS ELEITORES VOTOS APOIO POLÌTICO AGRADOS E CASTIGOS FRAUDES ELEITORAIS
  10. 10. O Voto de Cabresto
  11. 11. A economia da 1ª República  Agroexportação: base da economia, com principal destaque para o café.  Encilhamento(1890): política econômica que tinha como objetivo incentivar o desenvolvimento industrial, através da emissão de moeda para empréstimos. O projeto fracassou gerando inflação e desvalorização da moeda.  Substituição de Importações: durante a 1ª G. M., frente a impossibilidade de importar produtos europeus, o Brasil desenvolveu algumas indústrias de produtos básicos.

×