Vida da igreja (1Ts 5:12-28)Lição 10                                                                                      ...
Segunda: Ministério de apoio (1Ts 5:14, 15)   2. Que advertência Paulo deu aos líderes sobre a maneira de tratar os membro...
Ministério da consolação"O Pai das misericórdias e o Deus de toda consolação, ... nos consola em toda a nossa tribulação, ...
"O Senhor é a minha luz e a minha salvação; A quem temerei? O Senhor é a força da minha vida; De quem me recearei?Sal. 27:...
“Em tudo” significa “no ser completo”; que é composto pelo Corpo, Alma e Espírito, o conselho inspirado é paraconsagrarmos...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Vida da igreja (1Ts 5:12-28)_Resumo_Lição_1032012_da Escola Sabatina

477 visualizações

Publicada em

https://www.facebook.com/gerson.g.ramos

https://twitter.com/@ramosgerson7

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
477
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vida da igreja (1Ts 5:12-28)_Resumo_Lição_1032012_da Escola Sabatina

  1. 1. Vida da igreja (1Ts 5:12-28)Lição 10 1º a 8 de setembro VERSO PARA MEMORIZAR: “Não desprezeis as profecias; julgai todas as coisas, retende o que é bom” (1Ts 5:20, 21).Irmãos, precisamos inserir a pá profundamente na mina da verdade. Podeis debater as questões convoscomesmos e uns com os outros, se tão-somente o fizerdes no devido espírito; com demasiada frequência, porém, o próprioeu é grande, e logo que começa a pesquisa, é manifestado um espírito não cristão. Isto é precisamente aquilo em queSatanás se deleita, mas deveríamos chegar-nos com um coração humilde para conhecer por nós mesmos oque é a verdade.Aproxima-se o tempo em que seremos separados e espalhados, e cada um de nós terá de permanecer empé sem o privilégio da comunhão com os da mesma fé preciosa; e como podereis ficar em pé, a menos queDeus esteja ao vosso lado e saibais que Ele vos está dirigindo e guiando? Sempre que somos levados ainvestigar a verdade bíblica, o Mestre das assembleias está conosco. O Senhor não permite que o navio sejagovernado um só momento por pilotos ignorantes. Podemos receber nossas ordens do Capitão de nossa salvação. Reviewand Herald, 25 de março de 1890. Objetivo: Crescer no relacionamento com cristo, e de uns com os outros. “Nisto todos conhecerão que sois meusdiscípulos, se vos amardes uns aos outros”. Jo. 13:35, os Lideres em reconhecer a necessidade da igreja (tanto comocomunidade, como indivíduos) e trabalhar fiel e incansavelmente em planejamentos que busquem aprimoramentoconstante, e solução eficiente para as dificuldades, e os membros devem reconhecer este trabalho e seguir suasorientações no Senhor ou seja de acordo com o princípio revelado nas escrituras. “e que os tenhais em grande estima eamor, por causa da sua obras. Tende paz entre vós”. I Tess. 5:13. Domingo: Resposta ao ministério (1Ts 5:12, 13) 1. Leia 1 Tessalonicenses 5:12, 13. Qual é a lição básica de Paulo e como devemos aplicá-la à nossa vida? De que formapodemos apoiar, amar e trabalhar melhor com os “que [nos] presidem no Senhor”?- A lição básica e que devemos reconhecer nossos líderes, aceitar seus conselhos e orientações que procedem do Senhore viver em espírito de gratidão e pronta cooperação."E rogamo-vos irmãos", continua Paulo em sua carta aos tessalonicenses, "que reconheçais os que trabalham entre vóse que presidem sobre vós no Senhor, e vos admoestam; e que os tenhais em grande estima e amor, por causa dasua obra. Tende paz entre vós." I Tess. 5:12 e 13.Os crentes de Tessalônica foram muito incomodados por homens que chegaram ao seu meio com opiniões e doutrinasfanáticas. Alguns andavam "desordenadamente, não trabalhando, ... fazendo coisas vãs".II Tess. 3:11. A igreja havia sidodevidamente organizada, e seus oficiais tinham sido designados, a fim de agirem como pastores e diáconos . Porque havia alguns rebeldes e impetuosos, que recusavam sujeitar-se aos que exerciam os cargos de autoridade na igreja.Não somente se arrogavam o direito de exercer o juízo pessoal mas o de impor publicamente suas opiniões à igreja. Emvista disto, Paulo chamou a atenção dos tessalonicenses para o respeito e a consideração devidos aos que haviamsido escolhidos para ocupar os cargos de autoridade na igreja.Em sua ansiedade para que os crentes de Tessalônica andassem no temor de Deus, o apóstolo suplicava-lhes querevelassem na vida diária a piedade prática. "Finalmente, irmãos, escreveu, vos rogamos e exortamos no Senhor Jesus,que, assim como recebestes de nós, de que maneira convém andar e agradar a Deus, assim andai, para que abundeiscada vez mais. Porque vós bem sabeis que mandamentos vos temos dado pelo Senhor Jesus. Porque esta é a vontade deDeus, a vossa santificação: que vos abstenhais da prostituição." I Tess. 4:3. "Porque não nos chamou Deus para aimundícia, mas para a santificação." I Tess. 4:7. Atos dos apóstolos, pp. 261-262. Os obreiros que trabalham para Deus deve ser respeitados, honrados e amados. "E nós vos rogamos,irmãos, que reconheçais os que trabalham entre vós e que presidem sobre vós no Senhor, e vos admoestam, e que ostenhais em muita estima e amor por causa de sua obra." Não devemos criticar e questionar cada movimento quenão corresponde a nossas idéias e práticas. Os ministros de Deus são chamados a fazer uma grande obra, que tipode pessoa é qualificada para o trabalho? Podemos escolher alguém que é perfeito, e que nunca está errado? "Portanto,irmãos, quando fui ter com vocês por causa do testemunho de Deus, não fui com excelência de palavras ou desabedoria." Aqueles a quem Paulo escreveu estas palavras tinham-se a si mesmos em alta estima, e nãohesitavam em questionar, criticar e encontrar falhas com a mensagem e o mensageiro que Deus haviaenviado para confirmar, fortalecer e encorajar os santos. Review and Herald, 25 de julio, 1893.Oh! como Satanás se regozijaria se alcançasse êxito em seus esforços de penetrar no meio deste povo, e desorganizar aobra num tempo em que a organização integral é essencial, e constitui a maior força para evitar os levantes espúrios, erefutar pretensões não abonadas pela Palavra de Deus! Precisamos manter as linhas uniformemente, para quenão haja quebra do sistema de organização e ordem, que se ergueu por meio de sábio, cuidadoso labor. Nãose deve dar autonomia a elementos desordeiros que desejem controlar a obra neste tempo.Alguns têm apresentado a ideia de que, ao aproximarmo-nos do fim do tempo, cada filho de Deus agiráindependentemente de qualquer organização religiosa. Mas fui instruída pelo Senhor de que nesta obra não háisso de cada qual ser independente. Testemunhos Seletos, vol. 3, págs. 405 e 406. Pedidos, Dúvidas, Críticas, Sugestões: Gerson G. Ramos. e-mail: ramos@advir.com
  2. 2. Segunda: Ministério de apoio (1Ts 5:14, 15) 2. Que advertência Paulo deu aos líderes sobre a maneira de tratar os membros da igreja? Considere os princípios dotexto. Como podemos aplicá-los ao nosso ministério na igreja? Como devemos praticá-los no trabalho, em casa e nolazer? 1Ts 5:14, 15; Mt 5:43-48I Tess. 5:14 Exortamo-vos também, irmãos, a que admoesteis os insubordinados, consoleis os desanimados, ampareis osfracos e sejais longânimos para com todos. 15 Vede que ninguém dê a outrem mal por mal, mas segui sempre o bem, unspara com os outros, e para com todos.Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo. Eu, porém, vos digo: amai os vossos inimigos e oraipelos que vos perseguem; para que vos torneis filhos do vosso Pai celeste, porque ele faz nascer o seu sol sobre maus ebons e vir chuvas sobre justos e injustos. Porque, se amardes os que vos amam, que recompensa tendes? Não fazem ospublicanos também o mesmo? E, se saudardes somente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os gentiostambém o mesmo? Portanto, sede vós perfeitos como perfeito é o vosso Pai celeste. (Mat. 5:43-48)- Os líderes tem como responsabilidade diante de Deus repreender os insubmissos, consolar os que andam desanimados,ser o apoio para os fracos, adquirir do alto capacidade e paciência para ensinar por preceito e exemplo tanto a justiçacomo a misericórdia, tratando a todos com a disposição incondicional e voluntária de servir, mesmo aos injustos. Insubmissos: Alguns desses ensinavam erroneamente que que a vinda de Cristo poderia ter lugar a qualquermomento, e os membros deviam abandonar suas responsabilidades, deixando de trabalhar, e que não deveriam fazerplanos para o futuro e ficar só esperando a vinda do Senhor. Mas sua conduta só lhes materializou o pecado, s uas obrasrevelavam o espirito que possuíam, homens com opiniões e doutrinas intolerantes, desordeiros, rebeldes as autoridades,prepotentes ao fazer juízo e divulgarem seus pensamentos distorcidos, vivendo em ociosidade e praticando coisas vãs.Os crentes de Tessalônica foram muito incomodados por homens que chegaram ao seu meio com opiniões e doutrinasfanáticas. Alguns andavam "desordenadamente, não trabalhando, ... fazendo coisas vãs". II Tess. 3:11. … algunsrebeldes e impetuosos, que recusavam sujeitar-se aos que exerciam os cargos de autoridade na igreja. Não somente searrogavam o direito de exercer o juízo pessoal mas o de impor publicamente suas opiniões à igreja. Atos dos apóstolos, p. 261. Fracos: São os que tem dificuldade de resistir o mal, devido a falta de domínio próprio, e caem com facilidade emtentação.Muitos são fracos em poder moral. Carecem de domínio próprio, e são facilmente presa da tentação. Ciênciado Bom Viver, p. 133.Os professos seguidores de Cristo são fracos na faculdade moral e sentem-se fascinados com a seduçãoque Satanás lhes apresenta, e assim ele ganha a vitória. Review and Herald, 13 de outubro de 1874.Mediante vigilância e oração, ele pode guardar por tal forma seus pontos mais fracos, que eles se tornarãoos mais fortes. Mediante a graça de Cristo, os homens podem adquirir estrutura moral, força de vontade, eestabilidade de desígnio. Há poder nessa graça para os habilitar a sobrepor-se às sedutoras e empolgantestentações de Satanás, e a tornarem-se cristãos leais e devotados. Obreiros Evangélicos, p. 126.Seu amor está fluindo continuamente para fazer com que os fracos sejam fortes, os covardes, firmes, epara dar coragem moral aos hesitantes. Deus opera por meio de Cristo, e o homem pode ir ter com o Pai em nomedo Filho. Nossa ciência e nosso cântico é: "Ouvi o que o Senhor tem feito por minha alma." Signs of the Times, 5 demarço de 1896.Ninguém será colocado fora do alcance da tentação; pois em todos os indivíduos há pontos fracos que estãoem perigo quando assediados. ... Todos devem sentir a necessidade de manter a natureza moral estimuladapor constante vigilância. Quais fiéis sentinelas, devem eles guardar a cidadela da alma, sem jamais achar que podemrelaxar sua vigilância por um momento sequer. Na oração fervente e fé viva está a sua única salvaguarda.Os que começam a descuidar-se de seus passos, notarão que antes de terem disto conhecimento, seus pés sãoenredados em uma trama da qual lhes é impossível livrar-se. Devem todos possuir como princípio fixo ser verdadeiros ehonestos. Sejam ricos ou pobres; tenham amigos ou sejam abandonados; venha o que vier, devem eles resolver nopoder de Deus que nenhuma influência os levará a cometer o menor ato errado . Special Testimonies toPhysicians and Helpers, págs. 59-65. Desanimados: São os que possuem pouca esperança.Ao passar Ele pelas cidades e aldeias, era como uma corrente vital, difundindo vida e alegria por onde quer que fosse.Os seguidores de Cristo devem trabalhar como Ele o fez. Cumpre-nos alimentar os famintos, vestir os nus e confortar osdoentes e aflitos. Devemos ajudar aos que estão em desespero, e inspirar esperança aos desanimados. ODesejado de Todas as Nações, pág. 350.Podem os aflitos cobrar ânimo, os desanimados ter esperança, pois, têm em Jesus um amigo compassivo.Todas as nossas perturbações e tristezas podemos desabafar aos Seus ouvidos compassivos. The SanitariumPatients at Goguac Lake; the Address of Mrs. White, pág. 26. Pedidos, Dúvidas, Críticas, Sugestões: Gerson G. Ramos. e-mail: ramos@advir.com
  3. 3. Ministério da consolação"O Pai das misericórdias e o Deus de toda consolação, ... nos consola em toda a nossa tribulação, para quetambém possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, com a consolação com que nósmesmos somos consolados de Deus." II Cor. 1:3 e 4. Maior Discurso de Cristo, p. 13.Os que sofreram as maiores tristezas são frequentemente os que proporcionam o maior conforto aosoutros, levando a luz do Sol aonde quer que vão. Esses foram disciplinados e abrandados por suas aflições;não perderam a confiança em Deus quando as perturbações os assaltavam, mas apegaram-se mais a Seuamor protetor. Esses são prova viva do terno cuidado de Deus, que faz as trevas assim como a luz, e nos corrige paranosso bem. Cristo é a luz do mundo; nEle não há trevas. Preciosa luz! Vivamos nessa luz! Dizei adeus à tristeza e aodescontentamento. Alegrai-vos no Senhor sempre; outra vez o digo: Regozijai-vos. The Sanitarium Patients at GoguacLake; the Address of Mrs. White, pág. 26. Terça: Atitudes cristãs positivas (1Ts 5:16-18) 3. Que três coisas Paulo considerava ser a vontade de Deus para cada crente? Por que cada uma delas é tãoimportante? 1Ts 5:16-18; Gl 5:22; Fp 4:4I Tess. 5:16 17 18 Regozijai-vos sempre. Orai sem cessar. Em tudo dai graças; porque esta é a vontade de Deus emCristo Jesus para convosco.(1) A grande alegria de sermos aceitos por Deus (Rom. 4:25), e ser participantes de Sua natureza (II Ped. 1:4), (2) o falarcom Ele através da oração, (3) e o reconhecimento por nos guiar em cada passo, confirmam a ação do Espírito Santo emnossa vida, está é a vontade de Deus.(1) RegozijoA vida cristã deve ser de fé, vitória e alegria em Deus. "Todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é avitória que vence o mundo, a nossa fé." I João 5:4. Com acerto disse Neemias, servo de Deus: "A alegria do Senhor é avossa força." Nee. 8:10. E Paulo diz: "Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos." Filip. 4:4. "Regozijai-vos sempre. Orai sem cessar. Em tudo dai graças; porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco." ITess. 5:16-18. São estes os frutos da conversão e santificação bíblica. O Grande Conflito, pp. 477-478.(2) OraçãoPor que será que não recebemos mais dAquele que é a Fonte de luz e poder? É que esperamos muito pouco. Porventuraperdeu Deus o amor ao homem? Não continua esse amor a fluir sempre rumo à Terra? …Não avaliamos quanto deveríamos, o poder e a eficácia da oração. "Da mesma maneira também o Espírito ajuda asnossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nóscom gemidos inexprimíveis." Rom. 8:26. Deus deseja que vamos a Ele, em oração, para que nos ilumine amente. Ele tão-somente, pode abrandar e subjugar o coração. Pode vivificar o entendimento, a fim de quedistinga do erro a verdade. Pode firmar o espírito hesitante, e dar-lhe um conhecimento e fé que resista àprova. Orai, pois; orai sem cessar. O Senhor, que ouviu a oração de Daniel, ouvirá a vossa, se dEle vos aproximardescomo fez Daniel.Vivamos em íntima comunhão com Deus. A alegria do cristão provém da intuição do amor e cuidado de Deus para comSeus filhos, e da certeza de que Ele não os deixará a sós, em sua fraqueza. Review and Herald, 24 de março de 1904.Precisamos saber como orar. Não são as orações fracas, sem ânimo, que alcançam os atributos divinos. A oração éouvida por Deus quando procede de um coração quebrantado por uma sensação de indignidade. A oraçãofoi instituída para nosso conforto e salvação, a fim de que, pela fé e esperança, possamos apropriar-nosdas ricas promessas de Deus. A oração é expressão do desejo de uma vida faminta e sedenta de justiça.Carta 121, 1901.A oração é um meio estabelecido pelo Céu para se obter êxito. Apelos, pedidos, solicitações entre os homens,movem as pessoas e atuam em parte para controlar os negócios das nações. Mas a oração mobiliza o Céu.Unicamente o poder que vem em resposta à oração tornará os homens sábios na sabedoria celestial e oscapacitará a trabalhar em união com o Espírito, ligados pelos laços da paz. Oração, fé, confiança em Deus,atraem um poder divino que dão às estimativas humanas o seu valor real - nada. …Aquele que se coloca no lugar onde pode ser iluminado por Deus, avança, por assim dizer, da obscuridade parcial daalvorada para o pleno esplendor do meio-dia. Australian Union Conference Record, 1º de novembro de 1904.(3) Em tudo dai graças… "Por que estás abatida, ó minha alma, E por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, Pois ainda O louvarei.Ele é a salvação da minha face E o meu Deus." Sal. 42:11."Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco." I Tess. 5:18. Esta ordem é umacerteza de que mesmo as coisas que nos parecem ser adversas contribuirão para o nosso bem. Deus nãonos mandaria ser agradecidos por aquilo que nos causasse dano. Pedidos, Dúvidas, Críticas, Sugestões: Gerson G. Ramos. e-mail: ramos@advir.com
  4. 4. "O Senhor é a minha luz e a minha salvação; A quem temerei? O Senhor é a força da minha vida; De quem me recearei?Sal. 27:1."No dia da adversidade me esconderá no Seu pavilhão; No oculto do Seu tabernáculo me esconderá. … Pelo queoferecerei sacrifício de júbilo no Seu tabernáculo; Cantarei, sim, cantarei louvores ao Senhor." Sal. 27:5 e 6."Esperei com paciência no Senhor, E Ele Se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor. Tirou-me de um lago horrível, deum charco de lodo; Pôs os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passos; E pôs um novo cântico na minha boca, umhino ao nosso Deus." Sal. 40:1-3."O Senhor é a minha força e o meu escudo; NEle confiou o meu coração, e fui socorrido; Pelo que o meu coração salta deprazer, E com o meu canto O louvarei." Sal. 28:7. Ciência do Bom Viver, 254-256. Quarta: Conhecendo a “nova luz” (1Ts 5:19-22) 4. “Não apagueis o Espírito. Não desprezeis as profecias; julgai todas as coisas, retende o que é bom; abstende-vos detoda forma de mal” (1Ts 5:19-22). Como essas palavras podem ser aplicadas em nossa experiência? Que “forma de mal”devemos, na nossa realidade, nos esforçar muito para evitar? (1Ts 5:19-22). Como essas palavras podem ser aplicadas ànossa experiência?“Não apagueis o Espírito”, por que é o “ Espírito da verdade, que vos guiará em toda a verdade” Jo. 16:13, se formosobedientes, vivendo separados para ser instrumentos de Deus, “ abstende-vos de toda forma de mal” a promessa é queteremos a presença divina “Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, este é o que me ama; e aquele que meama será amado de meu Pai, e eu o amarei e me manifestarei a ele” I Jo. 14:21, e a revelação das profecias “ Revelaçãode Jesus Cristo, a qual Deus lhe deu para mostrar aos seus servos as coisas que brevemente devem acontecer”.Apoc. 1:1."Não extingais o Espírito. Não desprezeis as profecias. Examinai tudo. Retende o bem." I Tess. 5:19-21.Alguns poderão pensar que esses três versos são completamente desvinculados uns dos outros em sentido; mas elestêm natural conexão na ordem em que estão. A pessoa que apaga o Espírito será levada a desprezar asprofecias, que são legítimo fruto do Espírito. "Derramarei o Meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos evossas filhas profetizarão." Joel 2:28.A expressão: "Julgai todas as coisas", é limitada ao assunto, profecias, e nós devemos provar os espíritospelos processos que Deus nos tem dado em Sua Palavra. Enganos espirituais e falsas profecias são comuns nopresente tempo; e é indubitável que este texto tem especial aplicação aqui. Mas note-se, o apóstolo não diz:Rejeitai todas as coisas; mas, provai todas as coisas, retende o que for bom. Primeiros Escritos, pp. 141-142.Nos tempos antigos, Deus falou aos homens pela boca de Seus profetas e apóstolos. Nestes dias Ele lhesfala por meio dos Testemunhos do Seu Espírito. Não houve ainda um tempo em que mais seriamente falasseao Seu povo a respeito de Sua vontade e da conduta que este deve ter. Evangelismo, págs. 255 e 256.A instrução dada nos primeiros dias da Mensagem deve ser mantida como instrução segura a ser seguida nestes diasfinais. Review and Herald, 18 de julho de 1907.Que os Testemunhos sejam julgados pelos seus frutos. Que espírito revelam seus ensinos? Qual tem sido o resultado desua influência? Todos os que o desejam, podem conhecer de perto os frutos destas visões. … Esta obra é de Deus ou nãoo é. Deus nada faz de parceria com Satanás. Minha obra... ou traz o cunho de Deus ou o cunho do maligno. Não há meio-termo neste caso. Ou os Testemunhos procedem do Espírito de Deus ou do diabo. Testemunhos Seletos, vol. 2, pág. 286.O último engano de Satanás será exatamente anular o testemunho do Espírito de Deus. "Não havendoprofecia, o povo se corrompe." Prov. 29:18. Satanás trabalhará engenhosamente, por diferentes maneiras e porinstrumentos diversos, para perturbar a confiança do povo remanescente de Deus no testemunho verdadeiro. Introduzirávisões falsas para desencaminhar, e misturará o falso com o verdadeiro, e assim desgostará o povo para que consideremtudo quanto traz o nome de visões como uma espécie de fanatismo; as almas sinceras, porém, comparando o falsocom o verdadeiro, serão habilitadas a distinguir entre elas. Mensagens Escolhidas, vol. 2, pág. 78.Quando os Testemunhos, nos quais se acreditava anteriormente, são postos em dúvida e rejeitados, Satanás sabe que aspessoas enganadas não pararão aí; e ele redobra os seus esforços até lançá-las em rebelião aberta, que se torneirremediável e termine em destruição. Eventos Finais, pág. 178.Temos todos nós o dever de nos familiarizarmos mais com as profecias, e de possuir mais integralconhecimento das lições práticas de Cristo. Se somos meramente leitores desinteressados das Escrituras, não nospodemos tornar entendidos nas verdades aí contidas. Conselhos Sobre a Escola Sabatina, p. 53. Quinta: Santidade no tempo do fim (1Ts 5:23-28) 5. O que significa ser santificados “em tudo” e ser “conservados íntegros e irrepreensíveis” na vinda do Senhor? Nãodeveríamos estar nessa condição agora mesmo? 1Ts 5:23, 24I Tess. 5:23 E o próprio Deus de paz vos santifique completamente; e o vosso espírito, e alma e corpo sejam plenamenteconservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. 24 Fiel é o que vos chama, e ele também o fará. Pedidos, Dúvidas, Críticas, Sugestões: Gerson G. Ramos. e-mail: ramos@advir.com
  5. 5. “Em tudo” significa “no ser completo”; que é composto pelo Corpo, Alma e Espírito, o conselho inspirado é paraconsagrarmos toda a nossa vida ao Senhor que nos santifica, conservados-nos irrepreensíveis para a vinda de nossoSenhor Jesus Cristo, se decidirmos assim, Deus é fiel para realizar isso em nossa vida.A santificação exposta nas Sagradas Escrituras tem que ver com o ser todo - as partes espiritual, física emoral. Eis a verdadeira ideia sobre a consagração perfeita. Paulo ora para que a igreja em Tessalônica possadesfrutar esta grande bênção: "E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corposejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo." I Tess. 5:23. …A verdadeira santificação é uma inteira conformidade com a vontade de Deus. Pensamentos e sentimentosde rebelião são vencidos, e a voz de Jesus suscita uma nova vida, que penetra todo o ser. Santificação, pp. 7,9 e 10.A genuína santificação... não é outra coisa senão uma morte diária do eu e uma conformidade diária paracom a vontade de Deus. Life Sketches, pág. 237.- Santificação: (gr. haguiasmós [del verbo haguiázo, "consagrar", "santificar", "separar"; equivalente ao verbo heb.qâdash, "apartar do uso comum, para o uso divino", "santidade", "consagração","dedicação").- Santo: (Heb. sûr, "desviar-se", "apartar-se" "distanciar-se, "retirar-se"; gr. ekklíno, "desviar-se de", "esquivar","evitar"). A palavra aparece em Jó 1:1, 8, 2:3, 2 P. 3:11; etc. E tem o sentido de "abster-se [apartar-se] de"; principalmenteel de "fugir [escapar] assustado de" “com medo de” algo. É o que se decide a servir a Deus e agora com o poderrecebido do alto se aparta do mal, tornarem-se consagrados instrumentos por cujo intermédio possa Ele operar.A verdadeira santificação significa perfeito amor, perfeita obediência, perfeita conformidade com a vontade deDeus. Devemos santificar-nos para Deus mediante a obediência à verdade. Nossa consciência deve ser expurgadadas obras mortas para servir ao Deus vivo. Não somos ainda perfeitos; mas é nosso privilégio desvencilharmo-nos dosobstáculos do eu e do pecado e prosseguir para a perfeição. Grandes possibilidades, altas e santas conquistas sãocolocadas ao alcance de todos. ...O maior louvor que os homens podem apresentar a Deus é tornarem-se consagrados instrumentos por cujointermédio possa Ele operar. Atos dos Apóstolos, pp. 565-566.Tereis de tornar-vos fiéis sentinela sobre os olhos, ouvidos, e vossos sentidos todos, se quereis controlar vossamente e impedir que pensamentos vãos e corruptos vos manchem a alma. O poder da graça, unicamente, poderealizar esta importante obra. Testimonies, vol. 2, pág. 561. Sexta: Estudo adicionalConclusão: Em “Vida da igreja” (1Ts 5:12-28) aprendi que ...É vital crescer no relacionamento com cristo, e de uns com os outros. “Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos,se vos amardes uns aos outros”. Jo. 13:35, os Lideres em reconhecer a necessidade da igreja (tanto como comunidade,como indivíduos) e trabalhar fiel e incansavelmente em planejamentos que busquem aprimoramento constante, esolução eficiente para as dificuldades, e os membros devem reconhecer este trabalho e seguir suas orientações noSenhor ou seja de acordo com o princípio revelado nas escrituras. “e que os tenhais em grande estima e amor, por causada sua obras. Tende paz entre vós”. I Tess. 5:13.No Ministério de apoio, os líderes tem como responsabilidade diante de Deus repreender os insubmissos, consolar osque andam desanimados, ser o apoio para os fracos, adquirir do alto capacidade e paciência para ensinar por preceito eexemplo tanto a justiça como a misericórdia, tratando a todos com a disposição incondicional e voluntária de servir,mesmo aos injustos.As Atitudes cristãs positivas estão relacionadas com a grande alegria de sermos aceitos por Deus (Rom. 4:25), esermos feitos participantes da natureza divina (II Ped. 1:4), com o falar com Deus através da oração, e o reconhecimentopor nos guiar em cada passo, confirmando a ação do Espírito Santo em nossa vida.Em Conhecendo a “nova luz” o conselho é “Não apagueis o Espírito”, por que é o “Espírito da verdade, que vos guiaráem toda a verdade” Jo. 16:13, se formos obedientes, vivendo separados para ser instrumentos de Deus, “ abstende-vos detoda forma de mal” a promessa é que teremos a presença divina “Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda,este é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei e me manifestarei a ele” I Jo. 14:21, ea revelação das profecias “Revelação de Jesus Cristo, a qual Deus lhe deu para mostrar aos seus servos as coisasque brevemente devem acontecer”... Apoc. 1:1. Temos todos nós o dever de nos familiarizarmos mais com asprofecias, e de possuir mais integral conhecimento das lições práticas de Cristo. Se somos meramente leitoresdesinteressados das Escrituras, não nos podemos tornar entendidos nas verdades aí contidas. Conselhos Sobre a EscolaSabatina, p. 53.Santidade no tempo do fim: A verdadeira santificação significa perfeito amor, perfeita obediência, perfeitaconformidade com a vontade de Deus. Devemos santificar-nos para Deus mediante a obediência à verdade. Atosdos Apóstolos, pp. 565-566. Pedidos, Dúvidas, Críticas, Sugestões: Gerson G. Ramos. e-mail: ramos@advir.com

×