Sábado: feito para o homemLição 11                                                                                        ...
Segunda - O rico significado do descanso sabático3. Leia Deuteronômio 5:12-15. Em que aspecto a ênfase do mandamento do sá...
O sábado foi estabelecido por causa do homem ainda na perfeição (Gên. 2:1-3) para o seu benefício, mental (quetambém contr...
A mensagem do evangelho eterno será proclamada com poder celestial, que anuncia a todos os que “se assentam sobrea terra, ...
Domingo - A criação e o sábado: Com a instituição do sétimo dia a criação foi cumprida, nesse dia Deus descansou,abençoou ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sábado: feito para o homem_Resumo_Lição_1112013

275 visualizações

Publicada em

O Objetivo do resumo da lição não é substituí-la, pelo contrário e dar mais amplitude ao estudo do tema.

A ideia e colocar os textos bíblicos diretos que respondam as questões da lição, somados aos escritos de Ellen White que dão luz sobre o assunto, eu procuro comentar o minimo possível, só detalhes referentes as questões e algumas definições todas neste tom de azul, pois se os textos forem realmente claros, que é intenção, não há necessidade de ficar comentando, e a aplicação, como e mais extensa, procuro fazer na nossa classe.

“Sempre darei a fonte, para que o conteúdo não seja anônimo, e todos tenham a oportunidade de achar, pesquisar e questionar”.

“Esse é o objetivo, que as pessoas estudem, debatam o assunto e entendam o que o Senhor tem revelado a nós como Seu povo escolhido”.

Que... Deus tenha misericórdia de nós e nos abençoe; e faça resplandecer o seu rosto sobre nós. Para que se conheça na terra o teu caminho, e em todas as nações a tua salvação. Sal. 67:1-2.

Bom Estudo!

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
275
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sábado: feito para o homem_Resumo_Lição_1112013

  1. 1. Sábado: feito para o homemLição 11 9 a 16 de março VERSO PARA MEMORIZAR: “O Filho do Homem até do sábado é Senhor” (Mt 12:8, RC).Objetivo: Definir quem é o criador do sábado, destacar que sua instituição foi estabelecida na criação, antes do pecado,e entender os benefícios que repousam sobre ele."Assim o Filho do homem até do sábado é Senhor." Estas palavras acham-se repletas de instrução e conforto. Porhaver o sábado sido feito para o homem, é o dia do Senhor. Pertence a Cristo. Pois "todas as coisas foram feitas porEle, e sem Ele nada do que foi feito se fez". João 1:3. Uma vez que Ele fez todas as coisas, fez também o sábado. Estefoi por Ele posto à parte como lembrança da criação. O Desejado de Todas as Nações, 287.O quarto mandamento afirma: "O sétimo dia é o sábado do Senhor, teu Deus." Êxo. 20:10. E através do profeta Isaías oSenhor chama o sétimo dia de: "Meu santo dia." Isa. 58:13. Portanto Jesus ao dizer que “O Filho do Homem até dosábado é Senhor” Mt 12:8. (Mar. 2:28; Luc. 6:5). Ou Seja, que é dono do sábado, de fato está se revelando como sendoDeus “é o sábado do Senhor, teu Deus" e Criador (Jo. 1:1-3; Cl 1:16-17; Hb 1:1-3; 1 Jo. 1:1-3). “Porque em seis dias fezo SENHOR os céus e a terra, o mar e tudo que neles há e ao sétimo dia descansou; portanto, abençoou o SENHOR o diado sábado e o santificou. Êxo. 20:11. (Gn 2:2; Ex 31:17; Hb 4:4).Domingo - A criação e o sábado1. Leia Gênesis 2:1-3. Como o sábado está relacionado com a criação? Como esses versos ajudam a reforçar a ideia de queDeus, de fato, criou nosso mundo em seis dias, ao contrário das longas eras sugeridas pela evolução teísta?E, havendo Deus acabado no dia sétimo a sua obra, que tinha feito, descansou no sétimo dia de toda a sua obra, quetinha feito (Ex 20:11; Ex 31:17; Dt 5:14; Hb 4:4; Dt 5:12). E abençoou Deus o dia sétimo e o santificou; porque neledescansou de toda a sua obra, que Deus criara e fizera. Gên. 2:1-3.Com a instituição do sétimo dia a criação foi cumprida, nesse dia Deus descansou, abençoou e santificou, fechando ociclo semanal, este foi o dia de comunhão entre à humanidade e o seu Criador, tornando-se assim um memorial dacriação. Gên. 2:1-3.Deus olhou com satisfação para a obra de Suas mãos. Tudo era perfeito, digno de seu Autor divino; e Ele descansou, nãocomo alguém que estivesse cansado, mas satisfeito com os frutos de Sua sabedoria e bondade, e com asmanifestações de Sua glória.Depois de repousar no sétimo dia, Deus o santificou, ou o colocou à parte, como dia de repouso para o homem.Seguindo o exemplo do Criador, deveria o homem repousar neste santo dia, a fim de que, ao olhar para océu e para a Terra, pudesse refletir na grande obra da criação de Deus; e para que, contemplando as provasda sabedoria e bondade de Deus, pudesse seu coração encher-se de amor e reverência para com o Criador.No Éden, Deus estabeleceu o memorial de Sua obra da criação, depondo a Sua bênção sobre o sétimo dia. Osábado foi confiado a Adão, pai e representante de toda a família humana. Sua observância deveria ser um ato de gratoreconhecimento, por parte de todos os que morassem sobre a Terra, de que Deus era seu Criador e legítimo Soberano; deque eles eram a obra de Suas mãos, e súditos de Sua autoridade. Assim, a instituição era inteiramente comemorativa, efoi dada a toda a humanidade. Nada havia nela prefigurativo, ou de aplicação restrita a qualquer povo. […]Era o desígnio de Deus que o sábado encaminhasse a mente dos homens à contemplação de Suas obrascriadas. A natureza fala aos sentidos, declarando que há um Deus vivo, Criador e supremo Governador de tudo. “Oscéus manifestam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das Suas mãos. Um dia faz declaração a outro dia, euma noite mostra sabedoria a outra noite”. Salmos 19:1-2. A beleza que reveste a Terra é um sinal do amor de Deus.Podemos vê-Lo nas colinas eternas, nas árvores altaneiras, no botão que se entreabre, e nas delicadas flores. Tudo nosfala de Deus. O sábado, apontando sempre para Aquele que tudo fez, ordena aos homens abrirem o grandelivro da natureza, e rastrear ali a sabedoria, o poder e o amor do Criador. Jesus, Meu Modelo, p. 130.2. Leia Hebreus 4:3, 4. A qual evento o autor de Hebreus aponta em sua explanação sobre o descanso? Por que isso éimportante?“Nós, porém, que cremos, entramos no descanso, conforme Deus tem dito: Assim, jurei na minha ira: Não entrarão no meudescanso. Embora, certamente, as obras estivessem concluídas desde a fundação do mundo. Porque, em certo lugar, assimdisse, no tocante ao sétimo dia: E descansou Deus, no sétimo dia, de todas as obras que fizera.” (Heb. 4:3-4)O autor de Hebreus aponta em sua explanação sobre o descanso, apresentando o relato da criação em Gênesis em seisdias, e o próprio Criador como exemplo relativo ao descanso do sétimo; “Porque, em certo lugar, assim disse, no tocanteao sétimo dia: (Gn 2:2; Ex 20:11; Ex 31:17) E descansou Deus, no sétimo dia, de todas as obras que fizera.” Heb. 4:3-4.Deus “não removeu a possibilidade da dúvida. A fé deve repousar sobre a evidência e não sobre a demonstração. Os quedesejam duvidar terão oportunidade para isso. Aqueles, porém, que desejarem conhecer a verdade, encontrarão terrenoamplo para a fé”. Educação, p. 169. ramos@advir.com
  2. 2. Segunda - O rico significado do descanso sabático3. Leia Deuteronômio 5:12-15. Em que aspecto a ênfase do mandamento do sábado aqui difere da ênfase de Êxodo 20:8-11?Êxodo 20:8-11 visa o sábado como memorial da criação; “Lembra-te do dia do sábado, para o santificar. Seis diastrabalharás e farás toda a tua obra, mas o sétimo dia é o sábado do SENHOR, teu Deus; não farás nenhuma obra, nemtu, nem o teu filho, nem a tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o teu estrangeiro que estádentro das tuas portas. Porque em seis dias fez o SENHOR os céus e a terra, o mar e tudo que neles há e aosétimo dia descansou; portanto, abençoou o SENHOR o dia do sábado e o santificou”. O sábado é umalembrança da obra da criação, é um dia santo e portanto deve ser “separado” e vivido (um deleite) conforme Deusestabeleceu, para estarmos em sua companhia ininterrupta sem pensar em preocupações e trabalhos seculares (Isa.58:13-14), o sábado é um testemunho do amor e do poder de Deus. fazendo assim reconhecemos e honramos ao Senhorcomo o criador, e confirmaremos nossa relação de amor, obediência e dependência Dele. Estes são os principais motivospara a observância do sábado nestes versos.Deuteronômio 5:12-15 destaca o sábado como memorial da redenção; “Guarda o dia de sábado, para o santificar,como te ordenou o SENHOR, teu Deus. Seis dias trabalharás e farás toda a tua obra. Mas o sétimo dia é o sábado doSENHOR, teu Deus; não farás nenhuma obra nele, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tuaserva, nem o teu boi, nem o teu jumento, nem animal algum teu, nem o estrangeiro que está dentro de tuas portas; paraque o teu servo e a tua serva descansem como tu; porque te lembrarás que foste servo na terra do Egito eque o SENHOR, teu Deus, te tirou dali com mão forte e braço estendido; pelo que o SENHOR, teu Deus, teordenou que guardasses o dia de sábado”. O princípio e exemplificado pela libertação da escravidão egípcia ao povode Israel, e com isso aprendemos à gratidão e a honra que devemos ter para com o nosso grande e amoroso libertador, eà misericórdia que devemos ter para com nosso semelhante já que fomos também escravos e sabemos quão duro é, masagora libertos do mundo (Egito) e da escravidão (pecado) e somos o Israel espiritual (Igreja de Deus) vivendo agora emalegria e paz (Rom. 14:17). Estes são os principais motivos para a observância do sábado nestes versos.O sábado, especialmente, foi dado para benefício do homem e para honra de Deus. História da Redenção, 141.E o Senhor diz: "Se desviares o teu pé de profanar o sábado, e de cuidar dos teus próprios interesses no Meu santo dia, ese chamares ao sábado deleitoso, e santo dia do Senhor, digno de honra, ... então te deleitarás no Senhor." Isa. 58:13 e14. A todos quantos recebem o sábado como sinal do poder criador e redentor de Cristo, ele será umdeleite. Vendo nele Cristo, nEle se deleitam. O sábado lhes aponta as obras da criação, como testemunho de Seugrande poder em redimir. Ao passo que evoca a perdida paz edênica, fala da paz restaurada por meio doSalvador. E tudo na natureza Lhe repete o convite: "Vinde a Mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e Eu vosaliviarei." Mat. 11:28. O Desejado de Todas as Nações, 289.4. Leia Ezequiel 20:12 e Êxodo 31:13. Que outra razão temos para observar o sábado?Deus estabeleceu o sétimo dia (que é sábado) como marca, selo ou sinal de santificação entre Ele e seu povo.“Também lhes dei os meus sábados, para servirem de sinal entre mim e eles, para que soubessem que eusou o SENHOR que os santifica.” Ezequiel 20:12. “Eu sou o SENHOR, vosso Deus; andai nos meus estatutos, e guardaios meus juízos, e executai-os. E santificai os meus sábados, e servirão de sinal entre mim e vós , para quesaibais que eu sou o SENHOR, vosso Deus”. Ezequiel 20:19-20. “Tu, pois, falarás aos filhos de Israel e lhes dirás:Certamente, guardareis os meus sábados; pois é sinal entre mim e vós nas vossas gerações; para quesaibais que eu sou o SENHOR, que vos santifica.” Êxodo 31:13. Só o Deus que nós criou tem poder para nósrestaurar (santificação). “E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que sefizeram novas.” 2 Coríntios 5:17. Por isso devemos orar como Davi “Cria em mim, ó Deus, um coração puro e renovadentro de mim um espírito inabalável.” Salmos 51:10.Seria um sinal de sua separação da idolatria, e ligação com o verdadeiro Deus. Mas a fim de santificar osábado, os homens precisam ser eles próprios santos. Devem, pela fé, tornar-se participantes da justiça deCristo. Quando foi dado a Israel o mandamento: "Lembra-te do dia do sábado, para o santificar" (Êxo. 20:8), o Senhorlhes disse também: "E ser-Me-eis homens santos." Êxo. 22:31. Só assim poderia o sábado distinguir Israel como osadoradores de Deus. O Desejado de Todas as Nações, 193.Temos a mais alta razão para prezar Seu verdadeiro sábado e colocar-nos em sua defesa, pois ele é o sinal quedistingue o povo de Deus do mundo. O mandamento que o mundo anula é aquele a que, por essa mesma razão, opovo de Deus dará maior honra. Mensagens Escolhidas, vol. 2, p. 369."Também lhes dei os Meus sábados, para que servissem de sinal entre Mim e eles, para que soubessem que Eu sou oSenhor que os santifica" (Ezeq. 20:12) - os torna santos. Portanto, o sábado é um sinal do poder de Cristo paranos fazer santos. E é dado a todos quantos Cristo santifica. Como sinal de Seu poder santificador, o sábadoé dado a todos quantos, por meio de Cristo, se tornam parte do Israel de Deus. O Desejado de Todas as Nações,287.Terça - Jesus e o sábado5. Leia Marcos 2:27, 28. Que verdade fundamental sobre o sábado Jesus revelou? Como podemos aplicar esse princípio ànossa experiência com o sábado?“E acrescentou: O sábado foi estabelecido por causa do homem, e não o homem por causa do sábado; de sorte que oFilho do Homem é senhor também do sábado.” (Marcos 2:27-28 RA) ramos@advir.com
  3. 3. O sábado foi estabelecido por causa do homem ainda na perfeição (Gên. 2:1-3) para o seu benefício, mental (quetambém contribui para o bem estar físico) e espiritual através do contato íntimo com o criador trazendo alegria " Se vocêsobedecerem às leis a respeito do sábado e forem fiéis à minha aliança, eu os levarei ao meu monte santo, e vocês ficarãofelizes na minha casa de oração". Isa. 56:6 e 7. NTLH."O sábado foi feito por causa do homem, e não o homem, por causa do sábado", disse Jesus. Mar. 2:27. As instituiçõesestabelecidas por Deus são para benefício da humanidade. "Tudo isso é por amor de vós." II Cor. 4:15. O Desejadode Todas as Nações, 288.Deus é misericordioso. Razoáveis são as Suas reivindicações, em harmonia com a bondade e benevolência de Seucaráter. O objetivo do sábado foi que toda a humanidade fosse beneficiada. O homem não foi feito paraajustar-se ao sábado; pois o sábado foi feito depois da criação do homem, a fim de lhe satisfazer àsnecessidades. Depois de haver Deus feito o mundo em seis dias, descansou, e santificou e abençoou o dia no qualdescansou de toda a Sua obra que criara e fizera. Ele separou aquele dia especial para o homem nele repousarde seu labor, para que, ao olhar para a Terra embaixo e para os céus em cima, lembrasse de que Deus feztudo isto em seis dias e descansou ao sétimo; e para que ao contemplar as provas palpáveis da infinitasabedoria de Deus, seu coração se enchesse de amor e reverência por seu Criador. Testemunhos Seletos, Vol.1. p. 279.6. Que outra atividade Jesus fez no sábado, apesar da controvérsia que isso gerou? Mt 12:9-13; Lc 13:10-17;Jo 5:1-17A atividade feita por Jesus no sábado foi cuidar das necessidades das pessoas, tanto física como mentais e espirituais nostextos citados (Mat. 12:9-13; Luc. 13:10-17; Jo. 5:1-17) temos o relato que ele curou o homem da mão ressequida; amulher que andava encurvada e ao paralítico que estava junto ao tanque de Betesda. Isso nós ensina overdadeiro fundamento do sábado instituído por Deus para o benefício da humanidade, e que leva a estar na presença doSenhor e em harmonia com a bondade e benevolência de Seu caráter.Devem-se atender às necessidades da vida, cuidar dos doentes, suprir as faltas dos necessitados. Não será tido porinocente o que negligenciar aliviar o sofrimento no sábado. O santo dia de repouso de Deus foi feito para ohomem, e os atos de misericórdia se acham em perfeita harmonia com seu desígnio. Deus não deseja que Suascriaturas sofram uma hora de dor que possa ser aliviada no sábado, ou noutro dia qualquer. O Desejado de Todas asNações, pág. 207.O sábado não foi feito para ser um fardo às pessoas mas para o bem delas e para dar-lhes paz e repouso .Vida de Jesus, 69.Nos dias de Cristo, tão pervertido se tornara o sábado, que sua observância refletia o caráter de homens egoístas earbitrários, em lugar de o fazer ao caráter do amorável Pai celeste. Virtualmente os rabis representavam a Deus comodando leis que os homens não podiam obedecer. Levavam o povo a olhar a Deus como tirano, e a pensar que aobservância do sábado, segundo Ele a exigia, tornava os homens duros de coração e cruéis. Competia a Cristo a obra deesclarecer essas mal-entendidas concepções. Embora os rabis O seguissem com impiedosa hostilidade, Ele nemsequer parecia conformar-Se com o que requeriam, mas ia avante, guardando o sábado segundo a leidivina. O Desejado de Todas as Nações, p. 193.Quarta - O sábado e os últimos dias7. Leia 2 Pedro 3:3-7. Compare a descrição dos escarnecedores dos últimos dias com nossa sociedade contemporânea. Oque os escarnecedores negam e por quê?Está revelado que nos últimos dias (nosso atual tempo presente) aparecerão homens dominados pelas suas própriaspaixões pervertidas que faz cegar o entendimento. Eles vão zombar de vocês, (1Tm 4:1; 2Tm 3:1; Jd 1:18) dizendo: “Eleprometeu vir, não foi? Onde está ele? Os nossos pais morreram, e tudo continua do mesmo jeito que era desde a criaçãodo mundo”. (Ez 12:22; Jr 17:15). Esses zombadores esquecem, de propósito (Rom. 1:19-20), e rejeitam a promessa dasegunda vinda de Jesus e duvidam até mesmo da criação divina, procuram ignorar que a terra foi formada da água e nomeio da água (Gn 1:9; Sl 24:2) e também que pela água do dilúvio o mundo antigo foi destruído. (Gn 7:10; Gn 7:21) Masos céus e a terra que agora existem estão sendo guardados pela mesma ordem de Deus a fim de serem destruídos pelofogo. Estão sendo guardados para o Dia do Julgamento e da destruição dos que não querem saber de Deus e de suaredenção. (2Pe 3:10; Sl 102:26; Is 51:6; Hb 1:11; 2Ts 1:8).Na peleja a ser travada nos últimos dias estarão unidos, em oposição ao povo de Deus, todos os poderes corruptos queapostataram da lealdade à lei de Jeová. Nessa peleja, o sábado do quarto mandamento será o grande ponto emlitígio, pois no mandamento do sábado o grande Legislador Se identifica como o Criador dos céus e daTerra. Mensagens Escolhidas, vol. 3, págs. 392 e 393.Mediante os dois grandes erros - a imortalidade da alma e a santidade do domingo - Satanás há de enredar o povo emsuas malhas. Enquanto o primeiro lança o fundamento do espiritismo, o último cria um laço de simpatia com Roma. Osprotestantes dos Estados Unidos serão os primeiros a estender as mãos através do abismo para apanhar amão do espiritismo; estender-se-ão por sobre o abismo para dar mãos ao poder romano; e, sob a influênciadesta tríplice união, este país seguirá as pegadas de Roma, desprezando os direitos da consciência. OGrande Conflito, pág. 588.8. Leia Apocalipse 14:6, 7. Em meio às dúvidas e objeções dos escarnecedores, que mensagem será proclamada com podercelestial? ramos@advir.com
  4. 4. A mensagem do evangelho eterno será proclamada com poder celestial, que anuncia a todos os que “se assentam sobrea terra, e a cada nação, e tribo, e língua, e povo” para que temam a Deus (que significa respeitar) e o glorifiquem (que éreconhecer, valorizar), pois é chegada a hora do Seu juízo, e a adorar (prestar culto, amar) ao Criador, “aquele que fez océu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas.” Apoc. 14:6-7.Essa mensagem, caso seja atendida, chamará a atenção de toda nação, e tribo e língua e povo a um acurado exame daPalavra, e à verdadeira luz quanto ao poder que mudou o sábado do sétimo dia para um sábado falso. O único Deusverdadeiro tem sido abandonado, Sua lei, rejeitada, Sua sagrada instituição do sábado foi pisada no pópelo homem do pecado. O quarto mandamento, tão claro e explícito, foi passado por alto.O memorial do sábado, que declara quem é o Deus vivo, o Criador dos céus e da Terra, foi violentamentearrancado, e foi dado ao mundo, em seu lugar, um sábado falso. Assim foi feita uma brecha na lei de Deus. Umsábado falso não podia ser estandarte verdadeiro.Na mensagem do primeiro anjo os homens são chamados a adorar a Deus, nosso Criador, que fez o mundo e tudo quantonele há. Eles têm rendido homenagem a uma instituição do Papado, anulando a lei de Jeová, mas deve haverum aumento do conhecimento nesse assunto. Mensagens Escolhidas, Vol. 2 pp. 105-106.O anjo de Apocalipse 14... apresenta uma mensagem que deve ser proclamada ao mundo pouco antes de Cristo vir nasnuvens do céu. ... Então, pouco antes desse tempo, a atenção do povo deve ser chamada para a espezinhada lei deDeus, que está contida na arca do concerto. …Eles vêem que, em vez de observar o sétimo dia, o dia que Deus santificou e ordenou fosse observado comoo sábado, estão guardando o primeiro dia da semana. Mas desejam sinceramente fazer a vontade de Deus, ecomeçam a examinar as Escrituras a fim de encontrar a razão da mudança. Não conseguindo achar nenhumaautorização bíblica para esse costume, surge a pergunta: Aceitaremos uma verdade que se tornou impopular eobedeceremos aos mandamentos de Deus, ou continuaremos com o mundo e obedeceremos aos mandamentos dehomens? Com a Bíblia aberta, eles choram, e oram, e comparam uma passagem com a outra, até que,estando convencidos da verdade, tomam conscienciosamente sua posição como observadores dosmandamentos de Deus. Signs of the Times, 5 de maio de 1887.Quinta - Um salmo para o sábado9. Leia o Salmo 92. Com base nesse texto, como deve ser a experiência da guarda do sábado? Por que, ao pensarmos noSenhor, devemos expressar o tipo de alegria revelada nesse salmo?“Bom é render graças ao SENHOR e cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo, anunciar de manhã a tua misericórdia e,durante as noites, a tua fidelidade, com instrumentos de dez cordas, com saltério e com a solenidade da harpa. Pois mealegraste, SENHOR, com os teus feitos; exultarei nas obras das tuas mãos. Quão grandes, SENHOR, são as tuas obras! Osteus pensamentos, que profundos! O inepto não compreende, e o estulto não percebe isto: ainda que os ímpios brotamcomo a erva, e florescem todos os que praticam a iniquidade, nada obstante, serão destruídos para sempre; tu, porém,SENHOR, és o Altíssimo eternamente. Eis que os teus inimigos, SENHOR, eis que os teus inimigos perecerão; serãodispersos todos os que praticam a iniquidade. Porém tu exaltas o meu poder como o do boi selvagem; derramas sobremim o óleo fresco. Os meus olhos veem com alegria os inimigos que me espreitam, e os meus ouvidos se satisfazem emouvir dos malfeitores que contra mim se levantam. O justo florescerá como a palmeira, crescerá como o cedro no Líbano.Plantados na Casa do SENHOR, florescerão nos átrios do nosso Deus. Na velhice darão ainda frutos, serão cheios de seivae de verdor, para anunciar que o SENHOR é reto. Ele é a minha rocha, e nele não há injustiça.” (Salmos 92:1-15 RA)A bondade, justiça e o poder de Deus é motivo de grande alegria e gratidão “Pois me alegraste, SENHOR, com os teusfeitos; exultarei nas obras das tuas mãos” é motivo para “render graças ao SENHOR e cantar louvores ao teu nome, óAltíssimo, anunciar de manhã a tua misericórdia e, durante as noites, a tua fidelidade”, Está foi está a experiência dosalmista (Sal. 92:1-15) ao contemplar as obras de Deus e de confiar em Sua amorosa proteção, experiência que deve servivenciada de igual maneira por nós hoje, Deus não muda (Deut. 23:19; Mal. 3:6; Rom. 11:29; Tig. 1:17) e os benefíciosaos seus filhos também não.Ao apreciarmos a verdade,... temos uma intuição da grande misericórdia e benignidade de Deus. Ao recordarmos, não oscapítulos escuros de nossa vida, para nos queixarmos, mas as manifestações de Sua grande misericórdia e infalível amore poder revelados em nosso livramento, havemos de louvar, muito mais do que murmurar. Falaremos da amorosafidelidade de Deus, como verdadeiro, terno e compassivo Pastor de Seu rebanho, o qual, declarou Ele, ninguém Lhearrebatará da mão. A linguagem do coração não será de egoísta murmuração e descontentamento, mas louvor, qualcorrente cristalina, provirá dos verdadeiros crentes de Deus. …Empreendamos o louvor de Deus aqui embaixo. Unamo-nos à multidão celestial, no alto. Entãorepresentaremos a verdade tal qual é - um poder a todo o que crê. Carta 138, 1897. Sexta - Conclusão: Em “Sábado: feito para o homem” aprendi que …O quarto mandamento afirma: "O sétimo dia é o sábado do Senhor , teu Deus." Êxo. 20:10. E através do profeta Isaías oSenhor chama o sétimo dia de: "Meu santo dia." Isa. 58:13. Portanto Jesus ao dizer que “O Filho do Homem até do sábadoé Senhor” Mt 12:8. (Mar. 2:28; Luc. 6:5). Ou Seja, que é dono do sábado, de fato está se revelando como sendo Deus “é osábado do Senhor, teu Deus" e Criador (Jo. 1:1-3; Cl 1:16-17; Hb 1:1-3; 1 Jo. 1:1-3). “Porque em seis dias fez o SENHOR oscéus e a terra, o mar e tudo que neles há e ao sétimo dia descansou; portanto, abençoou o SENHOR o dia do sábado e osantificou. Êxo. 20:11. (Gn 2:2; Ex 31:17; Hb 4:4). ramos@advir.com
  5. 5. Domingo - A criação e o sábado: Com a instituição do sétimo dia a criação foi cumprida, nesse dia Deus descansou,abençoou e santificou, fechando o ciclo semanal, este foi o dia de comunhão entre à humanidade e o seu Criador,tornando-se assim um memorial da criação. Gên. 2:1-3.O autor de Hebreus aponta em sua explanação sobre o descanso, apresentando o relato da criação em Gênesis em seisdias, e o próprio Criador como exemplo relativo ao descanso do sétimo; “Porque, em certo lugar, assim disse, no tocanteao sétimo dia: (Gn 2:2; Ex 20:11; Ex 31:17) E descansou Deus, no sétimo dia, de todas as obras que fizera.” Heb. 4:3-4.Segunda - O rico significado do descanso sabático: Êxodo 20:8-11 visa o sábado como memorial da criação;“Lembra-te do dia do sábado, para o santificar. Seis dias trabalharás e farás toda a tua obra, mas o sétimo dia é o sábadodo SENHOR, teu Deus; não farás nenhuma obra, nem tu, nem o teu filho, nem a tua filha, nem o teu servo, nem a tuaserva, nem o teu animal, nem o teu estrangeiro que está dentro das tuas portas. Porque em seis dias fez o SENHOR oscéus e a terra, o mar e tudo que neles há e ao sétimo dia descansou; portanto, abençoou o SENHOR o dia do sábado e osantificou”. O sábado é uma lembrança da obra da criação, é um dia santo e portanto deve ser “separado” e vivido (umdeleite) conforme Deus estabeleceu, para estarmos em sua companhia ininterrupta sem pensar em preocupações etrabalhos seculares (Isa. 58:13-14), o sábado é um testemunho do amor e do poder de Deus. fazendo assim reconhecemose honramos ao Senhor como o criador, e confirmaremos nossa relação de amor, obediência e dependência Dele. Estes sãoos principais motivos para a observância do sábado nestes versos.Deuteronômio 5:12-15 destaca o sábado como memorial da redenção; “Guarda o dia de sábado, para o santificar, como teordenou o SENHOR, teu Deus. Seis dias trabalharás e farás toda a tua obra. Mas o sétimo dia é o sábado do SENHOR, teuDeus; não farás nenhuma obra nele, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu boi,nem o teu jumento, nem animal algum teu, nem o estrangeiro que está dentro de tuas portas; para que o teu servo e a tuaserva descansem como tu; porque te lembrarás que foste servo na terra do Egito e que o SENHOR, teu Deus, te tirou dalicom mão forte e braço estendido; pelo que o SENHOR, teu Deus, te ordenou que guardasses o dia de sábado”. O princípioe exemplificado pela libertação da escravidão egípcia ao povo de Israel, e com isso aprendemos à gratidão e a honra quedevemos ter para com o nosso grande e amoroso libertador, e à misericórdia que devemos ter para com nossosemelhante já que fomos também escravos e sabemos quão duro é, mas agora libertos do mundo (Egito) e da escravidão(pecado) e somos o Israel espiritual (Igreja de Deus) vivendo agora em alegria e paz (Rom. 14:17). Estes são os principaismotivos para a observância do sábado nestes versos.Deus estabeleceu o sétimo dia (que é sábado) como marca, selo ou sinal de santificação entre Ele e seu povo. “Tambémlhes dei os meus sábados, para servirem de sinal entre mim e eles, para que soubessem que eu sou o SENHOR que ossantifica.” Ezequiel 20:12. “Eu sou o SENHOR, vosso Deus; andai nos meus estatutos, e guardai os meus juízos, eexecutai-os. E santificai os meus sábados, e servirão de sinal entre mim e vós, para que saibais que eu sou o SENHOR,vosso Deus”. Ezequiel 20:19-20. “Tu, pois, falarás aos filhos de Israel e lhes dirás: Certamente, guardareis os meussábados; pois é sinal entre mim e vós nas vossas gerações; para que saibais que eu sou o SENHOR, que vos santifica .”Êxodo 31:13. Só o Deus que nós criou tem poder para nós restaurar (santificação). “E, assim, se alguém está em Cristo, énova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas.” 2 Coríntios 5:17. Por isso devemos orar comoDavi “Cria em mim, ó Deus, um coração puro e renova dentro de mim um espírito inabalável.” Salmos 51:10.Terça - O sábado foi estabelecido por causa do homem ainda na perfeição (Gên. 2:1-3) para o seu benefício, mental (quetambém contribui para o bem estar físico) e espiritual através do contato íntimo com o criador trazendo alegria "Se vocêsobedecerem às leis a respeito do sábado e forem fiéis à minha aliança, eu os levarei ao meu monte santo, e vocês ficarãofelizes na minha casa de oração". Isa. 56:6 e 7. NTLH.Ao pesquisarmos sobre Jesus e o sábado, percebemos que Jesus no sétimo dia cuidava das necessidades das pessoas,tanto física como mentais e espirituais nos textos citados (Mat. 12:9-13; Luc. 13:10-17; Jo. 5:1-17). Isso nós ensina overdadeiro fundamento do sábado instituído por Deus para o benefício da humanidade, e que leva a estar na presença doSenhor e em harmonia com a bondade e benevolência de Seu caráter.Quarta - Sobre O sábado e os últimos dias está revelado que (nos últimos dias significa nosso atual tempo presente)aparecerão homens dominados pelas suas próprias paixões pervertidas que faz cegar o entendimento. Eles vão zombarde vocês, (1Tm 4:1; 2Tm 3:1; Jd 1:18) dizendo: “Ele prometeu vir, não foi? Onde está ele? Os nossos pais morreram, etudo continua do mesmo jeito que era desde a criação do mundo”. (Ez 12:22; Jr 17:15). Esses zombadores esquecem, depropósito (Rom. 1:19-20), e rejeitam a promessa da segunda vinda de Jesus e duvidam até mesmo da criação divina,procuram ignorar que a terra foi formada da água e no meio da água (Gn 1:9; Sl 24:2) e também que pela água dodilúvio o mundo antigo foi destruído. (Gn 7:10; Gn 7:21) Mas os céus e a terra que agora existem estão sendo guardadospela mesma ordem de Deus a fim de serem destruídos pelo fogo. Estão sendo guardados para o Dia do Julgamento e dadestruição dos que não querem saber de Deus e de sua redenção. (2Pe 3:10; Sl 102:26; Is 51:6; Hb 1:11; 2Ts 1:8).Será proclamada com poder celestial a mensagem do evangelho eterno, que anuncia a todos os que “se assentam sobrea terra, e a cada nação, e tribo, e língua, e povo” para que temam a Deus (que significa respeitar) e o glorifiquem (que éreconhecer, valorizar), pois é chegada a hora do Seu juízo, e a adorar (prestar culto, amar) ao Criador, “aquele que fez océu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas.” Apoc. 14:6-7.Quinta - Um salmo para o sábado: A bondade, justiça e o poder de Deus é motivo de grande alegria e gratidão “Poisme alegraste, SENHOR, com os teus feitos; exultarei nas obras das tuas mãos” é motivo para “render graças ao SENHORe cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo, anunciar de manhã a tua misericórdia e, durante as noites, a tua fidelidade”,Está foi está a experiência do salmista (Sal. 92:1-15) ao contemplar as obras de Deus e de confiar em Sua amorosaproteção, experiência que deve ser vivenciada de igual maneira por nós hoje, Deus não muda (Deut. 23:19; Mal. 3:6;Rom. 11:29; Tig. 1:17) e os benefícios aos seus filhos também não. ramos@advir.com

×