Vendo por espelho, obscuramenteLição 7                                                                                    ...
tanto a estrela como o átomo dirigem a vida humana. As l eis que presidem à ação do coração, regulando o fluxoda corrente ...
- Encontramos na bíblia que Satanás é “o príncipe (soberano de um reino paralelo ao divino) da potestade do ar (do governo...
sabedoria de outras fontes. Precisamos da sabedoria de Salomão depois que aprendemos a sabedoria deAlguém maior do que Sal...
Olhai para as belas e admiráveis coisas da natureza. Pensai em sua maravilhosa adaptação às necessidades e àfelicidade, nã...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Vendo por espelho, obscuramente_Resumo_Liç_712013

207 visualizações

Publicada em

O Objetivo do resumo da lição não é substituí-la, pelo contrário e dar mais amplitude ao estudo do tema.

A ideia e colocar os textos bíblicos diretos que respondam as questões da lição, somados aos escritos de Ellen White que dão luz sobre o assunto, eu procuro comentar o minimo possível, só detalhes referentes as questões e algumas definições todas neste tom de azul, pois se os textos forem realmente claros, que é intenção, não há necessidade de ficar comentando, e a aplicação, como e mais extensa, procuro fazer na nossa classe.

“Sempre darei a fonte, para que o conteúdo não seja anônimo, e todos tenham a oportunidade de achar, pesquisar e questionar”.

“Esse é o objetivo, que as pessoas estudem, debatam o assunto e entendam o que o Senhor tem revelado a nós como Seu povo escolhido”.

Que... Deus tenha misericórdia de nós e nos abençoe; e faça resplandecer o seu rosto sobre nós. Para que se conheça na terra o teu caminho, e em todas as nações a tua salvação. Sal. 67:1-2.

Bom Estudo!

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
207
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vendo por espelho, obscuramente_Resumo_Liç_712013

  1. 1. Vendo por espelho, obscuramenteLição 7 9 a 16 de fevereiro VERSO PARA MEMORIZAR: “A sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus; porquanto está escrito: Ele apanha os sábios na própria astúcia deles” (1Co 3:19).Os que se ufanam de possuir sabedoria superior aos ensinos da Palavra de Deus, necessitam de maiores goles da fontedo conhecimento a fim de que se tornem cientes de sua verdadeira ignorância. Há uma pretensa sabedoria de homensque é loucura à vista de Deus. "Ninguém se engane a si mesmo: se alguém dentre vós se tem por sábio neste mundo,faça-se louco para ser sábio. Porque a sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus; pois está escrito: Ele apanha ossábios na sua própria astúcia." I Cor. 3:18 e 19. Os que têm apenas esta sabedoria precisam tornar-se estultos (que nãopossui discernimento) em sua própria opinião. A maior ignorância que agora aflige a humanidade é a respeito daobrigatoriedade da lei de Deus; e essa ignorância é o resultado da negligência de estudar a Palavra doSenhor. (acrescentei a definição no parêntese)É um decidido plano de Satanás cativar e absorver de tal maneira a mente, que o grande Livro-guia de origem divina nãoseja o Livro dos livros e que o pecador não seja conduzido da senda da transgressão para a senda da obediência.Fundamentos da Educação cristã, 130-131.Objetivo: Meditar sobre o que a natureza revela sobre o caráter divino e a que ponto.Domingo - A Terra é do Senhor1. Qual é a mensagem básica dos textos a seguir? O que essa mensagem nos diz sobre a maneira pela qual devemos nosrelacionar com o mundo, com os outros e com Deus? Sl 24:1, 2; Jó 41:11; Sl 50:10; Is 43:1, 2; 1Co 6:19, 20Ao SENHOR pertence a terra e tudo o que nela se contém, o mundo e os que nele habitam. Fundou-a ele sobre osmares e sobre as correntes a estabeleceu. (Sal. 24:1-2)Na sua mão está a vida de todo ser vivente, e o espírito de todo o gênero humano. (Jó 12:01)Quem primeiro me deu a mim, para que eu haja de retribuir-lhe? Pois o que está debaixo de todos os céus é meu. (Jó 41:11)Pois são meus todos os animais do bosque e as alimárias aos milhares sobre as montanhas. (Sal. 50:10)Mas agora, assim diz o SENHOR, que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi;chamei-te pelo teu nome, tu és meu. Quando passares pelas águas, eu serei contigo; quando, pelos rios, eles não tesubmergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti. (Isa. 43:1-2)Acaso, não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que nãosois de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço. Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo. (1 Cor. 6:19-20)- Tudo pertence a Deus pois pois Ele às criou: “Pois o que está debaixo de todos os céus é meu”. (Jó 41:11), “Pois sãomeus todos os animais do bosque e as alimárias”. (Sal. 50:10), “assim diz o SENHOR, que te criou, ó Jacó, e que teformou, ó Israel”. (Isa. 43:1-2), Lhe pertencemos também porque nós redimiu: “Não temas, porque eu te remi; chamei-tepelo teu nome, tu és meu”. (Isa. 43:1-2), “o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes daparte de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço. Agora, pois, glorificai a Deus novosso corpo”. (1 Cor. 6:19-20). Por isso é importante reconhecer sua graça, amar a este Deus sobre todas as coisas, e aopróximo como a nós mesmos. Mat. 22:37-38.Deus nos fala através da natureza. É Sua voz que ouvimos ao contemplar a beleza e exuberância do mundo natural.Contemplamos Sua glória nas belezas criadas por Suas mãos. Desfrutamos e admiramos Suas obras sem qualquer véude intermeio. Deus nos concedeu essas coisas para que ao contemplar as obras de Suas mãos possamos aprender dEle.Deus contemplou-nos com tais preciosidades de forma a expressar Seu amor. O Senhor é amante do belo, e para nosagradar e gratificar Ele desvelou perante nós as belezas da natureza, tal como um pai terreno busca oferecer o melhoraos filhos que ama. O Senhor sempre Se compraz em ver-nos felizes. Embora pecaminosa, com todas as suasimperfeições, a Terra foi abençoada, pelo Senhor, com o útil e o belo. As flores fragrantes e coloridas falamde Sua ternura e amor. Elas têm uma linguagem própria, que nos lembra do Doador.Podemos, a partir da natureza, contemplar o Deus que a criou. Nas árvores belas e altaneiras, nos arbustose nas flores, Deus revela Seu caráter. Ele deve ser comparado aos mais belos lírios, rosas e cravos. Gosto deobservar as manifestações de Deus na natureza, pois o Senhor imprime Seu caráter sobre elas. Ele no-lasconcedeu para nosso deleite, como uma demonstração de Seu amor por nós. Portanto, não adoremos as belas coisas nanatureza, mas contemplemos, por seu intermédio, o Deus Criador, e sejamos levados a adorá-Lo. Que essas belasmanifestações de amor respondam ao propósito de Deus e conduzam nosso coração a Ele, a fim de que possa serpreenchido, com as belezas de Seu caráter e reverencie Sua bondade, e inexprimível compaixão.Deus é bom e deve ser grandemente louvado. Suas misericórdias foram-nos concedidas gratuitamente. Ele nos rodeoucom sinais de Seu amor. O ímpio pode irar-se e imaginar coisas vãs, mas o Senhor é imutável. Manuscrito 153, 1903.Em todas as coisas criadas vêem-se os sinais da Divindade. A Natureza testifica de Deus. A mente sensível,levada em contato com o milagre e mistério do Universo, não poderá deixar de reconhecer a operação do poder infinito.… O mesmo poder que mantém a Natureza opera também no homem. As mesmas grandes leis que guiam ramos@advir.com
  2. 2. tanto a estrela como o átomo dirigem a vida humana. As l eis que presidem à ação do coração, regulando o fluxoda corrente da vida no corpo são as leis da Inteligência todo-poderosa, as quais presidem às funções da alma. DEle p rocee toda a vida. Unic amente em harmonia com Ele poderá ser achada a verdadeira esfera daquelas funções. Para todasas coisas de Sua criação, a condição é a mesma: uma vida que se mantém pela recepção da vida de Deus, uma vidaxercida de acordo com a vontade do Criador. ...De nenhuma outra maneira poderá o fundamento de uma verdadeira educação ser lançado tão firmemente,tão seguramente. Todavia, a própria criança, quando em contato com a Natureza, terá motivos para perplexidade. Nãopoderá deixar de reconhecer a operação de forças antagônicas. Aqui é que a Natureza necessita de um intérprete.Olhando para o mal, manifesto mesmo no mundo natural, todos têm a mesma triste lição a aprender: "Um inimigo équem fez isso." Mat. 13:28.Apenas à luz que resplandece do Calvário, pode o ensino da Natureza ser aprendido corretamente.Educação, págs. 99-101.Segunda - Um mundo caído2. Como o mundo foi “amaldiçoado”, e quais foram os resultados dessas maldições? Gn 3:17; 4:11, 12; 5:29E a Adão disse: Visto que atendeste a voz de tua mulher e comeste da árvore que eu te ordenara não comesses, maldita é aterra por tua causa; em fadigas obterás dela o sustento durante os dias de tua vida. (Gên. 3:17)És agora, pois, maldito por sobre a terra, cuja boca se abriu para receber de tuas mãos o sangue de teu irmão .Quando lavrares o solo, não te dará ele a sua força; serás fugitivo e errante pela terra. (Gên. 4:11-12)pôs-lhe o nome de Noé, dizendo: Este nos consolará dos nossos trabalhos e das fadigas de nossas mãos, nesta terraque o SENHOR amaldiçoou. (Gên. 5:29)- É vital destacar que Senhor Julgou é proferiu maldição ou falou mal, porque Deus estava revelando por onisciência oque ocorreria a cada um, conforme as suas obras Sal. 28:4; Gál. 6:7-8, Ele não foi, como muitos imaginam o responsávelpela maldição, veja o que dizem as escrituras sobre isso “E a Adão disse: Visto que atendeste a voz de tua mulher ecomeste da árvore que eu te ordenara não comesses, maldita é a terra por tua causa; em fadigas obterás dela o sustentodurante os dias de tua vida”. (Gên. 3:17), Vemos então que Deus não é o responsável, pelo contrário avisou comantecedência os resultados de conhecer o mal, e ordenou para que não fizessem “... da árvore do conhecimento do bem edo mal, dessa não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás”. Gên. 2:16-17.- A Maldição do pecado atingiu o planeta inteiro, e também à toda criação que nele habita.Não era a vontade de Deus que o casal sem pecados conhecesse algo do mal. Livremente lhes dera o bem, e lhesrecusara o mal. Mas, contrariamente à Sua ordem, haviam comido da árvore proibida, e agora continuariam acomer dela, isto é, teriam a ciência do mal, por todos os dias de sua vida. Desde aquele tempo o gênerohumano seria afligido pelas tentações de Satanás. Em vez do trabalho feliz até então a eles designado, aansiedade e a labuta seriam seu quinhão. Estariam sujeitos ao desapontamento, pesares, dor, e finalmenteà morte. Patriarcas e Profetas, págs. 58 e 59.Quando Deus fez o homem, Ele o fez governador sobre a Terra e todas as criaturas viventes. Enquanto Adãopermanecesse fiel ao Céu, toda a natureza estaria sob a sua sujeição. Quando, porém, se rebelou contra a leidivina, as criaturas inferiores ficaram em rebelião contra o seu domínio. Assim o Senhor, em Sua grandemisericórdia, mostraria aos homens a santidade de Sua lei, e os levaria por sua própria experiência a ver o perigo de apôr de lado, mesmo no mínimo grau.E a vida de labutas e cuidados que dali em diante deveria ser o quinhão do homem, foi ordenada com amor. Umadisciplina que se tornara necessária pelo seu pecado, foi o obstáculo posto à satisfação do apetite e paixão, e odesenvolvimento de hábitos de domínio próprio. Fazia parte do grande plano de Deus para a restauração dohomem, da ruína e degradação do pecado. Patriarcas e Profetas, págs. 59-60.Terça - O príncipe deste mundo“Então, perguntou o Senhor a Satanás: Donde vens? Satanás respondeu ao Senhor e disse: De rodear a Terra epassear por ela” (Jó 1:7); “Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão queruge procurando alguém para devorar” (1Pe 5:8).3. Que importante verdade sobre a realidade e o poder do maligno é encontrada na Bíblia? Jo 12:31; 14:30;16:11; Ef 2:2; 6:12Chegou o momento de ser julgado este mundo, e agora o seu príncipe será expulso. (João 12:31)Já não falarei muito convosco, porque aí vem o príncipe do mundo; e ele nada tem em mim; (João 14:30)do juízo, porque o príncipe deste mundo já está julgado. (João 16:11)nos quais andastes outrora, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe da potestade do ar, do espírito que agoraatua nos filhos da desobediência; (Efés. 2:2)porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadoresdeste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes. (Efés. 6:12) ramos@advir.com
  3. 3. - Encontramos na bíblia que Satanás é “o príncipe (soberano de um reino paralelo ao divino) da potestade do ar (do governodeste mundo tenebroso), do espírito (ou estilo de vida, procedimento) que agora atua nos filhos da desobediência”. (Efés. 2:2),por isso está revelado que “a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados (Do grego arché, quesignifica principal, são espíritos governantes, a liderança ou cúpula do reino, magistrados) e potestades (Do grego exousia,significando autoridades, que têm poderes executivos, recebendo autoridade e poder delegado pelos principados) , contra osdominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal (Anjos caidos, demônios e os homens por elesdirigidos), nas regiões celestes” (no mundo espiritual visível e invisível Col. 1:16). Efés. 6:12.- Satanás recebeu o título de “príncipe deste mundo”. Jo. 16:11, "o deus deste século". II Cor. 4:4, por tê-lo usurpado,Deus tinha dado a seu filho Adão o governo ou administração da terra Gên. 1:26-27; Sal. 8:3-8, mas por cair naarmadilha, perdeu está condição “Porque de quem alguém é vencido, do tal faz-se também servo”. II Ped. 2:19; Rom. 6:16.Mas graças a cristo, que saiu vencedor na cruz do calvário “e, tendo despojado os principados e potestades, os exibiupublicamente e deles triunfou na mesma cruz”. Col. 2:15 ver também Jo.12:31-33; Mat. 12:29; Luc. 11:22, retomou o queAdão havia perdido “É-me dado todo o poder no céu e na terra”. Mat. 28:19; Heb. 2:8, e por isso pode restituir àhumanidade o Éden restaurado, "E a ti, ó torre do rebanho, monte da filha de Sião, a ti virá; sim, a ti virá o primeirodomínio." Miq. 4:8. "Os justos herdarão a Terra e habitarão nela para sempre." Sal. 37:29.Quando Satanás triunfava como príncipe deste mundo, quando exigia o mundo como seu reino, quandotodos nos achávamos manchados e corrompidos pelo pecado, Deus enviou do Céu Seu mensageiro, SeuFilho unigênito, para proclamar a todos os habitantes do mundo: "Encontrei um resgate. Fiz um caminho deescape para todos os que se estão a perder. Tenho os documentos de vossa emancipação já providos para vós, seladospelo Senhor do Céu e da Terra." Manuscrito 32a, 1894.Satanás, em virtude do êxito que teve em desviar o homem do caminho da obediência, tornou-se "o deus deste século".II Cor. 4:4. O domínio que uma vez pertenceu a Adão passou ao usurpador. Mas o Filho de Deus Se propôs virà Terra a fim de pagar a penalidade do pecado, e assim não apenas redimir o homem, mas recobrar odomínio usurpado. ... O apóstolo Paulo a ela [à restauração adquirida do domínio perdido] se referiu como a "redençãoda possessão de Deus". Efés. 1:14. Profetas e Reis, pág. 382.Não somente o homem mas também a Terra tinha pelo pecado vindo sob o poder do maligno, e deveria ser restauradapelo plano da redenção. Patriarcas e Profetas, pág. 67.A predição feita no Éden (Gên. 3:15) refere-se de maneira especial a Cristo, e a todos os que O aceitam e confessam comoo Filho unigênito de Deus. Cristo ofereceu-Se para entrar em conflito com o príncipe e o poder das trevas epara ferir a cabeça da serpente. Todos os filhos e filhas de Deus são os Seus escolhidos, soldados Seus, para pelejarcontra "principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nasregiões celestes". Efés. 6:12. É um conflito do qual não haverá fim até que Cristo venha pela segunda vez.Manuscrito 104, 1897. (acrescentei o texto no parêntese)"No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; Eu venci o mundo." João 16:33. Cristo não falhou, nem Lhe faleceu oânimo, e Seus seguidores têm de manifestar uma fé de natureza assim resistente. ... Conquanto aparentesimpossibilidades lhes entravem o caminho, por Sua graça hão de ir avante. ... Têm de ter força para resistir ao mal,força que nem a Terra, nem a morte, nem o inferno podem dominar; força que os habilitará a vencer comoCristo venceu. O Desejado de Todas as Nações, 680.Quarta - A “sabedoria” do mundo4. De que maneira Deus avalia a suposta “sabedoria” do mundo? Em nossos dias ainda podemos comprovar a tolicedessa “sabedoria”? 1Co 1:18-21; 3:18-21Certamente, a palavra da cruz é loucura para os que se perdem, mas para nós, que somos salvos, poder de Deus. Poisestá escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios e aniquilarei a inteligência dos instruídos. Onde está o sábio? Onde, o escriba?Onde, o inquiridor deste século? Porventura, não tornou Deus louca a sabedoria do mundo? Visto como, na sabedoria de Deus, omundo não o conheceu por sua própria sabedoria, aprouve a Deus salvar os que crêem pela loucura da pregação. Porqueos judeus pedem sinal, e os gregos buscam sabedoria; mas nós pregamos a Cristo crucificado, que é escândalo para osjudeus e loucura para os gregos. Mas, para os que são chamados, tanto judeus como gregos, lhes pregamos a Cristo,poder de Deus e sabedoria de Deus. (1 Cor. 1:18-24)Ninguém se engane a si mesmo: se alguém dentre vós se tem por sábio neste século, faça-se estulto para se tornarsábio. Porque a sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus; porquanto está escrito: Ele apanha os sábios naprópria astúcia deles. E outra vez: O Senhor conhece os pensamentos dos sábios, que são pensamentos vãos. Portanto, ninguémse glorie nos homens; porque tudo é vosso: (1 Cor. 3:18-21)- Deus nós revela que a sabedoria do mundo é loucura, pensamentos inúteis, pois levam a perdição eterna, “Há caminhoque ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte”. Prov. 14:12 e 16:25. "Porque a loucura de Deus(a palavra da cruz, a loucura da pregação I Cor. 1:18-24, que é o evangelho ou boas novas) é mais sábia do que os homens; e afraqueza de Deus (para os incrédulos, a sabedoria, a justiça, a santificação, e a redenção por meio de cristo, ensinados pelasescrituras são considerados como fraqueza e ignorância Atos 17:30-33) é mais forte do que os homens." I Cor. 1:25. "Mas vóssois dEle, em Jesus Cristo, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção; para que,como está escrito: Aquele que se gloria, glorie-se no Senhor." I Cor. 1:30 e 31.A primeira e grande lição de toda educação é conhecer e compreender a vontade de Deus. Durante cada umdos dias da vida, levai convosco o conhecimento de Deus. Deixai que ele absorva a mente e todo o ser. Deus deusabedoria a Salomão, porém essa sabedoria de origem divina foi deturpada quando ele se afastou de Deus para obter ramos@advir.com
  4. 4. sabedoria de outras fontes. Precisamos da sabedoria de Salomão depois que aprendemos a sabedoria deAlguém maior do que Salomão. Não devemos perscrutar a sabedoria humana, que é chamada loucura, paraprocurar verdadeira sabedoria. Instruir-se na ciência mediante a interpretação humana é obter uma falsaeducação, mas aprender de Deus e Jesus Cristo é aprender a ciência da Bíblia. A confusão educacional provémdo fato de a sabedoria e o conhecimento de Deus não terem sido honrados e exaltados pelo mundo religioso. Os limposde coração vêem a Deus em toda providência, em todo aspecto da verdadeira educação. Eles vibram àprimeira aproximação da luz irradiada do trono de Deus. Aos que captarem os primeiros vislumbres doconhecimento espiritual serão feitas comunicações do Céu. Os alunos de nossas escolas devem considerar oconhecimento de Deus acima de todas as outras coisas. Unicamente o exame das Escrituras trará o conhecimento doverdadeiro Deus e de Jesus Cristo, a quem Ele enviou. Fundamentos da Educação Cristã, 414-415.A associação com homens instruídos é tida por alguns em mais alta estima que a comunhão com o Deus do Céu. Asdeclarações dos sábios são consideradas de mais valor que a mais elevada sabedoria revelada na Palavra de Deus.Enquanto, porém, a incredulidade levanta orgulhosamente a cabeça, o Céu contempla com desprezo a vaidade e ainsignificância do raciocínio humano, pois o homem em si e por si mesmo é vaidade. Todo o mérito, toda a dignidademoral dos homens tem pertencido a eles simplesmente através dos méritos de Jesus Cristo. Que são, então, asespeculações das mentes mais elevadas dentre os maiores homens que já viveram? Não obstante, os homens colocamseu raciocínio humano à frente da revelada vontade de Deus, e apresentam ao mundo o que eles afirmam ser sabedoriamais elevada que a do Eterno. Em suas vãs imaginações pretendem lançar por terra a economia do Céu para satisfazersuas próprias inclinações e desejos. Fundamentos da Educação Cristã, p. 331.Quinta - Pelos olhos da fé5. Que lições específicas Davi contemplava na criação? Além disso, comparando o que sabemos sobre a criação hoje como que era conhecido naquele tempo, por que as palavras de Davi parecem ainda mais notáveis? Sl 8Ó SENHOR, Senhor nosso, quão magnífico em toda a terra é o teu nome! Pois expuseste nos céus a tua majestade .Da boca de pequeninos e crianças de peito suscitaste força, por causa dos teus adversários, para fazeres emudecer o inimigo eo vingador. Quando contemplo os teus céus, obra dos teus dedos, e a lua e as estrelas que estabeleceste , que é ohomem, que dele te lembres E o filho do homem, que o visites? Fizeste-o, no entanto, por um pouco, menor do que Deus e deglória e de honra o coroaste. Deste-lhe domínio sobre as obras da tua mão e sob seus pés tudo lhe puseste: ovelhas e bois,todos, e também os animais do campo; as aves do céu, e os peixes do mar, e tudo o que percorre as sendas dos mares. ÓSENHOR, Senhor nosso, quão magnífico em toda a terra é o teu nome! (Sal. 8)- A Revelação do criador, dada a Davi, como exemplificada no salmo 8, não foi de forma parcial, e sim por ele seinteressar e contemplar a criação através da natureza, e perceber então a majestade e o amor do Senhor para com ahumanidade, em nosso tempo vemos menos contemplação aos atos de Deus por meio da natureza, e muito mais louvorpelas coisas feitas pelo homem, como casas, carros, aparelhos eletrônicos, arte, entretenimentos, modas e etc, que emexcesso leva ao materialismo, isso é um dos motivos que hoje a muito interesse pela tecnologia e curiosidade pelaespeculação cientifica e pouca fé no criador.Deus nos tem rodeado do bonito panorama da natureza para atrair e interessar nossa mente. É Seu intento que liguemosas glórias da natureza com Seu caráter. Se fielmente estudarmos o livro da natureza, verificaremos ser ela frutíferocampo à contemplação do amor e poder infinitos de Deus. …O grande Artista-Mestre pintou sobre a fugidia tela do firmamento as glórias de um Sol poente. Tingiu e iluminou os céusde ouro, prata e carmesim, como se os portais do alto Céu se abrissem completamente, a fim de lhe podermos ver ascintilações e nossa imaginação tomar posse da glória interior. Muitos se volvem descuidadamente desse quadrotrabalhado pelo Céu. Deixam de seguir o infinito amor e o poder de Deus nas extraordinárias belezas vistas nofirmamento, mas ficam quase arrebatados ao contemplarem e cultuarem as imperfeitas pinturas feitas em imitação doArtista-Mestre. Mensagens aos Jovens, págs. 365 e 366.O coração se comove e pulsa com novo e mais profundo amor, cheio de admiração e reverência, quandocontemplamos Deus na natureza. Signs of the Times, 4 de junho de 1874.6. O que Davi percebia nos céus? Sl 19:1-4Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras das suas mãos . Um dia discursa a outro dia, euma noite revela conhecimento a outra noite. Não há linguagem, nem há palavras, e deles não se ouve nenhum som; no entanto,por toda a terra se faz ouvir a sua voz, e as suas palavras, até aos confins do mundo. Aí, pôs uma tenda para o sol, (Sal. 19:1-4)- Davi entendeu que “Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras das suas mãos”... Sal. 19:1-4. Assim como o apóstolo Paulo “Porquanto, o que de Deus se pode conhecer, neles se manifesta, porque Deus lhomanifestou. Pois os seus atributos invisíveis, o seu eterno poder e divindade, são claramente vistos desde a criação domundo, sendo percebidos mediante as coisas criadas, de modo que eles são inescusáveis”. Rom. 1:19-20.Olhem para os céus estrelados e, com admiração e respeito, estudem as maravilhosas obras de Deus. Pensem nasabedoria que Ele manifesta ao manter perfeita ordem no vasto Universo e na insignificante razão que o homem tempara gabar-se de suas realizações.Tudo que o homem tem - a vida, os meios de subsistência, a felicidade, e inúmeras outras bênçãos que dia a dia chegamaté ele - provém do Pai lá no alto. O homem é devedor de tudo aquilo que orgulhosamente declara possuir. Deus dá Suaspreciosas dádivas para que sejam usadas no Seu serviço. Toda partícula da glória do êxito humano pertence a Deus. ÉSua multiforme sabedoria que é manifestada nas obras dos homens, e a Ele pertence o louvor. Youths Instructor, 4 deabril de 1905. ramos@advir.com
  5. 5. Olhai para as belas e admiráveis coisas da natureza. Pensai em sua maravilhosa adaptação às necessidades e àfelicidade, não somente do homem, mas de todas as criaturas viventes. O brilho do Sol e a chuva que alegram erefrescam a terra, as montanhas, os mares e vales, tudo nos fala do amor do Criador. É Deus quem faz as flores brotareme aparecerem os frutos. É Ele quem supre as necessidades diárias de todas as Suas criaturas. Bible Training School,novembro de 1908.Conclusão: Em “Vendo por espelho, obscuramente” aprendi que …Domingo - A Terra é do Senhor e tudo o que está debaixo de todos os céus, pois Ele às criou: “Pois o que está debaixode todos os céus é meu”. (Jó 41:11), “Pois são meus todos os animais do bosque e as alimárias”. (Sal. 50:10), “assim dizo SENHOR, que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel”. (Isa. 43:1-2), Lhe pertencemos também porque nós redimiu:“Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu”. (Isa. 43:1-2), “o vosso corpo é santuário do EspíritoSanto, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados porpreço. Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo”. (1 Cor. 6:19-20). Por isso é importante reconhecer sua graça, amar aeste Deus sobre todas as coisas, e ao próximo como a nós mesmos. Mat. 22:37-38.Ao SENHOR pertence a terra e tudo o que nela se contém, o mundo e os que nele habitam. Fundou-a ele sobre os marese sobre as correntes a estabeleceu. (Sal. 24:1-2)Segunda - É vital destacar que Senhor Julgou é proferiu maldição ou falou mal, porque Deus estava revelando poronisciência o que ocorreria em Um mundo caído, e a cada um o que aconteceria conforme as suas obras Sal. 28:4; Gál.6:7-8, Ele não foi, como muitos imaginam o responsável pela maldição, veja o que dizem as escrituras sobre isso “E aAdão disse: Visto que atendeste a voz de tua mulher e comeste da árvore que eu te ordenara não comesses, maldita é aterra por tua causa; em fadigas obterás dela o sustento durante os dias de tua vida ”. (Gên. 3:17), Vemos então que Deusnão é o responsável, pelo contrário avisou com antecedência os resultados de conhecer o mal, e ordenou para que nãofizessem “... da árvore do conhecimento do bem e do mal, dessa não comerás; porque no dia em que dela comeres,certamente morrerás”. Gên. 2:16-17.A Maldição do pecado atingiu o planeta inteiro, e também à toda criação que nele habita.Terça - Chegou o momento de ser julgado este mundo, e agora o seu príncipe será expulso. João 12:31. “O príncipedeste mundo já está julgado”. João 16:11.Encontramos na bíblia que Satanás é “o príncipe (soberano de um reino paralelo ao divino) da potestade do ar (do governodeste mundo tenebroso), do espírito (ou estilo de vida, procedimento) que agora atua nos filhos da desobediência”. (Efés. 2:2),por isso está revelado que “a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados (Do grego arché, quesignifica principal, são espíritos governantes, a liderança ou cúpula do reino, magistrados) e potestades (Do grego exousia,significando autoridades, que têm poderes executivos, recebendo autoridade e poder delegado pelos principados) , contra osdominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal (Anjos caidos, demônios e os homens por elesdirigidos), nas regiões celestes” (no mundo espiritual visível e invisível Col. 1:16). Efés. 6:12.Satanás recebeu o título de “príncipe deste mundo”. Jo. 16:11, "o deus deste século". II Cor. 4:4, por tê-lo usurpado, Deustinha dado a seu filho Adão o governo ou administração da terra Gên. 1:26-27; Sal. 8:3-8, mas por cair na armadilha,perdeu está condição “Porque de quem alguém é vencido, do tal faz-se também servo”. II Ped. 2:19; Rom. 6:16. Masgraças a cristo, que saiu vencedor na cruz do calvário “e, tendo despojado os principados e potestades, os exibiupublicamente e deles triunfou na mesma cruz”. Col. 2:15 ver também Jo.12:31-33; Mat. 12:29; Luc. 11:22, retomou o queAdão havia perdido “É-me dado todo o poder no céu e na terra”. Mat. 28:19; Heb. 2:8, e por isso pode restituir àhumanidade o Éden restaurado, "E a ti, ó torre do rebanho, monte da filha de Sião, a ti virá; sim, a ti virá o primeirodomínio." Miq. 4:8. "Os justos herdarão a Terra e habitarão nela para sempre." Sal. 37:29.Quarta - “Ninguém se engane a si mesmo: se alguém dentre vós se tem por sábio neste século, faça-se estulto para setornar sábio. Porque a sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus” 1 Cor. 3:18-19Deus nós revela que A “sabedoria” do mundo é loucura, pensamentos inúteis, pois levam a perdição eterna, “Hácaminho que ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte ”. Prov. 14:12 e 16:25. "Porque aloucura de Deus (a palavra da cruz, a loucura da pregação I Cor. 1:18-24, que é o evangelho ou boas novas) é mais sábia do queos homens; e a fraqueza de Deus (para os incrédulos, a sabedoria, a justiça, a santificação, e a redenção por meio de cristo,ensinados pelas escrituras são considerados como fraqueza e ignorância Atos 17:30-33) é mais forte do que os homens." I Cor.1:25. "Mas vós sois dEle, em Jesus Cristo, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, eredenção; para que, como está escrito: Aquele que se gloria, glorie-se no Senhor." I Cor. 1:30 e 31.Quinta - “Ó SENHOR, Senhor nosso, quão magnífico em toda a terra é o teu nome! Pois expuseste nos céus a tuamajestade”. Sal. 8:1. Davi reconheceu e contemplou o criador, Pelos olhos da fé.A Revelação do criador, dada a Davi, como exemplificada no salmo 8, não foi de forma parcial, e sim por ele se interessare contemplar a criação através da natureza, e perceber então a majestade e o amor do Senhor para com a humanidade,em nosso tempo vemos menos contemplação aos atos de Deus por meio da natureza, e muito mais louvor pelas coisasfeitas pelo homem, como casas, carros, aparelhos eletrônicos, arte, entretenimentos, modas e etc, que em excesso levaao materialismo, isso é um dos motivos que hoje a muito interesse pela tecnologia e curiosidade pela especulaçãocientifica e pouca fé no criador.Davi entendeu que “Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras das suas mãos”... Sal. 19:1-4. Assim como o apóstolo Paulo “Porquanto, o que de Deus se pode conhecer, neles se manifesta, porque Deus lhomanifestou. Pois os seus atributos invisíveis, o seu eterno poder e divindade, são claramente vistos desde a criação domundo, sendo percebidos mediante as coisas criadas, de modo que eles são inescusáveis”. Rom. 1:19-20. ramos@advir.com

×