Lições Adultos Busque ao Senhor e Viva!Lição 7 - O povo especial de Deus (Miqueias) 11 a 18 de maioVERSO PARA MEMORIZAR: “...
- O profeta deve enfrentar as piores dificuldades da vida com fidelidade e coragem, para testemunhar com eficiência dopode...
vocês clamarão ao SENHOR Deus, mas ele não os atenderá; vocês fazem o que é mau, e por isso ele não ouvirá as suasorações....
Deus espera que em nossa religião (que significa religar com Deus, o que resulta em piedade prática Tiago 1:22-27)pratique...
Domingo - A agonia do profeta:O profeta sofre muito com as intensas e constantes reclamações do povo. Núm. 11:10-15; Ele é...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O povo especial de Deus_Resumo_722013

302 visualizações

Publicada em

O Objetivo do resumo da lição não é substituí-la, pelo contrário e dar mais amplitude ao estudo do tema.

A ideia e colocar os textos bíblicos diretos que respondam as questões da lição, somados aos escritos de Ellen White que dão luz sobre o assunto, eu procuro comentar o mínimo possível, só detalhes referentes as questões e algumas definições todas neste tom de azul, pois se os textos forem realmente claros, que é intenção, não há necessidade de ficar comentando, e a aplicação, como e mais extensa, procuro fazer na nossa classe.

“Sempre darei a fonte, para que o conteúdo não seja anônimo, e todos tenham a oportunidade de achar, pesquisar e questionar”.

Que... “Deus tenha misericórdia de nós e nos abençoe; e faça resplandecer o seu rosto sobre nós. Para que se conheça na terra o teu caminho, e em todas as nações a tua salvação”. Sal. 67:1-2. 

Bom Estudo!

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
302
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O povo especial de Deus_Resumo_722013

  1. 1. Lições Adultos Busque ao Senhor e Viva!Lição 7 - O povo especial de Deus (Miqueias) 11 a 18 de maioVERSO PARA MEMORIZAR: “Ele te declarou, ó homem, o que é bom e que é o que o Senhor pede de ti: que pratiques ajustiça, e ames a misericórdia, e andes humildemente com o teu Deus” (Miq 6:8).Porque a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens. Ela nos ensina a renunciar à impiedade e àspaixões mundanas e a viver de maneira sensata, justa e piedosa nesta era presente, (Ef 1:4; Cl 1:22; 2Tm 1:9; 1Jo 2:16);enquanto aguardamos a bendita esperança: a gloriosa manifestação de nosso grande Deus e Salvador, Jesus Cristo. 1Co1:7; Fp 3:20; Ele se entregou por nós a fim de nos remir de toda a maldade e purificar para si mesmo um povoparticularmente seu, dedicado à prática de boas obras. (Gl 1:4; Gl 2:20; Ef 5:2; Hb 9:14; Ef 2:10; Ex 19:5; Sl 135:4; Mc10:45); É isso que você deve ensinar, exortando-os e repreendendo-os com toda a autoridade. Tito 2:11-14.Que é santificação? É entregar-se inteiramente e sem reservas - alma, corpo e espírito - a Deus; lidar comjustiça; amar a misericórdia e andar humildemente com Deus; saber e cumprir a vontade de Deus sem consideração paracom o próprio eu e o seu interesse; ter mente espiritual, pura, abnegada, santa, e sem mancha nem mácula. Manuscrito65, 1886.Objetivo: Entender que o Senhor está disposto a perdoar a todos, e qualquer que for a transgressão, pois Ele émisericordioso e longânimo, só não se deve ignorar essa misericórdia e paciência, porque a justiça será certamenteestabelecida.Domingo - A agonia do profeta“Esta é a mensagem que o SENHOR Deus deu a Miquéias, da cidade de Moresete. Miquéias teve estas visões a respeitodas cidades de Samaria e de Jerusalém durante os reinados de Jotão, Acaz e Ezequias na terra de Judá. Escutem, todosos povos; prestem atenção, todos os moradores da terra! O SENHOR vai ser testemunha contra vocês; do seu templo nocéu, ele falará. Ele descerá do lugar onde mora e caminhará sobre as montanhas. Debaixo dos seus pés, as montanhasse desfazem; são como cera que se derrete no fogo. Os vales se abrem, como se uma enchente os cortasse ao meio.Tudo isso acontecerá porque o povo de Israel pecou e se revoltou contra Deus. Quem é culpado da revolta de Israel? É opovo de Samaria! E quem é responsável por haver santuários pagãos em Judá? É o povo de Jerusalém! Por isso, oSENHOR diz: —Eu farei com que a cidade de Samaria vire um montão de ruínas em campo aberto; farei com que seja umlugar para plantação de uvas. Farei com que as pedras da cidade rolem monte abaixo e que os alicerces das casas deSamaria fiquem aparecendo. Todas as imagens serão destruídas, toda a riqueza conseguida à custa das prostitutas dosseus templos pagãos será queimada, e todos os ídolos virarão um monte de ruínas. Tudo o que foi comprado com odinheiro das prostitutas será usado para pagar as prostitutas em outros templos pagãos. Por isso, eu choro e grito de dore em sinal de tristeza ando descalço e nu, uivando como uma raposa e soltando gritos de dor como uma avestruz. Poisos ferimentos do povo de Samaria não podem ser curados; a destruição já atingiu Judá e está perto de Jerusalém, ondevive o meu povo.” (Miquéias 1:1-9 NTLH).1. O que os textos a seguir ensinam sobre a difícil condição dos profetas? Nm 11:10-15; 1Rs 19:1-4;Jr 8:21–9:2; Ez 24:15-18; 2Co 11:23-27- O profeta sofre muito com as intensas e constantes reclamações do povo.“Então Moisés ouviu o choro do povo. Cada família chorava na entrada da sua barraca. O SENHOR ficou muito irado. EMoisés também ficou aborrecido e disse a Deus, o SENHOR: Por que me tens tratado tão mal? Por que estás aborrecidocomigo? Por que me deste um trabalho tão pesado de dirigir todo este povo? Eu não fiz este povo, nem dei à luz estagente! Por que me pedes que faça como uma babá e os carregue no colo como criancinhas para a terra que juraste daraos seus antepassados? Onde poderia eu conseguir carne para dar a todo este povo? Eles vêm chorar perto de mim edizem que querem comer carne. Eu sozinho não posso cuidar de todo este povo; isso é demais para mim! Se vais metratar desse jeito, tem pena de mim e mata-me! Se gostas de mim, não deixes que eu continue sofrendo deste jeito!”(Números 11:10-15 NTLH)- O profeta é muito mal visto por por causa das mensagens de repreensão, por esse motivo é constantemente perseguido(Mat. 5:11-12; 1Pe 4:14; Lc 6:22; Tg 1:2; Tg 5:11) e ameaçado de morte. (Sal 44:22; 1Co 4:9; 2Co 4:11)."Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia: fomos reputados como ovelhas para omatadouro”. Rom. 8:36- O profeta se entristece muito pelo resultado dos pecados do povo, que causam dor e sofrimento generalizado.“O meu coração está ferido porque o meu povo está ferido. Choro, completamente desanimado. Será que não há maisremédio em Gileade? Não há médico lá? Então por que o meu povo não foi curado? Eu gostaria que a minha cabeça fossecomo um poço de água e que os meus olhos fossem como uma fonte de lágrimas, para que eu pudesse chorar dia e noitepela minha gente que foi morta. Eu gostaria de ter um lugar para ficar no deserto, onde pudesse estar longe do meu povo.Todos eles são adúlteros, são um bando de traidores”. (Jeremias 8:21-9:2 NTLH)ramos@advir.comramos@advir.com
  2. 2. - O profeta deve enfrentar as piores dificuldades da vida com fidelidade e coragem, para testemunhar com eficiência dopoder sustentador de Deus aos que lhe são fieis.“O SENHOR me disse o seguinte: Homem mortal, com um só golpe, vou levar aquela que você mais ama. Não reclame,não chore, não derrame lágrimas. Não deixe que ninguém ouça os seus gemidos. Não ande sem chapéu ou descalço,como sinal de luto. Não cubra o rosto, nem coma a comida que oferecem nos enterros. De manhã eu estava falando como povo, e à noite a minha esposa faleceu. No dia seguinte, fiz como o SENHOR havia mandado.” (Ezequiel 24:15-18NTLH)- O profeta deve ter uma vida de muito sacrifício para pregar o evangelho em meio a um mundo perverso.“Eles são servos de Cristo? Mas eu sou um servo melhor do que eles, embora, ao dizer isso, eu esteja falando como sefosse louco. Pois eu tenho trabalhado mais do que eles e tenho estado mais vezes na cadeia. Tenho sido chicoteadomuito mais do que eles e muitas vezes estive em perigo de morte. Em cinco ocasiões os judeus me deram trinta e novechicotadas. Três vezes os romanos me bateram com porretes, e uma vez fui apedrejado. Três vezes o navio em que euestava viajando afundou, e numa dessas vezes passei vinte e quatro horas boiando no mar. Nas muitas viagens que fiz,tenho estado em perigos de inundações e de ladrões; em perigos causados pelos meus patrícios, os judeus, e tambémpelos não-judeus. Tenho estado no meio de perigos nas cidades, nos desertos e em alto mar; e também em perigoscausados por falsos irmãos. Tenho tido trabalhos e canseiras. Muitas vezes tenho ficado sem dormir. Tenho passado fomee sede; têm me faltado casa, comida e roupas.” (2 Coríntios 11:23-27 NTLH)A promessa e que vocês serão felizes se forem insultados por serem seguidores de Cristo, isso é uma confirmação de queo glorioso Espírito de Deus está sobre vocês (Mat. 5:11-12; 1Pe 2:20; 1Pe 3:14; Lc 6:22-23). Se algum de vocês tiver desofrer, que não seja por ser assassino, ladrão, criminoso ou por se meter na vida dos outros. Mas, se alguém sofrer porser cristão, não fique envergonhado, mas agradeça a Deus o fato de ser chamado por esse nome. 1 Pedro 4:14-16.Hoje, como nos séculos anteriores, a apresentação de qualquer verdade que reprove os pecados e erros dostempos, suscitará oposição. ‘Todo aquele que faz o mal aborrece a luz, e não vem para a luz, para que as suas obrasnão sejam reprovadas.’ João 3:20 […] É o mesmo expediente que tem sido adotado em todos os tempos. Elias foiacusado de ser o perturbador de Israel, Jeremias de traidor, Paulo de profanador do templo. Desde aquele tempo atéhoje, os que desejam ser fiéis à verdade têm sido denunciados como sediciosos, hereges ou facciosos. Multidões que sãodemasiado incrédulas para aceitar a segura palavra da profecia, receberão com ilimitada credulidade a acusação contraos que ousam reprovar os pecados em voga. Em vista disto, qual é o dever do mensageiro da verdade? Concluirá ele quea verdade não deve ser apresentada, visto que muitas vezes seu único efeito é levar os homens a se evadirem de seusrequisitos ou a eles resistir? Não; ele não tem mais motivos para reter o testemunho da Palavra de Deus, porque estelevanta oposição, do que tiveram os primitivos reformadores [...] Antigamente o Senhor declarou a alguém quefalava em Seu nome: "A casa de Israel não te quererá dar ouvidos, porque não Me querem dar ouvidos." Nãoobstante, disse Ele: "Tu lhes dirás as Minhas palavras, quer ouçam quer deixem de ouvir." Ezeq. 3:7; 2:7. Ao servo deDeus, no presente, é dirigida esta ordem: "Levanta a tua voz como a trombeta e anuncia ao Meu povo a suatransgressão, e à casa de Jacó os seus pecados.” (Is. 58:1). O Grande Conflito, p. 458-459.Segunda - Aquele que trama iniquidade Ano Bíblico: 2Cr 10–132. Quais são os pecados que ameaçam trazer juízo sobre as pessoas? Mq 2:1-11; Mq 3O Pensar, planejar e executar o mal resulta em desrespeito, ganância, destituição da vergonha, desonestidade,exploração, violência e usurpação; E os conceitos errôneos sobre Deus, ensinados por falsos religiosos, expressos emprofecias interesseiras e mentirosas, essas coisas tem como resultado, trazer juízo sobre quem às pratica “segundo a tuadureza e teu coração impenitente, entesouras ira para ti no dia da ira e da manifestação do juízo de Deus (Rm 9:22; Tg5:3); o qual recompensará cada um segundo as suas obras”. (Sl 62:12; Jr 17:10; Jr 32:19; Mt 16:27; Rm 14:12; 1Co 3:8;2Co 5:10; Gl 6:5; Ap 2:23; Ap 22:12; Jó 34:11; Pv 24:12; Ap 20:12).“Ai daqueles que antes de se levantarem de manhã já fazem planos para explorar e maltratar os outros! E logo que selevantam fazem o que querem, pois são poderosos! Quando querem terrenos ou casas, eles os tomam. Maltratam osoutros e não respeitam a família nem a propriedade de ninguém. Por isso, o SENHOR diz: —Vou fazer a desgraça cairsobre vocês, e vocês não escaparão. Será um tempo de sofrimento, e vocês não andarão mais tão cheios de orgulho.Quando aquele dia chegar, outros vão inventar um provérbio a respeito de vocês e cantarão esta canção triste: “Estamoscompletamente arruinados! O SENHOR tirou a nossa terra, ele tirou o que era nosso e deu aos que nos conquistaram.”Portanto, quando a Terra Prometida for repartida de novo entre o povo do SENHOR Deus, nenhum de vocês receberá nemuma parte dela. O povo me diz: Pare com essas profecias! Não diga isso! Não é possível que Deus faça a desgraça cairsobre a gente! Será que o povo de Israel está amaldiçoado? Será que o SENHOR está irritado? É assim que ele age? OSENHOR Deus diz: De fato, as minhas palavras fazem bem aos que são bons. Mas vocês, como se fossem inimigos,atacaram o meu povo. Os homens voltam da guerra, pensando que estão sãos e salvos, mas vocês roubam as suasroupas. Vocês expulsam dos seus lares queridos as mulheres do meu povo, e assim os filhos delas perdem para sempreas bênçãos que prometi. Saiam daqui! Vão embora! Pois não é este o lugar onde vocês vão descansar em paz. Aqui hátanta gente desonesta e sem-vergonha, que a destruição vai ser total. O profeta que essa gente prefere é aquele queanda pregando mentiras e falsidades, prometendo vinho e cerveja para todos.” (Miquéias 2:1-11 NTLH)O perigo está também se os lideres contrariarem a justiça, odiarem ao bem e amarem o mal, e assim influenciarem aosoutros; e agirem como se não fosse assim, o que materializaria também a hipocrisia.“Escutem, líderes e autoridades de Israel! Vocês deviam praticar a justiça e, no entanto, odeiam o bem e amam o mal.Vocês tiram a pele do meu povo e arrancam a carne dos seus ossos. Vocês devoram o meu povo: arrancam a pele,quebram os ossos e cortam a carne em pedaços, como se faz com a carne que vai ser cozinhada. Virá o dia em queramos@advir.comramos@advir.com
  3. 3. vocês clamarão ao SENHOR Deus, mas ele não os atenderá; vocês fazem o que é mau, e por isso ele não ouvirá as suasorações. Os profetas enganam o povo. Para os que lhes pagam eles prometem paz, mas ameaçam com guerra os quenão lhes dão nada. O SENHOR diz a esses profetas: Em vez de visões vocês terão a escuridão, e em vez de revelaçõeshaverá somente trevas para vocês. A luz do dia vai desaparecer para vocês, e a escuridão da noite cairá sobre vocês. Osadivinhos e os que dizem o que vai acontecer no futuro passarão vergonha. Não receberão resposta de Deus e por issoficarão desmoralizados. Mas, quanto a mim, o Espírito do SENHOR me dá poder, amor pela justiça e coragem paracondenar os pecados e as maldades do povo de Israel. Escutem, líderes e autoridades de Israel! Vocês odeiam o que ébom e torcem a justiça. Vocês estão construindo Jerusalém, a cidade santa, sobre um alicerce de injustiças e de crimesde sangue. As autoridades de Jerusalém aceitam dinheiro para torcer a justiça, os sacerdotes cobram para ensinar a Lei,e os profetas exigem pagamento para adivinhar o futuro. Mas mesmo assim eles afirmam que recebem ajuda de Deus.Eles dizem: “Nenhum mal vai acontecer porque o SENHOR está do nosso lado.” Portanto, por causa de vocês, Jerusalémvai virar um montão de pedras, o monte Sião vai ser arado como um campo, e o lugar onde fica o Templo se tornará umafloresta.” (Miquéias 3:1-12 NTLH)"Lavai-vos, purificai-vos, tirai a maldade de vossos atos de diante dos Meus olhos e cessai de fazer mal. Aprendei a fazero bem." Isa. 1:16 e 17.Todo o que nesse dia mau se dispuser a servir a Deus com destemor, segundo os ditames de suaconsciência, necessitará de coragem, firmeza e do conhecimento de Deus e Sua Palavra; pois os que foremfiéis a Deus serão perseguidos, seus motivos impugnados, desvirtuados seus melhores esforços e seusnomes repudiados como um mal.Satanás trabalhará com todo o seu poder enganador para influenciar o coração e obscurecer oentendimento, a fim de que o mal pareça bem, e o bem mal. Quanto mais forte e mais pura a fé do povo de Deus,e mais firme sua determinação de obedecer-Lhe, tanto mais ferozmente procurará Satanás instigar contra eles a iradaqueles que, embora se declarando justos, tripudiam sobre a lei de Deus. Requererá a mais firme confiança, o maisheróico propósito reter firme a fé que uma vez foi entregue aos santos. Atos dos Apóstolos, 431.“O profeta Miqueias, que durante esses tempos conturbados deu seu testemunho, declarou que os pecadores de Sião, aomesmo tempo que afirmavam estar apoiados no Senhor, e que em blasfêmia se vangloriavam dizendo: ‘Não está oSenhor no meio de nós? Nenhum mal nos sobrevirá’, continuavam a edificar ‘a Sião com sangue, e a Jerusalém, comperversidade’” Mq 3:11, 10; Ellen G. White, Profetas e Reis, p. 322.Terça - O novo Rei de Belém Ano Bíblico: 2Cr 14–163. Quem foi mencionado em Miqueias 5:2? O que aprendemos sobre Ele nesse verso? Jo 1:1-3; 8:58;Cl 1:16, 17O Messias é quem foi mencionado em Miqueias 5:2, o Senhor eterno de Israel, se manifestaria em carne (Is 7:14; Is 9:6;40:5; Mt 1:16; 17:2; Lc 1:31; 2:7; Jo. 1:1-3; 2Pe 1:17; Cl 1:19; 2:9; 1Tm 3:16; Hb 2:14; 2Pe 1:16; 1Jo. 1:1-4) nascendo emBelém com o propósito de salvar a humanidade (Luc. 2:9-12).“E tu, Belém Efrata, posto que pequena entre milhares de Judá, de ti me sairá o que será Senhor em Israel, e cujasorigens são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade”. (Miquéias 5:2 RC)Aprendemos pelas escrituras que o Messias que veio da eternidade é Jesus, ele é o Criador, mantenedor e Redentor.“Disse-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que, antes que Abraão existisse, Eu sou”. (João 8:58 RC).As Escrituras apresentam a Jesus Cristo como o Grande EU SOU; Jo 8:56-59; Atos 7:31-33; 1.1-3; 17.5, 24; Is 9.6; Mq 5.2;Cl 1.17; Hb 1.10-12; 13.8; Ap 1.11, 17-18; 2.8. Por Tanto Adorai ao Criador Apoc. 14:6-7; Êxo. 20:11; Gên. 2:1-3.“No princípio, era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas ascoisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez”. (João 1:1-3 RC)“porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejamdominações, sejam principados, sejam potestades; tudo foi criado por ele e para ele. (Gn 1:3; Sl 33:6; João 1:1-3; Ef 3:8-9; Cl 1:15-17; Hb 1:1-2; 11:3); E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele”. (Colossenses 1:16-17 RC). Ver Gn 1:3; Sl 33:6; João 1:1-3; Ef 3:8-9; Hb 1:1-2; 11:3."Ele será chamado pelo nome de Emanuel (que quer dizer: Deus conosco)." Mat. 1:23. Desde os dias da eternidade oSenhor Jesus Cristo era um com o Pai; era "a imagem de Deus", a imagem de Sua grandeza e majestade, "oresplendor de Sua glória". Foi para manifestar essa glória que Ele veio ao mundo. Veio à Terra entenebrecida pelopecado, para revelar a luz do amor de Deus, para ser "Deus conosco". ... O Deus todo-misericordioso velou Suaglória num símbolo por demais humilde, para que Moisés pudesse olhar para ela e viver. Assim na coluna denuvem de dia e na de fogo à noite, Deus Se comunicava com Israel, revelando aos homens Sua vontade eproporcionando-lhes graça. A glória de Deus era restringida, e Sua majestade velada, para que a fraca visão de homensfinitos a pudesse contemplar. Da mesma maneira Cristo devia vir no "corpo abatido" (Filip. 3:21), "semelhante aoshomens". ... Sua glória estava encoberta, Sua grandeza e majestade ocultas, para que pudesse atrair a Si ostentados e sofredores. O Desejado de Todas as Nações, págs. 19-23.Quarta - O que é bom Ano Bíblico: 2Cr 17–204. Leia Miqueias 6:1-8. A verdade é apenas doutrina correta e compreensão detalhada da profecia, ou Deus espera algomais? Mt 23:23ramos@advir.comramos@advir.com
  4. 4. Deus espera que em nossa religião (que significa religar com Deus, o que resulta em piedade prática Tiago 1:22-27)pratiquemos a justiça (a prática da justiça está relacionada com a aceitação do sacrifício expiatório de cristo em favor dahumanidade, e com o reconhecimento desse ato, amando a Deus através da obediência de Seus mandamentos Deut. 10:12-13; quenão são penosos ou difíceis I Jo. 5:3; Mt 11:29-30; Jo 14:15; Jo 15:10; este é o contexto direto de Miquéias 6), amemos amisericórdia (que significa ter a disposição voluntária de perdoar e favorecer ao que não merece, assim como foi feito conoscopor Jesus) e andemos (andar é ter acordo, compromisso, amizade, relacionamento com Deus Amós 3:3; Isa. 41:8-10; II Tim.3:1-4) humildemente diante Dele (humildade é o oposto do orgulho, presunção e altivez, é o reconhecimento de nossa limitaçãoe dependência continua do Senhor para seguir em Seus caminhos Fil. 2:1-11) que vai muito além dos rituais e formalidadesdestituídos de sinceridade. A religião interior deve ser manifesta exteriormente, Deus então será amorosamenteobedecido e o próximo auxiliado prontamente em suas necessidades.“Escutem a acusação que o SENHOR Deus vai fazer contra o seu povo! Levanta-te, ó Deus, e faze a tua acusação ; e queas montanhas e os montes ouçam o que dizes. Ó montanhas, ó alicerces firmes da terra, escutem a acusação que oSENHOR faz contra Israel. Pois ele tem uma questão para resolver com o seu povo; ele vai acusar o povo de Israel. OSENHOR diz: - Meu povo, o que foi que eu fiz de errado? Será que exigi demais de vocês? Respondam! Eu os tirei doEgito, salvando-os da escravidão, e enviei Moisés, Arão e Míriam para os guiar pelo deserto. Meu povo, lembre dos planosque Balaque, rei de Moabe, fez contra vocês e da resposta que Balaão, filho de Beor, lhe deu. Lembrem de tudo o queaconteceu desde que saíram do acampamento do vale das Acácias até que chegaram à cidade de Gilgal. Não esqueçamnunca as vitórias que eu, o SENHOR, consegui. O que é que eu levarei quando for adorar o SENHOR? O que oferecerei aoDeus Altíssimo? Será que deverei apresentar a Deus bezerros de um ano para serem completamente queimados? Seráque o SENHOR ficará contente se eu oferecer milhares de carneiros ou milhares e milhares de rios de azeite? Será quedeverei oferecer o meu filho mais velho como sacrifício para pagar os meus pecados e as minhas maldades? O SENHORjá nos mostrou o que é bom, ele já disse o que exige de nós. O que ele quer é que façamos o que é direito, que amemosuns aos outros com dedicação e que vivamos em humilde obediência ao nosso Deus.” (Miquéias 6:1-8 NTLH)“Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Pois que dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho e desprezais o maisimportante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer essas coisas e não omitir aquelas.” Mateus 23:23.(Lc 11:42; 1Sm 15:22; Os 6:6; Mq 6:8; Mt 9:13; Mt 12:7).Insistindo sobre o valor da piedade prática, o profeta estava unicamente repetindo o conselho dado a Israel séculosantes. Por intermédio de Moisés, quando estavam para entrar na terra prometida, a palavra do Senhor havia sido:"Agora, pois, ó Israel, que é o que o Senhor teu Deus pede de ti, senão que andes em todos os Seus caminhos, e O ames,e sirvas ao Senhor teu Deus com todo o teu coração e com toda a tua alma, para que guardes os mandamentos doSenhor, e os Seus estatutos, que hoje te ordeno, para o teu bem?" Deut. 10:12 e 13. De século em século essesconselhos foram repetidos pelos servos de Jeová aos que estavam em perigo de cair nos hábitos doformalismo e de esquecer de demonstrar misericórdia. Quando, durante o Seu ministério terrestre, o próprio Cristofoi assediado por um doutor da lei com a pergunta: "Mestre, qual é o grande mandamento da lei?" Sua resposta foi:"Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento. Este é o primeiroe grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes doismandamentos depende toda a lei e os profetas." Mat. 22:36-40. Profetas e Reis, 326-327.Quinta - Nas profundezas do mar Ano Bíblico: 2Cr 21–23O livro de Miqueias começa com uma descrição dos juízos, mas termina com palavras de esperança. Há pessoas quetentam minimizar ou negar a realidade dos juízos de Deus. Fazer isso é cair na armadilha em que caíram oscontemporâneos de Miqueias, que acreditavam que Deus nunca mandaria juízos sobre a nação escolhida. LES.5. Leia Miqueias 7:18-20. Como a esperança do evangelho é revelada nesses versos? Por que precisamos deladesesperadamente?A esperança do evangelho é revelada através da fidelidade divina “Mostrarás a Jacó a fidelidade, e a Abraão abenignidade, conforme juraste a nossos pais desde os dias antigos”. Miq. 7:20 (Lc 24:27; At 10:43; At 26:6; At 28:23; Rm1:2). E o profeta da destaque que isso acontecerá por causa do caráter de Deus, “Quem é Deus semelhante a ti, queperdoas a iniquidade, e que te esqueces da transgressão do resto da tua herança? O Senhor não retém a sua ira parasempre, porque ele se deleita na benignidade. (Ex 34:6-7; Jr 31:34; Zc 3:4) Tornará a apiedar-se de nós; pisará aos pés asnossas iniquidades. Tu lançarás todos os nossos pecados nas profundezas do mar.” Miq. 7:18-19."Assim diz o Senhor: Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem se glorie o forte na sua força; não se glorie o rico nassuas riquezas. Mas o que se gloriar glorie-se nisto: em Me conhecer e saber que Eu sou o Senhor, que faço beneficência,juízo e justiça na Terra; porque destas coisas Me agrado, diz o Senhor." Jer. 9:23-24.Conquanto o pecador não possa salvar-se a si próprio, tem algo que fazer para conseguir a salvação. "O que vem a Mim",disse Cristo, "de maneira nenhuma o lançarei fora." João 6:37. Mas devemos ir a Ele; e, quando nos arrependemosde nossos pecados, devemos crer que Ele nos aceita e perdoa. A fé é dom de Deus, mas a faculdade de exercê-laé nossa. A fé é a mão pela qual a alma se apodera das ofertas divinas de graça e misericórdia. …Jesus empenhou Sua palavra; Ele salvará todos os que a Ele se chegarem. Embora milhões que necessitam sercurados rejeitem Sua misericórdia que é oferecida, nenhum dos que confiam em Seus méritos será deixado a perecer.Patriarcas e Profetas, págs. 430-432.Sexta - Conclusão: Ano Bíblico: 2Cr 24, 25Em “O povo especial de Deus” aprendi que …ramos@advir.comramos@advir.com
  5. 5. Domingo - A agonia do profeta:O profeta sofre muito com as intensas e constantes reclamações do povo. Núm. 11:10-15; Ele é muito mal visto por porcausa das mensagens de repreensão, por esse motivo é constantemente perseguido (Mat. 5:11-12; 1Pe 4:14; Lc 6:22; Tg1:2; Tg 5:11) e ameaçado de morte. "Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia: fomosreputados como ovelhas para o matadouro”. Rom. 8:36 (Sal 44:22; 1Co 4:9; 2Co 4:11). O profeta se entristece muito peloresultado dos pecados do povo, que causam dor e sofrimento generalizado. Jer. 8:21-9:2; O profeta deve enfrentar aspiores dificuldades da vida com fidelidade e coragem, para testemunhar com eficiência do poder sustentador de Deusaos que lhe são fieis. Eze. 24:15-18; Ele deve ter uma vida de muito sacrifício para pregar o evangelho em meio a ummundo perverso. 2 Coríntios 11:23-27.A promessa e que vocês serão felizes se forem insultados por serem seguidores de Cristo, isso é uma confirmação de queo glorioso Espírito de Deus está sobre vocês (Mat. 5:11-12; 1Pe 2:20; 1Pe 3:14; Lc 6:22-23). Se algum de vocês tiver desofrer, que não seja por ser assassino, ladrão, criminoso ou por se meter na vida dos outros. Mas, se alguém sofrer porser cristão, não fique envergonhado, mas agradeça a Deus o fato de ser chamado por esse nome. 1 Pedro 4:14-16.Segunda - Aquele que trama iniquidade, pensa, planeja e executa o mal, resultará em desrespeito, ganância,destituição da vergonha, desonestidade, exploração, violência e usurpação; E os conceitos errôneos sobre Deus,ensinados por falsos religiosos, expressos em profecias interesseiras e mentirosas, essas coisas tem como resultado,trazer juízo sobre quem às pratica. Miq. 2:1-11; “segundo a tua dureza e teu coração impenitente, entesouras ira para tino dia da ira e da manifestação do juízo de Deus (Rm 9:22; Tg 5:3); o qual recompensará cada um segundo as suasobras”. (Sl 62:12; Jr 17:10; Jr 32:19; Mt 16:27; Rm 14:12; 1Co 3:8; 2Co 5:10; Gl 6:5; Ap 2:23; Ap 22:12; Jó 34:11; Pv24:12; Ap 20:12).O perigo está também se os lideres contrariarem a justiça, odiarem ao bem e amarem o mal, e assim influenciarem aosoutros; e agirem como se não fosse assim, o que materializaria também a hipocrisia. Miq. 3:1-12.Terça - O novo Rei de Belém: O Messias é quem foi mencionado em Miqueias 5:2, o Senhor eterno de Israel, semanifestaria em carne (Is 7:14; Is 9:6; 40:5; Mt 1:16; 17:2; Lc 1:31; 2:7; Jo. 1:1-3; 2Pe 1:17; Cl 1:19; 2:9; 1Tm 3:16; Hb2:14; 2Pe 1:16; 1Jo. 1:1-4) nascendo em Belém com o propósito de salvar a humanidade (Luc. 2:9-12).“E tu, Belém Efrata, posto que pequena entre milhares de Judá, de ti me sairá o que será Senhor em Israel, e cujasorigens são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade”. (Miquéias 5:2 RC)Aprendemos pelas escrituras que o Messias que veio da eternidade (Miq. 5:2) é Jesus (Jo. 8:58), ele é o Criador,mantenedor e Redentor. As Escrituras apresentam a Jesus Cristo como o Grande EU SOU; Jo 8:56-59; Atos 7:31-33; 1.1-3;17.5, 24; Is 9.6; Mq 5.2; Cl 1.17; Hb 1.10-12; 13.8; Ap 1.11, 17-18; 2.8. Por Tanto Adorai ao Criador Apoc. 14:6-7; Êxo.20:11; Gên. 2:1-3.“porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejamdominações, sejam principados, sejam potestades; tudo foi criado por ele e para ele. (Gn 1:3; Sl 33:6; João 1:1-3; Ef 3:8-9; Cl 1:15-17; Hb 1:1-2; 11:3); E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele”. (Colossenses 1:16-17 RC). Ver Gn 1:3; Sl 33:6; João 1:1-3; Ef 3:8-9; Hb 1:1-2; 11:3.Quarta - O que é bom: “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Pois que dais o dízimo da hortelã, do endro e docominho e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer essas coisas e nãoomitir aquelas.” Mateus 23:23. (Lc 11:42; 1Sm 15:22; Os 6:6; Mq 6:8; Mt 9:13; Mt 12:7).Deus espera que em nossa religião (que significa religar com Deus, o que resulta em piedade prática Tiago 1:22-27)pratiquemos a justiça (a prática da justiça está relacionada com a aceitação do sacrifício expiatório de cristo em favor dahumanidade, e com o reconhecimento desse ato, amando a Deus através da obediência de Seus mandamentos Deut. 10:12-13; quenão são penosos ou difíceis I Jo. 5:3; Mt 11:29-30; Jo 14:15; Jo 15:10; este é o contexto direto de Miquéias 6), amemos amisericórdia (que significa ter a disposição voluntária de perdoar e favorecer ao que não merece, assim como foi feito conoscopor Jesus) e andemos (andar é ter acordo, compromisso, amizade, relacionamento com Deus Amós 3:3; Isa. 41:8-10; II Tim.3:1-4) humildemente diante Dele (humildade é o oposto do orgulho, presunção e altivez, é o reconhecimento de nossa limitaçãoe dependência continua do Senhor para seguir em Seus caminhos Fil. 2:1-11) que vai muito além dos rituais e formalidadesdestituídos de sinceridade. A religião interior deve ser manifesta exteriormente, Deus então será amorosamenteobedecido e o próximo auxiliado prontamente em suas necessidades. Miq. 6:8.Quinta - A esperança do evangelho é revelada através da fidelidade divina “Mostrarás a Jacó a fidelidade, e a Abraão abenignidade, conforme juraste a nossos pais desde os dias antigos”. Miq. 7:20 (Lc 24:27; At 10:43; At 26:6; At 28:23; Rm1:2). E o profeta da destaque que isso acontecerá por causa do caráter de Deus, “Quem é Deus semelhante a ti, queperdoas a iniquidade, e que te esqueces da transgressão do resto da tua herança? O Senhor não retém a sua ira parasempre, porque ele se deleita na benignidade. (Ex 34:6-7; Jr 31:34; Zc 3:4) Tornará a apiedar-se de nós; pisará aos pés asnossas iniquidades. Tu lançarás todos os nossos pecados Nas profundezas do mar.” Miq. 7:18-19."Assim diz o Senhor: Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem se glorie o forte na sua força; não se glorie o rico nassuas riquezas. Mas o que se gloriar glorie-se nisto: em Me conhecer e saber que Eu sou o Senhor, que faço beneficência,juízo e justiça na Terra; porque destas coisas Me agrado, diz o Senhor." Jer. 9:23-24.ramos@advir.comramos@advir.com

×