Raiz, caule e folha aula alex ppt

15.004 visualizações

Publicada em

0 comentários
12 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
15.004
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
788
Comentários
0
Gostaram
12
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Raiz, caule e folha aula alex ppt

  1. 1. Raiz Biologia. Prof. Alexandre
  2. 2. Raiz <ul><li>Geralmente subterrâneo, função: fixação , absorção de água e sais minerais e condução da seiva. </li></ul>A primeira raiz é a primária, a partir da radícula.
  3. 3. Regiões da raiz <ul><li>Colo - entre raiz e caule; </li></ul><ul><li>Zona suberosa – parte mais velha, não tem absorção de água; Partem raízes laterais. </li></ul><ul><li>Zona pilífera – possui pêlos, absorção de água e sais; </li></ul><ul><li>Zona lisa – Mais jovem, crescimento da raiz. </li></ul><ul><li>Coifa – Serve como proteção, impedindo entrada de microorganismos. </li></ul>
  4. 4. Zona lisa <ul><li>Possui três áreas: </li></ul><ul><li>Meristemática – Capaz de realizar divisão celular; </li></ul><ul><li>Alongamento: Acima da meristemática, crescimento da raiz; </li></ul><ul><li>Maturação – As células se tornam adultas; </li></ul>
  5. 5. Classificação das Raízes <ul><li>De acordo com a função e o ambiente que vivem. </li></ul>Raízes subterrâneas Axiais ou pivotantes – Têm uma raiz primária do qual partem raízes laterais; Ex: Gimnospermas e dicotiledôneas
  6. 6. Raiz Fasciculada ou Cabeleira Não têm raiz principal, surgem apenas adventícias e ramificadas; Não atinge grandes profundidades; Ex: monocotiledôneas
  7. 7. Raízes aéreas São raízes que se desenvolvem acima do solo, são raízes adventícias.
  8. 8. Tuberosas: Armazenam substâncias nutritivas .
  9. 9. Cintura ou velame Típica de epífitas (bromélias, orquídeas) usam apenas para fixação; Conseguem reter água da chuva;
  10. 10. Suportes ou escora: P artem do caule e atingem o solo, e sua principal função é aumentar a fixação do vegetal.
  11. 11. Respiratórias ou pneumatóforas Raízes de plantas que vivem em locais alagadiços(mangues). Servem para absorver o ar.
  12. 12. Estrangulantes: Raiz que se enrola nas árvores que lhe serve de suporte provocando posteriormente o estrangulamento delas. São exemplos os cipós-mata-pau ( Ficus sp.).
  13. 13. Tabulares : são achatadas, e encontradas em florestas densas, sendo responsáveis pela fixação, podendo também serem respiratórias .
  14. 14. Grampiformes São curtas semelhantes a grampos. São as trepadeiras Ex hera.
  15. 15. Sugadora ou Haustório: erva de passarinho
  16. 16. Raízes aquáticas: Apresentam parênquima aerífero bem desenvolvido. Não apresentam coifa. Ex: raízes do aguapé e vitória-régia .
  17. 17. Anatomia das Raízes <ul><li>Estrutura primária das raízes </li></ul>
  18. 18. Estrutura secundária das raízes
  19. 19. Caules
  20. 20. Caules <ul><li>Órgão geralmente aéreo com função de condução , sustentação , reserva alimentar e fotossíntese (jovem). </li></ul>Origem Formado a partir do caulículo presente na semente.
  21. 21. Os caules geralmente possuem nó, Entrenó e gemas
  22. 22. Classificação dos Caules Caules aéreos Tronco – é lenhoso, bem desenvolvido e ramificado. Plantas de grande porte.
  23. 23. Haste – É pouco desenvolvido, clorofilado e pouco lignificado. Ex. couve, feijão. Estipe – Caule cilíndrico, não ramificado, com folhas somente nas extremidades. Não engrossa. Ex coqueiros
  24. 24. Colmo – Dividido em nós e entrenos. Pode ser oco ou fazer reservas. Ex. bambu, cana. Caules Trepadores São caules que se apóiam em outras estruturas.
  25. 25. Sarmentosos – São caules de plantas trepadeiras e usam gavinhas ou raízes grampiformes. Ex. videira, maracujá Volúveis – São de plantas trepadeiras, porém usam o próprio caule para se apoiarem. Ex. feijão
  26. 26. Caule rastejante Estolão ou estolho – Caules que crescem horizontalmente sobre o solo. Ex. morangueiro, melancia.
  27. 27. Caules Subterrâneos Rizomas – Desenvolvem-se horizontalmente de onde partem raízes adventícias. Ex. samambaia, bananeira, gengibre Tubérculos – Caules ricos em reserva de substância nutritiva. Possui brotos. Ex. batatinha
  28. 28. Bulbos – Caules protegidos por folhas modificadas, que acumulam substância nutritiva. Escamoso – As folhas se sobrepõem. Ex. lírio Tunicados – As folhas envolvem completamente uma as outras. Ex. cebola e alho Sólidos – A região do prato é maior que as escamas. Ex tulipa
  29. 29. Caules aquáticos – São aqueles adaptados a vida submersa. Elódea, vitória régia.
  30. 30. Caules modificados <ul><li>Suculentos –Especializados em armazenar água, geralmente de regiões áridas. Ex. Barriguda </li></ul>Cladódios – Caules suculentos, achatados e verdes com função fotossintetizante. Ex cacto, carqueja.
  31. 31. Gavinha – Modificações caulinares. Servem para fixação. Ex. maracujá, videira.
  32. 32. Xilopódio - Típicos de plantas do cerrado e da caatinga, ricos em substância de reserva. Ex. maniçoba.
  33. 33. <ul><li>Espinhos </li></ul><ul><li>Curtos e resistentes </li></ul><ul><li>Difíceis de destacar </li></ul><ul><li>(limoeiro) </li></ul><ul><li>Roseiras - acúleos </li></ul>
  34. 34. Anatomia do Caule Feixe liberolenhoso (Organizado)
  35. 35. Feixes liberolenhosos desorganizados
  36. 37. folha
  37. 38. funções <ul><li>Fotossíntese </li></ul><ul><li>Transpiração </li></ul><ul><li>Respiração </li></ul><ul><li>Gutação </li></ul><ul><li>Pode ser completa ou incompleta </li></ul>
  38. 39. Folha completa Possuem: limbo, pecíolo e bainha
  39. 40. Folha incompleta Podem ser: sésseis (fumo) e invagi nantes (milho).

×