Treinamento para o Acesso Aberto: principais fontes de informação

314 visualizações

Publicada em

To provide the professionals in veterinary medicine and to interested users knowledge on the main sources of OA (Open Access).

Garcia, Rodrigo-Moreira Treinamento para o Acesso Aberto: principais fontes de informação., 2010 . In XIII Semana do Livro e da Biblioteca da USP, São Paulo, 25 a 29 de outubro de 2010. (Unpublished) [Presentation] http://eprints.rclis.org/16887/

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
314
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Treinamento para o Acesso Aberto: principais fontes de informação

  1. 1. XIII Semana do Livro e da Biblioteca da USP 25 a 29 de outubro de 2010 Treinamento para o Acesso Aberto: principais fontes de informação Rodrigo Moreira Garcia (Bibliotecário) http://lattes.cnpq.br/5852816701973112 Solange Santos (Técnico ADM)Objetivo: Proporcionar aos profissionais da área de Medicina Veterinária e aos usuários interessados conhecimentos sobre as principais fontes de Acesso Aberto (Open Access).
  2. 2. O que é Acesso Aberto?Por "acesso aberto" à literatura, deve-se entender a disposiçãolivre e pública na Internet, de forma a permitir a qualquerusuário a leitura, download, cópia, impressão, distribuição,busca ou o link com o conteúdo completo de artigos, bem comoa indexação ou o uso para qualquer outro propósito legal. Noentendimento das organizações que apóiam o acesso aberto,não deve haver barreiras financeiras, legais e técnicas outrasque não aquelas necessárias para a conexão à Internet. O únicoconstrangimento para a reprodução e distribuição deve ser ocontrole do autor sobre a integridade de seu trabalho e o direitoà devida citação.
  3. 3. Biblioteca eletrônica que publica, com textocompleto, as revistas produzidas pela USP ecredenciadas pelo Programa de Apoio às PublicaçõesCientíficas Periódicas da USP.
  4. 4. Disponibiliza, em formato digital, para consulta oudownload, o conhecimento produzido pelas teses edissertações defendidas na USP.
  5. 5. Reunião de dados e informações de interesse dacomunidade científica da área de MedicinaVeterinária e Zootecnia e, também, da sociedade,facilitando o acesso ao conhecimento da área pormeio dos principais sites e bases de dados.
  6. 6. SciELO - Scientific Electronic Library Online (Biblioteca Científica Eletrônica em Linha) éum modelo para a publicação eletrônica cooperativa de periódicos científicos naInternet. Especialmente desenvolvido para responder às necessidades da comunicaçãocientífica nos países em desenvolvimento e particularmente na América Latina eCaribe, o modelo proporciona uma solução eficiente para assegurar a visibilidade e oacesso universal a sua literatura científica, contribuindo para a superação dofenômeno conhecido como ciência perdida. O Modelo SciELO contém aindaprocedimentos integrados para medir o uso e o impacto dos periódicos científicos.
  7. 7. Serviço da U.S. National Library of Medicine que inclui referências doMEDLINE, periódicos da área médica e links com textos completos deartigos e outros recursos relacionados.
  8. 8. PubMed Central é um arquivo digital, de Acesso Aberto ao textocompleto, de Periódicos científicos da área de Ciências da vida eBiomédicas. Desenvolvido e administrado pelo NCBI - NIHs NationalCenter for Biotechnology Information - da NLM - National Library ofMedicine.
  9. 9. BioMed Central é uma editora de CTM (ciência, tecnologia e medicina)pioneira no caminho do modelo de publicação de acesso aberto.
  10. 10. A Public Library of Science (PLoS) é uma organização sem fins lucrativosde cientistas e dos médicos, que tem como um de seus principios:• Open access: “Todo o material publicado pela Public Library of Science,quer submetido ou criado pela PLoS, é publicado sob uma licença deacesso aberto que permite uso irrestrito, distribuição e reprodução emqualquer meio, desde que o trabalho original seja devidamente citado”.
  11. 11. O objetivo do Directory of Open Access Journals é aumentar avisibilidade e facilidade de uso do acesso aberto a revistas científicas eacadêmicas, promovendo assim a sua maior utilização e impacto.O Diretório pretende ser abrangente e cobrir todos os periódicoscientíficos de acesso aberto e acadêmicos que utilizam um sistema decontrole de qualidade para garantir o conteúdo.Um “one stop shop” para os usuários de Open Access Journals.
  12. 12. O Special Programme for Research and Training in Tropical Diseases (TDR) estabeleceuo TropIKA.net como um portal eletrônico de gestão de conhecimento global paracompartilhar informação e facilitar a identificação de necessidades prioritárias elacunas de pesquisas importantes no campo das doenças infecciosas.TropIKA.net é designado para a gestão do conhecimento dos componentes da funçãoadministrativa na nova visão e estratégia dos “TDR Ten Year”. A nova estratégia vaiajudar a concentrar os esforços globais sobre as necessidades prioritárias de pesquisaem doenças infecciosas nos países endêmicos das doenças.
  13. 13. O objetivo da Global Health Library (GHL) é contribuir paraaumentar o acesso à informação e evidência científica em saúde,particularmente nas regiões em desenvolvimento. A GHL épromovida e coordenada pela OMS como parte de sua estratégiapara a gestão do conhecimento em saúde pública mundial.

×