Cenário Mundial de Zinco
Valdecir A. Botassini
Votorantim Metais - Diretor Negócio Zinco
Portfólio Diversificado
Onde Estamos
OPERAÇÕES
Escritórios Comerciais

Escritórios
Exploração Mineral

Unidades Produtivas

Toronto (Canadá)
Coldw...
Quem Somos
Uma das maiores empresas de mineração do Brasil
Maior planta integrada de Alumínio e maior produtor de Alumínio...
Nossas Crenças
Cultivo de Talentos - Acreditamos e confiamos nas pessoas, e por isso investimos tempo e
recursos cultivand...
Análise Global da Indústria
Concentrado de Zinco
OFERTA

DEMANDA

• Oferta atual de 14 Mt/ano suficiente para atender o
me...
Análise Global da Indústria
Zinco Metálico
OFERTA

DEMANDA

• O consumo global de zinco metálico é de 13,4 Mt/ano.
• A Chi...
Distribuição da Demanda
DEMANDA por APLICAÇÃO e DRIVER
Produção de Aço
Galvanizado
Consumo de Zinco

Galvanização Contínua...
PIB Mundial
CRESCIMENTO DO PIB
12%

Mundo

LATAM

China

10%

Europa

Brasil

USA

8%
5,2%

6%

3,9%

4%

3,2%

2,9%

2012...
Distribuição da Demanda
CONSUMO DE ZINCO por REGIÃO

2018 (16,9 Mt/ano)

2013 (13,4 Mt/ano)
RoW

América do Norte

Europa
...
Consumo de Zinco
CONSUMO de ZINCO POR REGIÃO (kt/ano)
16.909

Mundo

Brasil

China

Europa
13.443

USA
10.144

8.556
6.077...
Consumo de Zinco
CONSUMO de ZINCO NO BRASIL (kt/ano)
+3%

326

276
220

2009

2010

2011

2012

2013

2014

2015

2016

20...
Drivers de Consumo
SETOR AUTOMOBILISTICO
Produção de Veículos Pesados (Mil unidades)
+6%
228,0

257,9
217,5

275,9 291,7
2...
Drivers de Consumo
CONSTRUÇÃO CIVIL
Consumo de Cimento (Milhões toneladas)
+2%

+6%
59,7

64,8

69,2

2010

2011

2012

72...
Análise Global da Indústria
CUSTOS
CASH COST MINAS(US$/t)

CONVERSION COST SMELTERS (US$/t)

• Crescimento de 4,0% a.a.
• ...
Análise Global da Indústria
• Para suprir o crescimento da demanda, será necessária a entrada de novos projetos de expansã...
Cenário Mundial de Zinco
Valdecir A. Botassini
Votorantim Metais - Diretor Negócio Zinco

OBRIGADO
Cenário Mundial de Zinco
Valdecir A. Botassini
Votorantim Metais - Diretor Negócio Zinco

BACK UP
Análise Global da Indústria
ESTOQUES GLOBAIS ANUAL (kt)
SHFE (China)
LME Europa
+42%

LME EUA

364

1.131

LME Asia
552
39...
Análise Global da Indústria
CUSTOS
CASH COST MINAS(US$/t)

CONVERSION COST SMELTERS (US$/t)

• Crescimento de 4,0% a.a.
• ...
Lista de Projetos Smelters Probable
Projeto

País

Owner

Status

Produção esperada (kt/a)
2014

Kardjali

Bulgaria

OZCK
...
Lista de Projetos Smelters Possible
Projeto

País

Owner

Status

Produção esperada (kt/a)
2014

Townsville
Oruro
Potosi
G...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Gb2013 valdecir botassini_votorantim metais

341 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
341
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gb2013 valdecir botassini_votorantim metais

  1. 1. Cenário Mundial de Zinco Valdecir A. Botassini Votorantim Metais - Diretor Negócio Zinco
  2. 2. Portfólio Diversificado
  3. 3. Onde Estamos OPERAÇÕES Escritórios Comerciais Escritórios Exploração Mineral Unidades Produtivas Toronto (Canadá) Coldwater (USA) Carksville (USA) Millington (USA) Houston (USA) Niquelândia (DF) Morro Agudo (MG) Vazante (MG) Fortaleza de Minas (MG) Poços de Caldas (MG) Bogotá (Colombia) Milpo (Peru) Cajamarquilla (Peru) Lima (Peru) La Paz (Bolívia) Mendonza (Argentina) Alumínio (SP) São Paulo (SP) Três Marias (MG) Miral (MG) Itamarati de Minas (MG) Juiz de Fora (MG) São Miguel Pta. (SP) Johannesburg (South Africa) Changshu (China) Shanghai (China)
  4. 4. Quem Somos Uma das maiores empresas de mineração do Brasil Maior planta integrada de Alumínio e maior produtor de Alumínio primário no mundo Maior produtor de Níquel Eletrolítico na América Latina Quinto maior produtor de Zinco Metálico Capacidade de produção de 730.000 toneladas/ano Maior produtor de óxido de zinco no mundo Segundo maior na produção de pó de zinco
  5. 5. Nossas Crenças Cultivo de Talentos - Acreditamos e confiamos nas pessoas, e por isso investimos tempo e recursos cultivando nossos talentos Meritocracia - Acreditamos que as pessoas são únicas e por isso merecem ser valorizadas de forma justa e de acordo com suas entregas Excelência - Acreditamos que podemos fazer sempre mais e melhor, superando os desafios com disciplina, humildade e simplicidade Pragmatismo - Acreditamos ser essencial dedicarmos esforços ao que é relevante, com objetividade e sem perder a visão do todo e do futuro Diálogo aberto - Acreditamos que um ambiente de confiança propicia diálogo aberto e espaço para falar e ser ouvido, onde a diversidade de opiniões constrói melhores soluções Aliança - Acreditamos que nosso sucesso É fruto da construção conjunta, fortalecido por relações e alianças genuínas onde todos ganham Senso de Dono - Acreditamos naqueles que assumem responsabilidades, trabalham com paixão e lideram pelo exemplo, comemorando as conquistas e transformando erros em aprendizados
  6. 6. Análise Global da Indústria Concentrado de Zinco OFERTA DEMANDA • Oferta atual de 14 Mt/ano suficiente para atender o mercado até 2014. • Fechamentos previstos de minas somam perda de 1,4Mt de oferta. Para atender o crescimento da demanda, novos projetos serão necessários. • A dependência de projetos torna o fornecimento futuro de concentrando o principal desafio da indústria, diante dos altos custos envolvidos na implantação de projetos (CAPEX). • Necessidade de concentrado para atender à produção de metal. • Crescimento em smelting principalmente via retomadas e expansões na China. • Baixo incentivo para investimentos em smelting fora da China por conta de CAPEX e OPEX em alta. BALANÇO • Cenário de déficit no mercado de concentrado a partir de 2015, deixará as minas com maior poder de barganha nas negociações de TCs, com geração de valor no upstream, o que deverá aumentar os custos de concentrados para os smelters. Balanço Global Concentrado de Zinco (Mt) Mt Possible Probable Base case Demanda de concentrado 25 20 15 10 5 0 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 Fonte: Brook Hunt, Novos negócios Votorantim Metais • No longo prazo, com LMEs mais altas previstas a partir de 2015, esperase que projetos de novas minas ou expansões entrem em operação para atender a demanda.
  7. 7. Análise Global da Indústria Zinco Metálico OFERTA DEMANDA • O consumo global de zinco metálico é de 13,4 Mt/ano. • A China teve cortes de produção, em busca de reequilíbrio de mercado e rentabilidade. Ainda assim, os projetos de smelter estão concentrados no país. • Operações de financiamento de estoques impedem que o excedente de produção chegue ao mercado, criando déficits artificiais em algumas regiões. • Os países emergentes serão o principal motor do consumo de Zn. • Na LATAM, o crescimento de demanda esperado é de 2,1% a.a. até 2018, principalmente no Brasil, com investimentos em infraestrutura e no setor automobilístico. • Aumento esperado de 4,3% a.a. da demanda global nos próximos 5 anos com crescimento menos intenso das economias globais. BALANÇO Balanço Global Zinco Metálico (Mt) Mt Possible Probable Base case Demanda 25 4,3% 20 15 10 5 0 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 Fonte: Brook Hunt, Novos negócios Votorantim Metais • Estoques altos, mas não disponíveis para o consumidor final (atrelado a operações financeiras). • Falta de investimentos em smelters, inibidos pela atual situação de mercado, devem levar o mercado a déficit a partir de 2015 e início do consumo dos estoques. • No longo prazo, a utilização da capacidade dos smelters na China deverá subir dos atuais 75% e novos smelters serão instalados para suprir a demanda por metal.
  8. 8. Distribuição da Demanda DEMANDA por APLICAÇÃO e DRIVER Produção de Aço Galvanizado Consumo de Zinco Galvanização Contínua Galvanização Geral Fundição Consumo de Zinco para outros fins Latão Outros Ditribuição Global - Aplicação Latão Fundição 17% 17% 6% Produtos 6% semifaturados Galvanização Geral 10% 4% Outros Óxidos e Químicos 40% Galvanização Contínua Fonte: Metal Bulletin Long Term Outlook Distribuição Global - Driver Equipamentos Industriais Infra estrutura Bens de Consumo 7% 16% Transporte (Inclui veículos leves e pesados) 20% 6% 51% Construção
  9. 9. PIB Mundial CRESCIMENTO DO PIB 12% Mundo LATAM China 10% Europa Brasil USA 8% 5,2% 6% 3,9% 4% 3,2% 2,9% 2012 2013 3,6% 4,0% 4,1% 4,1% 4,1% 2014 2015 2016 2017 2018 2% 0 -0,4% -2% -4% -6% 2009 2010 2011  O PIB mundial deve crescer a uma taxa média de 3,8% entre 2013 e 2018, com recuperação moderada das economias da Europa e Estados Unidos.  O consumo de Zinco mundial cresce a uma taxa de 4,3% a.a., pois a maior parte desse crescimento está restrito à China, a qual tem expectativa de crescimento de PIB a uma taxa média de 7,1%. Fonte: Metal Bulletin Long Term Outlook
  10. 10. Distribuição da Demanda CONSUMO DE ZINCO por REGIÃO 2018 (16,9 Mt/ano) 2013 (13,4 Mt/ano) RoW América do Norte Europa RoW LATAM LATAM América do Norte 9% 5% 4% 7% 19% Europa 43% China 21% Outros Asia 4% 3% 14% 53% China CAGR: 4,3% a.a. 19% Outros Asia • A China continua sendo o principal motor do consumo, ganhando participação no consumo mundial em consequência do aumento da intensidade do uso de aço galvanizado. • A economia dos EUA dá sinais de aquecimento em 2013 e deverá continuar a trajetória. O setor automotivo está aquecido e deverão ser observados investimentos em construção civil, suportando aumento no consumo de Zn. • Na Europa, as economias continuam sofrendo com a crise da região e tem os setores intensivos em uso de Zn como os mais prejudicados.Grécia, Itália e Portugal deverão apresentar contração no consumo de Zn nos próximos 5 anos. • Na América Latina, o consumo de zinco está mais localizado no Brasil e México, economias que crescem muito atreladas ao crescimento do setor automobilístico, que deve ter um bom desempenho nos próximos 5 anos. Fonte: Metal Bulletin Long Term Outlook
  11. 11. Consumo de Zinco CONSUMO de ZINCO POR REGIÃO (kt/ano) 16.909 Mundo Brasil China Europa 13.443 USA 10.144 8.556 6.077 4.100 1.906 902 220 2009 2010 2011 2012 2.293 2.234 2.174 1.128 276 1.247 326 1.190 298 2013 2014 2015 2016 2017 2018  O crescimento do consumo de zinco no mundo será regionalizado, sendo o maior crescimento na China, que deve aumentar seu consumo em 7% a.a. entre 2013 e 2018.  Em regiões desenvolvidas como Estados Unidos e Europa, o crescimento será menos intenso, em torno de +2% e +1% a.a. até 2018, respectivamente. Fonte: Brook Hunt
  12. 12. Consumo de Zinco CONSUMO de ZINCO NO BRASIL (kt/ano) +3% 326 276 220 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018  No Brasil, ainda há muito espaço para o crescimento do consumo de Zinco. Comparando com consumo de regiões desenvolvidas, nota-se que o consumo per capita de Zinco no Brasil ainda está muito aquém do potencial.  Consumo de Zinco per capita (2012): - EUA: 3,4 kg/hab - Europa: 7,0 kg/hab - Brasil: 1,2 kg/hab  De 2013 a 2018, deverá crescer na ordem de +3% a.a., impulsionado pelo crescimento dos setores Automobilístico, de Construção Civil e Linha Branca. Fonte: Brook Hunt, LCA Consultoria
  13. 13. Drivers de Consumo SETOR AUTOMOBILISTICO Produção de Veículos Pesados (Mil unidades) +6% 228,0 257,9 217,5 275,9 291,7 247,0 261,1 238,4 176,4 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 • Crescimento mais forte esperado nos próximos anos para a produção de veículos pesados (+6% aa) após antecipação de produção em 2011, anterior à entrada em vigor da Euro 5. A Euro 5 é uma nova regulamentação ambiental para caminhões, que encarece o custo de produção. 2018 Produção de Veículos Leves (Milhões unidades) +4% 3,1 3,1 3,1 3,3 2010 2011 2012 2013 Fonte: LCA Consultoria 3,4 3,6 3,7 3,9 4,0 2014 2015 2016 2017 2018 • Em 2013, apesar do cenário macroeconômico ter piorado nos últimos meses, as surpresas positivas nas exportações sustentam a manutenção da projeção de crescimento no ano de 5%. Para os próximos anos, o crescimento de +4% aa na produção é liderado por aumento de exportações e queda de importações de veículos no país.
  14. 14. Drivers de Consumo CONSTRUÇÃO CIVIL Consumo de Cimento (Milhões toneladas) +2% +6% 59,7 64,8 69,2 2010 2011 2012 72,8 74,7 77,2 78,7 80,4 82,3 2013 2014 2015 2016 2017 2018 • Crescimento revisado para 4,9% em 2013. • Pouca probabilidade de sucesso do pacote de concessões de infraestrutura de transportes. • Desaceleração estrutural do mercado, fim do “boom” imobiliário. Nível alto de imóveis não vendidos. • Desaceleração bem forte no ritmo de crescimento da renda e do crédito • Para os próximos anos, a expectativa é de crescimento moderado de 2% a.a. LINHA BRANCA Eletrodomésticos (nº índice Produção Industrial - IBGE) • Após grande incentivo de IPI em 2012, espera-se +3% 163,1 163,1 2010 2011 Fonte: LCA Consultoria 204,7 210,8 181,9 181,9 188,2 192,9 198,7 estabilização da produção de eletrodomésticos de linha branca, com crescimento moderado, de 3% a.a. 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018
  15. 15. Análise Global da Indústria CUSTOS CASH COST MINAS(US$/t) CONVERSION COST SMELTERS (US$/t) • Crescimento de 4,0% a.a. • Crescimento na China de 6,7%a.a.: propulsora do consumo (galvanização, construção e transportes) • Índia aumenta relevância crescendo 6,0%a.a. • Aumento do custo médio ponderado estimado entre 2012 e 2018 = 16% • Queda prevista nos preços de subprodutos causa efeito negativo nos custos em 2018. Exemplo: Produto Preço 2012 Preços 2018 (e) Prata 31,15 USD/oz -28% 22,46 USD/oz Cobre 7.950 USD/oz -11% 7.083 USD/oz Fonte: Brook Hunt, Bloomberg • Aumento do custo médio ponderado estimado entre 2012 e 2018 = 4% • Aumento dos preços dos insumos e mão de obra, pressionando custos .
  16. 16. Análise Global da Indústria • Para suprir o crescimento da demanda, será necessária a entrada de novos projetos de expansão nos smelters com investimentos iniciais cada vez maiores, que se justificarão somente com LME mais alta. • Com isso, o mercado deve se equilibrar, e a oferta ficará mais disputada, o que deve elevar os preços para os próximos anos. PREÇOS LME (USD/t) 3.500 CONSENSO Credit Suisse Scotiabank Commonwealth Bank Morgan Stanley 3.000 2.614 2.500 2.000 1.893 1.955 1.500 Sep-13 Dec-13 2.028 2.086 2.078 2.128 Mar-14 Jun-14 Sep-14 Dec-14 Fonte: Energy and Metals Consensus Forecast , Metal Bulletin 2.218 2.242 2.258 2.274 Mar-15 Jun-15 Sep-15 Dec-15 2.376 2016 2.466 2.452 2017 2018 Long Term 20192023
  17. 17. Cenário Mundial de Zinco Valdecir A. Botassini Votorantim Metais - Diretor Negócio Zinco OBRIGADO
  18. 18. Cenário Mundial de Zinco Valdecir A. Botassini Votorantim Metais - Diretor Negócio Zinco BACK UP
  19. 19. Análise Global da Indústria ESTOQUES GLOBAIS ANUAL (kt) SHFE (China) LME Europa +42% LME EUA 364 1.131 LME Asia 552 39 63 340 110 • Desde 2009/2010, com a mudança dos donos dos armazéns de membros da LME para bancos, traders e fundos, e inicio de operações financeiras atreladas a estes estoques físicos, os inventários globais de Zinco cresceram a uma taxa de 42% a.a. Com essa alta de estoques, o volume não está disponível para os consumidores finais, o que influencia os preços e prêmios de mercado. 1.585 874 172 37 34 198 311 513 928 152 144 95 2010 2009 642 2011 2012 ESTOQUES GLOBAIS MENSAL (kt) -28% 1.526 1.526 1.494 321 208 326 222 323 212 912 894 86 Jan-13 1.365 1.379 1.334 303 184 293 261 277 283 1.315 269 247 1.260 260 244 874 818 776 738 767 724 84 84 60 49 35 32 32 Feb-13 Mar-13 Apr-13 May-13 Jun-13 Jul-13 Aug-13 Fonte: Energy and Metals Consensus Forecast , Metal Bulletin • Em 2013, a exceção dos armazéns Europeus, os níveis de estoque apresentam queda, acumulando -28% (-266 kt) no ano. Na Ásia, a forte queda nos estoques (-115 kt), entre Janeiro e Agosto/13, dá suporte para a indicação de que a demanda Chinesa está aquecida.
  20. 20. Análise Global da Indústria CUSTOS CASH COST MINAS(US$/t) CONVERSION COST SMELTERS (US$/t) • Crescimento de 4,0% a.a. • Crescimento na China de 6,7%a.a.: propulsora do consumo (galvanização, construção e transportes) • Aumento do custo médio ponderado 2018-2012 = 16% • Aumento do custo médio ponderado 2018-2012 = 4% • Índia aumenta relevância • Subprodutos com queda prevista nos preços causa efeito crescendo 6,0%a.a. • Aumento dos preços dos insumos pressionando custos negativo nos custos em 2018. TREATMENT CHARGE & LME • Surplus no mercado de concentrado e metal • Queda nos preços da LME • Corte de produção nas minas • Queda na disponibilidade de concentrado • O poder vai pro minerador • TC’s caem Fonte: Brook Hunt, Nyrstar • • • • TC LME Surplus no mercado de concentrado O poder vai para os smelters As TC’s sobem Smelters aumentam a produção • Queda na disponibilidade de metal • Aumento nos preços da LME • Aumento na produção das minas
  21. 21. Lista de Projetos Smelters Probable Projeto País Owner Status Produção esperada (kt/a) 2014 Kardjali Bulgaria OZCK Anhui Chizhou Phase 2 China Anhui Tongguan Chizhou Expansion 2015 2016 2017 2018 45 100 100 45 45 100 100 100 100 Reactivation 100 Anhui Chizhou Phase 3 China Anhui Tongguan Chizhou Expansion Danxia China Zhongjin Lingnan Group Expansion 100 100 100 100 100 100 100 100 100 Fujian Sanming China Sanming Hengxin Mining Greenfield 100 Gansu Baiyin China Baiyin Group Expansion 50 100 100 100 100 Gansu Longnan Chengzhou China Changba Non-ferrous Expansion 100 100 100 100 100 100 100 100 100 Guangxi Fanchengang China Zhongjin Lingnan Greenfield 100 Guangxi Laibin China LiuZhou HuaXi Expansion 100 100 100 100 100 80 80 80 80 Inner Mongolia Chifeng China Chifeng Hongye Expansion 80 Jiangxi Dexing Damao China Dazhou Metal Greenfield 100 100 100 100 100 Shaanxi Mian Xian (Bayi) China Shaanxi Hanzhong Zinc Expansion 100 100 100 100 100 40 40 40 40 100 100 100 100 80 80 80 80 Sichuan Huidong China Huidong Pb-Zn Mine Expansion 40 Xinjiang Qianxin China Qianxin Mining Greenfield 100 Yunnan Gejiu Jijie China Yunxi Group Expansion Yunnan Hualin China Hualian Zn-In Expansion 100 100 100 100 100 Yunnan Zhaotong Kunhua China Chihong Zn & Ge Greenfield 100 100 100 100 100 100 100 100 Torreon Mexico Penoles Expansion Rajasthan India Binani Zinc Greenfield 18 38 38 38 38 Reactivation 75 75 75 75 75 Total - Projetos Probable 1363 1513 1658 1758 1758 Total - Projetos Probable China 1270 (93%) 1400 (93%) 1400 (84%) 1500 (85%) 1500 (85%) Copsa Mica ISF Fonte: Brook Hunt Romania Mytilineos
  22. 22. Lista de Projetos Smelters Possible Projeto País Owner Status Produção esperada (kt/a) 2014 Townsville Oruro Potosi Guangxi Jilang Guanxi Hechi Jinhe Guanxi Tanghan Heilongjiang Daxinganling Henan Kaihua Inner Mongolia Hengbang Inner Mongolia Xiwuzhuquinqi Jiangxi Jinde Jiangxi Jinwan Jiangxi Lithium Shaanxi Xingwang Xinjiang Xinjiang Aletai Jinxin Xinjiang PCC Yunnan Kanghua Yunnan Lanping Stage 3 Yunnan Qujing Zhejiang Kipushi Trepca Zandjan Balkash Ridder (Leninogorsk) Sierra Mojada Terrazas Buena Vista (San Luis Potosi) Accha Yanbu Ras Az Zawr Gamsberg Cinkur Kayseri Dedeman Sauget Clarksville Australia Bolivia Bolivia China China China China China China China China China China China China China China China China China China DR Congo Serbia Iran Kazakhstan Kazakhstan Mexico Mexico Mexico Peru S.Arabia S.Arabia South Africa Turkey Turkey USA USA Korea Zinc Government Government Jilang Indium Hechi Jinhe Tanghan Zn-In Yunye Mining Development Kaili Zinc Industry Hengbang Smelting Co XingAn Cu-Zn Smelting Jiangxi Jinde Lead Co Jiangxi Copper Group Jiangxi Lithium Group XingWang Xinjiang Non-ferrous Metals Jinxin Pb&Zn Mining Xinjiang Prod'n & Const'n Lanping KangHua Lanping Jinding Chihong Zn & Ge Kalaite Metal Products Ivanplats/Gecamine Kosovo Trust Agency IZMDC Kazakmys Kazzink Metalline Mining Cons. Copper Grupo Mexico Zincore Tasnee Ma'aden Vedanta Cinkom (Ipek) Dedeman Mining ZincOx Nyrstar Expansion Greenfield Greenfield Expansion Expansion Greenfield Expansion Expansion Greenfield Expansion Greenfield Expansion Greenfield Expansion Greenfield Greenfield Greenfield Expansion Expansion Expansion Greenfield Greenfield Re-activation Greefield Reactivation Expansion Direct Leach Direct Leach Expansion Direct Leach Greenfield Greenfield Greenfield Reactivation Greenfield Reactivation Expansion Total - Projetos Possible Total - Projetos Possible China Fonte: Brook Hunt, Nyrstar 100 2015 170 50 50 30 70 100 80 60 100 100 100 100 120 50 100 100 100 80 100 100 200 200 45 100 100 35 27 90 50 100 100 300 100 20 90 45 100 2016 170 50 50 30 70 100 80 60 100 100 100 100 120 50 100 100 100 80 100 100 200 200 45 100 100 35 27 90 120 50 100 100 300 100 20 90 45 2017 170 50 50 30 70 100 80 60 100 100 100 100 120 50 100 100 100 80 100 100 200 200 45 100 100 35 27 90 120 50 100 100 300 100 20 90 45 2018 170 50 50 30 70 100 80 60 100 100 100 100 120 50 100 100 100 80 100 100 200 200 45 100 100 35 27 90 120 50 100 100 300 100 20 90 45 3362 3482 3482 3482 1690 (50%) 1690 (49%) 1690 (49%) 1690 (49%)

×