Saúde do trabalhador na modernidade

181 visualizações

Publicada em

Conteúdo elaborado para palestra em Semana Interna de Prevenção de Acidentes - SIPAT, da Nasa Caminhões-DF.
Reflexão para os trabalhadores reverem seus próprios conceitos de saúde e qualidade de vida, assim como a correlação destes com seu ambiente de tragalho

Publicada em: Saúde
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
181
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Saúde do trabalhador na modernidade

  1. 1. Saúde do Trabalhador na Modernidade Gabriela Silva Arana Bacharel em Serviço Social Pós-Graduada em Gestão de Pessoas
  2. 2. SAÚDE, CONCEITOS E PRECONCEITOS  “Art. 3º -A saúde tem como fatores determinantes e condicionantes, entre outros, a alimentação, a moradia, o saneamento básico, o meio ambiente, o trabalho, a renda, a educação, o transporte, o lazer e o acesso aos bens e serviços essenciais; os níveis de saúde da população expressam a organização social e econômica do País.  “ Parágrafo Único –Dizem respeito também à saúde as ações que (...) se destinam a garantir às pessoas e à coletividade condições de bem-estar físico, mental e social” (Lei Federal nº 8080/90).  a garantia de acesso aos serviços de saúde responsáveis pela promoção, proteção e recuperação da saúde.  A Saúde faz parte de um sistema mais amplo chamado Seguridade Social.
  3. 3. Conceito ampliado  Este conceito ampliado, ao definir os elementos condicionantes da saúde, incorpora:  Meio físico (condições geográficas, água, alimentação, habitação, etc);  meio sócio-econômico e cultural (emprego, renda, educação, hábitos, etc);
  4. 4. Conceito de Saúde  Conceito puro – ausência de saúde.  Conceito do senso comum – ausência de doença, o estado de não doença.  Concepções antigas ou limitadas – não consideravam fatores socioculturais apenas a visão biológica do ser humano.
  5. 5. Seguridade Social  De acordo com o artigo 194 da Constituição, a Seguridade Social “compreende um conjunto integrado de ações de iniciativa dos poderes públicos e da sociedade destinada a assegurar os direitos relativos à saúde, à previdência e à assistência social”. (*) Extraído de: CUNHA J.P.P., CUNHA ROSANI R. E. Sistema Único de Saúde – SUS: princípios. In: CAMPOS, F. E., OLIVEIRA JÚNIOR, M., TONON, L. M. Cadernos de Saúde. Planejamento e Gestão em Saúde. Belo Horizonte: COOPMED, 1998. Cap. 2, p. 11-26
  6. 6. Cultura Organizacional diante do adoecer  As empresas organizam-se de maneira a responder eficientemente às necessidades de seus clientes, dentro das características do produto, de sua história, das características do mercado, de seus concorrentes e fornecedores e do perfil dos líderes.  Valores e costumes relacionados à Saúde Doença Empresa Operações Procedimentos Adm Tabus Sentimentos Histórias Formas de comunicação Tecnologia Valores
  7. 7. Saúde X Doença  Os valores sobre a saúde e a doença são construídos na Empresa sob o foco da produtividade, sob os princípios que norteiam a responsabilidade social e o valor que se dá à preservação das pessoas, das histórias de acidentes de trabalho e da própria cultura organizacional.  Quanto menor for o comprometimento com a saúde das pessoas, maior a possibilidade dessas questões de saúde-doença serem ignoradas.
  8. 8. Olhar Psicossocial sobre a saúde  TODA PESSOA NA EMPRESA INTERAGE COM SUAS PRÓPRIAS CRENÇAS E HISTÓRIAS,COMBINADAS COM OS MOLDES DA EMPRESA, FORMANDO UMA DINÂMICA PSICOSSOCIAL.  A DOENÇA RARAMENTE É BEM VISTA DURANTE O TRABALHO.  PARA O TRABALHADOR QUE USA SUA CAPACIDADE FÍSICA E MENTAL COMO GARANTIA DE RETORNO FINANCEIRO PARA SUA SOBREVIVÊNCIA E DE SUA FAMÍLIA, ALÉM DE OUTRAS NECESSIDADES, A DOENÇA OU ATÉ MESMO A DOR, GERALMENTE, SIGNIFICA FRAGILIDADE, LIMITAÇÃO E PREOCUPAÇÃO QUANTO A SUA CAPACIDADE, ALÉM DE CONDIÇÕES DE TRABALHO INADEQUADAS, QUEDA DE DESEMPENHO, DESPESAS A MAIS.
  9. 9. ALTERAÇÃO PSICOSSOCIAL NA EMPRESA •Critérios de Saúde Doença •Expecitativas e Valores (Pessoas) •Disciplina•Produtividade Características herdadas História de Vida Estilo de vida Vínculos Imediatos (Sociocultural)
  10. 10. Desafios da modernidade para a Qualidade  Quando surge o stress e suas consequências, as queixas psicossomáticas, eles não são unicamente expressões de doenças, como se acredita normalmente, mas sinalizam pressões externas que precisam ser compreendidas e gerenciadas para se atingir bem estar e desempenho adequado no trabalho.
  11. 11. Agradecimentos  Obrigada a Nasa pela oportunidade.  Paulo Diego.  Contato: (61) 8127-6646  Email: gabiarana2000@yahoo.com.br

×