Gato-bravo
Gato-Bravo
O gato-bravo , também conhecido
como gato-selvagem, é um
pequeno felino natural
da Europa, África e ...
O gato-bravo é um carnívoro de médio porte, semelhante aos
gatos-domésticos, porém mais robusto. A cabeça é grande e
arred...
O gato-bravo habita preferencialmente
bosques fechados, mas também
ocorrem em matagais mediterrâneos e
florestas de conífe...
É um animal tímido e esquivo, de hábitos noturnos e
difícil de observar na natureza. Como quase todos os
felinos, o gato-b...
O gato-bravo come principalmente
pequenos mamíferos como
roedores (ratos-selvagens) e
lagomorfos (coelhos e lebres).
També...
Os acasalamentos ocorrem no final do inverno, entre janeiro e
março. Nessa época os machos mais dominantes copulam
com vár...
Trabalho realizado por:
João Silva nº12 5ºA
David Santos nº5 5ºA
João Lopes nº11 5ºA
Beatriz Cunha nº2 5ºA
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Gato bravo 5ºA Amadeo

306 visualizações

Publicada em

O Gato-Bravo

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
306
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gato bravo 5ºA Amadeo

  1. 1. Gato-bravo Gato-Bravo O gato-bravo , também conhecido como gato-selvagem, é um pequeno felino natural da Europa, África e Ásia. A espécie é bastante versátil e ocupa habitats diversificados como savanas, florestas e estepes. O gato- doméstico evoluiu a partir do gato- bravo e é considerado como sua sub-espécie .
  2. 2. O gato-bravo é um carnívoro de médio porte, semelhante aos gatos-domésticos, porém mais robusto. A cabeça é grande e arredondada, com um focinho curto e poderosas mandíbulas. Os olhos são geralmente verdes. As patas são curtas e fortes. A pelagem é acastanhada e/ou acinzentada, o que permite camuflar-se no seu ambiente. A principal característica distintiva é a sua cauda grossa e de aspeto tufado, que apresenta 3 a 5 anéis pretos, largos e bem espaçados, terminando numa ponta negra arredondada. O corpo também tem riscas ao longo dos flancos e patas. Ao contrário de muitos gatos-domésticos, a pelagem do gato-bravo não tem pintas. Características Os machos têm entre 52 e 65 cm de comprimento e pesam em média 5 kg (máximo 7 kg), enquanto as fêmeas medem entre 48 e 57 cm e pesam cerca de 3,5 kg. O peso dos animais varia sazonalmente.
  3. 3. O gato-bravo habita preferencialmente bosques fechados, mas também ocorrem em matagais mediterrâneos e florestas de coníferas. Durante o dia podem refugiar-se em buracos de árvores, fendas nas rochas ou tocas abandonadas de outros animais. Habitat
  4. 4. É um animal tímido e esquivo, de hábitos noturnos e difícil de observar na natureza. Como quase todos os felinos, o gato-bravo é um animal solitário. Cada animal controla um território que defende tenazmente de invasores. Machos e fêmeas procuram- se apenas na época do acasalamento, no final do inverno boreal. Os territórios podem ter entre 0.6 e 3,5 km², ainda que em Portugal os territórios tendem a ser maiores, alcançando 10–12 km². Os gatos-bravos tem excelentes sentidos: audição, olfato e visão. São também grandes trepadores, passando grande parte do tempo sobre os ramos das árvores. Comportamento
  5. 5. O gato-bravo come principalmente pequenos mamíferos como roedores (ratos-selvagens) e lagomorfos (coelhos e lebres). Também come aves e, mais raramente, pode alimentar-se de répteis, anfíbios e até mesmo de insetos. Alimentação
  6. 6. Os acasalamentos ocorrem no final do inverno, entre janeiro e março. Nessa época os machos mais dominantes copulam com várias fêmeas. Após um período de gestação de entre 63 a 70 dias nascem os filhotes, a maioria entre o final de março e o final de abril. As ninhadas têm entre 3 a 7 crias. As fêmeas tem uma ninhada por ano. As crias são amamentadas entre 6 a 7 semanas, e a partir dessa idade começam a tornar-se independentes e a procurar um território onde estabelecer-se. As fêmeas alcançam a maturidade sexual aos 9-10 meses de idade, e os machos aos 12 meses. Reprodução
  7. 7. Trabalho realizado por: João Silva nº12 5ºA David Santos nº5 5ºA João Lopes nº11 5ºA Beatriz Cunha nº2 5ºA

×