CAMINHO PARA O EURO 
Apuramento para o França’2016
GRUPO i 
→Federação Portuguesa de Futebol 
→Dansk Boldspil-Union (Dinamarca) 
→Football Federation of Armenia 
→Football A...
Jogos 1ª volta 
→Albânia (C) – 1ª jornada 
→Setembro de 2014 
→Dinamarca (F) – 2ª jornada 
→Outubro de 2014 
→Arménia (C) ...
Jogos 2ª volta 
→Arménia (f) – 5ª jornada 
→Julho de 2015 
→Albânoa (F) – 6ª jornada 
→Setembro de 2015 
→Dinamarca (C) – ...
Jogos Particulares 
→França 
→Outubro de 2014 
→+ 
→Setembro de 2015 – Jogo não anunciado mas aconselhável na preparação d...
ESQUECER A HUMILHAÇÃO DO BRASIL’2014 COM:
Reconstruir + reaproveitar + renovar O Plano para renascer portugal
Um plano para o futuro: Um misto de: 
•Escolher um lote de jogadores-base e construir a equipa sempre a partir deles: 
→Nã...
OBJECTIVO 
→Criar competitividade fora do contexto de selecção mas também dentro passando uma mensagem clara de igualdade ...
Divisão dos jogadores por posição: 
BASE DE JOGADORES 
CONVOCADOS 
→Guarda-redes 
→Defesas Centrais 
→Defesas Laterais 
→M...
Os convocáveis
Guarda-redes 
→Rui Patrício (Sporting) 
→Beto (Sevilla) 
→Eduardo (D. Zagreb) 
→Anthony Lopes (Lyon) 
→Ricardo (FC Porto) ...
→Pepe (Real Madrid) 
→Bruno Alves (Fenerbahçe) 
→Luís Neto (Zenit) 
→Ricardo Costa (Al-Sailiya) 
→Tiago Ilori (Bordéus) 
→...
Defesas Laterais 
DIREITOS 
ESQUERDOS 
→João Pereira (Valência) 
→Cédric (Sporting) 
→Ivo Pinto (D. Zagreb) 
→Sílvio (Benf...
Médios-Defensivos 
→William Carvalho (Sporting) 
→Tiago (Atl. Madrid) 
→Daniel Carriço (Sevilla) 
→Miguel Veloso (D. Kiev)...
Médios Centro 
→João Moutinho (Mónaco) 
→Raúl Meireles (Fenerbahçe) 
→Pedro Tiba (Braga) 
→Rúben Amorim (Benfica) 
→Adrien...
→Cristiano Ronaldo (Real Madrid) 
→Nani (Sporting) 
→Ricardo Quaresma (FC Porto) 
→Danny (Zenit) 
→Bruma (Galatasaray) 
→C...
→Hélder Postiga (Deportivo) 
→Hugo Almeida (Sem clube) 
→Éderzito (Braga) 
→Edinho (Kayseri Erciyesspor) 
→João Silva (Pal...
Princípios de jogo: Ofensivos 
→Saída rápida com procura do espaço exterior e/ou nas costas da linha defensiva (transição ...
Princípios de jogo: Defensivos 
→Variação de ‘pressing’ com bloco sempre subido para encurtar espaços entre linhas; 
→Defe...
Sistema táctico base: 4x3x3 Tradicional 
→Aposta no sistema táctico mais utilizado pelas selecções nacionais, o 4x3x3 trad...
Sistema táctico Alternativo: 4x3x1x2 
→Alteração para um sistema de 4x3x1x2 com vista à colocação de mais homens em zonas ...
→No caso de inferioridade numérica, colocamos a equipa no sistema táctico de 4x4x1 que não tem, necessariamente, que ter h...
Portugal - A Renovação no caminho para o França 2016
Portugal - A Renovação no caminho para o França 2016
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Portugal - A Renovação no caminho para o França 2016

568 visualizações

Publicada em

Um documento que tem que ver com a nova fase da selecção. O 'meu' projecto para a FPF num caminho que serve para revitalizar uma selecção em competição.
De jogadores convocáveis, ao modelo de convocação e a um modelo (base) de jogo proposto tendo encontra o enquadramento da selecção portuguesa no seu grupo.

Publicada em: Esportes
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
568
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Portugal - A Renovação no caminho para o França 2016

  1. 1. CAMINHO PARA O EURO Apuramento para o França’2016
  2. 2. GRUPO i →Federação Portuguesa de Futebol →Dansk Boldspil-Union (Dinamarca) →Football Federation of Armenia →Football Association of Serbia →Federata Shqiptare e Futbollit (Albânia) →França incluínda em particulares neste grupo
  3. 3. Jogos 1ª volta →Albânia (C) – 1ª jornada →Setembro de 2014 →Dinamarca (F) – 2ª jornada →Outubro de 2014 →Arménia (C) – 3ª jornada →Novembro de 2014 →Sérvia (c) – 4ª jornada →Março de 2015
  4. 4. Jogos 2ª volta →Arménia (f) – 5ª jornada →Julho de 2015 →Albânoa (F) – 6ª jornada →Setembro de 2015 →Dinamarca (C) – 7ª jornada →Outubro de 2015 →Sérvia (f) – 8ª jornada →Outubro de 2015
  5. 5. Jogos Particulares →França →Outubro de 2014 →+ →Setembro de 2015 – Jogo não anunciado mas aconselhável na preparação dos últimos 3 jogos após muito tempo sem competir.
  6. 6. ESQUECER A HUMILHAÇÃO DO BRASIL’2014 COM:
  7. 7. Reconstruir + reaproveitar + renovar O Plano para renascer portugal
  8. 8. Um plano para o futuro: Um misto de: •Escolher um lote de jogadores-base e construir a equipa sempre a partir deles: →Não muitos, entre 3 e 5 (referências reais); →1 por sector, 2 no máximo; →(a negrito); •Criar uma (boa) base de dezenas de jogadores, realmente convocáveis e fazer a sua gestão consoante: 1.Posição; 2.Características e aproveitamento da equipa; 3.Momento de forma e tempo real de jogo; 4.Desempenho na selecção; 5.Relacionamento com o grupo e aceitação das escolhas;
  9. 9. OBJECTIVO →Criar competitividade fora do contexto de selecção mas também dentro passando uma mensagem clara de igualdade de oportunidades e de necessidade de dar tudo por tudo quando se veste a camisola das quinas.
  10. 10. Divisão dos jogadores por posição: BASE DE JOGADORES CONVOCADOS →Guarda-redes →Defesas Centrais →Defesas Laterais →Médios-Defensivos →Médios Centro →Extremos →Pontas-de-lança →3 Guarda-redes →4 Defesas Centrais →4 Defesas Laterais →2 Médios-Defensivos →4 Médios Centro →4 Extremos →2 Pontas-de-Lança
  11. 11. Os convocáveis
  12. 12. Guarda-redes →Rui Patrício (Sporting) →Beto (Sevilla) →Eduardo (D. Zagreb) →Anthony Lopes (Lyon) →Ricardo (FC Porto) →Mário Felgueiras (Cluj) →José Sá (Marítimo) →Rui Silva (Nacional) →Cristiano (Académica) →Mika (Boavista)
  13. 13. →Pepe (Real Madrid) →Bruno Alves (Fenerbahçe) →Luís Neto (Zenit) →Ricardo Costa (Al-Sailiya) →Tiago Ilori (Bordéus) →José Fonte (Southampton) →Rúben Vezo (Valência) →Paulo Oliveira (Sporting) →Yohan Tavares (Estoril) →N. André Coelho (Braga) →André Pinto (Braga) →Miguel Rodrigues (Nacional) →Flávio Ferreira (Málaga) →Pedro Mendes (Sassuolo) →Tobias Figueiredo (Sporting) →Tiago Ferreira (Zulte Waregem) Defesas Centrais
  14. 14. Defesas Laterais DIREITOS ESQUERDOS →João Pereira (Valência) →Cédric (Sporting) →Ivo Pinto (D. Zagreb) →Sílvio (Benfica) →Diogo Figueiras (Sevilla) →J. Cancelo (Valência) →Mano (Estoril) →Esgaio (Sporting) →Miguel Lopes (Sporting) →F. Coentrão (R. Madrid) →Antunes (Málaga) →Eliseu (Benfica) →Tiago Gomes (Braga) →Tiago Pinto (Rio Ave) →Luisinho (Deportivo) →Luis Martins (Granada) →R. Guerreiro (Lorient) →Emídio Rafael (Estoril)
  15. 15. Médios-Defensivos →William Carvalho (Sporting) →Tiago (Atl. Madrid) →Daniel Carriço (Sevilla) →Miguel Veloso (D. Kiev) →Gonçalo Santos (D. Zagreb) →Custódio (Braga) →Rúben Neves (FC Porto) →Pedro Moreira (Rio Ave)
  16. 16. Médios Centro →João Moutinho (Mónaco) →Raúl Meireles (Fenerbahçe) →Pedro Tiba (Braga) →Rúben Amorim (Benfica) →Adrien Silva (Sporting) →Josué (Bursaspor) →André Martins (Sporting) →Rúben Micael (Braga) →Manuel Fernandes (Lokomotiv) →João Mário (Sporting) →Sérgio Oliveira (Paços de Ferreira) →André Castro (Kasimpasa) →André André (V. Guimarães) →Diogo Amado (Estoril) →Bruno Fernandes (Udinese) →Marcos ‘Rony’ Lopes (Lille) →André Gomes (Valência) →Paulo Machado (D. Zagreb)
  17. 17. →Cristiano Ronaldo (Real Madrid) →Nani (Sporting) →Ricardo Quaresma (FC Porto) →Danny (Zenit) →Bruma (Galatasaray) →Carlos Mané (Sporting) →Varela (West Brom) →Vieirinha (Wolfsburgo) →Ivan Cavaleiro (Deportivo Coruña) →Bruno Gama (Dnipro) →Pizzi (Benfica) →Rafa (Braga) →Hélder Barbosa (AEK) →Licá (Rayo Vallecano) →Bébé (Benifca) →Ricardo Pereira (FC Porto) →Ricardo Horta (Málaga) →Pedro Santos (Braga) Extremos
  18. 18. →Hélder Postiga (Deportivo) →Hugo Almeida (Sem clube) →Éderzito (Braga) →Edinho (Kayseri Erciyesspor) →João Silva (Palermo) →Orlando Sá (Legia Warszawa) →Nélson Oliveira (Benfica) →Marco Paixão (Slask Wroclaw) →Ricardo Vaz Tê (West Ham) →L. Zahovic (Maribor) →Gonçalo Paciência (FC Porto B) →Rui Fonte (Benfica B) Pontas-de-lança
  19. 19. Princípios de jogo: Ofensivos →Saída rápida com procura do espaço exterior e/ou nas costas da linha defensiva (transição ofensiva rápida); →Grande amplitude e agressividade as bolas paradas ofensivas; →Apostar, em organização, pela proximidade entre unidades com médios em alta rotação com exploração da posse (menos dependência do espaço consentido); →Superioridade na zona da bola e variações de flanco (curtas, preferencialmente); →Forte jogo interior (médios+extremos+avançado); →Forte jogo exterior (laterais+extremos); →Campo grande em organização ofensiva;
  20. 20. Princípios de jogo: Defensivos →Variação de ‘pressing’ com bloco sempre subido para encurtar espaços entre linhas; →Defesa em linha; →Campo pequeno em organização defensiva; →Pressão rápida, intensa e agressiva ao portador da bola após a perda; →Marcação mista nos pontapés-de-canto e livres laterais (paralelas à grande área); →Marcação zonal nos livres laterais não paralelos à grande área (zona em linha)
  21. 21. Sistema táctico base: 4x3x3 Tradicional →Aposta no sistema táctico mais utilizado pelas selecções nacionais, o 4x3x3 tradicional com miolo em 1x2 e com ponta-de-lança definido ou móvel; →Rapidez, pressão e agressividade bem como paciência, determinação e garra são chave para o sucesso.
  22. 22. Sistema táctico Alternativo: 4x3x1x2 →Alteração para um sistema de 4x3x1x2 com vista à colocação de mais homens em zonas de finalização; →Evitar bola para a frente e colocação constante da bola longa. Manter forma de jogar mas aproveitar, em fase de criação, para verticalizar um pouco mais; →Avançados móveis para desestabilizar marcação através de permutas posicionais, diagonais para a faixa, baixar para tabelar…
  23. 23. →No caso de inferioridade numérica, colocamos a equipa no sistema táctico de 4x4x1 que não tem, necessariamente, que ter homens de faixa encostados aos corredores laterais (médios-laterais); →Primeiro objectivo: estabilidade defensiva procurando que a equipa consiga organizar-se num bloco baixo, com grande proximidade entre linha média e defensiva; →Segundo objectivo: aposta no contra-ataque com bola longa para avançado centro: 1) arrisca jogada individual; 2) segura a bola e espera pelos apoios – laterais ou interiores; →Em caso de resultado positivo, procurar esconder a bola impondo circulação menos intensa para trás e para o lado, nunca complicando – “descansar com bola”. Sistema táctico Com Menos 1: 4x4x1

×