Curso Scrum 100 Lero Lero

1.662 visualizações

Publicada em

Faça o download da apostila em http://promo.fredericoaranha.com.br/scrum-100-lero-lero

Scrum é um framework estrutural que está sendo usado para gerenciar o desenvolvimento de produtos complexos desde o início de 1990. Scrum não é um processo ou uma técnica para construir produtos; em vez disso, é um framework dentro do qual você pode empregar vários processos ou técnicas. O Scrum deixa claro a eficácia relativa das práticas de gerenciamento e desenvolvimento de produtos, de modo que você possa melhorá-las.

O framework Scrum consiste nos times do Scrum associadas a papéis, eventos, artefatos e regras. Cada componente dentro do framework serve a um propósito específico e é essencial para o uso e sucesso do Scrum.As regras do Scrum integram os eventos, papéis e artefatos, administrando as relações e interações entre eles.

Scrum é fundamentado nas teorias empíricas de controle de processo, ou empirismo. O empirismo. O empirismo afirma que o conhecimento vem da experiência e de tomada de decisões baseadas no que é conhecido. O Scrum emprega uma abordagem iterativa e incremental para aperfeiçoar a previsibilidade e o controle de riscos.

Três pilares apoiam a implementação de controle de processo empírico: transparência, inspeção e adaptação.

Transparência

Aspectos significativos do processo devem estar visíveis aos responsáveis pelos resultados. Esta transparência requer aspectos definidos por um padrão comum para que os observadores compartilharem um mesmo entendimento do que está sendo visto.

Inspeção

Os usuários Scrum devem, frequentemente, inspecionar os artefatos Scrum e o progresso em direção a detectar variações. Esta inspeção não deve, no entanto, ser tão frequente que atrapalhe a própria execução das tarefas. As inspeções são mais benéficas quando realizadas de forma diligente por inspetores especializados no trabalho a se verificar.

Adaptação

Se um inspetor determina que um ou mais aspectos de um processo desviou para fora dos limites aceitáveis, e que o produto resultado será inaceitável, o processo ou o material sendoproduzido deve ser ajustado. O ajuste deve ser realizado o mais breve possível para minimizar mais desvios.

Descubra mais com o curso Scrum 100 Lero Lero!

0 comentários
13 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.662
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
666
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
51
Comentários
0
Gostaram
13
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Curso Scrum 100 Lero Lero

  1. 1. Frederico Aranha, Instrutor Scrum 100 Lero Lero Um curso objetivo!
  2. 2. Frederico Aranha, Instrutor Napoleãããõ… blah blah blah Whiskas Sachê
  3. 3. Frederico Aranha, Instrutor Frederico de Azevedo Aranha MBA, PMP, ITIL Expert Sim, sou eu!
  4. 4. Frederico Aranha, Instrutor Por que 100 Lero Lero? Porque o lero lero está documentado. Basta fazer o download das apostilas referentes a cada aula para ler o que pode ser lido. Este curso mostra o core do Scrum
  5. 5. Frederico Aranha, Instrutor Uma visão além do Scrum Aula 1
  6. 6. Frederico Aranha, Instrutor É coçar onde coça O que é agile?
  7. 7. Frederico Aranha, Instrutor A filosofia do homem em primeiro lugar e do resultado antes do planejamento Manifesto Ágil
  8. 8. Frederico Aranha, Instrutor Indivíduos e interação entre eles mais que processos e ferramentas Software em funcionamento mais que documentação abrangente Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos Responder a mudanças mais que seguir um plano Manifesto Ágil
  9. 9. Frederico Aranha, Instrutor Just do it! 12 princípios ágeis
  10. 10. Frederico Aranha, Instrutor Maturidade + complexidade = empirismo direcionado Scrum
  11. 11. Frederico Aranha, Instrutor Confessa: você não sabe se é com o pé ou com a mão. No Rugby
  12. 12. Frederico Aranha, Instrutor Fácil, barato e prático… mas não é para todo mundo! Por que usar?
  13. 13. Frederico Aranha, Instrutor Iterativo incremental Características principais
  14. 14. Frederico Aranha, Instrutor Entregas em 2-4 semanas, foco no valor, validação antecipada e fé no time Conceitos-chave
  15. 15. Frederico Aranha, Instrutor Já ouvimos isso antes Tautologia, cuidado
  16. 16. Frederico Aranha, Instrutor Conhecimento = experiência. Processos empíricos são construídos e validados on the go Processos empíricos
  17. 17. Frederico Aranha, Instrutor Valores Scrum
  18. 18. Frederico Aranha, Instrutor Para remover variações inaceitáveis Inspeção
  19. 19. Frederico Aranha, Instrutor Corrigir o curso a partir do curso Adaptação
  20. 20. Frederico Aranha, Instrutor Os processos devem ser claros e visíveis Transparência
  21. 21. Frederico Aranha, Instrutor Sem preconceito Cascata?
  22. 22. Frederico Aranha, Instrutor Nem sempre Inovação requer agile?
  23. 23. Frederico Aranha, Instrutor Não são inimigos Tradicional versus agile
  24. 24. Frederico Aranha, Instrutor Scrum é uma metodologia como qualquer outra, cuidado com evangelistas Cuidado com a cachaça
  25. 25. Frederico Aranha, Instrutor Aula 2 Overview
  26. 26. Frederico Aranha, Instrutor Scrum Master O evangelista
  27. 27. Frederico Aranha, Instrutor Ou também conhecido como manda-chuva Product Owner
  28. 28. Frederico Aranha, Instrutor Alguém precisa trabalhar! Time de Desenvolvimento
  29. 29. Frederico Aranha, Instrutor Ou mini-fase-empírica-progressiva-PMBoK-já- ouvimos-isso-antes Sprint
  30. 30. Frederico Aranha, Instrutor Ué, planeja? Planejamento da Sprint
  31. 31. Frederico Aranha, Instrutor Ou daily meeting Scrum-da-manhã
  32. 32. Frederico Aranha, Instrutor Não é na Globo! Retrospectiva da Sprint
  33. 33. Frederico Aranha, Instrutor Histórias do usuário Backlog do produto
  34. 34. Frederico Aranha, Instrutor O que está sendo feito Backlog da Sprint
  35. 35. Frederico Aranha, Instrutor Entreguinhas Incremento
  36. 36. Frederico Aranha, Instrutor Aula 3 Dono do Produto
  37. 37. Frederico Aranha, Instrutor Diz o que entra e o que sai do backlog do produto e até mesmo do sprint, mas não pode mudar o que está em desenvolvimento Dono do Produto
  38. 38. Frederico Aranha, Instrutor É o gerente dos requisitos e define premissas, restrições e qualidade do produto. Também oferece custos prazos e dados preliminares Dono do Produto
  39. 39. Frederico Aranha, Instrutor Tem cara de gerente este aqui! Dono do Produto
  40. 40. Frederico Aranha, Instrutor Apenas 1 Highlander Dono do Produto
  41. 41. Frederico Aranha, Instrutor GERENCLIENTE Pode rejeitar entregas
  42. 42. Frederico Aranha, Instrutor Não deve ser o chefe Dono do Produto
  43. 43. Frederico Aranha, Instrutor Aula 4 Scrum Master
  44. 44. Frederico Aranha, Instrutor Facilitador Scrum Master
  45. 45. Frederico Aranha, Instrutor Transforma qualquer um em Product Owner Scrum Master
  46. 46. Frederico Aranha, Instrutor Prepara o café da manhã Scrum Master
  47. 47. Frederico Aranha, Instrutor Ensina e defende o Scrum para criar equipes auto-organizadas Scrum Master
  48. 48. Frederico Aranha, Instrutor Facilita as reuniões para garantir a aplicação do Scrum e também o bom entendimento entre as partes Scrum Master
  49. 49. Frederico Aranha, Instrutor Não é chefe! Scrum Master
  50. 50. Frederico Aranha, Instrutor O que esperar desse cara? Scrum Master
  51. 51. Frederico Aranha, Instrutor Aula 5 Time de Desenvolvimento
  52. 52. Frederico Aranha, Instrutor É gente que faz Time de Desenvolvimento
  53. 53. Frederico Aranha, Instrutor Multidisciplinar, multifuncional Time de Desenvolvimento
  54. 54. Frederico Aranha, Instrutor Mata no peito, não terceiriza Time de Desenvolvimento
  55. 55. Frederico Aranha, Instrutor Todo mundo é desenvolvedor Time de Desenvolvimento
  56. 56. Frederico Aranha, Instrutor Todo mundo ajuda Time de Desenvolvimento
  57. 57. Frederico Aranha, Instrutor 6+/-3 Time de Desenvolvimento
  58. 58. Frederico Aranha, Instrutor Resumindo Time de Desenvolvimento
  59. 59. Frederico Aranha, Instrutor Aula 6 Porcos e galinhas
  60. 60. Frederico Aranha, Instrutor Só põe o ovo Galinhas
  61. 61. Frederico Aranha, Instrutor Entra com o bacon Porco
  62. 62. Frederico Aranha, Instrutor Aí complica, zero 2! E aí, porco ou galinha?
  63. 63. Frederico Aranha, Instrutor Quem tá no Scrum é porco! Todo mundo é porco
  64. 64. Frederico Aranha, Instrutor Clientes, usuários, gerentões... Galinhas
  65. 65. Frederico Aranha, Instrutor Todo mundo junto, todo mundo misturado, o melhor vem da colaboração e falar na cara é melhor! O mais importante
  66. 66. Frederico Aranha, Instrutor Aula 7 Sprite... Digo, Sprint!
  67. 67. Frederico Aranha, Instrutor Eventos no Scrum
  68. 68. Frederico Aranha, Instrutor Um tiro curto Sprint
  69. 69. Frederico Aranha, Instrutor O evento principal no Scrum e dura no máximo 30 dias ou menos Sprint
  70. 70. Frederico Aranha, Instrutor Tempo pré-determinado Planejamento da Sprint, Sprint, Reunião Diária, Revisão da Sprint e Retrospectiva da Sprint Time-box
  71. 71. Frederico Aranha, Instrutor Remodele ou repita o processo Iterações Time Boxed
  72. 72. Frederico Aranha, Instrutor Faça até não precisar fazer Sprints até não-Sprint
  73. 73. Frederico Aranha, Instrutor Valide, comece novamente. Sem descanço! Sprint
  74. 74. Frederico Aranha, Instrutor Aula 8 Planejando e Executando a Sprint
  75. 75. Frederico Aranha, Instrutor Parte 1: todos se reúnem e decidem o que vai ser feito Reunião de Planejamento da Sprint
  76. 76. Frederico Aranha, Instrutor Parte 2: todos se reúnem e decidem como fazer o que deve ser feito Reunião de Planejamento da Sprint 4 horas para 30 dias em cada parte!
  77. 77. Frederico Aranha, Instrutor Incrementos anteriores, backlog do produto e capacidade do time Reunião de Planejamento da Sprint
  78. 78. Frederico Aranha, Instrutor Tem que levar o backlog pronto para a reunião de planejamento! E o Dono do Produto?
  79. 79. Frederico Aranha, Instrutor Só o TIME sabe o que PODE ou NÃO fazer O Time de Desenvolvimento
  80. 80. Frederico Aranha, Instrutor Não é o Breaking Bad! A Meta
  81. 81. Frederico Aranha, Instrutor Item por item, tarefa por tarefa? Só o suficiente! Tarefas, Tarefas
  82. 82. Frederico Aranha, Instrutor 1 dia ou menos por tarefa Horas por tarefa por item
  83. 83. Frederico Aranha, Instrutor Se durante o planejamento ficar claro que não dá, então tem que renegociar! Renegociando
  84. 84. Frederico Aranha, Instrutor Sem mostrar a cobra Mostrando o pau
  85. 85. Frederico Aranha, Instrutor Seleção de itens do backlog do produto + tarefas escolhidas = Backlog da Sprint Backlog da Sprint
  86. 86. Frederico Aranha, Instrutor Depois de aprovado e concordado, só o Time pode mexer! Só o Time mexe!
  87. 87. Frederico Aranha, Instrutor Confira o material de apoio do curso! Visualizando o processo
  88. 88. Frederico Aranha, Instrutor Aula 9 Daily Meeting
  89. 89. Frederico Aranha, Instrutor 15 minutos, de pé! Reunião Diária
  90. 90. Frederico Aranha, Instrutor Aula 10 Revisão & Retrospectiva da Sprint
  91. 91. Frederico Aranha, Instrutor Revisão da Sprint Overview
  92. 92. Frederico Aranha, Instrutor Retrospectiva da Sprint Overview
  93. 93. Frederico Aranha, Instrutor aranha.azevedo@gmail.com PRONTO!

×