Plano de ensino modelo exc-antigo

1.320 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.320
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plano de ensino modelo exc-antigo

  1. 1. PROJETO DE EDUCAÇÃO FÍSICA APRESENTAÇÃO: O projeto tem como meta, dar continuidade e ao sistema de rodízio de modalidades desportivas no Cec-Objetivo, bem como a inclusão de aulas teóricas com objetivo de conscientizar, incentivar e motivar à prática de Educação Física, visando o desenvolvimento integral do aluno como meio de formação da cidadania, melhoria da qualidade de vida e o ingresso da escola nos “ Jogos Estudantis de Lavras ” ( JEL ) . JUSTIFICATIVA: O objetivo do nosso projeto de Educação Física para o Ensino Fundamental II é transmitir aos alunos conhecimentos básicos para que possam realizar atividades físicas nas aulas, de forma segura e consciente, compreendendo as modificações e adaptações ( fisiológicas, anatômicas ) que o nosso corpo sofre quando praticamos atividade física, como também aspectos sociais ( aprender se relacionar em grupos ), culturais ( os esportes fazem parte da cultura dos povos, “modismos”, etc. ), dentre outros. Os profissionais de educação física têm conhecimento teórico que muitas vezes são demonstrados apenas na prática das aulas, como por exemplo, aquecimento, alongamento, beber água, descansar, etc. Contudo os alunos poderão entender melhor estudando mais afundo esses e outros assuntos relacionados com o movimento humano, que é o principal tema da educação física. A educação física não se restringe às atividades práticas, mas envolve também o entender, o modificar e o adaptar-se para praticar as atividades físicas de uma maneira adequada e prazerosa, para que se torne habitual na vida adulta . E avaliação física está inserida nesse contexto, como forma de conhecimento do funcionamento do organismo. O ideal é aliar sempre as teorias à nossa prática nas quadras, lembrando que as aulas devem transmitir conhecimentos. O desafio principal da escola hoje é, resgatar a importância da Educação Física como meio de promoção da saúde, cidadania, integração e educação esportiva. Este é um problema claro que exige determinação dos profissionais envolvidos. Definir objetivos claros sem descaracterizar o P.P.P da escola é fundamental para obtermos bons resultados e grandes transformações, para que possamos alcançar uma educação esportiva, crítica, consciente e democrática. O sistema de rodízio vem de encontro da necessidade da escola possibilitar o desenvolvimento de atividades esportivas, tendo como objetivo o acesso às atividades esportivas orientando o processo ensino-aprendizagem e refletindo a prática pedagógica do esporte na escola, pretendendo também integrar o P.P.P da escola às atividades esportivas. Caracteriza-se como um trabalho organizado pelos profissionais de Educação Física da escola, orientado didático-pedagogicamente por temas
  2. 2. referentes aos PCNs e o Esporte na Escola implantado pelo Governo Federal nas escolas públicas. Será aplicado de acordo com a infra-estrutura que a escola nos oferece e definindo as modalidades desportivas de acordo com o planejamento anual em anexo, aproveitando melhor o potencial de cada professor e uma troca entre alunos e professores. Atenderá os alunos de Ensino Fundamental II e Ensino Médio que serão beneficiados com a participação nos jogos do Calendário Esportivo Lavrense. ATIVIDADES ANTERIORES: O Departamento de Educação Física juntamente com a Coordenação Pedagógica realizaram as seguintes atividades em 2003: Ginco 2003; Jogos interclasses ( xadrez ); IIº Jogos Estudantis de Lavras. Jogos abertos ( futsal, voleibol, handebol e xadrez ) Parâmetros Curriculares Nacionais Educação Física – 5ª à 8ª séries OBJETIVOS GERAIS :  Participar de atividades corporais, estabelecendo relações construtivas, reconhecendo e respeitando suas qualidades e dos outros sem discriminação ;  repudiar a violência com atitudes de respeito mútuo, dignidade e solidariedade nas práticas de cultura corporal de movimento ;  conhecer, desfrutar, respeitar e valorizar as manifestações culturais do Brasil e do mundo, como recurso valioso para a integração entre diferentes pessoas e grupos sociais e étnicos ;  reconhecer-se como elemento integrante do ambiente, para uma melhor qualidade de vida individual e coletiva ;  solucionando problemas de ordem corporal em diferentes contextos, reconhecendo suas capacidades e considerando que, para aperfeiçoá-las e desenvolve-las é necessário dedicação e perseverança ;  reconhecer os processos de crescimento e desenvolvimento dentro de um contexto, reivindicando condições de vida dignas ;  conhecer a diversidade de padrões de saúde, beleza e desempenho nos diferentes grupos sociais, analisando criticamente as informações da mídia evitando o consumismo e preconceito ;  reconhecer e exercer a cidadania, reivindicando locais adequados para atividades corporais de lazer em busca de uma qualidade de vida ;  desenvolver as habilidades, as capacidades físicas e motoras;
  3. 3.  desenvolver noções esportivas ( competição em campeonatos escolares ). OBJETIVOS ESPECÍFICOS :  adotar atitudes de respeito mútuo, dignidade e solidariedade nos jogos, etc. e não violentas, dialogando e respeitando a figura do árbitro. Diferenciar os contextos amador, recreativo, escolar e o profissional, evitando a competição excessiva;  oferecer oportunidades e situações para que o aluno analise, critique e apresente propostas de mudanças nas atividades;  conhecer, valorizar, apreciar, e desfrutar de manifestações da cultura corporal, deixando de lado o preconceitos ou discriminações por razões sociais, sexuais ou culturais. Reconhecer e valorizar as diferenças de desempenho, linguagem e expressividade, inclusive, dessas diferenças culturais, sexuais e sociais;  conhecer seus limites e suas possibilidades para que possa controlar suas posturas e atividades corporais com autonomia, buscando melhorar suas aptidões físicas. Conhecer os conceitos de esforço, intensidade e freqüência dentro de um planejamento e sistematização das práticas corporais. Conhecer a teoria para adaptar alguns sistemas na melhora de sua aptidão física ( nutrição, higiene, fisiologia, etc. );  organizar e praticar atividades corporais, para que possa utilizá-las nos tempos disponíveis, com capacidade para alterar ou interferir nas regras convencionais, criando-as e transformando-as, facilitando a inclusão dos praticantes;  Analisar alguns padrões de beleza, saúde, e desempenho presentes no cotidiano, e compreender sua inserção no contexto sociocultural em que são produzidos, despertando para o senso crítico e relacionando-os com as práticas da cultura corporal de movimento;  Conhecer, organizar e interferir no espaço de forma autônoma, buscando locais adequados para atividades corporais e de lazer, para uma melhora na qualidade de vida;  Implementar o Projeto Político Pedagógico da escola no que diz respeito às atividades esportivas, incluindo o Esporte na escola;  Desenvolver um trabalho organizado pelos profissionais de Educação Física da escola, orientado didático-pedagogicamente por temas referentes ao esporte, explicitados no Projeto Político Pedagógico da Escola.
  4. 4. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:  Exame biométrico;  Iniciação desportiva ( handebol, voleibol, basquete, futsal );  Noções de fisiologia;  Educação respiratória e postural;  Regras e noções de arbitragem;  Jogos ludomotres e adaptados ESTRATÉGIAS DE ENSINO:  Aulas teóricas e práticas ( quadras, sala de espelho, retroprojetor, murais, etc );  Atividades competitivas, colaborativas e recreativas ( bolas, redes, cones, etc. );  Gincanas;  Minitorneios desportivos - interclasses ;  Minitorneios intelectuais - interclasses e extraclasses ( damas, xadrez, etc. ) ;  Interdisciplinaridade  Trabalhos individuais e em grupos ( cartolinas, vídeo, etc. );. METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO: 1- Avaliação física: No decorrer das aulas ( observações e debates ) - Exames antropométricos ( peso, altura ); 2- Avaliação dignóstica:  individual ;  do grupo ( debate ); 3- Avaliação prognóstica:  individual;  do grupo; 4- Avaliação final:  debate professor-professor;  debate professor-aluno.
  5. 5. CEC-OBJETIVO - 2004 PLANEJAMENTO ANUAL – ENSINO FUNDAMENTAL II DISCIPLINA : EDUCAÇÃO FÍSICA PROFESSOR : FRANCISCO JÚLIO DE SOUSA ADRIANO H. M. PENIDO SUP. PEDAGÓGICA : MARIA GORETTI ALVARENGA LIMA SÉRIE : 5ª à 8ª SÉRIES N.º de aulas/sem.: 2 ANO : 2.004 EDUCAÇÃO FÍSICA – 5ª À 8ª SÉRIES – 2004 Mês S em Aula PROGRAMAÇÃO Prof. Francisco Prof. Adriano F E V E R E I R O 1 1 APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO 2 Jogos interativos e colaborativos Jogos interativos e colaborativos 2 3 Jogos interativos e colaborativos Jogos interativos e colaborativos 4 Jogos interativos e colaborativos Jogos interativos e colaborativos 3 5 Jogos interativos e colaborativos Jogos interativos e colaborativos 6 Jogos interativos e colaborativos Jogos interativos e colaborativos 4 7 Exame antropométrico Exame antropométrico 8 Jogos interativos e colaborativos Jogos interativos e colaborativos VOLEIBOL ( MASCULINO ) BASQUETE ( FEMININO ) M A R Ç O 5 9 Toque e manchete Manejo do corpo e controle de bola 10 Toque e manchete Passe e recepção 6 11 Saque e passe Jogos pré-desportivos ( passe e recepção ) 12 Saque e passe Jogos pré-desportivos ( passe e recepção ) 7 13 Recepção e levantamento Drible 14 Recepção e levantamento Drible 8 15 Levantamento e ataque Arremessos 16 Levantamento e ataque Arremessos VOLEIBOL ( FEMININO ) BASQUETE ( MASCULINO )
  6. 6. A B R I L 9 17 Toque e manchete Manejo do corpo e controle de bola 18 Jogos pré-desportivos ( toque e manchete ) Passe e recepção 10 19 Saque e passe Jogos pré-desportivos ( passe e recepção ) 20 Saque e passe Jogos pré-desportivos ( passe e recepção ) 11 21 Recepção e levantamento Drible 22 Recepção e levantamento Drible 12 23 Levantamento e ataque Arremessos 24 Levantamento e ataque Arremessos 13 25 Mini torneio Mini torneio 26 Mini torneio Mini torneio FUTSAL ( MASCULINO ) HANDEBOL ( FEMININO ) M A I O 14 27 manejo do corpo e de bola Passe e recepção 28 Passe e domínio Passe e recepção 15 29 Passe, domínio e condução Arremessos 30 Passe e chute Arremessos 16 31 Drible Sistema defensivo 32 Fintas Sistema defensivo 17 33 Sistema defensivo Sistema ofensivo 34 Sistema ofensivo Sistema ofensivo FUTSAL ( FEMININO ) HANDEBOL ( FEMININO ) J U N H O 18 35 Passe e domínio Passe e recepção 36 Passe, domínio e condução Passe e recepção 19 37 Passe e chute Arremessos 38 Jogos pré-desportivos Arremessos 20 39 Jogos pré-desportivos Sistema defensivo 40 Sistema defensivo Sistema defensivo 21 41 Sistema ofensivo Sistema ofensivo 42 Noções de regras e arbitragem Sistema ofensivo Jogos interativos e colaborativos Jogos interativos e colaborativos J U L H O 22 43 Exame antropométrico Exame antropométrico 44 Exame antrpométrico (apoio ) Exame antrpométrico (apoio ) 23 45 Jogos interativos e colaborativos Jogos interativos e colaborativos 46 Jogos interativos e colaborativos Jogos interativos e colaborativos 24 47 Jogos interativos e colaborativos Jogos interativos e colaborativos 48 Jogos interativos e colaborativos Jogos interativos e colaborativos VOLEIBOL ( MASCULINO ) BASQUETE ( FEMININO ) A G O S 25 49 Toque e manchete Manejo do corpo e controle de bola 50 Toque e manchete Passe e recepção 26 51 Saque e passe Jogos pré-desportivos ( passe e recepção ) 52 Saque e passe Jogos pré-desportivos ( passe e recepção ) 27 53 Recepção e levantamento Drible 54 Recepção e levantamento Drible
  7. 7. T O 28 55 Levantamento e ataque Arremessos 56 Levantamento e ataque Arremessos VOLEIBOL ( FEMININO ) BASQUETE ( MASCULINO ) S E T E M B R O 29 57 Toque e manchete Manejo do corpo e controle de bola 58 Jogos pré-desportivos ( toque e manchete ) Passe e recepção 30 59 Saque e passe Jogos pré-desportivos ( passe e recepção ) 60 Saque e passe Jogos pré-desportivos ( passe e recepção ) 31 61 Recepção e levantamento Drible 62 Recepção e levantamento Drible 32 63 Levantamento e ataque Arremessos 64 Levantamento e ataque Arremessos 33 65 Mini torneio Mini torneio 66 Mini torneio Mini torneio FUTSAL ( MASCULINO ) HANDEBOL ( FEMININO ) O U T U B R O 34 67 manejo do corpo e de bola Passe e recepção 68 Passe e domínio Passe e recepção 35 69 Passe, domínio e condução Arremessos 70 Passe e chute Arremessos 36 71 Drible Sistema defensivo 72 Fintas Sistema defensivo 37 73 Sistema defensivo Sistema ofensivo 74 Sistema ofensivo Sistema ofensivo FUTSAL ( FEMININO ) HANDEBOL ( FEMININO ) N O V E M B R O 38 75 Passe e domínio Passe e recepção 76 Passe, domínio e condução Passe e recepção 39 77 Passe e chute Arremessos 78 Jogos pré-desportivos Arremessos 40 79 Jogos pré-desportivos Sistema defensivo 80 Sistema defensivo Sistema defensivo 41 81 Sistema ofensivo Sistema ofensivo 82 Noções de regras e arbitragem Sistema ofensivo AVALIAÇÃO FÍSICA AVALIAÇÃO FÍSICA D E Z 42 83 Exame antropométrico Exame antropométrico 84 Jogos interativos e colaborativos Jogos interativos e colaborativos 43 85 Jogos interativos e colaborativos Jogos interativos e colaborativos 86 Jogos interativos e colaborativos Jogos interativos e colaborativos FUNCIONAMENTO DO SITEMA DE RODÍZIO: Faz-se uma escolha das modalidades e o respectivo professor que irá trabalhar .
  8. 8. Ex.: Futsal e Voleibol – Professor: Francisco. Handebol e Basquete– Professor: Adriano Divide-se os meses e as turmas que irão participar do rodízio. Ex.: Ensino Fundamental II. MESES / MODALIDADE 5ª SÉRIE 6ª SÉRIE 7ª SÉRIE 8ª SÉRIE CATEGORIA FEM. MASC . FEM. MASC . FEM. MASC . FEM. MASC . Fevereiro Jogos de cooperação Jogos de cooperação Jogos de cooperação Jogos de cooperação Jogos de cooperação Jogos de cooperação Jogos de cooperação Jogos de cooperação Março Basquete Voleibol Basquete Voleibol Basquete Voleibol Basquete Voleibol Abril Voleibol Basquete Voleibol Basquete Voleibol Basquete Voleibol Basquete Maio Handebol Futsal Handebol Futsal Handebol Futsal Handebol Futsal Junho Futsal Handebol Futsal Handebol Futsal Handebol Futsal Handebol Julho Futsal Handebol Futsal Handebol Futsal Handebol Futsal Handebol Agosto Basquete Voleibol Basquete Voleibol Basquete Voleibol Basquete Voleibol Setembro Voleibol Basquete Voleibol Basquete Voleibol Basquete Voleibol Basquete Outubro Handebol Futsal Handebol Futsal Handebol Futsal Handebol Futsal Novembro Futsal Handebol Futsal Handebol Futsal Handebol Futsal Handebol Dezembro Jogos de cooperação Jogos de cooperação Jogos de cooperação Jogos de cooperação Jogos de cooperação Jogos de cooperação Jogos de cooperação Jogos de cooperação Obs.: As avaliações serão feitas no decorrer das aulas. A partir daí, os alunos serão selecionados e direcionados para o desporto adequado de acordo com as suas aptidões e interesse. As aulas de Educação Física do Ensino Médio serão planejadas de acordo com as aptidões e interesse do grupo. VANTAGENS : O “ Sistema de Rodízio ” tem como principal vantagem o maior interesse dos alunos pela prática desportiva; Faz com que o aluno diversifique mais as atividades físicas e com isso conheça os diferentes esportes; Desenvolve as habilidades motoras ( flexibilidade, agilidade, coordenação motora geral, rítmo, velocidade, força, etc.) além de assimilar diferentes técnicas e táticas propostas pelos esportes; Dá capacidade ao professor de futuramente também formar equipes para os jogos escolares; Depois que os alunos passarem pelo rodízio, o professor estará apto para direcionar os alunos à pratica do esporte que melhor se sobressaíram dentro do colégio e fora em clubes ( orientando inclusive aos pais ).
  9. 9. CONCLUSÃO Hoje, as escolas estão na melhoria do ensino voltado aos esportes e com isso procuraram aperfeiçoar e melhorar sua didática com intuito de colocar a prática desportiva em evidência. Assim cada vez mais estaremos valorizando o esporte. Através desse sistema podemos concluir que as vantagens são muitas e isto será um ponto positivo e um grande passo tanto para escola quanto para os alunos que usufruirão desse benefício . BIBLIOGRAFIA:  COSTILL, David L., JACK H. Wilmore (1999). Fisiologia do Esporte e do Exercício.  WEINECK, J. (1991). Biologia do Esporte.  ECKERT, Helen M. (1993). Desenvolvimento Motor.  McARDLE, William D., Katch, Frank I.,Katch,Victor L. (1992). Fisiologia do Exercício.  FOX, Edward L., Bowers, Richard W., Foss, Merle L. (1991). Bases Fisiológicas da Educação Física e dos Desportos. • ZAKHAROV, Andrei., Gomes, Antônio Carlos (1992). Ciência do Treinamento Desportivo.  TEIXEIRA, Hudson Ventura (1995). Educação Física e Desportos.  BARBANTI, Valdir J (1994). Dicionário da Educação Física e do Esporte.  BORSARI, José Roberto., Jordano, Ivo., Bom, Thales., Rose Jr., Dante de (1987). Educação Física da Pré-Escola à Universidade.  Grupo de Trabalho Pedagógico da UFPe- UFSM (1991). Visão Didática da Educação Física: análises críticas e exemplos práticos de aulas.  DIAUTO, Moacir (1991). Organização de Competições Desportivas.  SANTOS FILHO, José Laudier Antunes dos (1995). Futsal, Preparação Física.  FERREIRA, Aloísio Elias Xavier., Rose Jr., Dante de (19987). Basquetebol, Técnicas e Táticas.  CARVALHO, Oto Moravia de (1993). Voleibol 1.000 exercícios.  NEGRINE, Airton (1983). O Ensino da Educação Física.  KÄSLER, Horst (1980). Handebol: do aprendizado ao jogo disputado.  CAVALLARI, Vinícius Ricardo., Zacharias, Vany (1994). Trabalhando com Recreação.  VIANA, Adalberto Rigueira., et all.(1995). Coordenação Psicomotora.
  10. 10. DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA – CEC/OBJETIVO CALENDÁRIO DAS ATIVIDADES – 2004 ( SUGESTÕES )
  11. 11. Mês Atividades Março - GINCO- Educação Infantil e Ensino Fundamental I Abril - OLIMPÍADA- Ensino Fundamental II Maio - JEL ( Jogos Estudantis de Lavras ) - Ensino Fundamental II e Ensino Médio Junho - TORNEIO DE DAMA- Ensino Fundamental I e II e Ensino Médio Setembro- TORNEIO DE TRUCO – Ensino Fundamental II e Ensino Médio Outubro- JACO ( Jogos Abertos ) – Ensino Médio Outubro- XICO ( Jogos internos de xadrez ) Novembro - XACO ( Jogos abertos de xadrez )

×