Análise: Plano Real e o início da estabilidade financeira

5.597 visualizações

Publicada em

No último século de história, os brasileiros já conheceram várias moedas diferentes - Cruzeiro, Cruzado, Cruzado Novo, Cruzeiro, Cruzeiro Real, são tantas e com nomes tão semelhantes que muitos se confundem quando se lembram de todas elas. Sempre como forma de manter o “Dragão da Inflação”, que assombrava a vida dos consumidores, alterando os preços praticados pelo mercado de maneira abrupta, os governos instituíam novas unidades monetárias de tempos em tempos.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.597
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
84
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Análise: Plano Real e o início da estabilidade financeira

  1. 1. AnálisePLANO REAL E O INÍCIO DA ESTABILIDADE FINANCEIRA
  2. 2. Índice História do plano Real.....................................................03 Blogs monitorados...........................................................08 O Real e os consumidores..............................................19 O Real no Youtube..........................................................22 Qual o futuro da moeda?.................................................24 Aplicabilidade..................................................................25 Ficha Técnica do Estudo.................................................28 2
  3. 3. PLANO REAL E O INÍCIO DA ESTABILIDADE FINANCEIRAHistória do Plano RealNo último século de história, os brasileiros já conheceram várias moedas diferentes - Cruzeiro, Cruzado, CruzadoNovo, Cruzeiro, Cruzeiro Real, são tantas e com nomes tão semelhantes que muitos se confundem quando selembram de todas elas. Sempre como forma de manter o “Dragão da Inflação”, que assombrava a vida dosconsumidores, alterando os preços praticados pelo mercado de maneira abrupta, os governos instituíam novasunidades monetárias de tempos em tempos.Em 1994, com o anúncio da Medida Provisória nº 434, feito pelo Ministro da Fazenda do governo Itamar Franco,Fernando Henrique Cardoso, os cortes nos zeros finalmente começaram a surtir algum efeito na economia nacional.Foi instituída a Unidade Real de Valor (URV). Com ela novas regras de referência de valores foram estabelecidas e aprática de indexar preços a partir dos índices de inflação começou a ser abandonada. Para substituir o Cruzeiro Real,em 1º de julho de 1994 foi lançada a nova moeda corrente do Brasil, o Real.A criação de uma nova moeda foi vinculada a três índices: IGP-M – Índice Geral dos Preços do Mercado, IPCA - ÍndiceNacional de Preços ao Consumidor Amplo, IPC – Índice de Preço ao Consumidor da Fundação Instituto de PesquisasEconômicas. Além desses índices, ficou acordado que a URV deveria ainda ter um vínculo real de comparação, ficandodefinida assim a relação de um para um com a moeda americana, o dólar.O Plano Real foi o responsável pela recuperação da credibilidade da moeda nacional. A economia brasileira enfrentavauma séria crise e o processo de hiperinflação parecia inevitável. A pasta de economia do governo de Itamar Francoarticulou de maneira eficiente a transição das moedas e realizou um trabalho de conscientização da população de quea volta da estabilidade monetária era sim uma realidade possível.Foi no governo de Fernando Henrique Cardoso que a moeda se consolidou. Por um longo período a tranquilidadeeconômica se manteve, sendo ameaçada apenas no final do segundo mandato, por conta de especulaçõeseleitoreiras. No início do governo Lula, a calmaria voltou e o controle da inflação já passava a fazer parte da rotina dosbrasileiros. 3
  4. 4. Para controlar a inflação, o governo FHC manteve as taxas de juros internas mais elevadas do que as do mercadomundial, supervalorizando o real. Vários investidores foram atraídos motivados por especulações financeiras de curtoprazo e em reflexo disso, as exportações caíram e o déficit nas contas externas atingiu a marca de US$ 186,5 bilhões.Os empréstimos concedidos pelo FMI na época foram pagos apenas no primeiro mandato do governo Lula, revertendoo quadro para um superávit que chegou a US$ 44 bilhões.Em 2010 as importações voltaram a subir, registrando um crescimento de 21% em relação a dezembro de 2009. A altada renda e do número de empregos, o dólar barato e o crescimento dos investimentos impulsionaram a entrada deprodutos estrangeiros no Brasil. Por consequência, as exportações brasileiras se tornaram mais caras em relação aosprodutos importados.De acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, no último mês de 2010, asimportações somaram US$ 15,551 bilhões, ou média diária mensal de US$ 676,1 milhões. Já as vendas ao exteriortotalizaram US$ 20,919 bilhões, registrando um aumento de 38,3% em relação a dezembro de 2009. O saldo comercialdo mês registrou superávit de US$ 5,368 milhões, valor 147,4% superior ao registrado em dezembro de 2009, queapresentou saldo de US$ 2,170 bilhões.Saldo da balança comercial (em bilhões de dólares) – Fonte: MDIC 50 46,45 44,92 45 40,03 40 33,84 35 30 24,87 24,95 25,34 25 20,27 20 13,19 15 10 5 0 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010Para compreender de que forma a imprensa noticia o tema, influenciando e moldando a opinião pública, no período de27 de dezembro de 2010 a 5 de janeiro de 2011, monitoramos com a plataforma Clipping Express os veículos online.Confira abaixo o resultado da pesquisa. 4
  5. 5. Notícias por palavra-chave – plataforma Clipping Express 295 Plano Real  Durante o período monitorado, a imprensa noticiou 295 notícias sobre o Plano Real.  O jornal que mais veiculou informações sobre a moeda nacional foi o Jornal do Comércio do Rio Grande do Sul - jornal de economia e negócios da região gaúcha que divulgou matérias sobre financiamento de imóveis, expectativas do governo da presidente Dilma e algumas notícias positivas sobre o crescimento do setor.  Outros dois veículos que apresentaram conteúdo relevante sobre o tema foram O Estado de S. Paulo e O Globo.Segue abaixo exemplos de manchetes do Jornal do Comércio do Rio Grande do Sul: 5
  6. 6. Para visualizar de maneira efetiva em quais categorias de veículos se fala mais sobre o Plano Real, confira osresultados do gráfico a seguir:Notícias por categoria de veículos – plataforma Clipping Express Agência de Notícia Blog Especializado Grande Imprensa Online Regional 42,37% 20,03% 14,92% 12,54% 3,73% 4,41%  A maior parte das notícias sobre o “Plano Real” foi divulgada nos veículos regionais. Com 42% do total, essa categoria ficou a frente inclusive da grande imprensa e dos veículos especializados em economia.  Outra categoria que teve volume de publicações expressivo foi a “Online”. Junto com os blogs, os veículos exclusivamente do ambiente web somam quase 20% das informações sobre a moeda corrente brasileira. Esse fato explicita o comportamento da população que cada vez mais busca informação e conhecimento através da internet, muitas vezes em veículos que assumem de forma clara um posicionamento político.A busca por informações cada vez mais transparentes, principalmente no campo político-econômico, é a principalresponsável pelo crescimento do número de blogs do gênero no país. Os internautas assumem uma postura 6
  7. 7. contestadora dos fatos e essa mídia surge como uma válvula facilitadora nesse processo de busca pela verdade eopinião. Quando os blogueiros postam textos opinativos, ao contrário, por exemplo, dos veículos de grande imprensa,fica mais claro para o leitor identificar perfis que mais se encaixam aos seus valores e ideologia.Notícias por palavra-chave Plano Real por veículo (blogs) – plataforma Clipping Express 4,5 4 3,5 3 2,5 2 Post 1,5 1 0,5 0 Blog do Cláudio Guilherme Josias de Magno Noblat Paulo Estadão Natanael Ailton Umberto Barros Souza Martins Nunes Luis 7
  8. 8. Blog do Ailton – disponível em http://www.ailtonmedeiros.com.br/Atualizado diariamente, o blog conta com um perfil do Twitter (@blogdoailton) com 1381 seguidores. Ailton Medeirostem também um perfil no Facebook, no qual soma 172 amigos.O post que utilizou a palavra-chave “Plano Real” fala sobre uma entrevista concedida pelo ex-presidente FernandoHenrique Cardoso ao programa “Manhattan Connection”. Bastante polêmico, a primeira frase já dita o tom de todo oconteúdo “Fernando Henrique Cardoso já havia perdido o caráter na época que presidiu o Brasil. Com o tempo perdeutambém a memória”. Dos 18 comentários feitos por leitores do blog, quatro debatem contra a posição do autor e osoutros 14 reafirmam o posicionamento de Ailton Medeiros. 8
  9. 9. Blog do Cláudio Umberto – disponível em http://www.claudiohumberto.com.br/Sob o slogan “Poder, política e bastidores em tempo real”, o blog conta com uma equipe de jornalistas paradesenvolver o material que, segundo própria missão do site, antecipe as notícias de jornais de todo o Brasil. À frente doblog, o alagoano Cláudio Umberto foi assessor de imprensa da Presidência da República entre os anos de 1990 e 1992e coordena o site que conta com a contribuição de Teresa Barros, Tiago de Vasconcelos e Enio Lins.O post capturado, no dia 27 de dezembro, pertence à área “Bronca Geral”, na qual são compilados comentários dosleitores do blog. O post em questão foi escrito por Francisco Dutra Vieira Filho e fala sobre a mudança de postura deLula, que antes era contra algumas medidas e depois passou a defender, como o Plano Real. As primeiras frasesdemonstram a postura oposicionista ao último governo do país. “Os oito anos de Lula Presidente estão se acabando.Nesses oito anos, Lula fez de tudo, menos o governo e a novidade na política que por duas décadas prometeu ser.” 9
  10. 10. Blog do Guilherme Barros – disponível em http://colunistas.ig.com.br/guilhermebarros/Coluna de economia do portal IG, o blog do jornalista Guilherme Barros traz informações sobre negócios e finanças.Durante o período analisado, foram capturadas duas notícias. A primeira traz a declaração do banqueiro dono do Itaú,Roberto Setubal, que afirmou durante reunião com FMI que Lula foi o maior presidente da história do Brasil. A outranotícia traz o balanço das vendas de Natal divulgado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, que apontouser o melhor resultado desde a implantação do Plano Real. 10
  11. 11. Blog do Josias de Souza – disponível em http://josiasdesouza.folha.blog.uol.com.br/Pertencente ao conjunto de blogs da Folha de S. Paulo, os textos são escritos por Josias de Souza, há 20 anostrabalhando no jornal. O jornalista publicou em 1994 o livro “A História Real”, no qual compila informações sobre osbastidores da primeira eleição de FHC. Josias conta também com um perfil no Twitter com 16600 seguidores e mais de3400 tweets.A matéria capturada faz referência à declaração de Sérgio Motta, quando ministro das Comunicações de FernandoHenrique, que afirmou que o PSDB ficaria no poder por 20 anos. “O sonho do tucanato mudou de mãos. Hoje, o maiorreceio da oposição é o de que o PT permaneça no poder por duas décadas” afirma Josias. 11
  12. 12. Blog do Magno Martins – disponível em http://www.blogdomagno.com.br/Blog do jornalista político Magno Martins, com perfil no twitter com mais de 2250 seguidores, teve uma notíciapublicada com a palavra-chave “Plano Real” no período estudado. “Sem sombra de dúvidas, os auspiciosos resultadoseconômicos do governo, deveu-se a ação competente e pragmática de Antonio Palocci e Henrique Meireles,encampada por Lula na esteira da política macroeconômica do Plano Real”, disse. O post não teve comentários. 12
  13. 13. Blog do Noblat – disponível em http://oglobo.globo.com/pais/noblat/Além do perfil no Twitter, com 77.065 seguidores, Noblat tem ainda um canal no Youtube desde agosto de 2009. Com429 inscritos, 41 comentários já foram feitos sobre os 18 vídeos publicados. O blog, do portal O Globo, que maispublicou notícias a partir da palavra-chave “Plano Real” é coordenado por Ricardo Noblat que apresentou um programasemanal entre os anos de 2008 e 2009 na TV Senado, além de já ter trabalhado em veículos como Veja, IstoÉ, Jornaldo Commercio, Diário de Pernambuco, Jornal do Brasil e Correio Braziliense.O post publicado em 3 de janeiro, traz um trecho do artigo “Uma relação entre ciúmes e interesses”, de Carlos Pagni.Fala sobre o consenso que surgiu com o Plano Real e que a esquerda nacional manteve. Segundo a publicação “Parauma região onde a ruptura e a vingança são o insumo principal da política, essa continuidade significa uma verdadeirarevolução".No primeiro dia de 2011, Noblat publicou duas notas citando o plano. Com o título “Ânimo inicial”, de autoria de MiriamLeitão, o artigo fala sobre as expectativas positivas que os brasileiros depositam nesta época do ano. Segundo aautora, mesmo quando ruins todos os governos foram responsáveis pelo crescimento do Brasil. Ela atribui ao sucessodo Plano Real e à estabilidade econômica, as novas etapas de modernização do país. “Nos últimos oito anos, o paísouviu insistentemente que tudo começou a dar certo com a chegada de Lula ao poder. Era propaganda, e não fato.”Ainda no mesmo dia, Noblat publicou um texto de Cristovam Buarque. O senador e professor da UnB faz umcontraponto entre o aumento do poder aquisitivo da população e a efetiva melhoria na qualidade de vida. A falta deinvestimento nos setores públicos é um dos motivos apontados por Buarque que fazem com que as manchetes sobreaumento nas vendas e melhorias na economia sejam sobrepostas justamente pela falta de segurança, educação econdições precárias de saúde pública.O autor do quarto post, publicado em 29 de dezembro, é Rolf Kuntz do Estado de S. Paulo. Ele relembra a posturacontrária do PT durante a época de implantação do Plano Real. “E é sempre instrutivo repetir: o oposicionista Lula eseu partido combateram essas mudanças. Contestaram o Plano Real, a Lei de Responsabilidade Fiscal, o câmbioflexível e o plano de recuperação bancária, alardeado por Lula, anos depois, como exemplo para o mundo rico.” 13
  14. 14. 14
  15. 15. Blog do Paulo Nunes – disponível em http://www.blogdopaulonunes.com/v3/O jornalista e advogado Paulo Nunes é o responsável pelo blog, que traz alguns vídeos disponíveis no Youtube na áreadenominada “TV Blog do Paulo Nunes”. O slogan “A opinião que interpreta a notícia” confirma tendência dessa mídiaem informar de maneira opinativa e parcial.Com o post “Vitórias e Derrotas da Era Lula”, Paulo Nunes faz um apanhado do governo considerado o melhor dahistória brasileira. O autor reconhece as vitórias alcançadas e desmistifica o papel de Lula como total responsável pelosucesso e crescimento do país. “Boa parte do vigor econômico dos últimos oito anos dependeu de condições criadasentre 1994, início do Plano Real, e 2002. Este fato foi quase sempre escamoteado pelo presidente Lula, empenhadoem se apresentar como inventor do Brasil”. Teve um comentário e 55 visulizações. 15
  16. 16. Blogs do Estadão – disponível em http://blogs.estadao.com.br/jpkupfer/Blog do caderno de Economia & Negócios do portal do Estadão, a coluna de José Paulo Kupfer postou no períodoestudado uma matéria sobre a impossibilidade da dissociação de política e política do salário mínimo. Segundo ojornalista, “A recuperação do poder de compra do salário mínimo teve início no governo FHC, com um primeiro impulsoforte logo depois do Plano Real, e ganhou ímpeto no governo Lula.” 16
  17. 17. Natanael Luis – Brasil Atualidades – disponível em http://www.natanaelluis25.com.br/Traz conteúdo replicado do Blog do Josias sobre o sonho do PSDB de ficar 20 anos no poder que deve ser realizadopelo PT de Dilma e Lula. 17
  18. 18. Verifique agora quais os dias que mais movimentaram a imprensa nacional a noticiar sobre o Plano Real.Notícias por palavra-chave por período – plataforma Clipping Express 25,00% 23,73% 20,00% 19,32% 15,00% 15,25% 10,00% 9,83% Série 1 9,15% 8,14% 7,12% 5,00% 3,39% 2,03% 2,03% 0,00%  No dia 27 de dezembro a notícia que divulgou o crescimento de 10,8% nas vendas de Natal, melhor resultado desde a implantação do Plano Real, mobilizou 58 veículos a publicarem informações sobre o feito, somando 70 notícias publicadas em apenas um dia.  A outra alta observada, no dia 03 de janeiro, faz referência principalmente ao fato de a Bovespa fechar o ano de 2010 com valor de mercado recorde de US$1,5 trilhão. 18
  19. 19. Plano Real e os reais consumidoresE os internautas? O que eles falam nas redes sociais sobre o Plano Real? Qual a mídia que eles mais recorrem parafalar sobre o tema? E a as cédulas novas, já geram discussão no ambiente web?Confira o resultado a seguir:Interações por palavra-chave por período – plataforma postX  Acompanhando o observado nos veículos de comunicação online, um dos picos de interações sobre o Plano Real nas redes sociais também foi observado no dia 27 de dezembro. A maior parte das citações replica as publicações dos jornais apenas com caráter de divulgação.  Nos demais dias o número de comentários teve uma leve alta dia 02, fato que deve ser explicado pelo dia da semana, domingo, quando as pessoas têm mais tempo livre para se dedicar às redes sociais e por tenderem a fazer balanços pessoais e financeiros sobre o ano anterior. 19
  20. 20. As novas cédulas do real que começaram a circular no mês de dezembro ainda são novidade para a maioria dapopulação. Para verificar a repercussão do seu lançamento, realizamos um monitoramento a partir do termo “novascédulas do real”.Interações por palavra-chave – tonalidade – plataforma postX Positivo Negativo Neutro 24,68% 15,58% 59,74%  A maioria das interações sobre a nova cédula do real foi meramente informativa. Grande parte dos usuários revelou ainda nem ter visto a nova moeda.  As manifestações positivas dizem respeito ao novo design. Quase 25% dos comentários afirmam que a mudança agradou a maior parte das pessoas que já teve contato com as notas. Em contrapartida, o maior número de comentários negativos é sobre o tamanho das cédulas, maior e, por conseguinte, mais difícil de manusear e guardar. 20
  21. 21. Interações por palavra-chave por mídia social – plataforma postX Youtube Facebook Blog Fórum Twitter 2,63% 3,37% 6,42% 9,89% 77,68%  Em volume de interações o twitter aparece na frente, justamente por conta do formato do microblog que prevê a divulgação de muitas informações com número limitado de caracteres.  Os fóruns, por propiciarem ambiente de debate com possibilidade de aprofundamento no assunto, aparecem em segundo lugar quando a palavra-chave em questão é “Plano Real”. Normalmente é nessa rede social que os internautas discutem sobre temas que exigem maior interesse e conhecimento sobre os temas abordados. 21
  22. 22. Como o Plano Real aparece no Youtube?O vídeo com maior número de visualizações a partir da palavra-chave “Plano Real” é o que traz uma entrevistaconcedida por Luís Inácio Lula da Silva, na época da implantação do real afirmando que o plano econômico é umestelionato eleitoral. Disponível desde 16 de outubro de 2010, já foi visto 63738 vezes e mobilizou 162 comentários. Disponível em http://www.youtube.com/watch?v=wcbEnnhkDd8 22
  23. 23. Com teor mais sério, outro vídeo com visibilidade bastante expressiva é o depoimento de Itamar Franco contestando apaternidade da moeda. Segundo o ex-presidente, FHC apenas assinou a Medida Provisória, quando nem era maisministro. O real responsável pela medida, cita Itamar, foi Rubens Ricupero que assumiu o Ministério da Fazendaquando Cardoso se desligou para concorrer à Presidência da República. Itamar afirma ainda estar arrependido dedeixá-lo assinar a cédula já que o sociólogo, segundo o ex-presidente, não entende nada de economia.O vídeo teve 19460 visualizações e 40 comentários. Disponível em http://www.youtube.com/watch?v=-bUuaZ1MOTI 23
  24. 24. Qual o futuro da moeda nacional?A realidade da estabilização econômica está profundamente enraizada nos costumes da população. As novasgerações, que nunca precisaram manter a despensa cheia para evitar altas de preços semanais, não aceitam a alta dainflação reagindo negativamente quando isso acontece. A articulação da sociedade funciona hoje como umacontroladora desses índices, que devem se manter estáveis pelos próximos anos.A política de crescimento adotada pelo governo Lula aliada à estabilidade econômica deve garantir a evolução evalorização da moeda nacional. O enfrentamento da maior crise econômica mundial desde 1930 consolidou o Realcomo uma moeda forte, capaz de competir com mercados mais desenvolvidos e moedas até então soberanas.A contenção dos gastos públicos também deve ser considerada nesse processo de sobrevivência. O conjunto de metaspara o controle da inflação, o câmbio flutuante e a responsabilidade fiscal, tripé mantido pelo governo Lula, devem sermantidos pela nova presidente, e ao que tudo indica o futuro da moeda nacional tende a permanecer estável e atépromissor, pelo menos nos próximos anos. 24
  25. 25. Aplicabilidade da AnáliseEsta análise remonta a importância da visualização de um contexto histórico sobre determinado posicionamentoinstitucional, bem como a repercussão positiva ou negativa sobre produtos e serviços oferecidos através de um longoperíodo.A possibilidade de identificar possíveis crises de imagem a partir do histórico de veiculação de informações naimprensa bem como nas redes sociais deve auxiliar as organizações nesse processo de reconstrução, caso hajanecessidade, ou mesmo na manutenção de estratégias de comunicação que sejam positivas para os negócios. 25
  26. 26. Comentários sobre o Clipping RetrôCom a plataforma Clipping Retrô foi feito um levantamento da história do Plano Real, bem como os momentos de maiorrepercussão e discussão nesses 16 anos de existência e um contexto mais analítico a partir de 2002.Comentários sobre a plataforma postXDentro da plataforma postX, foi possível verificar como os usuários de redes sociais abordam a temática da moedanacional. A partir desse monitoramento, ficou clara qual a rede mais procurada para discutir o tema, bem como avaliara repercussão e identificação com as novas cédulas de real nessa primeira etapa de implantação.Comentários sobre a plataforma Clipping ExpressO serviço de monitoramento do Clipping Express foi usado para quantificar o total de notícias publicadas pela imprensano período estabelecido e assim comparar com os números e acontecimentos relatados dentro das mídias sociais. Foipossível ainda a identificação de alguns influenciadores que mais falam sobre o tema na web. 26
  27. 27. Método de pesquisaAs mídias sociais representam uma área movimentada para qualquer debate, inclusive no setor econômico. Paraanalisar o buzz gerado pelo consumidor, realizamos um monitoramento de dez dias nas mídias sociais envolvendo aspalavras-chave de referência. Utilizando a plataforma postX como ferramenta de rastreamento, conseguimos umacobertura do Twitter, Facebook, YouTube, Blogs, Fóruns e Sites de Reclamação – Reclame Aqui, Reclamão eReclamando.A plataforma Clipping Express permitiu embasar o conteúdo apresentado como cenário atual sobre o tema e mensurarseu reflexo quantitativo nas mídias online por palavra-chave.Os dados colhidos para esta análise de apresentação são principalmente quantitativos. Uma análise mais profunda dosblogs que noticiaram o tema também foi realizada para traçar de maneira completa o panorama da comunicação sobreo Plano Real nos veículos online. Os dados qualitativos permitiram a avaliação de uma amostragem de 10% dasinterações das redes sociais sobre o termo avaliado, apresentando a tonalidade das citações como positivas, neutrasou negativas, visto que as plataformas possibilitam ainda a geração de gráficos que trazem informações sob váriosaspectos quantitativos, qualitativos e categorizados sobre toda a captura abrangida. 27
  28. 28. Ficha TécnicapostXPeríodo monitorado: 27/12/2010 a 05/01/2011Total de interações: 1057Palavras-chaveNovas cédulas do real: 107 posts.Plano Real: 950Clipping ExpressPeríodo monitorado: 27/12/2010 a 05/01/2011Total de notícias: 295Palavra-chavePlano Real: 295 28
  29. 29. Essa análise foi desenvolvida pela MITI Inteligência.Acesse nosso site: HTTP://miti.com.brSiga-nos no Twitter: HTTP://twitter.com/fontemiti 29

×