Globalização e diferentes situações
face à diversidade cultural
Reflexões
Filosofia 10º ano
Isabel Bernardo
Catarina Vale
Reflexões
Filosofia 10.º ano

Isabel Bernardo
Catarina Vale

Unidade II | A ação humana e os valores
Capítulo 2 | Análise ...
Reflexões
Filosofia 10.º ano

Isabel Bernardo
Catarina Vale

Tarefa
1.Analisa
seguem.

Interculturalismo

Multiculturalism...
Reflexões
Filosofia 10.º ano

Isabel Bernardo
Catarina Vale

Posição política que defende a
Posição política que defende a...
Reflexões
Filosofia 10.º ano

Isabel Bernardo
Catarina Vale

Posição que defende que cada cultura
Posição que defende que ...
Reflexões
Filosofia 10.º ano

Isabel Bernardo
Catarina Vale

Relativismo axiológico e tolerância
EXERCÍCIO DE CONCEPTUALIZ...
Reflexões
Filosofia 10.º ano

Isabel Bernardo
Catarina Vale

Relativismo axiológico e tolerância
EXERCÍCIO DE CONCEPTUALIZ...
Reflexões
Filosofia 10.º ano

Isabel Bernardo
Catarina Vale

LIMITES AO RELATIVISMO CULTURAL
EXERCÍCIO DE PROBLEMATIZAÇÃO ...
Reflexões
Filosofia 10.º ano

Isabel Bernardo
Catarina Vale

Posição política que defende a
Posição política que defende a...
Reflexões
Filosofia 10.º ano

Isabel Bernardo
Catarina Vale

Bibliografia
- André, J. M. (1999). Pensamento e afetividade....
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Globalização e diferentes situações face à diversidade cultural

2.137 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.137
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Globalização e diferentes situações face à diversidade cultural

  1. 1. Globalização e diferentes situações face à diversidade cultural Reflexões Filosofia 10º ano Isabel Bernardo Catarina Vale
  2. 2. Reflexões Filosofia 10.º ano Isabel Bernardo Catarina Vale Unidade II | A ação humana e os valores Capítulo 2 | Análise e compreensão da experiência valorativa Diferentes posições face à diversidade cultural EXERCÍCIO DE CONCEPTUALIZAÇÃO O monoculturalismo, o multiculturalismo e o interculturalismo são diferentes posições, mas também formas políticas de organizar a sociedade, para fazer face ao problema da diversidade social.
  3. 3. Reflexões Filosofia 10.º ano Isabel Bernardo Catarina Vale Tarefa 1.Analisa seguem. Interculturalismo Multiculturalismo Monoculturalismo as imagens que se 1.1. Identifica, justificando, qual das imagens é uma representação simbólica do monoculturalismo, do multiculturalismo e do interculturalismo.
  4. 4. Reflexões Filosofia 10.º ano Isabel Bernardo Catarina Vale Posição política que defende a Posição política que defende a existência de uma cultura oficial, existência de uma cultura oficial, promovendo a homogeneização promovendo a homogeneização cultural. cultural. Etnocentrismo Etnocentrismo Posição que tem tendência a Posição que tem tendência a desvalorizar as outras culturas por desvalorizar as outras culturas por relação à cultura de origem do relação à cultura de origem do indivíduo que emite o juízo de valor. indivíduo que emite o juízo de valor. Implicações Implicações -- Reforça a coesão social e a Reforça a coesão social e a identidade dos indivíduos. identidade dos indivíduos. -- Pode provocar situações de Pode provocar situações de isolamento, racismo, xenofobia… isolamento, racismo, xenofobia…
  5. 5. Reflexões Filosofia 10.º ano Isabel Bernardo Catarina Vale Posição que defende que cada cultura Posição que defende que cada cultura tem o seu valor e não pode haver tem o seu valor e não pode haver qualquer hierarquia entre elas, não qualquer hierarquia entre elas, não podendo os seus padrões ser podendo os seus padrões ser considerados bons ou maus a partir considerados bons ou maus a partir do exterior. do exterior. Relativismo cultural Relativismo cultural Posição que defende que cada cultura Posição que defende que cada cultura tem o seu valor, não podendo os seus tem o seu valor, não podendo os seus padrões ser considerados bons ou padrões ser considerados bons ou maus a partir do exterior. maus a partir do exterior. Implicações Implicações -- Predispõe para a tolerância, isto é, o Predispõe para a tolerância, isto é, o respeito e a aceitação do outro. respeito e a aceitação do outro. -- Pode levar ao relativismo axiológico. Pode levar ao relativismo axiológico.
  6. 6. Reflexões Filosofia 10.º ano Isabel Bernardo Catarina Vale Relativismo axiológico e tolerância EXERCÍCIO DE CONCEPTUALIZAÇÃO E DE PROBLEMATIZAÇÃO Tolerância Tolerância Aceitação do outro em toda a Aceitação do outro em toda a sua riqueza e diversidade, em sua riqueza e diversidade, em toda a sua humanidade, o que toda a sua humanidade, o que implica conhecimento e implica conhecimento e abertura ao outro, ou seja, abertura ao outro, ou seja, diálogo entre culturas e modos diálogo entre culturas e modos de estar e ser diferentes. de estar e ser diferentes.
  7. 7. Reflexões Filosofia 10.º ano Isabel Bernardo Catarina Vale Relativismo axiológico e tolerância EXERCÍCIO DE CONCEPTUALIZAÇÃO E DE PROBLEMATIZAÇÃO Existem limites à tolerância? Existem limites à tolerância? Porque é que estas imagens nos obrigam a impor limites à tolerância? Porque é que estas imagens nos obrigam a impor limites à tolerância? Quais são os limites do relativismo cultural? Quais são os limites do relativismo cultural?
  8. 8. Reflexões Filosofia 10.º ano Isabel Bernardo Catarina Vale LIMITES AO RELATIVISMO CULTURAL EXERCÍCIO DE PROBLEMATIZAÇÃO E DE ARGUMENTAÇÃO Objeção – O relativismo cultural pode dar origem a um relativismo axiológico: - Se todos os valores são relativos a uma cultura, e se todas as condutas são fruto de um contexto histórico, então, perante uma prática cultural qualquer, apenas podemos descrevê-la tal como é, e não procurar avaliá-la criticamente ou pensar sobre ela em termos de juízos de valor. - Como todos os valores se justificam a partir de culturas simplesmente relativas, não é possível encontrar critérios pelos quais se deverá preferir um comportamento a outro. Objeção – Com base num relativismo axiológico não é possível estabelecer cartas de valores que se possam considerar universais
  9. 9. Reflexões Filosofia 10.º ano Isabel Bernardo Catarina Vale Posição política que defende a Posição política que defende a existência da aproximação e existência da aproximação e interpenetração entre culturas, num interpenetração entre culturas, num jogo entre a mistura e o respeito jogo entre a mistura e o respeito pela diferença. pela diferença. Diálogo Intercultural Diálogo Intercultural Posição que defende a comunicação Posição que defende a comunicação entre culturas num diálogo assente na entre culturas num diálogo assente na possibilidade de existirem valores possibilidade de existirem valores comuns, universalizáveis. comuns, universalizáveis. Defende Defende -- A natureza plural e diversificada da A natureza plural e diversificada da cultura humana. cultura humana. -- O contacto e a compreensão entre O contacto e a compreensão entre comunidades diferentes. comunidades diferentes. - A existência de valores universais. - A existência de valores universais.
  10. 10. Reflexões Filosofia 10.º ano Isabel Bernardo Catarina Vale Bibliografia - André, J. M. (1999). Pensamento e afetividade. Coimbra: Quarteto, pp. 123-136. - André, J. M. (2005). Diálogo intercultural: utopia e mestiçagem em tempos de globalização. Coimbra: Ariadne Editora. - André, J. M. (2006). Identidade(s), multiculturalismo e globalização. Comunicação apresentada no XX Encontro de Filosofia – A filosofia na era da globalização, organizado pela Associação de Professores de Filosofia. - Blackburn, S. (2001). Pense. Uma introdução à filosofia. Lisboa: Gradiva, pp. 300-301. - Boudon, R. (1998). O justo e o verdadeiro. Estudo sobre a objetividade dos valores e do conhecimento. Lisboa: Instituto Piaget, pp. 243-256. - Boudon, R. (2009). O relativismo. Lisboa: Gradiva. - Nagel, T. (1999). A última palavra. Lisboa: Gradiva, pp. 121-149. - Nagel, T. (2001). Que quer dizer tudo isto? Uma Iniciação à Filosofia. Lisboa: Gradiva, pp. 56-70. - Savater, F. (1999). As perguntas da vida: uma iniciação à reflexão filosófica. Lisboa: Publicações D. Quixote, pp. 189214. - Touraine, A. (1998). Iguais e diferentes. Poderemos viver juntos? Lisboa: Instituto Piaget. - UNESCO (1995). Declaração de princípios sobre a tolerância: proclamada e assinada em conferência geral da UNESCO. Paris: UNESCO. Obtido em http://unesdoc.unesco.org/images/0013/001315/131524porb.pdf em 23.09.2007. - Valadier, P. (1998). A anarquia dos valores. Será o relativismo fatal? Lisboa: Instituto Piaget. http://qualia-esob.blogspot.pt/search/label/Ac%C3%A7%C3%A3o.

×