Sistema de informação - Cad na engenharia

5.629 visualizações

Publicada em

Breve apresentação do sistema de informações CAD, sua integração com as demais áreas da engenharia e aplicações.

Publicada em: Design
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.629
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
216
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistema de informação - Cad na engenharia

  1. 1. CAD Antônio Claro Cássio Longuine Fernando Mendonça Juberlan Oliveira Rodrigo Cornetti
  2. 2. ESTRUTURA DA APRESENTAÇÃO 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. Introdução Definição Vantagens Desvantagens História Aplicações Integração 8. Classificações 9. Ferramentas 10. Capacidade dos Softwares CAD 11. Principais Softwares 12. Projetos
  3. 3. 1. Introdução CAD é o uso de programas de computador para criar representações gráficas de objetos físicos, em 2D ou 3D.
  4. 4. 2. Definição CAD do inglês - Computer Aided Design ou Desenho Assistido por computador. É o nome genérico de sistemas computacionais (softwares), utilizados pela engenharia, geologia, arquitetura e design para facilitar o projeto e desenho técnicos.
  5. 5. 3. Vantagens • • • • • • • • • • Menores custos de desenvolvimento de produtos. Aumento da produtividade. Melhoria na qualidade do produto. Melhor visualização do produto final. Maior precisão no desenvolvimento e dimensionamento. Analisar as variantes de design. Redução do uso de protótipos físicos. Maior rapidez na recuperação, modificação ou atualização de desenhos. Envio ou recebimento de desenhos por processos eletrônicos. Melhor gerenciamento dos desenhos.
  6. 6. 4. Desvantagens • Custo associado à aquisição do software. Cada software possui uma aplicação específica para determinado tipo de produto. O seu custo vai depender das necessidades específicas de cada Empresa. • Custo associado à aquisição do hardware. Normalmente estão associados a estas aplicações máquinas com características especiais, como por exemplo: - Grande velocidade de processamento. - Placas gráficas com bastante memória e velocidade de processamento elevada. - Monitor mínimo recomendado de 17”. • Custo associado à formação dos utilizadores.
  7. 7. 5. História • Década de 50 - Aplicações de computadores em auxílio das engenharias pelo MIT – Instituto tecnológico de Massachusetts. • Década de 70 - A IBM revoluciona o mercado CAD com a padronização da linguagem gráfica e técnicas computacionais para 3D. • 1973 – Lançamento do NX Unigraphics – UG pela Siemens. • 1977 - Lançamento do Catia pela Dassault Systemes. • Década de 80 – Desenvolvimento de sistemas que interliguem os softwares diretamente à produção. • 1982 - Lançamento do AutoCad pela Autodesk. • 1987 – Lançamento do Pro/Engineer pela PTC.
  8. 8. 6. Aplicações Em design, ligado especificamente a todos os produtos como: vestuário, eletroeletrônicos, automobilísticos e aeronáuticos.
  9. 9. E em ferramentas, este pode estar ligado especificamente a todos os produtos como forma de agilizar a fabricação em linhas de produção, intercambialidade entre componentes e garantia de qualidade.
  10. 10. 7. Integração O CAD é o responsável por integrar todo o processo de manufatura, de forma a suprir as necessidades de engenharia. CAPP – Planejamento de processo auxiliado por computador. CAE – Análises de engenharia auxiliadas por computador. CAM – Manufatura auxiliada por computador. CAI – Inspeção Auxiliada por computador.
  11. 11. Associação do CAD com outros sistemas para auxiliar as etapas produtivas.
  12. 12. 8. Classificações a.Sistemas CAD de pequeno porte ou Low-end: • • • • • Representações geométricas em 2D. Baixo custo de software e hardware. Aplicações genéricas: Mecânica, elétrica, civil e arquitetura. Comunicação de baixa ordem com outros sistemas: CAM, CAI. Utilizados para suprir as necessidades de desenhos 2D substituindo diretamente a prancheta de desenho. Exemplos: Autocad 2D, ZWCad.
  13. 13. b. Sistemas CAD de médio porte ou Middle-end: • • • • Modelamento tridimensional – Em geral Sólidos ou superfícies. Objetos com volume, massa, centro de gravidade. Possibilidade de comunicação com outros sistemas. Geração de desenhos 2D diretamente do modelo 3D. Exemplos: Solidworks, SolidEdge, Inventor.
  14. 14. c. Sistemas CAD de grande porte ou High-end: Englobam todos os recursos dos sistemas anteriores, acrescentando: • Capacidade de modelamento híbrido (Sólidos e superfícies). • Recursos de visualização fotográfica (Renderização). • Integrados com módulos CAM, CAE, CAI em um único software. Exemplos: Catia, UG, Pro/Engineer.
  15. 15. 9. Ferramentas Estes sistemas fornecem uma série de ferramentas para construção de entidades geométricas planas (como linhas, curvas, polígonos) ou mesmo objetos tridimensionais (cubos, esferas). Também disponibilizam ferramentas para relacionar essas entidades ou esses objetos, por exemplo: criar um arredondamento (filete) entre duas linhas ou subtrair as formas de dois objetos tridimensionais para obter um terceiro.
  16. 16. Uma divisão básica entre os softwares CAD é feita com base na capacidade do programa em desenhar apenas em 2 dimensões ou criar modelos tridimensionais.
  17. 17. 10. As capacidades dos softwares de CAD • Modelação de superfícies Freeform.
  18. 18. • Superfícies Wireframe.
  19. 19. • Desenhos automáticos de conjuntos de peças.
  20. 20. • Gerar automaticamente desenhos 2D a partir dos modelos sólidos 3D.
  21. 21. • Reutilização de design de componentes. • Importação/Exportação de dados com outros formatos de diferentes programas.
  22. 22. • Facilidade na modificação do design do modelo e produção de múltiplas versões.
  23. 23. • Gerar automaticamente componentes de design standards.
  24. 24. • Simulação de design sem a necessidade do protótipo físico.
  25. 25. • Saída de modelos diretamente para a fabricação.
  26. 26. • Calcular as propriedades de massa de peças e conjuntos.
  27. 27. • Ajuda na visualização de peças e conjuntos através de cortes.
  28. 28. • Simulação de processos de fabricação em usinagem.
  29. 29. • Executar cálculos estruturais e análise por elementos finitos.
  30. 30. 11. Principais softwares CAD
  31. 31. 12. Projetos
  32. 32. Solidworks
  33. 33. Pro-engineer
  34. 34. NX Unigraphics
  35. 35. Obrigado

×