Constelações sistêmicas

1.118 visualizações

Publicada em

A Constelação Sistêmica é uma metodologia que usa recursos cênicos e representacionais com finalidade de acessar informações sobre a estrutura e a dinâmica de funcionamento dos diferentes sistemas humanos.

É utilizada como ferramenta de diagnóstico, cura e busca de soluções para diferentes questões, desatando emaranhamentos e restaurando o fluxo da vida.

Publicada em: Carreiras
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.118
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
60
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Constelações sistêmicas

  1. 1. Constelações Sistêmicas Lilian Tescarolli Fernando Ab. Gonçalves
  2. 2. Workshop Constelações Sistêmicas Programa 1. Apresentação 2. O Método das Constelações Sistêmicas • Definição, origem e aplicações • Princípios Sistêmicos: Hierarquia, Pertencimento e Equilíbrio de Troca • Causas de problemas sistêmicos e as soluções apresentadas pela Constelação • Os 3 Níveis de Consciência • Referenciais Teóricos das Constelações Sistêmicas • O Trabalho das Constelações em Empresas e Negócios • Apresentação de casos 3. Vivência de Processos com os participantes com foco na solução 4. Fechamento
  3. 3. Sistema É todo conjunto formado por elementos interdependentes cujo objetivo é a manutenção do equilíbrio e, consequentemente, da própria existência. Um sistema é mais do que a simples soma de suas partes. Principais Sistemas Humanos:  Família  Empresa  Escola  Nação
  4. 4. O Que é Constelação Sistêmica É uma metodologia que usa recursos cênicos e representacionais com finalidade de acessar informações sobre a estrutura e a dinâmica de funcionamento dos diferentes sistemas humanos. É utilizada como ferramenta de diagnóstico, cura e busca de soluções para diferentes questões, desatando emaranhamentos e restaurando o fluxo da vida.
  5. 5. Origem da Constelação Sistêmica Seu trabalho com famílias e outros grupos sociais resultou nas seguintes descobertas:  As “Ordens do amor” ou “Ordens de origem”  O amor imaturo e os enredamentos  Os “sentimentos adotados”  Fluxo de amor interrompido ou “movimento interrompido” Desenvolvida por Bert Hellinger, teólogo, filósofo e psicoterapeuta, nascido em 1925 em Leimen, Alemanha. Quando jovem serviu ao exército alemão e, posteriormente, tornou-se padre católico missionário, servindo na África do Sul por 16 anos.
  6. 6. Princípios Sistêmicos - As Ordens do Amor 1. Hierarquia ou Ordem de Chegada 2. Pertencimento ou Pertinência 3. Equilíbrio de troca ou Dar e Receber
  7. 7. Níveis de Consciência Individual  Simples  Realidade única  Foco no indivíduo  Lógica-linear e estática Sistêmica  Complexo  Realidade depende do observador  Foco nas inter-relações  Circular e dinâmica Espiritual  Não qualificada  Realidade Transpessoal  Foco na Missão  Evolucionista
  8. 8. Referenciais Teóricos da Constelação Sistêmica 1. Fenomenologia – Edmund Husserl É o estudo daquilo que se mostra ou se apresenta. Os fenômenos da consciência devem ser estudados em si mesmos na sua essência e significação. 2. Campo Morfogenético – Rupert Sheldrake “Os campos morfogenéticos, ou campos mórficos, são campos que levam informações, não energia, e são utilizáveis através do espaço e do tempo sem perda alguma de intensidade depois de terem sido criados. Eles são campos não físicos que exercem influência sobre sistemas que apresentam algum tipo de organização inerente.”
  9. 9. Temas abordados em Constelação Sistêmica  Conflitos interpessoais na família ou no trabalho  Enfermidades físicas (doenças graves ou degenerativas, como câncer)  Distúrbios psicopatológicos, orgânicos e comportamentais (esquizofrenia, depressão, manias, fobias, TOC, síndrome do pânico, obesidade mórbida, dependências químicas)  Dificuldade financeira/material  Dificuldade em encontrar seu lugar no mundo  Conflitos conjugais ou nos relacionamentos afetivos  Desafios profissionais e organizacionais
  10. 10. Causas Sistêmicas das dificuldades As principais causas de enredamentos sistêmicos observadas nas constelações se devem aos seguintes fatores e à forma como estes ocorrem:  Adoções  Abortos (provocados ou espontâneos)  Desrespeito aos antepassados ou antecessores  Prejuízos financeiros/materiais causados ou sofridos por antepassados ou terceiros  Assassinatos sofridos ou causados por antepassados ou terceiros  Perdas afetivas por morte ou separação  Exclusão de membros da família  Suicídios
  11. 11. Como funciona uma Constelação? 1. A questão/Foco do trabalho 2. A escolha dos representantes 3. O posicionamento inicial 4. Os impulsos e movimentos 5. A busca de solução “Da colocação familiar resulta uma imagem. Esta imagem penetra profundamente na alma. De repente a alma vê: este é o caminho.” Bert Hellinger

×