Sistemas de Informação Geográfica aplicados à Rede Ferroviária

1.722 visualizações

Publicada em

Utilização dos SIG nos Caminhos-de-Ferro:
• Cadastro e DPF
• Gestão de Clientes
• Gestão de Emergências
• Gestão Ambiental
• Mitigação Ambiental
• Gestão e Arrendamento de Instalações
• Recolha de Informação no Campo
• Gestão de Imagens
• Comunicação Inter-Ferrovias
• Gestão da Supervisão
• Gestão do Risco e da Segurança
• Manutenção de Diagramas Lineares
• Transportes e Logística
• Gestão dos Trabalhadores
• Gestão de Infra-estruturas
• Projectos de Engenharia e Construção
• Desenhos de Engenharia e Repositório de Registos
• Monitorização de Activos
• Gestão Imobiliária
• Gestão de Riscos, Segurança e Vigilância
• Análise da Cadeia de Fornecimento

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.722
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
481
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistemas de Informação Geográfica aplicados à Rede Ferroviária

  1. 1. Sistemas de Informação Geográfica aplicados à Rede Ferroviária Ferbritas, S.A. Lisboa, Portugal SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012
  2. 2. SIGs aplicados à RF Introdução Definição de SIG e os seus Benefícios Padrões de implementação dum SIG SIG como um Sistema Aplicações de SIG aos Caminhos-de-Ferro Fonte: ”GIS for Rail Executives”, Paris, UIC HQ, Novembro 2012 (adaptação e tradução) SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 2
  3. 3. SIGs aplicados à RF Definição de SIG e seus Benefícios SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 3
  4. 4. A Localização relaciona a Informação• Mapas Colaboradores - são intuitivos - mostram tendências Propriedade - revelam padrões Mercados - respondem a perguntas Cliente Activos• Mapas contam histórias Concorrência Demografia SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 4
  5. 5. Definição de SIG • Um Sistema de Informação Geográfica (SIG) integra hardware, software, e dados para capturar, gerir, analisar e exibir todas as formas de informação geograficamente referenciada. • Permite-nos ver, entender, questionar, interpretar e visualizar dados em muitas formas que revelam relações, padrões e tendências na forma de mapas, globos, relatórios e gráficos. • Ajudam-nos a responder perguntas e resolver problemas, e a olhar para os dados de uma forma que é rapidamente entendida e facilmente partilhada. • Podem ser integrados em qualquer estrutura do sistema de informação da empresa SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 5
  6. 6. O que é um SIG? SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 6
  7. 7. A Localização desbloqueia as Relações • Integra a cartografia e a informação geográfica no negócio • Origina decisões informadas • Saber o quê, quando, onde, porquê e como agir. • Partilhar conhecimento SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 7
  8. 8. O que é um SIG?Sistema de Informação Geográfica- Liga os mapas às bases de dados- Gere informações sobre locais- Ajuda a responder perguntas como: - Onde está algo? - O que mais está perto de algo? - Onde é a mais alta concentração de X? - Onde posso encontrar algo com a característica Y? - Onde está o mais próximo Z relativamente à minha localização? SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 8
  9. 9. SIG: Integração e Partilha • Infra-estruturas • Segurança Pública Gestão de • Materiais Perigosos Emergências • Recursos Hídricos • Licenças Ambiente • Secas • Inspecções Construção • Poluição • Moradas • Análise criminal Segurança • Uso do Solo • Segurança Pública Planear • Zonamento • Água e Esgotos • Licenças Obras Públicas • Sarjetas Negócios • Ruas • Moradas dos Proprietários • Indicadores dos Ruas serviços públicos Parcelas Serviços Públicos Ortofotomapas Acesso Público Caminhos-de-Ferro Topografia SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 9
  10. 10. O SIG ajuda a responder a questões chave Adaptado de Teodor Gradinariu, “UIC’s contribution to progressive management of railway assets” SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 10
  11. 11. Componentes de um SIG Pessoas Software Dados Hardware Métodos Um Mapa SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 11
  12. 12. Benefícios chave de um SIG Economias de custo e aumento da eficiência Melhor tomada de decisões Melhoria na Comunicação Melhor Manutenção de Registos Gestão Geográfica SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 12
  13. 13. A abordagem geográficaUma maneira de pensar e resolver um problema, que integra ainformação geográfica na forma como entendemos e gerimos o nossomundo. Esta abordagem permite-nos criar conhecimento geográficoatravés de medições da terra, da organização, análise, modelação deprocessos e relações de todos esses dados.A Abordagem Geográfica também nos permite aplicar esteconhecimento na forma de planear, projectar e mudar o nosso mundo.> Passo 1: Perguntar> Passo 2: Recolher> Passo 3: Examinar> Passo 4: Analisar> Passo 5: Agir SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 13
  14. 14. SIG gera Entendimento Understanding Sharing and Collaboration Knowledge Integration Information Mapping Data SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 14
  15. 15. Gestão dos Dados • 40% a 60% do tempo da engenharia é gasto a localizar e validar informação • Dados adequados e a boa comunicação da informação podem reduzir os tempos de entrega dum projecto entre 20% a 50% • A má comunicação entre os diversos sistemas consome até 30% dos custos do projecto • A gestão adequada dos dados desde as fases iniciais do projecto pode poupar até 14% dos custos de Operação e Manutenção SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 15
  16. 16. Tecnologia integrada para oDesenvolvimento das Infra-estruturas Os projectos de infra- estruturas modernos são projectos plurianuais complexos que requerem monitorização, coordenação e gestão cuidadosas. Requerem acesso a grandes quantidades de dados e informações em tempo real Eastlink Project, Melbourne SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 16
  17. 17. Gestão dos dados com um SIG Empresarial SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 17
  18. 18. Sistemas de Auditoria e Qualidade http://dashboard.virginiadot.org/default.aspx SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 18
  19. 19. Porquê o SIG? Compreender todos os nossos activos Definição mais rigorosa dos locais de trabalho Planear e programar o trabalho por região Optimização (tempo e recursos) - equipas móveis Análises avançadas SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 19
  20. 20. Produtos de Geo-Informação Fornecer informações oportunas Disseminar o conhecimento Comunicar a importância Apoio à tomada de decisões Ilustrar o tempo Mostrar o estado e o desempenho Vislumbrar o futuro Contando uma história de forma eficaz . . . SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 20
  21. 21. Utilização dos SIG: Caminhos-de-Ferro • Gestão de Infra-estruturas • Projectos de Engenharia e Construção • Desenhos de Engenharia e Repositório de Registos • Monitorização de Activos • Gestão Ambiental • Gestão Imobiliária • Gestão de Riscos, Segurança e Vigilância • Análise da Cadeia de Fornecimento SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 21
  22. 22. Sinalização Espaços Verdes Iluminação Ciências da Terra Desenvolvimento SustentadoArquitectura Posicionamento Geog. Geo-Marketing Telecomunicações Protecção Finanças Imagens EnergiaEdifícios Engenharia Infra-estrutura Segurança Inf. Passageiros Estações Património Horários 3D Mobilidade Serviços Comunicação Dados Geologia Rede Propriedade Cadastro SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 22
  23. 23. Os SIG suportam diversas Aplicações Gestão de activos - França Cadastro Ferroviário - PortugalLocalização de Comboios- Finlândia Gestão da Propriedade - Bulgária Previsão de Derrocadas – Noruega SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 23
  24. 24. Os SIG suportam diversas Aplicações Planeamento de viagens na Web - Madrid Gestão de Estações - Paris Portal de Informações aos viajantes - UKPrevisão do número de passageiros - Dinamarca SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 24
  25. 25. Tecnologias Facilitadoras• Processamento mais rápido (100x)• Largura de banda superior (500x)• Maior Armazenamento (1000x)• Móvel Desktop Servidores• Serviços Web• Redes de Sensores em Tempo Real• ... Laptop Serviços SIG Serviços Web Conteúdos • Imagens PDA • GPS Escalável Telemóvel Em rede Hardware … melhorando a nossa capacidade de partilhar e distribuir SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 25
  26. 26. Integração CAD - SIG • Agora Geração de Mapas • Futuro Edição Gestão de Dados Análise Espacial . . . melhorando o fluxo de trabalho CAD/SIG SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 26
  27. 27. SIGs aplicados à RF Padrões de implementação dum SIG SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 27
  28. 28. Implementações SIG – Padrões comuns Suportam Computação Empresarial e Distribuída Desktop Servidor Federação Nuvem / Web GIS Desktop Mobile WebIndivíduos Grupos de Trabalho Organizações• Projectos Ad Hoc • Base de Dados • Serviços Partilhados• Análise / Modelação Partilhadas • Integração• Mapas • Aplicações Fixas • Colaboração • Transacções Novo SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 28
  29. 29. Funções de Negócio Comuns SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 29
  30. 30. Criar – Partilhar - Usar Partilhar Usar Criar SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 30
  31. 31. SIGs aplicados à RF SIG como um Sistema SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 31
  32. 32. Surgiu um novo SIG baseado na Web iPhone Apps Uma rede distribuída de dados e serviços Ciência Aplicações SIG Relatórios de Detectável Cidadãos ONGs / Cidadãos Acessível Negócios Aberta Universidade Mapas de Crimes Governo Governo Portal Aberto GeoEspacial Serviços Geo Gestão de Crises SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 32
  33. 33. Os SIG estão a avançar Aproveitando múltiplas tendências Distribuído Geográfico Compreensível Permitindo-nos a repensar o nosso mundo . . . . . . Integrar o conhecimento geográfico no nosso trabalho SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 33
  34. 34. Ciclo de vida: Infra-estruturas de Transportes SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 34
  35. 35. SIG: usados em Sistemas de Informação pelos Gestores das Redes fornecendo muitos recursos• Produção de Atlas• Cadastro e DPF Cadastro e Comando & Gestão DPF Controlo de Clientes• Gestão de Clientes• Gestão de Emergências• Gestão Ambiental• Mitigação Ambiental• Gestão e Arrendamento de Instalações• Recolha de informação no Recolha de informação Comunicação Gestão dos campo no campo Inter-Ferrovias Trabalhadores• Gestão de Imagens• Comunicação Inter- Ferrovias• Gestão da Supervisão• Gestão do Risco e da Segurança• Manutenção de Diagramas Lineares• Transportes e Logística• Gestão dos Trabalhadores SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 35
  36. 36. SIGs aplicados à RF Aplicações SIG à Ferrovia SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 36
  37. 37. Padrões de funções de negócios comunsPadrões de Implementação SIG Gestão Planear, Recolha de Conhecimento Envolvimento de activos Projectar e Informação da Situação da empresa Analisar no Campo Gestão da Rede Ferroviária Gestão da Infra- Planeamento da Localização das Monitorização da Comunicação com estrutura e DPF manutenção infra-estruturas Segurança os clientesMonitorização em Maximização da Gestão de Tomada de Colaboração com Tempo Real da Produção Instalações e Decisões as partes Rede Operações e Análise interessadas “stakeholders” SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 37
  38. 38. SIG para a Rede FerroviáriaInfra-estrutura Gestão de ActivosProjecto, Construção, Engenharia e Planeamento, Projecto e AnáliseManutençãoFM/BIM Recolha de Informação no Campo Gestão Instalações / Arrendamento Cadastro e DPFGestão do Risco e da Segurança Conhecimento da SituaçãoGestão da Localização dos Clientes Envolvimento da Empresa SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 38
  39. 39. Gestão de ActivosInfra-estrutura ferroviária Gestão Planear, Recolha de Conhecimento Envolvimento de activos Projectar e Informação da Situação da empresa Analisar no Campo Gestão da Rede Ferroviária Gestão da Infra- Planeamento da Localização das Monitorização da Comunicação com estrutura e DPF manutenção infra-estruturas Segurança os clientes Monitorização em Maximização da Gestão de Tomada de Colaboração com Tempo Real da Produção Instalações e Decisões as partes Rede Operações e Análise interessadas “stakeholders” SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 39
  40. 40. Gestão de Activos - Infra-estrutura ferroviária SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 40
  41. 41. Gestão de Activos – Inventário de Activos Acesso contínuo a desenhos CAD e a relatórios de inspecção SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 41
  42. 42. Gestão de Activos – Inventário de Activos SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 42
  43. 43. Gestão de Activos – Inventário de Activos SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 43
  44. 44. Gestão de Activos – Planeamento da Manutenção CSX SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 44
  45. 45. SIGs aplicados à RF – Gestão de Activos Gestão de Activos Aplicações de Gestão da Infra-estrutura SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 45
  46. 46. Gestão da Via e de Pontes SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 46
  47. 47. Gestão da Via e de Equipamentos SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 47
  48. 48. Gestão de ActivosVista de Activos Global Gestão da Via e de Pontes SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 48
  49. 49. Gestão da Sinalização SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 49
  50. 50. Gestão do Parque de Manutenção e Oficinas(PMO) SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 50
  51. 51. Gestão de Instalações / Arrendamento SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 51
  52. 52. Gestão de Composições SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 52
  53. 53. Gestão de Activos Ferroviários • Valores de Referência* • A manutenção ferroviária representa cerca de 20-30% dos custos operacionais da ferrovia • É perdida 5-15% da receita anual devido à ocupação da via com trabalhos de manutenção • Desafio •Necessidade de gerir como um activo contínuo com segmentação dinâmica • Pk, Via (Asc/Desc), AMVs, PN, sinalização… • Processo de operações • Os inspectores verificam o estado da via semanalmente (num veiculo ou a pé) • As equipas fazem reparações ou executam trabalhos de construção * Fonte: IBM SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 53
  54. 54. Gestão de Propriedades• Aquisição• Gestão do DPF (Right-of Way)• Monitorização dos Alugueres / Facturação• Cartografia de Serviços Afectados• Requisitos Legais (suporte) SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 54
  55. 55. Propriedade e Pagamento de Impostos SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 55
  56. 56. Gestão da Propriedade SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 56
  57. 57. Gestão da Propriedade - REFER SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 57
  58. 58. Gestão dos Arrendamentos SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 58
  59. 59. Planear, Projectar e Analisar Gestão Planear, Recolha de Conhecimento Envolvimento de activos Projectar e Informação da Situação da empresa Analisar no Campo Gestão da Rede Ferroviária Gestão da Infra- Planeamento da Localização das Monitorização da Comunicação com estrutura e DPF manutenção infra-estruturas Segurança os clientes Monitorização em Maximização da Gestão de Tomada de Colaboração com Tempo Real da Produção Instalações e Decisões as partes Rede Operações e Análise interessadas “stakeholders” SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 59
  60. 60. Benefícios do SIG: Gestão de Infra-Estruturas • Métodos flexíveis de recolha de dados • Melhor gestão dos dados da infra- estrutura • Poderosas ferramentas de visualização dos Activos • Melhor gestão dos Activos SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 60
  61. 61. Análises Geotécnicas e de Solos (Gestor Infra-estrutura Grego) SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 61
  62. 62. Geologia e Geotecnia – Nova Estação Pk 118+500 (LS) Planta e Perfil Longitudinal Pk 0+100 ao Pk 0+400Planta deLocalizaçãodos Trabalhosde ProspecçãoRealizados SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 62
  63. 63. Projecto e Estimativa de Custos SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 63
  64. 64. SIG Projecto Ferroviário – Nova Estação Pk 118+500 (LS) Via Férrea - Planta e Perfil Longitudinal - Linha do Sul Pk 117+800 ao Pk 118+300 SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 64
  65. 65. SIGs aplicados à RF – Planeamento/Projecto Aplicações de Planeamento, Projecto e Análise Diagramas Unifilares Geográficos SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 65
  66. 66. Diagramas/Esquemas Ferroviários Vistas Geográfica e Esquemática Interoperáveis SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 66
  67. 67. Base SIG: Diagramas Ferroviários e Mapas SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 67
  68. 68. Recolha de Informação no Campo Gestão Planear, Recolha de Conhecimento Envolvimento de activos Projectar e Informação da Situação da empresa Analisar no Campo Gestão da Rede Ferroviária Gestão da Infra- Planeamento da Localização das Monitorização da Comunicação com estrutura e DPF manutenção infra-estruturas Segurança os clientesMonitorização em Maximização da Gestão de Tomada de Colaboração com Tempo Real da Produção Instalações e Decisões as partes Rede Operações e Análise interessadas “stakeholders” SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 68
  69. 69. Cadastro Ferroviário e DPF - FBSIC SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 69
  70. 70. Cadastro e Registo da Propriedade Companhia Nacional de Infra-estruturas Ferroviárias da Bulgária SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 70
  71. 71. Interligação Documentos/ Bases de Dados SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 71
  72. 72. Gestão da Manutenção e Conservação SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 72
  73. 73. SIG Móvel: Recolha de Informação no Campo. . . Ligando os trabalhadores móveis . . . Tornando-os parte da empresa Fotografias Smart Phones Tablet Aplicações à medida . . . Conhecendo a Situação Operacional em Tempo-real SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 73
  74. 74. SIG Móvel: FBSIC - Módulo de Campo SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 74
  75. 75. SIG Móvel: Suporta o Trabalho de Campo• Recolha e Uso da Informação remotamente• Coordenação e Prioridade da Resposta• Optimizar a eficiência operacional SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 75
  76. 76. Suporta os Requisitos Ferroviários Estrutura de Inteligência Geo-espacial Gestão dos Planeamento e Suporte de Conhecimento Dados Análise Campo da Situação Monitorização de Gestão Activos do DPF Segurança Gestão de Gestão Operações Infra-estruturas Ambiental SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 76
  77. 77. Conhecimento da SituaçãoGestão do Risco e da Segurança Gestão Planear, Recolha de Conhecimento Envolvimento de activos Projectar e Informação da Situação da empresa Analisar no Campo Gestão da Rede Ferroviária Gestão da Infra- Planeamento da Localização das Monitorização da Comunicação com estrutura e DPF manutenção infra-estruturas Segurança os clientes Monitorização em Maximização da Gestão de Tomada de Colaboração com Tempo Real da Produção Instalações e Decisões as partes Rede Operações e Análise interessadas “stakeholders” SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 77
  78. 78. Cartografia de Capacidade das PHPrevenção de Derrocadas SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 78
  79. 79. Impactos das Mudanças Climáticas Deformações do Carril O SIG é usado para monitorizar a temperatura e os limites de velocidade para prevenir as deformações e o risco de descarrilamento SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 79
  80. 80. Impactos das Mudanças Climáticas SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 80
  81. 81. Recente Impacto do Sandy (NYC) SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 81
  82. 82. Avaliação do Impacte Ambiental SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 82
  83. 83. Avaliação do Impacte Ambiental EIA EP Sines-Grândola: Mapas do RuidoEIA EP Sines-Grândola: Síntese dos Impactes SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 83
  84. 84. Monitorização / Conformidade Ambiental SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 84
  85. 85. Mapas do Ruído e sua Análise SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 85
  86. 86. Fragmentação dos Habitats SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 86
  87. 87. Gestão de Árvores Árvores a cortar Árvores a podar SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 87
  88. 88. Monitorização da Rede SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 88
  89. 89. Monitorização da Qualidade da Viagem Link SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 89
  90. 90. Aplicações de Inspecção da Via SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 90
  91. 91. Inspecção da Via – Referenciação Linear SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 91
  92. 92. Gestão da Relação com o Cliente (CRM) SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 92
  93. 93. Gestão de Projectos SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 93
  94. 94. Controlo de Activos • Monitorizar e gerir a circulação dos comboios • Controlo de contentores • Acompanhamento em tempo real dos comboios de passageiros SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 94
  95. 95. Gestão da Capacidade de Rede Union Pacific SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 95
  96. 96. Planeamento do Traçado dos Serviços SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 96
  97. 97. Monitorização em tempo real dos comboiosLink SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 97
  98. 98. Localização em tempo real dos comboiose equipas de trabalho“Having a real time map-based view of ournetwork will allow us to increase theamount of traffic we can schedule on aparticular section of track whilesimultaneously reducing the possibility ofhuman error. It’s hard to put a dollar valueon increased safety, but there is noquestion that just avoiding one singleserious accident would be a major benefit.”Trevor Pollack, Radio Engineer at OnTrack SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 98
  99. 99. Localização dos comboios - GPS SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 99
  100. 100. Visibilidade das camaras de vigilância SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 100
  101. 101. Resposta a EmergênciasModelação de nuvens tóxicas SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 101
  102. 102. Análise do Roubo de Cobre Uso de Mapas Web para Coordenar a Informação Aplicação de Análises Espaciais Identificação de Áreas Prioritárias Tomadas Medidas Específicas – Melhoria da Protecção do Local SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 102
  103. 103. Gestão do Risco e da Segurança • Monitorização da Via • Resposta a Emergências • Avaliação de Ameaças • Prevenção e Análise de Crimes • Planeamento da Segurança SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 103
  104. 104. Envolvimento da EmpresaCapacitação de Clientes e Stakeholders Gestão Planear, Recolha de Conhecimento Envolvimento de activos Projectar e Informação da Situação da empresa Analisar no Campo Gestão da Rede Ferroviária Gestão da Infra- Planeamento da Localização das Monitorização da Comunicação com estrutura e DPF manutenção infra-estruturas Segurança os clientes Monitorização em Maximização da Gestão de Tomada de Colaboração com Tempo Real da Produção Instalações e Decisões as partes Rede Operações e Análise interessadas “stakeholders” SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 104
  105. 105. Os SIG suportam toda a empresa Centro de Operações Desktop Web Mobilidade Equipas de Campo SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 105
  106. 106. Instalações Ferroviárias num PortoAplicações Intermodais SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 106
  107. 107. Comunicação com os Stakeholders SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 107
  108. 108. Estudos de “Impacto” SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 108
  109. 109. Portal Web de Desenvolvimento Ferroviário Tornando as informações do projecto acessíveis ao público Link SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 109
  110. 110. SIGs aplicados à RF – Conhecimento da Situação Dashboards Executivos SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 110
  111. 111. Maryland DOT – Performance Dashboard SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 111
  112. 112. Maryland DOT – Performance Dashboard SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 112
  113. 113. Maryland DOT – Performance Dashboard SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 113
  114. 114. Maryland DOT – Performance Dashboard SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 114
  115. 115. Maryland DOT – Performance Dashboard SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 115
  116. 116. FBSIC – Auditoria e Qualidade SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 116
  117. 117. SIGs aplicados à RF – Eficiência e Eficácia Integridade dos dados: • Centralização da informação; • Validação da qualidade dos dados (valor e forma); • Registo em base de dados relacional. Disponibilidade dos dados: • Rapidez de acesso; • Segurança no acesso por perfil, por funcionalidade e por tema; • Possibilidade de integração com outros sistemas. Usabilidade dos dados: • Visualização alfanumérica e geográfica; • Geração de documentação processual; • Análise de indicadores de eficiência do processo operacional. SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 117
  118. 118. SIGs aplicados à RFIntegração e Colaboração A natureza integradora dos SIGs permitem: • suportar as necessidades presentes e possibilidade de expansão para atender à evolução natural das necessidades dos negócios; • integrar de informação proveniente de outros sistemas; • recolher, manter e gerir a informação numa única plataforma; • aumentar a eficiência e produtividade dos processos de negócio; • Colaboração no seio da empresa e com o Grupo. SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 118
  119. 119. SIGs aplicados à RF Obrigado! Ferbritas, S.A. Fernando Gil GIO – Resp. GIS Rua José da Costa Pedreira, 11 1750-130 Lisboa, Portugal fgil@ferbritas.pt Tel: +351 217 511 700 Fax: +351 210 118 080 Web: www.ferbritas.pt SIG-FER: Apresentação, Dezembro de 2012 119

×