Formação de Professores e Novas tecnologias Aluna:Eliane S.Gonçalves Apresentação:31/5
Objetivo: <ul><li>Este artigo tem como objetivo fazer uma breve introdução à Formação de professores e o uso de novas tecn...
Introdução: <ul><li>Neste artigo são apresentados aspectos relacionados à formação de professores para o uso de novas tecn...
<ul><li>O computador é a palavra-chave da atualidade,no entanto,nem todos pensam da mesma forma,pois essa máquina(o comput...
<ul><li>Com uma sociedade cada vez mais tecnológica faz se necessário incluir nos currículos escolares as habilidades e co...
<ul><li>As novas tecnologias e o aumento da informação levam a uma nova organização de trabalho,em que se faz necessário:u...
<ul><li>A inserção do computador na escola para promover aprendizagem sugere mudanças pedagógicas que englobam a organizaç...
<ul><li>O professor neste contexto de mudança,precisa saber orientar os educando sobre onde colher informação e como utili...
<ul><li>O uso das tecnologias contribui muito nos processos de ensinar e aprender parte-se do entendimento de que as tecno...
<ul><li>A aprendizagem através do computador faz com que o sujeito se insira numa experiência de elaboração do conheciment...
<ul><li>Escreve Chiavenato(2004) ,”que conhecimento é um recurso diferente,não ocupa espaço físico,ele é intangível”. </li...
<ul><li>“ Para inovações novos instrumentos e utensílios serão necessários,entre eles as estradas da comunicação como a In...
<ul><li>Construção de uma nova configuração educacional que integre novos espaços de conhecimentos em uma proposta de inov...
<ul><li>“ A sociedade do conhecimento exige um novo perfil de educador,ou seja,alguém: </li></ul><ul><li>Comprometido - co...
<ul><li>Aberto à mudanças - ao novo,ao diálogo,à ação cooperativa;que contribua para que o conhecimento das aulas seja rel...
<ul><li>Conclusão </li></ul><ul><li>A partir dessas observações,lanço a hipótese de que a utilização da informática como r...
<ul><li>Referências: </li></ul><ul><li>MORAN,J.M;MASETTO,M.T;BEHRENS,M.A.Novas tecnologias e mediações pedagógicas.6°ed.Ca...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Artigo de tecnologia

1.840 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Esportes, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.840
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
28
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
23
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Artigo de tecnologia

  1. 1. Formação de Professores e Novas tecnologias Aluna:Eliane S.Gonçalves Apresentação:31/5
  2. 2. Objetivo: <ul><li>Este artigo tem como objetivo fazer uma breve introdução à Formação de professores e o uso de novas tecnologias na educação. </li></ul>
  3. 3. Introdução: <ul><li>Neste artigo são apresentados aspectos relacionados à formação de professores para o uso de novas tecnologias nos processos de ensinar e aprender. </li></ul><ul><li>A tecnologia é uma ferramenta que vem auxiliando no ensino das novas gerações,as novas tecnologias de comunicação trazem para a educação uma nova dimensão do processo educativo. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>O computador é a palavra-chave da atualidade,no entanto,nem todos pensam da mesma forma,pois essa máquina(o computador)nos trás uma nova reflexão sobre a aprendizagem e sugere mudanças pedagógicas. </li></ul><ul><li>Sendo uma forma de experimentar e analisar ambientes digitais de ensino e aprendizagem que favoreçam a inovação docente e a inclusão dos alunos tende a contribuir para repensar e melhorar a educação. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Com uma sociedade cada vez mais tecnológica faz se necessário incluir nos currículos escolares as habilidades e competências para lidar com as novas tecnologias. </li></ul><ul><li>Com a introdução e uso das novas tecnologias na educação é exigido dos professores,aprender a utilizar os computadores e conhecer softwares que avaliem e modifiquem os métodos de ensino utilizados. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>As novas tecnologias e o aumento da informação levam a uma nova organização de trabalho,em que se faz necessário:uma abordagem diferente na educação em que o componente tecnológico não pode ser ignorado; </li></ul><ul><li>a especialização dos saberes; </li></ul><ul><li>o acesso à informação e a consideração do conhecimento como um valor precioso. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>A inserção do computador na escola para promover aprendizagem sugere mudanças pedagógicas que englobam a organização da escola,o papel do professor e dos alunos e a relação com o conhecimento </li></ul><ul><li>O computador vai tornando-se um aparelho corriqueiro em nosso meio social,portanto o computador transforma-se em um poderoso recurso de suporte à aprendizagem. </li></ul><ul><li>Um novo paradigma esta surgindo na educação e o papel do professor,frente as novas tecnologias,será diferente. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>O professor neste contexto de mudança,precisa saber orientar os educando sobre onde colher informação e como utilizá-la,a incorporação das novas tecnologias como um elemento que pode contribuir para uma maior vinculação entre os contextos de ensino e as culturas que se desenvolvem fora do âmbito escolar. </li></ul><ul><li>O desenvolvimento tecnológico impulsionou e está transformando a maneira de ensinar e aprender de muitos professores,a tecnologia é uma ferramenta que vem auxiliando no ensino das novas gerações. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>O uso das tecnologias contribui muito nos processos de ensinar e aprender parte-se do entendimento de que as tecnologias são ferramentas que ampliam nossos limites,e nossa capacidade de armazenamento de informações,contribuindo para o nosso modo de raciocinar,atuar e pensar o mundo. </li></ul><ul><li>O processo de Formação de professores para o uso de tecnologias </li></ul><ul><li>Uma questão relevante no processo de formação de professores para o uso de tecnologias é as dificuldades inerentes à síntese do conhecimento.A formação do conhecimento requer informações obtidas a partir de fontes vivenciadas pelo sujeito,passando por experiências empíricas, </li></ul>
  10. 10. <ul><li>A aprendizagem através do computador faz com que o sujeito se insira numa experiência de elaboração do conhecimento. </li></ul><ul><li>As teorias construtivistas de Piaget,Vygotsky e outros,consideram o conhecimento não transmissível,mas construído pelo indivíduo,de modo único.Cada indivíduo reconstrói o conhecimento do mundo físico,partindo de suas experiências com objetos no espaço e no tempo. </li></ul><ul><li>Segundo Davenport e Prusak(1998),” o conhecimento é uma mistura fluida de experiência estruturada,valores e informações contextuais e discernimento técnicos que proporciona uma referência para avaliar e incorporar novas experiências e informações”. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Escreve Chiavenato(2004) ,”que conhecimento é um recurso diferente,não ocupa espaço físico,ele é intangível”. </li></ul><ul><li>Para Luckesi(1996) ”o conhecimento é explicação/elucidação da realidade e decorre de um esforço de investigação para descobrir aquilo que esta oculto,que não está compreendido ainda.Só depois de compreendido em seu modo de ser é que um objeto pode ser considerado conhecido”. </li></ul><ul><li>Com as novas tecnologias da informação abrem-se novas possibilidades à educação,exigindo uma nova postura do educador.Ressaltando que a inclusão de novas tecnologias na formação de professores esbarra em muitas dificuldades,mas o intuito é levar o docente a explorar essa ferramenta na aquisição do conhecimento. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>“ Para inovações novos instrumentos e utensílios serão necessários,entre eles as estradas da comunicação como a Internet e a capacitação docente para o domínio das novas tecnologias.Formar professores,neste contexto,exige: </li></ul><ul><li>Mudanças na forma de conceber o trabalho docente,na flexibilização dos currículos das escolas,e nas responsabilidades da escola no processo de formação do cidadão; </li></ul><ul><li>Socialização do acesso à informação e produção de conhecimento para todos; </li></ul><ul><li>Mudança de concepção do ato de ensinar em relação aos novos modos de conceber o processo de aprender e de acessar e adquirir conhecimento; </li></ul><ul><li>Mudanças nos modelos/marcos interpretativos de aprendizagem,passando do modelo educacional predominante instrucionista,para o modelo construtivista; </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Construção de uma nova configuração educacional que integre novos espaços de conhecimentos em uma proposta de inovação da escola,na qual o conhecimento não está centrado no professor e nem no espaço físico e tempo escolar,mas visto como processo permanente de transição,progressivamente construído,conforme os novos paradigmas; </li></ul><ul><li>Desenvolvimento dos processos interativos que ocorrem no ambiente telemático,sob a perspectiva do trabalho cooperativo”.Leopoldo(p.19,20) </li></ul><ul><li>Com o avanço tecnológico busca-se um novo perfil de educador alguém aberto à mudanças,comprometido com as transformações,que percebe o conhecimento de forma interdisciplinar. </li></ul>
  14. 14. <ul><li>“ A sociedade do conhecimento exige um novo perfil de educador,ou seja,alguém: </li></ul><ul><li>Comprometido - com as transformações sociais e políticas;com o projeto político-pedagógico assumido com e pela escola; </li></ul><ul><li>Competente - evidenciando uma sólida cultura geral que lhe possibilite uma prática interdisciplinar e contextualizada,dominando novas tecnologias educacionais.Um profissional reflexivo,crítico,competente no âmbito da sua própria disciplina,capacitado, para exercer a docência e realizar atividades de investigação; </li></ul><ul><li>Crítico - que revele,através da sua postura suas convicções,os seus valores,a sua epistemologia e a sua utopia,fruto de uma formação permanente;seja um intelectual que desenvolve uma atividade docente crítica,comprometida com a idéia do potencial do papel dos estudantes na transformação e melhoria da sociedade em que se encontram inseridos; </li></ul>
  15. 15. <ul><li>Aberto à mudanças - ao novo,ao diálogo,à ação cooperativa;que contribua para que o conhecimento das aulas seja relevantes para à vida teórica e prática dos estudantes; </li></ul><ul><li>Exigente - que promova um ensino exigente,realizando intervenções pertinentes,desestabilizando,e desafiando os alunos para que desencadeie a sua ação reequilibradora ;que ajude os alunos a avançarem de forma autônoma em seus processos de estudos,e interpretarem criticamente o conhecimento e a sociedade de seu tempo; </li></ul><ul><li>Interativo -que concorra para a autonomia intelectual e moral dos seus alunos trocando conhecimentos com profissionais da próprias área e com os alunos,no ambiente escolar,construindo produzindo conhecimento em equipe, promovendo a educação integral,de qualidade,possibilitando ao aluno desenvolver-se em todas as dimensões:cognitiva,afetiva,social,moral,física,estética”.Leopoldo(p.3,4) </li></ul>
  16. 16. <ul><li>Conclusão </li></ul><ul><li>A partir dessas observações,lanço a hipótese de que a utilização da informática como recurso didático condiciona situações favoráveis à formação,mas em contra partida lança desafios que alteram o trabalho docente,apontando para mudanças necessárias no processo educativo. </li></ul><ul><li>Ressaltando que a tecnologia em si não existe como entidade autônoma e desvinculada de vontades políticas,humanas e sociais.Por essa razão,ela não pode ser classificada como boa ou como ruim. </li></ul>
  17. 17. <ul><li>Referências: </li></ul><ul><li>MORAN,J.M;MASETTO,M.T;BEHRENS,M.A.Novas tecnologias e mediações pedagógicas.6°ed.Campinas:papirus,2002.173p. </li></ul><ul><li>SANCHO,J.M;HERNANDEZ,F.Tecnologias para transformar a educação.Tradução:Valério Campos.Porto Alegre:Artmed,2006.200p. </li></ul><ul><li>PAPERT,S.A:A máquina das crianças:repensado a escola na era da informática.Porto Alegre:Artmed,2006.200p. </li></ul><ul><li>LEOPOLDO,L.P.M,Novas tecnologias da educação:reflexão sobre a prática.(org).-Macéio:EDUFAL,2002.220p. </li></ul><ul><li>Revista Espaço Acadêmico,n°85,junho de 2008. </li></ul><ul><li>http://espacoacademico.com.br/085/85rocha.pdf </li></ul><ul><li>http://www.scielo.br </li></ul><ul><li>http://www.eca.usp.br/prof.jose/manuel/moran </li></ul>

×