Manipulação de imagens

1.870 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.870
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
33
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Manipulação de imagens

  1. 1. O primeiro grande boom de manipulação de imagens com fins políticos ocorreu na extinta União Soviética, após o rompimento entre o então líder Josef Stalin e seu camaradade revolução Leon Trotsky. Com o fim da camaradagem, Stalin ordenou o desaparecimento de Trotsky da História.
  2. 2. Lenin discursa para os soldados do Exército Vermelho, prestes apartirem para o front polonês, onde lutariam contra os soldados deJosef Pilsudski. A manipulação fotográfica foi uma ordem de Stalin, foram retirados Leon Trotsky e Lev Kamenev, que passaram a ser “personas non gratas” ao sistema. A foto alterada veiculou até o período de Gorbachev
  3. 3. Lenin, ao centro, rodeado por alguns companheiros. Na versãomanipulada da fotografia, o primeiro camarada, em pé, à esquerda, desaparece.
  4. 4. Propavshie Komissari é o título do livro em russo. A capa é o melhor indicativo do que virá no miolo. A fotografia original, de1926, retrata Stalin com oscamaradas Antipov, Kirov e Schwernik. À medida que Stalin se descompatibilizava com seus líderes simplesmenteos apagava das fotografias. Antipov é o primeiro asumir, em 1940. Schwernik desaparece em 1949. E, por fim, Stalin fica só.
  5. 5. Nas fotos que chamei "o jogo de xadrez", emum ambiente de sete personagens, amanipulação foi considerável.
  6. 6. Nem só de pessoas vivia a manipulação fotográfica russa, até mesmo bandeiras,cartazes, placas eram adulterados pela polícia soviética de Stalin
  7. 7. a imagem original é de 1920 e, naquele mesmo ano, seis personagens foramextirpardos. Em 1928, mais um some. Por fim, da foto que retratava onze pessoas, restaram três.
  8. 8. A manipulação fotográfica, entretanto, nãoservia só suprimir, também era usada paramultiplicar, como no caso desta foto de umdiscurso de Lenin.
  9. 9. Um terceiro par de fotos mostra como Nikolai Yezhov foi apagado de uma foto onde aparecia aolado de Stalin, “apagão” que aconteceu depois da sua execução em 1940. Adequadamente, foisubstituído pelas águas do canal Moscovo-Volga: ele tinha sido o comissário responsável pelotransporte fluvial.
  10. 10. Os jovens, em seus protestos pela paz noVietnam, estavam na rua. Durante uma dasmanifestações, a Guarda Nacional norte-americana atirou contra os estudantes,matando quatro. Entre eles, Jeffrey Miller.O estudante John Filo, registra osacontecimentos. Na foto, Mary Ann Vecchio seajoelha sobre o corpo de Jeffrey e um dosmourões do campo Vecchio termina no alto desua cabeça, como se fosse uma adaga cravadaem seu crânio. A Life publicou a foto, aoperceber a “mensagem subliminar”, optou poralterá-la. A foto tornou-se um ícone doperíodo.
  11. 11. “Isto É”, que não gostou da inscrição de “Fora Serra” na placa durante manifestação do MSTMais que isso, o resultado visual inverte o significado da imagem que traz uma placa de trânsitoPare, como se quem devessem parar fossem os movimentos, e não as privatizações.
  12. 12. Suspeitas de que Kim Jong Il estivesse doentecorreu o mundo recentemente. Contradizendo as “más línguas”, a KCNA distribuiu várias fotosdo período, mostrando o ditador da Coreia do Norte em excelentes condições físicas.Entretanto, muitas dessas imagens apresentam profundas inconsistências ao serem examinadas.Observe, no detalhe, a qualidade da madeira do palanque! Tudo leva a crer que o líder norte-coreano tenha sido inserido na fotografia.
  13. 13. Outro caso de manipulação de imagem feito por governos autoritários – e talvez a mais curiosa,– aconteceu na China, no ano passado, quando o governo chinês divulgou uma foto de trêsfuncionários inspecionando uma estrada na província de Sichuan. A imagem é claramente umamontagem: vemos os funcionários flutuando sobre o asfalto. O governo retirou a imagem decirculação e depois se desculpou pela divulgação. Mas a montagem era tão visível e hilária queganhou uma série de versões
  14. 14. Capas de Imprensa de O.J. Simpson - No Verão de 1994 OJ Simpson era preso por suspeita doshomicidios da sua ex-mulher Nicole Smith e o seu amigo. A fotografia da sua detenção com onumero de detenção por baixo foi publicada por numerosas revistas, entre elas a Time e aNewsweek. As diferenças entre ambas as imagens são bastantes, sendo a da Time a imagemadulterada e a da Newsweek a imagem verdadeira e sem estar manipulada. A Time foi acusadade manipular a imagem, tornando através de filtros e mascaras de tornar OJ Simpson maisnegro, e de colocar a placa com a numeração da detenção (em baixo) mais pequena.
  15. 15. Uma das imagens muito difundidas e usadas contra o presidente norte americano, embora aimagem (a primeira fotografia) seja uma montagem, já que as inúmeras imagens da imprensaque se encontravam nesse dia no local a fazer a cobertura mostram (como na segunda imagem,a verdadeira), que George W. Bush segurava o livro corretamente.
  16. 16. Nesta fotografia de 1942, Mussolini pretendia aparecer em cima do cavalo com um ar heróico,na segunda imagem vê-se as manipulações efetuadas em relação à primeira fotografia (averdadeira), desde o céu mais escuro e com nuvens, para dar um ar mais dramático à imagem,até ao homem que segura o cavalo e que foi removido, tudo foi manipulado com o objetivo decentrar o olhar apenas em Mussolini.
  17. 17. Uma mesmo fato pode ser noticiado de maneiras variadas pordiferentes veículos de comunicação.UMA LEITURA CRÍTICA É FUNDAMENTAL
  18. 18. Revistas: -VEJA -ÉPOCARevistas: -ISTO É -CARTA CAPITAL
  19. 19. Jornais dão destaque para foto falsificada pelo governo do Irã.Em 10 de julho de 2008, jornais publicaram a foto de quatro lançamentos de mísseis pelo Irã.Divulgada pelo governo iraniano, ela mostrava um teste com quatro mísseis, com supostoalcance para atingir Israel e representava uma ‘resposta’ às manobras militares israelensesrealizadas um mês antes no mar Mediterrâneo.A foto foi vendida por uma agência internacional de notícias – AFP e algumas horas depois, foidivulgada a mesma foto, mas com um míssel no chão: a imagem anterior tinha sido manipulada.
  20. 20. Jornais dão destaque para foto falsificada pelo governo do Irã. No caso dos mísseis, um não foi lançado, o que poderia enfraquecer não apenas a mensagem política (a demonstração de força), como a simples composição da imagem. Por um motivo ou por outro, tudo foi resolvido com um clique aqui, outro ali.
  21. 21. Jornais dão destaque para foto falsificada pelo governo do Irã.
  22. 22. Jornais dão destaque para foto falsificada pelo governo do Irã.
  23. 23. Jornais dão destaque para foto falsificada pelo governo do Irã.
  24. 24. Jornais dão destaque para foto falsificada pelo governo do Irã.
  25. 25. Jornais dão destaque para foto falsificada pelo governo do Irã. Dois grandes jornais publicam a foto no dia 10 de Julho de 2008.No outro dia descobre-se que a foto estava adulterada. Com menos destaque, os jornaisdivulgam a falsificação.
  26. 26. Jornais dão destaque para foto falsificada pelo governo do Irã. A importância desse episódio é verificar uma grande falha de jornalismo: aagência de notícias divulga uma informação oficial doIrã sem conseguir checar com outras fontes e publica independente de sua veracidade.
  27. 27. Verdadeira foto do lançamento de mísseis no IRÃ!
  28. 28. O tablóide dominical britânico News of the World, o mais vendido do país, foi fechado no últimodomingo por seu controlador, o grupo News International, devido ao envolvimento do jornal emum escândalo de escutas telefônicas ilegais.
  29. 29. Em abril de 2011, o tablóide admitiu publicamente pela primeira vez ter interceptadomensagens deixadas na caixa postal de celulares de pessoas envolvidas em casosacompanhados pelo jornal.Um dos golpes mais baixos da publicação foi tergrampeado o telefone celular de Milly Dowler -menina de 13 anos que desapareceu em 2002.Como a caixa postal dela continuava sendo“limpa”, ainda em 2002, levou a polícia e afamília da jovem a acreditarem que ela aindaestaria viva
  30. 30. Foi o estopim: com essa revelação, surgiram outras, de que ojornal teria grampeado celulares da família real britânica, de vítimas de casos policiais, parentes de soldados mortos no Afeganistão, atores, atrizes, atletas e políticos.
  31. 31. http://mol-tagge.blogspot.com/2009/09/manipulacao-fotografica-stalin.html#!/2009/09/manipulacao-fotografica-politica.html

×