Geologia geral

626 visualizações

Publicada em

Geo

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
626
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
30
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Geologia geral

  1. 1. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  2. 2. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Assim, as áreas de altas montanhas repelem a fixação humana, enquanto as áreas de menores altitudes, como as planícies e certos planaltos, atraem a população. O relevo terrestre condiciona o processo de produção e organização do espaço geográfico, interferindo, por exemplo, na distribuição da população do mundo.
  3. 3. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia “Tudo flui, nada persiste nem permanece o mesmo.” Heráclito de Éfeso, filósofo grego
  4. 4. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia A Terra é um sistema aberto ou fechado?
  5. 5. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia A Terra é um sistema aberto ou fechado?
  6. 6. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia O sol controla o mecanismo externo da Terra A energia solar é responsável por nosso clima e tempo meteorológico O mecanismo interno da Terra é governado pelo calor aprisionado durante sua origem ...e que permanece em seu interior O calor irradiado pela Terra equilibra o calor interno e aquele recebido do Sol. Meteoros transportam massa do cosmo para a Terra.
  7. 7. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Quando os cientistas propõem uma HIPÓTESE (tentativa de explicação baseada em dados coletados por meio de experimentação e observação) eles a submetem à comunidade científica para que seja criticada e repetidamente testada com novos dados. Uma hipótese que é confirmada por outros cientistas obtém credibilidade.
  8. 8. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Um conjunto coerente de hipóteses que explica algum aspecto da natureza constitui uma TEORIA. Algumas teorias e hipóteses foram testadas de forma tão completa que todos os cientistas as aceitam como verdadeiras, pelo menos com boa aproximação.
  9. 9. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia “O PRESENTE É A CHAVE DO PASSADO” Charles Lyell – geólogo britânico
  10. 10. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  11. 11. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia O fato de o Brasil estar distante das zonas de contato das placas tectônicas explica a relativa estabilidade de seu território
  12. 12. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  13. 13. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia a) Qual é a relação que existe entre a ocorrência de vulcões e as placas tectônicas?
  14. 14. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia a) Qual é a relação que existe entre a ocorrência de vulcões e as placas tectônicas? Os vulcões se localizam, geralmente, nas bordas das placas tectônicas. São áreas em movimentação geológica constante, possibilitando fenômenos como o vulcanismo.
  15. 15. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia a) Qual é a relação que existe entre a ocorrência de vulcões e as placas tectônicas? Os vulcões se localizam, geralmente, nas bordas das placas tectônicas. São áreas em movimentação geológica constante, possibilitando fenômenos como o vulcanismo. b) Quais são as placas tectônicas localizadas na América Central?
  16. 16. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia a) Qual é a relação que existe entre a ocorrência de vulcões e as placas tectônicas? Os vulcões se localizam, geralmente, nas bordas das placas tectônicas. São áreas em movimentação geológica constante, possibilitando fenômenos como o vulcanismo. b) Quais são as placas tectônicas localizadas na América Central?
  17. 17. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia a) Qual é a relação que existe entre a ocorrência de vulcões e as placas tectônicas? Os vulcões se localizam, geralmente, nas bordas das placas tectônicas. São áreas em movimentação geológica constante, possibilitando fenômenos como o vulcanismo. b) Quais são as placas tectônicas localizadas na América Central? Placa de Cocos e de Caraíbas.
  18. 18. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia a) Qual é a relação que existe entre a ocorrência de vulcões e as placas tectônicas? Os vulcões se localizam, geralmente, nas bordas das placas tectônicas. São áreas em movimentação geológica constante, possibilitando fenômenos como o vulcanismo. b) Quais são as placas tectônicas localizadas na América Central? Placa de Cocos e de Caraíbas. c)Avalie e explique a intensidade e a frequência de terremotos e vulcões na América Central.
  19. 19. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia a) Qual é a relação que existe entre a ocorrência de vulcões e as placas tectônicas? Os vulcões se localizam, geralmente, nas bordas das placas tectônicas. São áreas em movimentação geológica constante, possibilitando fenômenos como o vulcanismo. b) Quais são as placas tectônicas localizadas na América Central? Placa de Cocos e de Caraíbas. c)Avalie e explique a intensidade e a frequência de terremotos e vulcões na América Central. A América Central está localizada em uma área de grande intensidade sísmica, com cerca de 80 vulcões ativos, pois se encontra nas bordas de placas tectônicas.
  20. 20. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  21. 21. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  22. 22. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  23. 23. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia O fotógrafo britânico Alexander Mustard e alguns colegas mergulharam na fenda existente entre as placas tectônicas da América do Norte e Eurásia, registrando imagens espetaculares. A aventura para conhecer a “fronteira” entre as duas placas ocorreu no Parque Nacional Thingvellir, na Islândia. A paisagem submersa do parque é cheia de vales, falhas e fontes de lava, formados pelo afastamento gradual entre as duas placas, que se distanciam cerca de 2,5 centímetros uma da outra a cada ano. Os mergulhadores que participaram da expedição desceram cerca de 24 metros na fenda entre as placas, mas chegaram a até 60 metros de profundidade em cânions como o Silfra e oNikulasargia. Mustard, de 36 anos, diz que as imagens mostram “o mundo submarino único da Islândia, que assim como a ilha, é formado por paisagens vulcânicas”.
  24. 24. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  25. 25. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Fotos foram tiradas nas imediações do Parque Nacional Thingvellir (Foto: Alexander Mustard / Solent) A lava e o vapor quente na interseção entre as placas criou também a chaminé hidrotermal Arnarnes Strytur, visitada pelos mergulhadores. A água é expulsa da chaminé 80°C e forma uma coluna turva ao entrar em contato com a água do mar, que está a 4°C.
  26. 26. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  27. 27. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Mergulhadores chegaram a atingir até 60 metros de profundidade A noção de placas tectônicas foi desenvolvida nos anos 1960 para explicar as localizações dos vulcões e outros eventos geológicos de grande escala. De acordo com a teoria, a superfície da Terra é feita de uma “colcha de retalhos” de enormes placas rígidas, com espessura de 80 km, que flutuam devagar por cima do manto, uma região com magma nas profundezas da terra. As placas mudam de tamanho e posição ao longo do tempo, movendo entre um e dez centímetros por ano – velocidade equivalente ao crescimento das unhas humanas.
  28. 28. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  29. 29. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia O fundo do oceano está sendo constantemente modificado, com a criação de novas crostas feitas da lava expelida das profundezas da Terra e que se solidifica no contato com a água fria. Assim, as placas tectônicas se movem, gerando intensa atividade geológica em suas extremidades. As atividades nestas zonas de divisa entre placas tectônicas são as mesmas que dão origem aos terremotos de grande magnitude.
  30. 30. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  31. 31. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia -São as forças do interior da Terra (agentes internos do relevo) -A energia interna da Terra manifestando-se através da Teoria da Tectônica de Placas.
  32. 32. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia TECTONISMO -São as forças do interior da Terra (agentes internos do relevo) -A energia interna da Terra manifestando-se através da Teoria da Tectônica de Placas. VULCANISMO
  33. 33. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia A erupção do Monte Pinatubo, em 1991. O fotojornalista Alberto Garcia capturou uma das imagens mais impressionantes do século XX. Em junho de 1991, a segunda maior erupção vulcânica do século ocorreu na ilha de Luzon, nas Filipinas, a 90 quilômetros a noroeste da capital de Manila. No dia 15 de março de 1991, uma serie de terremotos atingiu o monte Pinatubo. Os tremores continuaram até que no d...ia 2 de abril o Pinatubo acordou do seu descanso de 600 anos, com pequenas erupções e centenas de terremotos diários. O USGS (United States Geological Survey) ofereceu ajuda ao governo das Filipinas, que aceitou. O USGS enviou uma equipe de vulcanologos e vários equipamentos e instrumentos, com uma imensa responsabilidade: a previsão tinha que ser exata, se a população fosse evacuada e não ocorresse a grande erupção, elas voltariam para suas casas e não acreditariam em uma nova previsão, o que poderia ser catastrófico. No dia 12 de junho, a angustiante espera de meses terminou, com a primeira grande explosão, lançando uma nuvem de cinzas vulcânicas, gases e rochas pulverizadas a 20 km de altura. Fluxos piroclásticos atingiram regiões a 4 km da base do Pinatubo. Nos dias que se seguiram, a fúria do Pinatubo fez da ilha de Luzon a região da Terra mais parecida com o inferno. Dezenas de gigantescas explosões lançaram nuvens de cinzas, gases e rochas vulcânicas a até 40 km de altura. Fluxos piroclasticos atingiram regiões a 16 km da base do Pinatubo.
  34. 34. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia -Movimentos da crosta produzidos por processos tectônicos, propagados pelo interior da Terra. -O Tectonismo pode ser EPIROGENÉTICO ou OROGENÉTICO.
  35. 35. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia -Movimentos lentos e prolongados -Abrangem grandes áreas continentais -Não alteram muito o relevo
  36. 36. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia -Movimentos lentos e prolongados -Abrangem grandes áreas continentais -Não alteram muito o relevo
  37. 37. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia •não produz dobras ou falhas;
  38. 38. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia •não produz dobras ou falhas; •ocorre em terrenos estáveis;
  39. 39. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia •não produz dobras ou falhas; •ocorre em terrenos estáveis; •ocorre em terrenos antigos;
  40. 40. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia •não produz dobras ou falhas; •ocorre em terrenos estáveis; •ocorre em terrenos antigos; •é lento;
  41. 41. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia •não produz dobras ou falhas; •ocorre em terrenos estáveis; •ocorre em terrenos antigos; •é lento; •é continental;
  42. 42. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia •não produz dobras ou falhas; •ocorre em terrenos estáveis; •ocorre em terrenos antigos; •é lento; •é continental; •não ocorre vulcanismo ou terremoto;
  43. 43. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia As rachaduras ocasionadas pelas epirogêneses são chamadas de falhas e geram áreas suspensas (horst) e áreas rebaixadas (gráben). •não produz dobras ou falhas; •ocorre em terrenos estáveis; •ocorre em terrenos antigos; •é lento; •é continental; •não ocorre vulcanismo ou terremoto; •ocorre o levantamento (epirogênese positiva) ou rebaixamento (epirogênese negativa) do terreno. EPIROGÊNESE POSITIVA EPIROGÊNESE NEGATIVA
  44. 44. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Geralmente é estudado levando em consideração o nível do mar, mas para tal estudo não podemos esquecer os dois movimentos do mar: •Transgressão – o nível da água se eleva, invadindo o continente. •Regressão – o nível da água se abaixa sobre o litoral (região geológica do mar).
  45. 45. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  46. 46. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Esses movimentos são os grandes formadores de relevo, a liberação de energia envolvida em eventos de choques de placas tectônicas geram os maiores fenômenos naturais da terra, os terremotos, maremotos e os vulcões.
  47. 47. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Esses movimentos são os grandes formadores de relevo, a liberação de energia envolvida em eventos de choques de placas tectônicas geram os maiores fenômenos naturais da terra, os terremotos, maremotos e os vulcões.
  48. 48. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia • produz dobras ou falhas Esses movimentos são os grandes formadores de relevo, a liberação de energia envolvida em eventos de choques de placas tectônicas geram os maiores fenômenos naturais da terra, os terremotos, maremotos e os vulcões.
  49. 49. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia • produz dobras ou falhas • ocorre em terrenos instáveis; Esses movimentos são os grandes formadores de relevo, a liberação de energia envolvida em eventos de choques de placas tectônicas geram os maiores fenômenos naturais da terra, os terremotos, maremotos e os vulcões.
  50. 50. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia • produz dobras ou falhas • ocorre em terrenos instáveis; • ocorre em terrenos novos; Esses movimentos são os grandes formadores de relevo, a liberação de energia envolvida em eventos de choques de placas tectônicas geram os maiores fenômenos naturais da terra, os terremotos, maremotos e os vulcões.
  51. 51. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia • produz dobras ou falhas • ocorre em terrenos instáveis; • ocorre em terrenos novos; • é rápido (pode acontecer em poucos dias ou em poucos anos); Esses movimentos são os grandes formadores de relevo, a liberação de energia envolvida em eventos de choques de placas tectônicas geram os maiores fenômenos naturais da terra, os terremotos, maremotos e os vulcões.
  52. 52. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia • produz dobras ou falhas • ocorre em terrenos instáveis; • ocorre em terrenos novos; • é rápido (pode acontecer em poucos dias ou em poucos anos); • é regional (restrito); Esses movimentos são os grandes formadores de relevo, a liberação de energia envolvida em eventos de choques de placas tectônicas geram os maiores fenômenos naturais da terra, os terremotos, maremotos e os vulcões.
  53. 53. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia • produz dobras ou falhas • ocorre em terrenos instáveis; • ocorre em terrenos novos; • é rápido (pode acontecer em poucos dias ou em poucos anos); • é regional (restrito); • vulcanismo e terremoto podem ocorrer antes ou depois; Esses movimentos são os grandes formadores de relevo, a liberação de energia envolvida em eventos de choques de placas tectônicas geram os maiores fenômenos naturais da terra, os terremotos, maremotos e os vulcões.
  54. 54. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia • produz dobras ou falhas • ocorre em terrenos instáveis; • ocorre em terrenos novos; • é rápido (pode acontecer em poucos dias ou em poucos anos); • é regional (restrito); • vulcanismo e terremoto podem ocorrer antes ou depois; • formam-se montanhas. Esses movimentos são os grandes formadores de relevo, a liberação de energia envolvida em eventos de choques de placas tectônicas geram os maiores fenômenos naturais da terra, os terremotos, maremotos e os vulcões.
  55. 55. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Os encontros de placas também geram grandes cadeias de montanhas através dos dobramentos e, além disso, podem “empurrar” uma das placas envolvidas no choque para o manto, gerando assim, uma área de subducção.
  56. 56. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  57. 57. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  58. 58. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Estrutura geológica é a base de um território. Corresponde à sua composição rochosa.
  59. 59. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Estrutura geológica é a base de um território. Corresponde à sua composição rochosa. Já o relevo é a forma apresentada pelo território aos nossos olhos: montanhas mais altas, montanhas rebaixadas, planícies, depressões... O pico Dedo de Deus destaca-se em meio ao relevo montanhoso da Serra dos Órgãos, no estado do Rio de Janeiro.
  60. 60. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia No Brasil só ocorrem dois dos três principais tipos de estrutura geológica (escudos cristalinos, bacias sedimentares e dobramentos modernos) encontradas na crosta terrestre: •Maciços antigos ou escudos cristalinos •Bacias sedimentares
  61. 61. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia No Brasil só ocorrem dois dos três principais tipos de estrutura geológica (escudos cristalinos, bacias sedimentares e dobramentos modernos) encontradas na crosta terrestre: •Maciços antigos ou escudos cristalinos São o embasamento mais antigo da crosta terrestre, apresentam rochas cristalinas magmáticas e metamórficas.
  62. 62. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia No Brasil só ocorrem dois dos três principais tipos de estrutura geológica (escudos cristalinos, bacias sedimentares e dobramentos modernos) encontradas na crosta terrestre: •Maciços antigos ou escudos cristalinos São o embasamento mais antigo da crosta terrestre, apresentam rochas cristalinas magmáticas e metamórficas. •Bacias sedimentares Formadas por rochas originárias da deposição de sedimentos nas concavidades da crosta terrestre. Foram formadas a partir de sedimentos transportados pelos agentes externos que modelam o relevo.
  63. 63. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia As Bacias Sedimentares correspondem às depressões preenchidas com detritos ou sedimentos levados das áreas ao lado. No Brasil existem bacias sedimentares de grande e de pequena extensão.
  64. 64. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia As bacias sedimentares ocupam a maior parte do território brasileiro. Correspondem às depressões preenchidas por detritos ou sedimentos carreados das áreas circunjacentes pela ação das águas (chuvas, rios), ventos e, nas regiões de clima glacial, pelas geleiras. (Considerando que no passado geológico o sul do território do que é hoje o Brasil foi ocupado por geleiras.)
  65. 65. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia As bacias sedimentares resultam da acumulação de sedimentos pela ação dos agentes externos em diferentes eras e períodos geológicos.
  66. 66. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia As bacias sedimentares resultam da acumulação de sedimentos pela ação dos agentes externos em diferentes eras e períodos geológicos. Essas bacias abrigam minerais usados como fonte de energia (combustíveis fósseis) como petróleo, gás natural, carvão mineral, xisto betuminoso. Entre os exemplos de bacias sedimentares brasileiras podem-se citar: a amazônica, Meio-Norte, Paraná, Recôncavo, Pantanal, entre outras.
  67. 67. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  68. 68. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  69. 69. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia ESCUDOS São resultados de movimentos orogenéticos muito antigos. •área continental de rochas cristalinas do pré-cambriano; •primeiros núcleos de rochas que afloraram desde o início da formação da crosta terrestre; •são áreas de grande estabilidade, que não sofreram deformações sérias desde o pré-cambriano, a não ser uma tendência ascencional contínua; •exemplos de escudos: siberiano, guiano, canadense, sul-africano, brasileiro, patagônico e escandinavo. CRÁTONS São massas pré-paleozoicas que não sofreram posteriores ações orogenéticas. Apresentam idade de mais de 570 milhões de anos. Um escudo pode apresentar vários crátons. Conceito: •são blocos da crosta terrestre que atingiram estabilidade ao longo do tempo e que, devido à sua relativa rigidez, experimentam somente deslocamentos verticais moderados.
  70. 70. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Os crátons podem se apresentar de duas formas: quando afloram, ou seja, quando ficam expostos e submetidos aos agentes de erosão (água, oscilações de temperatura, vento etc.) ou quando são recobertos por formações sedimentares (rochas sedimentares).
  71. 71. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  72. 72. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia http://pt.slideshare.net/tojal7/terra-estrutura-geolgica-i http://vitingeo.wikispaces.com/file/view/vis%c3%a3o_geral.jpg/223122930/1280x1016/vis%c3%a3o_geral.jpg http://www.ecodebate.com.br/foto/140611.jpg http://geoconceicao.blogspot.com.br/2012/07/os-cratons-ou-plataformas.html http://www.cprm.gov.br/geoecoturismo/geoparques/chapada/geologia.html http://profwelgeo.blogspot.com.br http://soumaisenem.com.br/geografia/estrutura-interna-e-litosfera/geologia-movimento-das-placas-tectonicas-epirogenese-e http://www.educacaopublica.rj.gov.br/oficinas/geologia/geologia_geral/index.html

×