O iluminismo e a sociedade

7.521 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.521
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O iluminismo e a sociedade

  1. 1. O ILUMINISMO E A SOCIEDADE
  2. 2. No século XVII e XVIII, o fortalecimentodo mercado internacional, o avanço daprodução maciça de produtos e aconsolidação do lucro como atividadedesejável e justa, foram que estimularam aintelectualidade burguesa a avançar para aelaboração de um pensamento próprio.Assim, o conhecimento se transforma numprocesso que se revelava útil e aplicável avida prática.
  3. 3. A sociedade apresentava necessidadesurgentes, que desafiavam os cientistas. Elaestava avançando para a indústria e a culturade massa. A nação deveria se orientar por uma políticaque favorecesse a propriedade e a acumulaçãode riqueza e que tivesse o indivíduo comomola-mestra. Um indivíduo liberto das amarras dopassado, mas plenos de desejos eexpectativas, de realização pessoal e deliberdade de agir, movimentar-se, consumire lucrar.
  4. 4. PRINCIPAIS PENSADORES ILUMINISTAS: John Locke (1632-1704): conhecimento através do empirismo. Voltaire (1694-1778): liberdade de pensamento e crítica a intolerância religiosa. Rousseau (1712-1778): Estado democrático que garantisse a igualdade para todos. Montesquieu (1689-1755): criou a divisão dos 3 poderes(executivo, legislativo e judiciário).

×