Prefácio:
Eu resolvi escrever este livro quando percebi a farsa que existia nas igrejas
cristãs sobre a cura de quem é hom...
Eu ouvia dizer que isto era um espinho na carne, algo semelhante ao que
Paulo viveu,e eu tinha que aprender a viver com is...
Índice
I- Deus não criou Adão e Ivo
II- Sodoma a cidade pecadora
III- A salvação é de graça
IV- Sexo e pecado
V- A soberba...
Eu quero começar este livro com a pergunta que não quer calar:
Quem é homossexual pode ser transformado em heterossexual? ...
nem dogmático e na verdade eu não acredito em religião eu acredito
somente na palavra de Deus.
Mas Deus não nos prende a s...
Sim se usa e com muito mais força, só que as pedradas hoje são
diferente, embora sabemos a quantidade de homossexuais que ...
Capitulo I
Deus não criou Adão e Ivo?
Recentemente temos visto um grande alarde sobre a grande evidência
de gays na mídia,...
Eu quero fazer algumas observações sobre estas doutrinas que tentam
estabelecer uma condenação para gays e que impedem del...
relacionar com outro porque um homem com outro homem não
podem gerar um filho e que o sexo foi feito exclusivamente para
p...
E esta interpretação foi por muito tempo defendida porque no livro de
Genesis fala que dois anjos chegaram na cidade e os ...
Na verdade o sexo anal ou sodomia é uma boa razão para uma
doutrina de condenação contra homossexuais e uma boa prova que
...
O homossexual pode ser salvo, se viver uma vida celibatária, isto porque
depois de alguns anos muitos crentes homossexuais...
Capitulo IV
Sexo é pecado
Será que sexo é pecado? Será que o pecado de Adão e Eva foi o sexo,
como muitos tentam fazer acr...
As leis rígidas contra praticas homossexuais como em levítico, com
varão não te deitarás como se fosse mulher são leis rea...
Não, Deus sonda as mentes e os corações, se dissermos que Jesus tarde
virá e começarmos a fazer o que der na cabeça, ele p...
porque eles conseguem tirar pra fora das igrejas com seus preconceitos
arraigados, por isto ultimamente ter surgido as igr...
Um homossexual convertido sabe que não pode se envolver com
pessoas casadas ou apenas pra satisfazer apetites sexuais, mui...
experiência cristã já devia ter percebido que não há uma solução para
esta situação.
Eu vi nestes últimos anos de experiên...
Eu quero citar este caso não como uma acusação, porque Lana Holder
teve uma experiência verdadeira com Jesus, é uma mulher...
As igrejas inclusivas seguem um movimento de vertente que não
tratam e nem vêem a homossexualidade como doença a ser curad...
Eles adoram usar trechos bíblicos que por em cheque as novas igrejas,
chamando as de apostatas, mas se for falar de aposta...
A intenção da epístola não é condenar os homossexuais e sim
demonstrar que todo homem está debaixo do pecado, necessitando...
Num outro momento da história o deus dos cristãos não “amava”
negros. Eles deviam ser usados apenas para servir como escra...
se expande com um projeto de poder e imposição de valores, mas em
seu crescimento estão as raízes da própria decadência.
O...
Muita! Fui eleito o herege da vez. Entre outras coisas, porque advogo a
tese de que a teologia de um Deus títere, controla...
A Assembléia de Deus é famosa como uma das mais rígidas – muitos
pastores ainda recomendam aos fiéis que não assistam à te...
ÉPOCA – A homossexualidade e a Bíblia não são incompatíveis?
Orellana – De maneira alguma. Os homossexuais têm dificuldade...
cumprir as metas que ela planejou é como se destruísse seus sonhos.
Mas sou existencialista, creio que cada um tem a própr...
A mobilização que acontece entorno do caso do casal militar gay deve
colocar o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) em cena. Ai...
Como nenhum dos cantores respondeu a mensagem pública, o Pastor
Silas iniciou um ataque com fortes críticas aos famosos ap...
Clamo por mudança do coração das gentes, da nação, de baixo para
cima. Por exemplo: se as pessoas temerem a Deus não abort...
O release divulgado pelos hackers dizia que era impossível ficar passível
diante do “tratamento desumano” que o grupo cris...
Deus me fez assim
Deus me fez assim
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Deus me fez assim

459 visualizações

Publicada em

A homossexualidade e a biblia

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
459
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Deus me fez assim

  1. 1. Prefácio: Eu resolvi escrever este livro quando percebi a farsa que existia nas igrejas cristãs sobre a cura de quem é homossexual, e eu não estou escrevendo apenas uma opnião, eu estou relatando minha experiência como cristão que conviveu no meio de muitas denominações e sentiu o preconceito e falta de capacidade deles para lidar com isto. Ou seja eu também sou homossexual, e por muito tempo desejei mudar o que eu sentia,e me transformar num heterossexual, absorvi diversas doutrinas erradas que não me fez bem,eu vivi por muito tempo o peso da culpa da rejeição. Eu vivia assustado com medo do que eu sentia, achando que eu tinha uma doença, uma maldição ou algum demônio que precisava ser expulso da minha vida, quando na verdade não era nada disto, e nem mesmo tinha lógica tudo isto porque eu era batizado nas águas, no espírito santo, eu falava línguas estranhas e tinha muitos dons,Deus sempre falava comigo e ainda fala, mas eu não entendia que o que eu sentia nunca mudou, minha atração pelo mesmo sexo não mudou, algo que ia muito além de sexo, mas necessidade de carinho e amor de uma pessoa do mesmo sexo. Esta relação de conflito com Deus e com minha indentidade estava acabando comigo e eu passei a desenvolver neuroses dentro da igreja e desenvolvi a síndrome do pânico, até o ponto de não suportar mais e sair fora do meio evangélico pra não querer voltar mais. Eu não me afastei de Deus ou da presença dele, eu apenas não podia conviver com a mentira e a farça, com a hipocrisia e com a acusação, eu já havia renunciado minha sexualidade e vivia uma vida casta ainda que cheio de tentações, mesmo assim muitos percebiam que eu era homossexual e me tratavam com suspeita, talvez porque eu não aceitava entrar neste jogo de namorar com alguma irmã da igreja para ser curado da minha homossexualidade como muitos fazem vivendo uma vida de hipocrisia e de falso testemunho. Mas eu já havia visto o final desta história, lares destruidos, casais infelizes, filhos problemáticos porque um dia a casa cai com esta farça, e quão triste é este dia,eu vi muito disto acontecer em diversas denominações ou ouvia mos falar dos escândalos e orações para afastar o "demônio" da vida destes casais que queria destruir seus casamento. Oque me causava mais revolta era quando me diziam que quem não se libertou do homossexualismo é porque não tentou com todas as forças, havia também a explicação que quem não conseguia não perdia a salvação mas devia viver uma vida sem sexo até a morte e renunciar seus desejos da carne.
  2. 2. Eu ouvia dizer que isto era um espinho na carne, algo semelhante ao que Paulo viveu,e eu tinha que aprender a viver com isto e lutar porque Deus sem pre iria preparar o escape. Eu tentei, eu tentei com todas minhas forças mas não havia nada errado comigo, o que Deus tinha que fazer ele fez, ele me salvou,me tirou das sujeiras do mundo,mas quanto eu ser homossexual, não tinha problema nenhum,que cada um devia comparecer diante de Deus como foi chamado, nenhuma condenação há para quem está em Jesus. Hoje estamos diante de uma situação que é a seguinte, alguns acham que o homossexualismo está aumentando,mas não é isto homossexuais sempre existiram, mas sofriam calados, foram para as câmaras de Gás de Hitller, mas com o avanço da comunicação, com pessoas divulgando suas experiências as pessoas perderam o medo, se cansaram e a verdade veio a tona. A igreja divulgou por muitos anos que Sodoma e Gomorra foram destruídas por causa da homossexualidade, mas esta não é a verdade, aquela cidade era sanguinária, não recebia bem estrangeiros e havia todo tipo de devassidão sexual,no campo da sexualidade tanto para heterossexuais ou homossexuais a vida sexual pode se transformar numa devassidão. Deus não chamou ninguém pra viver na prostituição, sexo é pra ser feito pelo casal, mas muitos fazem do sexo um parque de diversão, este é o maior problema tanto para homossexuais ou heterossexuais, a coisa é muito pior no meio homossexual sim pelo fato de não haver abertura para uma doutrina que direcione de forma correta a vida a dois de um casal homossexual. As novas igrejas inclusivas estão fazendo isto porque elas perceberam o erro histórico da interpretação bíblica das igrejas tradicionais, o que levou por milênios milhares de homossexuais, direto não para as câmaras de gás de Hittler, mas para o inferno sem chance de redenção. Este livro mostra que a confusão nos meios Cristãos e falta de maturidade para lidar com a homossexualidade nas igrejas gerou diversos conceitos errados e interpretações sobre a homossexualidade, este livro é o resumo da experiência Cristã quanto ao assunto sobre a Homossexualidade e que ao longo dos anos só gerou equívocos e teologias do ódio e de homofobia. Este livro abre um parêntesis para a comparação, relatando experiências, trazendo pontos de vistas, repercussões da mídia e uma nova maneira de ver os homossexuais nas igrejas cristãs, sem a visão de que são um mau a ser combatido ou mudados, e por um fim na teologia que fomentou o ódio na nossa sociedade de que são odiados por Deus.
  3. 3. Índice I- Deus não criou Adão e Ivo II- Sodoma a cidade pecadora III- A salvação é de graça IV- Sexo e pecado V- A soberba da vida VI- O quinto evangelho VII- Caso Lana Holder e as igrejas inclusivas VIII- A pregação de Paulo IX- Retrospectiva da mídia
  4. 4. Eu quero começar este livro com a pergunta que não quer calar: Quem é homossexual pode ser transformado em heterossexual? E mais, quem é homossexual está debaixo de alguma maldição ou força demoníaca que o faz ser assim? Seria fácil se houvesse um botão de liga e desliga, para fazer com que gays fossem não gays, e tudo estaria resolvido embora eu acho que muita gente pensa que é fácil assim. Não, se assim fosse muitas pessoas que já aceitaram Jesus e foram batizados nas águas e no espírito santo não continuariam sentindo atração pelo mesmo sexo e há muito deles espalhados em igrejas por toda parte do mundo gritando por misericórdia. Quem é homossexual e que ama Jesus sabe o quanto já lutou contra isto sem solução, infelizmente muitos não suportaram esta luta e desistiram de serem aceitos por Deus, porque se sentem abandonados e destinados ao inferno. Pelo menos é o único caminho que as religiões cristãs reservaram para quem é homossexual, a intolerância com quem é homossexual é muito grande, e os evangélicos em geral são cheios de preconceito e falta entendimento sobre a homossexualidade. Mas eu não estou aqui para falar mal de evangélicos, nem de Cristãos porque eu também sou um deles, simplesmente eu não sou hipócrita e
  5. 5. nem dogmático e na verdade eu não acredito em religião eu acredito somente na palavra de Deus. Mas Deus não nos prende a servi-lo seguindo um conjunto de normas e leis, a bíblia é a revelação de Deus ao homem, a letra mata mas, quem dá vida é o espírito. Acontece que Deus chamou todas as pessoas para a salvação independente de raça, sexo, e qualquer outra coisa, Jesus morreu na cruz por todas as pessoas, e Jesus nunca foi a favor de injustiça nem de hipocrisia por isto certa vez não permitiu que apedrejassem uma adultera, Antes disse: ”Quem não tiver pecado que lançe a primeira pedra” Oras a lei dizia que as adulteras deviam ser apedrejada, e esta lei foi dada pelo próprio Deus por tanto concluímos que aquelas pessoas estavam agindo conforme a palavra de Deus e estavam certas, correto? Não, não estava nada correto, porque os religiosos se usavam da palavra para obter direito de oprimir muitas pessoas e Jesus veio corrigir muita coisa errada e como ele disse mesmo ele veio aperfeiçoar a lei e não destruí-la. Mas e hoje será que ainda não se usa muitas leis para oprimir muita gente e por- exemplo os homossexuais?
  6. 6. Sim se usa e com muito mais força, só que as pedradas hoje são diferente, embora sabemos a quantidade de homossexuais que são espancados, apedrejados e mortos e tratados como lixo da sociedade é grande. Antigamente os homossexuais eram também os Eunucos, homens castrados e que serviam no palácio e Jesus falou sobre isto. “Porque há eunucos que o são desde o ventre de suas mães, há eunucos tornados tais pelas mãos dos homens e há eunucos que a si mesmos se fizeram eunucos por amor do Reino dos céus. Quem puder compreender, compreenda.” Mateus 19:12 Pode-se assumir que eunucos "que pelos homens foram feitos tais" são aqueles que foram castrados. Aqueles que "a si mesmos se fizeram eunucos" seriam os castrados voluntários, podendo tomar-se isto no sentido da castidade. Finalmente, aqueles que nasceram eunucos (gays, mesmo tendo pênis) seriam os eunucos "naturais"; os homossexuais pertencem a esse grupo. Este livro é uma reflexão sobre a homossexualidade e para todos que são homossexuais e para dizer que eles não precisam ter medo, e que podem ser filhos de Deus e aceitar Jesus sem ter medo algum da condenação dos homens, porque Deus amou o mundo, ou a humanidade de tal maneira que deu seu único filho para que todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. E quando a palavra diz todo, é porque é todo, e não há diferença se é judeu grego, macho ou fêmea, pois para Deus não a acepção de pessoa.
  7. 7. Capitulo I Deus não criou Adão e Ivo? Recentemente temos visto um grande alarde sobre a grande evidência de gays na mídia, muitos dizem que existe uma campanha para transformar a homossexualidade como um padrão de relacionamento normal saudável, acho que muitos temem que quem é heterossexuais termine gostando e queira ser também gay, duvido pois a homossexualidade não é uma opção é uma condição que exige aceitação de quem é assim ou só terá sofrimento. Bom pra grande maioria dos cristãos a homossexualidade é um mau a ser combatido e que é definido como sendo várias coisas, maldição familiar, ação de demônios, ausência de pai, homossexualidade masculina e ausência de mãe na feminina, uma doença física ou espiritual. Todas estas definições são incapazes de resolver o problema, mas as comunidades religiosas prometem cura e pregam um evangelho que promete transformação para estas pessoas que carregam um eterno sofrimento. Mas o sofrimento destas pessoas não é exatamente por Ser homossexual e sim pela perseguição que sofrem desde sua infância, por desprezo da sociedade e de não serem aceitos pelos seus progenitores, irmãos, nas comunidades religiosas. Mas o que nos interessa aqui são os religiosos, que são a alavanca do preconceito numa sociedade, e que fomentam doutrinas de condenação e de intolerância baseadas em interpretações particulares de trechos sagrados.
  8. 8. Eu quero fazer algumas observações sobre estas doutrinas que tentam estabelecer uma condenação para gays e que impedem deles se aproximarem de Jesus e obter salvação. Recentemente vimos um caso de dois cristãos que resolveram se unir em matrimônio e foram ridicularizados publicamente e tiveram suas imagens associadas a uma música que dizia “ Deus não fez Adão e Ivo” O pastor Marcos Gladstone, fundador da Igreja Cristã Contemporânea, entrou com representação junto ao Ministério Público Estadual e a Ordem dos Advogados do Brasil contra o cantor gospel Emanuel de Albertin e o compositor Toinho de Aripibu, acusando-os de preconceito, discriminação e homofobia religiosa. Albertin canta a música "Adão e Ivo", de Aripibu, que, segundo Gladstone, "incita claramente o preconceito e a homofobia". O clipe, divulgado no YouTube, usa fotos da cerimônia de casamento de Gladstone e do pastor Fabio Inacio, em novembro passado. A canção ficou conhecida no início do mês, durante um showmício do pré-candidato ao governo do Rio Anthony Garotinho (PR). Na ocasião, para uma plateia de evangélicos, Garotinho se posicionou contra a união homoafetiva. E em seguida, chamou Emanuel de Albertin, que cantou "Adão e Ivo". A letra da música, que tem ritmo de forró, diz: "a cada dia multiplica a iniquidade / sinceramente isso me deixa pensativo /se Deus tivesse feito homem pra casar com outro/ não seria Adão e Eva / tinha feito Adão e Ivo". É claro que Deus não fez Adão e Ivo e sim Adão e Eva, mas oque isto prova ? que um homem não pode se relacionar com outro ? não senão O rei Davi não teria se relacionado com Jonathan e ainda afirmado que o amor dele era melhor do que o das mulheres. E não estou levando isto para um contexto sexual, estou falando de relacionamento e necessidade de alguém do mesmo sexo, alguns grupos religiosos dizem quem um homem não deve ou não pode se
  9. 9. relacionar com outro porque um homem com outro homem não podem gerar um filho e que o sexo foi feito exclusivamente para procriação. Isto não é verdade o sexo entre casais heterossexuais não é exclusivamente para se procriar mas sim um parque de diversão que torna a vida mais feliz, todos temos necessidades de toque, carícias, e sexo como fonte de prazer. E até muitas práticas condenadas por homossexuais são praticadas também por heterossexuais por mais que eles usem isto como referências que tais práticas são antinaturais e imorais. Capítulo II Sodoma a cidade pecadora Será que Sodoma era realmente uma cidade Homossexual como muitos tentaram nos fazer acreditar por tanto tempo? Segundo alguns teólogos que por muitos anos sustentaram esta interpretação Sodoma foi destruída por causa da Sodomia, pratica sexual imoral entre dois homens.
  10. 10. E esta interpretação foi por muito tempo defendida porque no livro de Genesis fala que dois anjos chegaram na cidade e os habitantes de Sodoma queriam abusar deles sexualmente. Mas a verdade sobre este relato, é que os habitantes de Sodoma eram contra estrangeiros e não gostavam de forasteiros e quando souberam que havia homens de fora na casa de Ló quiseram estupra- los, eles nem imaginavam que aqueles homens eram anjos e não homens comuns, e quando tentaram invadir a casa de Ló e partir pra cima deles, foram cegados pelos anjos. Na verdade este relato sobre Sodoma tem haver com o ódio a estrangeiros e abuso sexual como forma de humilhação, não tem nada haver com relacionamento entre pessoas do mesmo sexo. Ló para defender os homens chegou até oferecer suas filhas, pois bem sabia que se tratava de anjos e que seria um absurdo tal ação. Mas o este relato foi o inicio de uma doutrina que perdura por muitos anos, o qual nomeou a prática de sexo entre dois homens como sodomia, por causa do nome da Cidade Sodoma. Eu não quero defender que esta prática sexual seja algo natural e aprovada por Deus, mas ela não pode ser parâmetro para condenar homossexuais até mesmo porque um relacionamento l entre dois homens não esta alicerçada nesta prática e sim na atração pelo mesmo sexo, algo que envolve afeto, carinho e amor. O sexo anal, ou a Sodomia não é pratica exclusiva de homossexuais, ela é também realizada por muitos heterossexuais, e apesar de haver muitas igrejas com rígidas doutrinas sobres estas práticas entre casais heterossexuais, elas não são tão combatida como algo grave assim como são com homossexuais.
  11. 11. Na verdade o sexo anal ou sodomia é uma boa razão para uma doutrina de condenação contra homossexuais e uma boa prova que ela é uma abominação diante de Deus. Capitulo III A salvação é de Graça Como fica então a pregação do evangelho direcionado aqueles que são homossexuais? Imaginem por um segundo se a condição para salvação do homem fosse de aceitar viver uma vida celibatária, será muitos se salvariam? Podem apostar que não! Heterossexuais se gabam de estar dentro de uma pratica dentro da lei, e oficialmente aprovada por Deus, e que podem ter o sexo como seu parque de diversão particular, e a maioria dos cristãos heterossexuais hoje em dia cometem muito pecados que passariam lado a lado ou longe de muitos homossexuais. A pregação direcionada para homossexuais é cheia de regras e cheia de não toques não proves e não manuseies, e quando se percebe que não há um parâmetro para estabelecer numa situação crítica se resume uma doutrina que diz :
  12. 12. O homossexual pode ser salvo, se viver uma vida celibatária, isto porque depois de alguns anos muitos crentes homossexuais vão percebendo que toda doutrina direcionada para ele falhou. Primeiro o crente homossexual pensava que tinha um demônio, mas depois de muita oração e de muito lutar, expulsar, fazer penitencia este espírito não saiu e ele chegou à conclusão que não tinha demônio nenhum, apenas uma inclinação da sua carne. Ele descobre que não é maldição de família, que não foi macumba, que não foi hereditário, que não é doença que não foi nada do que os religiosos disseram, e principalmente descobre que Jesus ainda esta com ele, e que não tem condenação nenhuma, a condenação está na boca das pessoas que são os acusadores. Existe uma balança no meio cristão e evangélico que diz que todos os pecados do mundo são perdoados e tem solução, mas quem é homossexual se não mudar está condenado ao inferno, por isto nas igrejas se vê mentirosos, adúlteros, fornicários, idólatras, e todos estes pecados podem ser perdoados. E pergunte se algum Cristão quer viver sem sexo para ser salvo que todos eles iriam direto para o inferno, e se eles afirmam que sexo foi feito para procriar, deveriam parar de fazer e viver só pra Jesus. Mas ninguém vai ser salvo por cumprir as obras da lei, pois não um só que cumpra a lei, todos seremos salvos pela graça e estamos debaixo da tolerância de Deus.
  13. 13. Capitulo IV Sexo é pecado Será que sexo é pecado? Será que o pecado de Adão e Eva foi o sexo, como muitos tentam fazer acreditar? Não o pecado de Adão e Eva foi a desobediência, eles comeram da árvore que dava conhecimento do que era o bem e do que era o mal assim perderam o direito da arvore da vida e da eternidade. Mesmo para aqueles que pensam ser esta história uma parábola ou um mito o fato é que o sexo é ensinado como sendo algo vergonhoso e as vezes sujo. Na nossa sociedade o sexo realmente é usado como forma de exploração, dominação associado a ações demoníacas, orgias, drogas, e abusos e todo tipo de aberração. No antigo testamento havia templos do sexo, onde as pessoas se reuniam para orgias e adoração aos deuses, sempre houve prostituição,obscenidade e falta de respeito e hoje em dia não é diferente. Segundo alguns acreditam até anjos cobiçaram mulheres terrenas e tiveram relações sexuais com elas e geraram seres gigantes, mas seriam anjos rebeldes que abandonaram sua posição espiritual no período anti-diluviano.
  14. 14. As leis rígidas contra praticas homossexuais como em levítico, com varão não te deitarás como se fosse mulher são leis reais, assim como as que diziam que mulheres adulteras deviam ser apedrejadas, ou muitas outras que hoje se tornaram sem sentido, como a circuncisão ou as imundícias do homem e da mulher, ou de guardar o sábado, sobre certos animais que não se deve comer e muitas outras que ninguém mais guarda. Mas todas estas leis foram aperfeiçoadas em Cristo Jesus, que cravou todas as leis em si mesmo para gerar um novo mandamento “Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo” Jesus transformou a lei numa contradição quando foi pregado na cruz, pois a lei dizia “ Maldito quem for pregado num madeiro” Jesus se fez maldito por nós, para que todos que olharem para ele possam ser salvos. Portanto ninguém será salvo pela lei, porque pela lei vem o conhecimento do pecado, e o justo viverá da fé. Capítulo V A soberba da vida Mas então quer dizer que podemos fazer o que quisermos e seremos salvo pela fé?
  15. 15. Não, Deus sonda as mentes e os corações, se dissermos que Jesus tarde virá e começarmos a fazer o que der na cabeça, ele pode vir numa hora que não esperamos, através da morte pé claro. Ninguém pode viver uma vida de idolatria, temos que viver um vida com Deus, não podemos colocar nosso coração nas coisas terrenas, no sexo, no materialismo, no dinheiro porque a palavra diz que o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai e devemos buscar as coisas do céu e não da terra. Mas não quer dizer que não temos nossa parte humana e terrena e o apostolo Paulo disse: Dou graças a Deus por Jesus Cristo, nosso Senhor. Assim que eu mesmo, com o entendimento, sirvo à lei de Deus, mas, com a carne, à lei do pecado. Mas como fica então a salvação para homossexuais? como podem ser salvos se eles são doutrinados pelo mundo, já que vivem uma vida de sexo desenfreado e orgias? A parada gay que acontece no mundo todo é um exemplo disto, se por um lado revela que no mundo existem milhões de homossexuais, por outro mostra que estão espalhados em diversas religiões idólatras e até satânicas sem um evangelho capaz de alcançar-los. As igrejas estão mais preocupadas em atacar, em afirmar que são malditos, que vão para o inferno, que são odiados por Deus, este evangelho do ataque não vai funcionar e nem este falso jargão que “amam os homossexuais, mas não aprovam o que eles fazem” E muitos homossexuais que já foram salvo não ficam muito tempo no meio deles
  16. 16. porque eles conseguem tirar pra fora das igrejas com seus preconceitos arraigados, por isto ultimamente ter surgido as igrejas inclusivas. As igrejas inclusivas pregam o evangelho sem se intrometer na vida sexual da pessoa, em vez de estabelecer uma doutrina de punição se empenham em apresentar Jesus, estas igrejas são vistas como uma apostasia, mas não são igrejas para pratica de orgias entre homossexuais e sim igrejas que deixaram o preconceito e aceitam todas as pessoas, independente de opção sexual. Capitulo VI O quinto evangelho Mas qual a diferença de um homossexual que aceitou Jesus e um que não aceitou? Acho que esta é a principal coisa a se pensar, mas alguns pensam que não há mais nada a se pregar para um homossexual se deixarmos de lado este assunto sobre homossexualidade. Evidentemente que não é bem por ai, um homossexual que vive no mundo além de não ter Jesus vive uma vida de idolatria e prostituição, muito diferente de um homossexual convertido. Um homossexual que não aceitou Jesus vive a se envolver com homens e mulheres casadas apenas por sexo, vivendo uma vida de prostituição ou nas drogas, na bebida ou cigarro. Sabemos muito bem que existem muitos homossexuais ou bissexuais que se casaram para manter uma aparência na sociedade por causa da discriminação, mas que vivem uma vida dupla tendo uma vida de sexo fora do casamento.
  17. 17. Um homossexual convertido sabe que não pode se envolver com pessoas casadas ou apenas pra satisfazer apetites sexuais, muito menos viver uma vida de prostituição e orgias coisa muito comum entre homossexuais que tem sua vida orientada por revistas e filmes pornográficos. Este grupos ativistas e pro homossexuais cumprem seu papel social, mas o objetivos deles não é com a parte espiritual isto é função da igreja, estes grupos travam guerras com comunidades religiosas por causa da intolerância deles. Além do mais muitos homossexuais pertencem a religiões espíritas e seitas estranhas porque as religiões cristãs fecham as portas para eles e escolheram a pregação do ataque. O quinto evangelho deveria ser um evangelho de abertura, um evangelho que tratasse este caso de forma mais especial, porque a
  18. 18. experiência cristã já devia ter percebido que não há uma solução para esta situação. Eu vi nestes últimos anos de experiência Cristã que nenhum homossexual teve mudança na sua orientação sexual, o que percebi foi que houveram saídas em massa de pessoas que buscavam uma mudança e não conseguiram, saíram frustradas da igreja para viver uma vida de sexo desenfreado. Eu vi irmãos com um coração sincero chegar na igreja em buscar de uma tal libertação que nunca houve, e se as igrejas tivessem sido sinceras e pregassem um evangelho sem mascaras e fantasias para estas pessoas que elas podiam ainda estar nas igrejas. Se elas soubessem que Jesus as aceitavam mesmo que falhassem, elas não teriam saído frustradas para voltar para o vômito. O quinto evangelho há de se tornar mais popular e não é uma heresia, é uma abertura, porque como Deus irá salvar tantos homossexuais no mundo todo se não houver mudança nesta mentalidade cristã tão fechada? Dentro das igrejas ainda há muitos sofrendo e é uma luta interminável contra algo que não deveria ser tão sofrível, o sentimento de culpa é muito grande e de medo e alguns chegam a se casar pensando que podem ser curados da sua homossexualidade, mas o final disto é mais sofrimento. Capitulo VII Caso Lanna Holder e as igrejas inclusivas Lanna Holder é uma missionária Cristã, que por muitos anos pregava o evangelho dando testemunho que Deus havia mudado sua vida e curado sua homossexualidade.
  19. 19. Eu quero citar este caso não como uma acusação, porque Lana Holder teve uma experiência verdadeira com Jesus, é uma mulher cheia do poder e acho normal ter no inicio da sua conversão ter passado por uma confusão e por muitos conflitos, e no meio evangélico a homossexualidade é muito demonizada. Ela visitou muitas igrejas no Brasil inteiro falando sobre isto, chegou mesmo a se casar e ter um filho, mas ela percebeu que estava vivendo uma mentira mas, como já estava presa ao testemunho que deu e prosseguiu como estava. Mas ela precisou romper com tudo isto e acho que ela foi muito honesta e corajosa, e poderia muito bem abandonar tudo e viver a vida dela, mas ela abriu uma igreja inclusiva seguindo um chamado que recebeu de Jesus, embora está sendo vítima de muitos ataques no meio evangélico, ela continua fazendo sua parte e levando seu ministério avante. Mas ela não é a única que exerce estes ministérios aqui no Brasil, há outras igrejas que começam a surgir, igrejas maduras e conscientes do seu papel de evangelizar sem arrogância.
  20. 20. As igrejas inclusivas seguem um movimento de vertente que não tratam e nem vêem a homossexualidade como doença a ser curada. Esta segmentação que existe pouco menos que uma década, foi objeto de pesquisa do antropólogo Marcelo Natividade em sua tese de doutorado no Instituto de Filosofia e Ciências Natividade afirma após a conclusão de sua pesquisa de campo que “ser gay dentro de uma igreja conservadora é uma impossibilidade, não há lugar para essa pessoa, a menos que ela venha a aderir à norma e se torne ex-homossexual, por exemplo. Em 2002 veio dos EUA a primeira igreja para grupos gays inaugurada no Brasil, a ‘Igreja da Comunidade Metropolitana’ (ICM), completando 10 anos de existência no próximo ano. A ICM tem várias igrejas espalhadas no Brasil, assim como a Igreja Cristã Contemporânea: Capitulo VIII A pregação de Paulo A maioria das igrejas cristãs evangélicas tem seu ponto de ataque contra as novas igrejas inclusivas e contra homossexuais alguns textos bíblicos que fazem questão de gritar e espalhar em outdoor pelas cidades Mas estas igrejas não fazem campanhas contras outros pecados que florescem dentro das igrejas, como abusos da exploração financeiras, doutrinas da prosperidade, adultérios e outras coisas graves que sabemos que existem. Mas o topo da sua pregação é vetar projetos que criminalizam a homofobia, e condenar ao inferno gays que resistem a sua pregação de conversão da cura da homossexualidade.
  21. 21. Eles adoram usar trechos bíblicos que por em cheque as novas igrejas, chamando as de apostatas, mas se for falar de apostasia ela está em todos os cantos da igreja. As igrejas adoram citar a carta de Paulo aos Romanos que fala que os homens abandonaram o uso natural da mulher e se inflamaram varões com varões na sua sensualidade e assim semelhantemente as mulheres. Mas não há um consenso sobre este texto sobre o que de fato Paulo quis dizer, muitos duvidam que se trate exatamente de um texto sobre homossexualidade, fala de idolatria e outras práticas torpes. E há outro ponto que se eles gostam tanto da pregação de Paulo deviam obedecer o texto que diz que as mulheres deviam ficar caladas na igreja, a verdade é que a maioria dos Cristãos preferem dar mais atenção as palavras que foram ditas por Cristo e nem tanto as doutrinas que foram depois estabelecidas pelos apóstolos. O texto de Romanos diz que por alguns rejeitarem conscientemente a Deus, Deus permitiu que se conduzissem por seus próprios desejos libertinos, entre eles o desejo bissexual e homossexual, entre outros desejos que visam apenas satisfazer seus desejos, sem amor e nem compromisso. Importante ressaltar que aqui Paulo não se refere aos gays de nascimento (supondo que existam), nem aos gays que assim se tornaram pela via de um trauma, mas aqueles que, sendo heteros, conscientemente escolheram viver essas experiências homossexuais como aventuras.
  22. 22. A intenção da epístola não é condenar os homossexuais e sim demonstrar que todo homem está debaixo do pecado, necessitando da fé em Cristo para ser salvo. Capitulo IX Retrospectiva da mídia Polêmicas da net Em tempos antigos perdidos na história, o deus dos cristãos não “amava” as mulheres. Exceto a Virgem Maria, elas eram seres inferiores e não mereciam atenção, mas como ele as tinha criado como reprodutoras, transformou-as em recipiente de fetos e objeto para uso indiscriminado dos homens, sua criação preferida. Aí inventaram a tal da democracia, umas mulheres não sei onde queimaram uns sutiãs, outras colocaram fogo num galpão em algum lugar no mundo e os homens reconheceram que todos, inclusive mulheres, devem ter direitos iguais.
  23. 23. Num outro momento da história o deus dos cristãos não “amava” negros. Eles deviam ser usados apenas para servir como escravos aos brancos, sua criação preferida. Aí os negros resolveram protestar contra sua servidão e os brancos inventaram essa tal de libertação dos escravos e direitos iguais aos negros. Aí deus foi obrigado a amar os negros. Hoje em dia tem “servos” negros, pastores negros e veja só: até presidente da República negro. Atualmente o deus dos cristãos ainda não “gosta” de homossexuais. Eles não valem nada para deus, tanto que seus filhos, até os negros e mulheres a quem outrora deus também odiava, o ajudam agora a impedir qualquer manifestação homo afetiva, ou apenas a simples defesa dos direitos iguais a todos. Isso inclui atacar pela internet um pastor evangélico – hétero – porque ele se disse a favor da união civil entre pessoas do mesmo sexo. Sim, o pastor Ricardo Gondim da Igreja Betesda de São Paulo, se declarou numa entrevista a favor dos direitos iguais de todos, inclusive homossexuais, e virou o bode expiatório de vez. Mas assim como o deus dos cristãos passou a amar mulheres e negros, pode ser que logo ele passe a amar homossexuais... O Polêmico Ricardo Gondim Deus nos livre de um Brasil evangélico?’ Quem afirma é um pastor, o cearense Ricardo Gondim. Segundo ele, o movimento neopentecostal
  24. 24. se expande com um projeto de poder e imposição de valores, mas em seu crescimento estão as raízes da própria decadência. Os evangélicos, diz Gondim, absorvem cada vez mais elementos do perfil religioso típico dos brasileiros, embora tendam a recrudescer em questões como o aborto e os direitos homossexuais. Aos 57 anos, pastor há 34, Gondim é líder da Igreja Betesda e mestre em teologia pela Universidade Metodista. E tornou-se um dos mais populares críticos do mainstream evangélico, o que o transformou em alvo. “Sou o herege da vez”, diz na entrevista a seguir Aos 57 anos, pastor há 34, Gondim é líder da Igreja Betesda e mestre em teologia pela Universidade Metodista. E tornou-se um dos mais populares críticos do mainstream evangélico, o que o transformou em alvo. “Sou o herege da vez”, diz na entrevista a seguir O senhor é a favor da união civil entre homossexuais? Sou a favor. O Brasil é uni país laico. Minhas convicções de fé não podem influenciar, tampouco atropelar o direito de outros. Temos de respeitar as necessidades e aspirações que surgem a partir de outra realidade social. A comunidade gay aspira por relacionamentos juridicamente estáveis. A nação tem de considerar essa demanda. E a igreja deve entender que nem todas as relações homossexuais são promíscuas. Tenho minhas posições contra a promiscuidade, que considero ruim para as relações humanas, mas isso não tem uma relação estreita com a homossexualidade ou heterossexualidade. O senhor enfrenta muita oposição de seus pares?
  25. 25. Muita! Fui eleito o herege da vez. Entre outras coisas, porque advogo a tese de que a teologia de um Deus títere, controlador da história, não cabe mais. Pode ter cabido na era medieval, mas não hoje. O Deus em que creio não controla, mas ama. É incompatível a existência de um Deus controlador com a liberdade humana. Se Deus é bom e onipotente, e coisas ruins acontecem., então há aluo errado com esse pressuposto. Minha resposta é que Deus não está no controle. A favela, o córrego poluído, a tragédia, a guerra, não têm nada a ver com Deus. Concordo muito com Simone Weil, uma judia convertida ao catolicismo durante a Segunda Guerra Mundial, quando diz que o mundo só é possível pela ausência de Deus. Vivemos como se Deus não existisse, porque só assim nos tornamos cidadãos responsáveis, nos humanizamos, lutamos pela vida, pelo bem. A visão de Deus como um pai todo- poderoso, que vai me proteger, poupar, socorrer e abrir portas é infantilizadora da vida. Sou pastor e sou gay Teólogo diz que há assédio nas igrejas e que parte do preconceito contra homossexuais se deve a traduções erradas da Bíblia Nascido no Chile, tem 31 anos e vive em São Paulo há 27. Assumiu a homossexualidade há sete anos Formado em teologia no Instituto Betel, com pós-graduação em ciência e religião. Ordenado na Assembléia de Deus, saiu para fundar a própria igreja, a Acalanto A Igreja Metodista está entre as mais tradicionais denominações protestantes.
  26. 26. A Assembléia de Deus é famosa como uma das mais rígidas – muitos pastores ainda recomendam aos fiéis que não assistam à televisão e às mulheres que não usem calças para não ressaltar os quadris. O chileno Victor Ricardo Soto Orellana, de 31 anos, foi criado numa família metodista em São Paulo e ordenado pastor na Assembléia de Deus. Formado em teologia e pós-graduado em ciência e religião, já deu aula em três seminários. O que o diferencia da grande maioria dos religiosos é que ele é gay, e admite isso publicamente. Ainda, contesta as interpretações mais difundidas sobre o texto bíblico, que, em tese, condenam o homossexualismo. Polêmico, ele afastou-se recentemente da Assembléia para fundar sua própria igreja evangélica, a Acalanto. Depois de um culto, Orellana concedeu a ÉPOCA a seguinte entrevista ÉPOCA – Por que falar publicamente sobre sua homossexualidade na condição de pastor evangélico? Pastor Victor Orellana – Porque é um assunto velado dentro das igrejas e, por causa disso, ignorância e preconceitos são perpetuados. É necessário que o assunto seja debatido em toda a sociedade. O homossexual não é alguém que mora longe ou está do outro lado da rua. Ele pode ser um amigo nosso, um irmão ou um filho. Quanto mais conhecimento existir sobre o tema, menos sofrimento haverá para todas as partes envolvidas.
  27. 27. ÉPOCA – A homossexualidade e a Bíblia não são incompatíveis? Orellana – De maneira alguma. Os homossexuais têm dificuldade de se ver aceitos por Deus porque as pessoas dentro das igrejas são preconceituosas. Mesmo os homossexuais religiosos têm preconceito. Muitos jovens entram em conflito porque pensam em exercer a espiritualidade cristã e as igrejas os impedem. São espezinhados, excluídos ou humilhados. Penso que a igreja não pode ser parcial nisso. Não pode escolher alguns e deixar outros de fora de seu rebanho. Ela é a representante de Deus na Terra e deve acolher a todos. Cristo jamais lançou fora ninguém, ele tem amor incondicional. Eu pessoalmente já passei por preconceitos quando fui ordenado pastor. Disseram-me que eu estava errado, em pecado. ÉPOCA – Chegou a acreditar nisso? Orellana – Nasci numa família evangélica. À medida que ia crescendo, maior era meu encontro com a fé. Entrei na Assembléia de Deus e no seminário para seguir o que senti ser um chamado de Cristo. Ao mesmo tempo, fui tomando consciência de minha homossexualidade. Desde criança tinha sentimentos por homens, mas os reprimia. Isso mudou quando estava na Assembléia e um dirigente de minha congregação, um homem mais velho, me assediou. Pensei: ‘Porque eu me culpo a ponto de me anular, enquanto dentro da igreja há esse tipo de hipocrisia?’ Decidi aceitar minha orientação homossexual. ÉPOCA – Contou à família? Orellana – Minha família sabe há sete anos. O rosto fechado veio da minha mãe. Toda mãe espera muito dos filhos. E se você se nega a
  28. 28. cumprir as metas que ela planejou é como se destruísse seus sonhos. Mas sou existencialista, creio que cada um tem a própria vida para viver. Meus irmãos me compreenderam melhor. Existem Gays nos Exercito O sargento Laci Marinho de Araújo, preso na madrugada de ontem (4 de maio), foi transferido do hospital militar, no centro de São Paulo, para Brasília. Laci foi detido quando concedia entrevista ao programa SuperPop, da RedeTV!, sobre o seu relacionamento homossexual com o também sargento Fernando de Alcântara de Figueiredo. Segundo o Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Humana (Condepe), os militares, que têm relacionamento estável há mais de 10 anos, foram colocados num helicóptero e transferidos para a Base Aérea de Cumbica, no município de Guarulhos. Da base militar, Laci e Fernando teriam embarcado num avião da FAB com destino a Brasília. Provavelmente devem ter sido levados para o Hospital das Forças Armadas (HFA). O Condepe anunciou que apresentará recurso ao secretário nacional de Direitos Humanos, Fernando Vanucchi, da Presidência da República, para que interceda junto ao ministro da Defesa, Nelson Jobim, em favor do sargento considerado desertor pelo Exército. Sobre o assunto, Jobim, que já foi presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), declarou à imprensa: “O problema não é a discriminação. A questão é verificar se o caso concreto se aplica às regras disciplinares do Exército.”
  29. 29. A mobilização que acontece entorno do caso do casal militar gay deve colocar o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) em cena. Ainda segundo advogados do conselho estadual há uma tentativa de contatar Suplicy para que o parlamentar venha a acompanhar o assunto. O sargento Laci assumiu a homossexualidade em entrevista ao repórter Rodrigo Rangel, da revista ÉPOCA. A reportagem é assunto de capa da publicação paulista. Por causa disso, a produção do SuperPop convidou os militares a participarem de entrevista na noite da última terça-feira. Quase ao término da atração, a apresentadora Luciana Gimenez foi informada que o prédio estava cercado por tropas da Polícia do Exército (PE). Laci entrou em desespero, inclusive anunciando que se mataria. Cantores gospel recusam fazer guerra a Homossexuais e deixa Silas Malafaia louco de raiva Após a maioria dos ministros do STF aprovarem o reconhecimento da união homoafetiva, o Pastor Silas Malafaia iniciou um forte ataque a vários famosos cantores gospel famosos. O Pastor criticou os também pastores André Valadão, Aline Barros e Fernanda Brum por não republicarem em seus perfís no Twitter suas campanha contra o julgamento do STF. Silas Malafaia iniciou uma campanha esta semana para que fiéis enviassem emails Aos Ministros do STF afim de que eles não julgassem procedente as ações que visavam dar direitos civis e reconhecimento a união gay como entidade familiar. Nesta quarta última, 4 de maio, o Pastor pediu por intermédio de seu Twitter que os cantores republicassem suas mensagens para seus seguidores na rede social. Até o fechamento desta matéria Ana Paula Valadão possuia 180 mil seguidores, André Valadão 207 mil, Fernanda Brum 150 mil e Aline Barros 247 mil.
  30. 30. Como nenhum dos cantores respondeu a mensagem pública, o Pastor Silas iniciou um ataque com fortes críticas aos famosos após os ministros votarem a favor da união gay: “Obrigado pela omissão de vocês em não [dar] RT (ato republicar uma mensagem, na linguagem do Twitter) para conclamar o povo de Deus a pressionar os ministros do STF num assunto tão fundamental que favorece os homossexuais. Se Twitter é para mostrar fotos e agenda é melhor acabar porque não presta pra nada”, enviou para todos os cantores, e completou: “Vamos usar o Twitter para algo proveitoso no Reino de Deus, e não para futilidades”. O debate se tornou mais acalarado quando a Pastora Ana Paula Valadão respondeu a crítica, sem citar nomes, afirmando que devemos buscar é conseguir almas para Deus, porque “se as pessoas temerem a Deus não abortarão seus bebês, ainda que haja uma lei a favor do aborto”, disse em relação a legalização da união civil. Confira o relato completo: “Tive a tristeza de ler alguns twitts que citam meu nome com acusações e julgamentos. É verdade, cada um dará contas de si mesmo a Deus, e de cada palavra que proferimos. Lamento por algumas partes do Corpo de Cristo que se acham no direito de acusar outros por não agirem como eles sentem que Deus os chamou para agir. Eu só posso dizer o q eu sinto q Deus quer que eu diga. Avivamento, a volta de uma pessoa ou de uma nação para Deus e Seus princípios, a meu ver não é algo que aconteça de cima para baixo. Podem haver leis proibindo isso ou aquilo e as pessoas continuarem na prática de pecado. Creio que o avivamento vem de baixo para cima e a mudança ou estabelecimento de leis segundo os padrões de Deus serão consequência do que se passa numa sociedade em avivamento, que quer Deus mais do que querer mudança ou impedimento de legislação. De cima para baixo.
  31. 31. Clamo por mudança do coração das gentes, da nação, de baixo para cima. Por exemplo: se as pessoas temerem a Deus não abortarão seus bebês, ainda que haja uma lei a favor do aborto. Oro pelo o avivamento espiritual no Brasil. Se isso resultar em leis segundo Deus, amém. Se não, tudo bem, porque pessoas temerão Deus de qualquer maneira.” Igreja nos Estados Unidos: (God Hates Fags) Deus Odeia gays A Westboro Baptist Church, uma igreja Batista americana, esta igreja sai nas ruas fazendo protestos com cartazes e faixas dizendo que Deus odeia gays, Deus odeia Judeus, Deus odeia a America e fomenta diversos ódios. Mas eles foram alvo de um grupo de hackers, conhecido como Anonymous, essa semana que entraram no portal da igreja publicando um protesto contra as ideias divulgadas pela denominação. Esse grupo vinha fazendo ameaças desde o começo do mês e no dia 24 de fevereiro, última quinta-feira, cumpriu suas palavras. A igreja é famosa no Estado do Kansas por ter uma visão ultraconservadora, promovendo passeatas que são muitas vezes agressivas e violentas, dizendo palavras de ordem contra gays, aborto e imigrantes. O endereço do site invadido é prova do “trabalho” desenvolvido pela igreja: www.godhatesfags.com, que em uma tradução livre quer dizer www.deusodeiabichas.com.
  32. 32. O release divulgado pelos hackers dizia que era impossível ficar passível diante do “tratamento desumano” que o grupo cristão mantinha em seus protestos, alertaram que se não mudassem sua postura, atingiriam seus websites. Em resposta a isso, Megan Phelps-Roper, neta do fundador da igreja, o reverendo Fred Phelps, respondeu: “Podem Vir!” Durante o programa de rádio, um representante do Anonymous disse que estavam “muito ocupados com operações na Líbia, Barein e Irã para perderem tempo com Westboro”. Mas, ao contrário deles, a igreja não atenuou o tom e no auge da discussão, com o programa ainda no ar, um dos hackers invadiu o site da igreja em represália e publicou, em sua home, um aviso sobre o que eram capazes. Poucos minutos depois, a igreja tirou o comunicado do ar, mas o website ainda continuava instável. Fim

×