CURSO DE FORMAÇÃO  Modalidade – Oficina Ler e escrever na Web 2.0: Contributos das ferramentas digitais Casa do Professor ...
Formadores Ádila Faria [email_address] Paulo Faria [email_address]
<ul><li>Sumário </li></ul><ul><ul><li>1  Apresentação dos formandos e formadores </li></ul></ul><ul><ul><li>2  Calendariza...
2. Calendarização Mês Dias Horário Obs. Novembro 09 19:00 – 22:00 16 19:00 – 22:00 23 19:00 – 22:00 30 19:00 – 22:00 Dezem...
3. Critérios de Avaliação Trabalho Presencial Trabalho não Presencial   Participação Assiduidade Apresentação  Materiais E...
4. Razões justificativas da oficina  Ler e Escrever na Web 2.0  1.  O  ensino do Português  desenrola-se hoje num cenário ...
( Programa de Português do Ensino Básico,  Março 2009)
“  A utilização dos meios informáticos a partir da educação pré-escolar, pode ser desencadeadora de várias situações de ap...
Umas das marcas da sociedade actual é a  rapidez  com que se assiste às alterações  científicas  e  tecnológicas .  Estas ...
A  escola  não pode viver alheada destes  fenómenos   à escala mundial.  A escola é formada pelo que hoje se designa “ nat...
O professor terá de se apropriar de  novos artefactos , que implicam alteração de paradigmas no processo ensino e aprendiz...
Os suportes de leitura e escrita  são tendencialmente  digitais  (msn, chat, fórum, Internet, SMS, e-mail, e-book…). Estam...
“ As tecnologias informáticas, consideradas como novos sistemas para tratar e representar a informação, ancorados nos sist...
“ As escolas - e os sistemas educativos no seu todo - enfrentam o fantástico desafio   de  reinventar  os currículos de mo...
A tecnologia, por si só, não provoca qualquer alteração no processo de ensino e aprendizagem.
<ul><li>5. OBJECTIVOS </li></ul><ul><li>Conhecer estratégias de promoção e motivação para a leitura e escrita  em vários s...
<ul><li>6. EFEITOS A PRODUZIR </li></ul><ul><li>Explorar estratégias pedagógicas promotoras de metodologias inovadoras; </...
<ul><li>Adopção de práticas que levem ao envolvimento dos alunos na construção novas literacias. </li></ul><ul><li>Produçã...
7. CONTEÚDOS 4. Estratégias de promoção da leitura e escrita com recurso às ferramentas da Web 2.0 5. Trabalho de criação ...
8. METODOLOGIA 4. Reflexão sobre os resultados da aplicação na prática. 3. Elaboração de materiais, selecção de técnicas d...
O que é a WEB 2.0?
Web 2.0 (vídeo)
<ul><li>Ambiente de Aprendizagem </li></ul><ul><li>Plataforma  NING </li></ul><ul><li>(http://lerescreverweb.ning.com) </l...
Obrigado 9 de Novembro de 2009
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ler e escrever na web 2.0

1.354 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.354
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ler e escrever na web 2.0

  1. 1. CURSO DE FORMAÇÃO Modalidade – Oficina Ler e escrever na Web 2.0: Contributos das ferramentas digitais Casa do Professor - Braga 9 de Novembro de 2009
  2. 2. Formadores Ádila Faria [email_address] Paulo Faria [email_address]
  3. 3. <ul><li>Sumário </li></ul><ul><ul><li>1 Apresentação dos formandos e formadores </li></ul></ul><ul><ul><li>2 Calendarização da Oficina </li></ul></ul><ul><ul><li>3 Critérios de Avaliação </li></ul></ul><ul><ul><li>4 Razões justificativas </li></ul></ul><ul><ul><li>5 Efeitos a produzir </li></ul></ul><ul><ul><li>6 Conteúdos a abordar </li></ul></ul><ul><ul><li>7 Metodologias </li></ul></ul><ul><ul><li>8 Entrada no ambiente Ning </li></ul></ul>
  4. 4. 2. Calendarização Mês Dias Horário Obs. Novembro 09 19:00 – 22:00 16 19:00 – 22:00 23 19:00 – 22:00 30 19:00 – 22:00 Dezembro 11 19:00 – 22:00 14 19:00 – 22:00 21 19:00 – 22:30 28 19:00 – 22:30
  5. 5. 3. Critérios de Avaliação Trabalho Presencial Trabalho não Presencial   Participação Assiduidade Apresentação Materiais Elaborados Implementação Actividade Reflexão Crítica Classificação Final 7% 8% 10% 15% 45% 15%
  6. 6. 4. Razões justificativas da oficina Ler e Escrever na Web 2.0 1. O ensino do Português desenrola-se hoje num cenário que apresenta diferenças substanciais, relativamente ao início dos anos 90 do século passado. Exemplo flagrante disso: a projecção, no processo de aprendizagem do idioma, das ferramentas e das linguagens facultadas pelas chamadas tecnologias da informação e comunicação , associadas a procedimentos de escrita e de leitura de textos electrónicos e à disseminação da Internet e das comunicações em rede . ?
  7. 7. ( Programa de Português do Ensino Básico, Março 2009)
  8. 8. “ A utilização dos meios informáticos a partir da educação pré-escolar, pode ser desencadeadora de várias situações de aprendizagem, permitindo a sensibilização a um outro código, o código informático cada vez mais necessário” e o qual […] pode ser utilizado em expressão plástica e expressão musical na abordagem ao código escrito e na matemática . (OCEPE, 1997: 72).
  9. 9. Umas das marcas da sociedade actual é a rapidez com que se assiste às alterações científicas e tecnológicas . Estas conquistas tecnológicas fazem cada vez mais parte dos gestos mais insignificantes do dia-a-dia.
  10. 10. A escola não pode viver alheada destes fenómenos à escala mundial. A escola é formada pelo que hoje se designa “ nativos digitais ”. Os professores têm de conhecer novas linguagem de comunicação de forma a responder às exigência da Sociedade da Informação .
  11. 11. O professor terá de se apropriar de novos artefactos , que implicam alteração de paradigmas no processo ensino e aprendizagem – há uma nova relação o saber . Hoje falamos em web 2.0 ,ciberleitura, hipermédia, e-book, biblioteca virtual, Netescrita.
  12. 12. Os suportes de leitura e escrita são tendencialmente digitais (msn, chat, fórum, Internet, SMS, e-mail, e-book…). Estamos perante um novo tipo de interacção social .
  13. 13. “ As tecnologias informáticas, consideradas como novos sistemas para tratar e representar a informação, ancorados nos sistemas tradicionais, vão modificar o modo como as crianças estão habituadas a aprender e também a amplificar o seu desenvolvimento cognitivo (Miranda, 2007).
  14. 14. “ As escolas - e os sistemas educativos no seu todo - enfrentam o fantástico desafio de reinventar os currículos de modo a dar resposta às necessidades de um novo mundo e à formação de estruturas humanas com competências multidisciplinares. Complexidade, diversidade, mobilidade, conectividade são palavras-chave do processo”.
  15. 15. A tecnologia, por si só, não provoca qualquer alteração no processo de ensino e aprendizagem.
  16. 16. <ul><li>5. OBJECTIVOS </li></ul><ul><li>Conhecer estratégias de promoção e motivação para a leitura e escrita em vários suportes digitais. </li></ul><ul><li>Tomar conhecimento das capacidades necessárias ao desenvolvimento da (ciber) leitura e da escrita . </li></ul><ul><li>Experimentar métodos facilitadores para a aprendizagem da leitura/escrita ligados à Web 2.0. </li></ul><ul><li>Planificar e aplicar medidas adequadas na promoção da leitura e escrita nos contextos educativos. </li></ul><ul><li>Saber adequar a intervenção pedagógica às necessidades e características individuais dos alunos. </li></ul>
  17. 17. <ul><li>6. EFEITOS A PRODUZIR </li></ul><ul><li>Explorar estratégias pedagógicas promotoras de metodologias inovadoras; </li></ul><ul><li>Incentivar para a concepção de estratégias/actividades diversificadas com o recurso a ferramentas digitais; </li></ul><ul><li>Contribuir para o desenvolvimento profissional dos professores alargando a sua capacidade de decisão em áreas-chave do currículo; </li></ul><ul><li>Promover a produção de conteúdos (narrativas digitais, podcasting , vídeo, blogue; webquest ); </li></ul><ul><li>Desenvolver nos educadores e professores hábitos de partilha, reflexão e cooperação, através da participação em comunidades de aprendizagem e projectos comuns (Ning); </li></ul>
  18. 18. <ul><li>Adopção de práticas que levem ao envolvimento dos alunos na construção novas literacias. </li></ul><ul><li>Produção, utilização e avaliação de recursos digitais, potenciadores da construção de conhecimento. </li></ul><ul><li>Desenvolvimentos de novas competências nos domínios das leitura e da escrita, com base na integração de novas ferramentas de comunicação e interacção à distância. </li></ul><ul><li>Prolongar os momentos de aprendizagem no tempo e no espaço, fomentando a disponibilização on-line de recursos educativos </li></ul>
  19. 19. 7. CONTEÚDOS 4. Estratégias de promoção da leitura e escrita com recurso às ferramentas da Web 2.0 5. Trabalho de criação ajustado às necessidades apresentadas pelos formandos – construção de ambientes de aprendizagem interactiva
  20. 20. 8. METODOLOGIA 4. Reflexão sobre os resultados da aplicação na prática. 3. Elaboração de materiais, selecção de técnicas de acordo com a sua fundamentação e aplicabilidade, e construção de instrumentos de avaliação adequados. 1. Introdução a conceitos fundamentais, relacionando a teoria com a experiência dos formandos (com o apoio de textos e documentos vários).
  21. 21. O que é a WEB 2.0?
  22. 22. Web 2.0 (vídeo)
  23. 23. <ul><li>Ambiente de Aprendizagem </li></ul><ul><li>Plataforma NING </li></ul><ul><li>(http://lerescreverweb.ning.com) </li></ul><ul><li>Registo (resposta ao questionário) </li></ul><ul><li>Aprovação </li></ul><ul><li>Plataforma acesso restrito </li></ul><ul><li>Suporte à formação </li></ul><ul><li>Interacção com os formandos </li></ul><ul><li>Disponibilização dos trabalhos no decurso da formação e o trabalho final </li></ul>
  24. 24. Obrigado 9 de Novembro de 2009

×