GESTÃO DE CONTEÚDOS COM
APLICAÇÕES INSTALADAS EM
SERVIDORES
Unidade curricular: Aplicações Informáticas
Docente: Eng. Lino...
SUMÁRIO
Introdução…………………………………………………………………………….......
Ferramentas de Trabalho………………………………………………………………….

Instalação………………...
INTRODUÇÃO


O objectivo é reeditar o trabalho que foi desenvolvido numa fase anterior, e desta forma
desenvolver um site...
FERRAMENTAS DE TRABALHO


Hoje em dia, ter um site próprio tornou-se uma necessidade. Perante a nossa
instituição e enqua...
FERRAMENTAS DE TRABALHO (2)

Drupal

Joomla

Wordpress
INSTALAÇÃO


XAMPP
Fazer o download do XAMPP;
 Iniciar a instalação;
 Escolher instalar preferencialmente o Apache e o ...
INSTALAÇÃO (2)


Joomla
Fazer o download da Joomla;
 Copiar o ficheiro para a pasta “XAMPP htdocs folders”;
 Criar a ba...
Sítio Web

ARQUIVO PORTUGUÊS DO PORTO
TABELA COMPARATIVA DAS
FERRAMENTAS SELECCIONADAS
Funcionalidades

Wix

Webnode

Wordpress

Inserir texto

P

P

P

Formatar texto

P

P

P

Inserir imagens

P

P

P

Permi...
Funcionalidades

Wix

Webnode

Wordpress

Exposição da informação por data

P

P

P

Gestão de informação por data

P

P

...
Funcionalidades

Wix

Webnode

Wordpress

Edição coletiva das páginas

P

P

P

Partilhar gestão do espaço

P

P

P

Criaç...
JUSTIFICAÇÃO FUNDAMENTADA


O Wordpress é a ferramenta escolhida, porque é uma ferramenta fácil de utilizar, e o
facto de...
MUDANÇA


Existiu a necessidade de se migrar o site para um servidor local, devido ao facto
da empresa necessitar de ter ...
CONCLUSÃO


Cada vez mais as pessoas procuram ferramentas que lhes permitam responder às suas
necessidades, sem ter a pre...
CONCLUSÃO (1)


Assim, depois de instalado e configurado o nosso site na ferramenta seleccionada
para tal situação, temos...
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS


SÁ, Luis Carlos - Infotec Blog: Tecnologia em primeira mão. [Em linha]. [Cosult. 8 Nov. 2013...
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (1)


BRAGANÇA. Câmara Municipal [Em linha]. Bragança: 2013. [Consult. 15 Nov. 2013]. <Disponí...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Gestão de Conteúdos com Aplicações Instaladas em Servidores

467 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
467
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
58
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gestão de Conteúdos com Aplicações Instaladas em Servidores

  1. 1. GESTÃO DE CONTEÚDOS COM APLICAÇÕES INSTALADAS EM SERVIDORES Unidade curricular: Aplicações Informáticas Docente: Eng. Lino Oliveira 2013/2014 Catarina Carvalho, 9110044 & Fábio Dias, 9110431
  2. 2. SUMÁRIO Introdução……………………………………………………………………………....... Ferramentas de Trabalho…………………………………………………………………. Instalação…………………………………………………………………………………. Sítio Web – Arquivo Português do Porto………………………………………………… Tabela comparativa das ferramentas seleccionadas ……………………………………... Justificação Fundamentada………………………………………………………………. Mudança………………………………………………………………………………….. Conclusão………………………………………………………………………………… Referências Bibliográficas………………………………………………………………..
  3. 3. INTRODUÇÃO  O objectivo é reeditar o trabalho que foi desenvolvido numa fase anterior, e desta forma desenvolver um site referente a um cenário implementado num servidor local, ou seja, numa máquina pessoal, que sirva de suporte para o grupo/equipa de trabalho, tendo em conta o projecto/serviço que o grupo de trabalho procurou representar e implementar.  O site, à semelhança de trabalhos anteriores, deve incluir funcionalidades que permitam fazer a gestão de conteúdos em cada uma das áreas que foram identificadas no trabalho prático anterior, sendo essencial partir de uma análise pormenorizada relativamente às funcionalidades necessárias para a gestão de conteúdos nas seguintes áreas:  Gestão de informação genérica;  Gestão de informação cronológica;  Gestão de documentos;  Trabalho colaborativo.
  4. 4. FERRAMENTAS DE TRABALHO  Hoje em dia, ter um site próprio tornou-se uma necessidade. Perante a nossa instituição e enquanto directores de tal empreendimento, o nosso grande objectivo é de destacar-nos num mercado cada vez mais competitivo, pois recorrer à internet para divulgar os produtos e serviços, é presentemente um grande acto que podemos assistir diariamente e de forma crescente.  Seguidamente analisamos de forma breve as três ferramentas gratuitas de implementação em servidores locais, que seleccionamos para integrar o conteúdo do nosso trabalho.
  5. 5. FERRAMENTAS DE TRABALHO (2) Drupal Joomla Wordpress
  6. 6. INSTALAÇÃO  XAMPP Fazer o download do XAMPP;  Iniciar a instalação;  Escolher instalar preferencialmente o Apache e o MySQL;  Aceitar os termos;   Wordpress        Fazer o download da Wordpress; Copiar o ficheiro para a pasta “XAMPP htdocs folders”; Criar a base de dados através da plataforma local do XAMPP (“phpMyAdmin”); Configurar o Wordpress através do ficheiro “wp-config-sample.php”; Colocar o Apache e o MySQL, a funcionar; Aceder a “Localhost/Wordpress”; Seguir os passos de instalação na plataforma;
  7. 7. INSTALAÇÃO (2)  Joomla Fazer o download da Joomla;  Copiar o ficheiro para a pasta “XAMPP htdocs folders”;  Criar a base de dados através da plataforma local do XAMPP (“phpMyAdmin”);  Colocar o Apache e o MySQL, a funcionar;  Aceder a “Localhost/Joomla”;  Seguir os passos de instalação na plataforma;   Drupal       Fazer o download da Drupal; Copiar o ficheiro para a pasta “XAMPP htdocs folders”; Criar a base de dados através da plataforma local do XAMPP (“phpMyAdmin”); Colocar o Apache e o MySQL, a funcionar; Aceder a “Localhost/Drupal”; Seguir os passos de instalação na plataforma;
  8. 8. Sítio Web ARQUIVO PORTUGUÊS DO PORTO
  9. 9. TABELA COMPARATIVA DAS FERRAMENTAS SELECCIONADAS
  10. 10. Funcionalidades Wix Webnode Wordpress Inserir texto P P P Formatar texto P P P Inserir imagens P P P Permite edição através de HTML P P P Inserir hiperligações P P P Permite páginas P P P NP NP P P P P Inserir Gráficos NP NP P Inserir vídeos NP NP P Inserir sons NP NP P Gestão de informação Genérica • Permite subpáginas Inserir Artigos • Personalizar página P P P • Atualizar a informação P P P • Fácil utilização N N S Criar fóruns de discussão (criar a aplicação) N N N
  11. 11. Funcionalidades Wix Webnode Wordpress Exposição da informação por data P P P Gestão de informação por data P P P Wix Webnode Wordpress Carregar documentos NP NP P Carregar documentos PDF NP NP P Descarregar Documentos NP NP P Disponibilizar ficheiros NP NP P Gestão de Informação Cronológica Funcionalidades Gestão de Documentos
  12. 12. Funcionalidades Wix Webnode Wordpress Edição coletiva das páginas P P P Partilhar gestão do espaço P P P Criação de Fóruns de Discussão NP NP NP Troca de Informações (Forúm, Chat) NP NP P NP NP NP Trabalho Colaborativo Criação de tópicos de discussão (abrir temas dentro dos fóruns)
  13. 13. JUSTIFICAÇÃO FUNDAMENTADA  O Wordpress é a ferramenta escolhida, porque é uma ferramenta fácil de utilizar, e o facto de a termos experimentado com uma maior facilidade do que as demais, foi um dos factores preponderantes para a nossa escolha recair sobre ela. Tem uma grande variedade templates que permitem a sua edição, assim como a sua utilização, também a sua edição é muito intuitiva, não necessita de quaisquer tipos de conhecimentos de programação.  Mas o que essencialmente pesou, e muito, na nossa escolha foi as funcionalidades que esta nos oferece.
  14. 14. MUDANÇA  Existiu a necessidade de se migrar o site para um servidor local, devido ao facto da empresa necessitar de ter um maior controlo no que diz respeito a armazenamento de conteúdos, pois um arquivo, necessita de espaço para armazenar, por exemplo, imagens referentes aos documentos presentes nos diferentes acervos, e nos sites desenvolvidos com base na web, o espaço era uma limitação, chegando algumas delas a oferecer pouco mais que 1 GB de espaço.  Com sites baseados em servidores, a instituição passa a deter um maior controlo sobre o espaço que pretende utilizar para este tipo de serviços.  Uma outra vantagem de uma instituição conceber o seu site num servidor local, é o facto de esta se tornar totalmente independente, ou seja, não está dependente de servidores alheios e dos seus problemas, como por exemplo servidores “em baixo”.
  15. 15. CONCLUSÃO  Cada vez mais as pessoas procuram ferramentas que lhes permitam responder às suas necessidades, sem ter a preocupação de gastar dinheiro de forma dispendiosa ou contratar algum profissional ou até uma empresa que se encarregue de fazer o pretendido. O lado positivo da situação e que veio alterar estas mudanças comportamentais, deve-se ao facto de hoje existir algumas plataformas que possibilitam e permitem a criação de sites de forma gratuita, e ao mesmo tempo é uma maneira bastante útil e lúdica para com o utilizador.  Foi fundamental dar continuidade a um processo iniciado num trabalho anterior, que era a continuação do desenvolvimento da instituição fictícia que criamos anteriormente, o Arquivo Português do Porto. Depois de repensarmos, procuramos reproduzir na íntegra o site anteriormente construído numa plataforma online, desta vez numa plataforma implementada num servidor local, tendo isto resultado num site inteiramente controlado, por nós seja em termos de programação como em termos de hospedagem deste.
  16. 16. CONCLUSÃO (1)  Assim, depois de instalado e configurado o nosso site na ferramenta seleccionada para tal situação, temos o nosso objectivo alcançado, e concluímos que se as pessoas tiverem uma maior controlo sob o seu site e tudo o que isso engloba é uma maisvalia, pois têm a possibilidade de controlar tudo o que rodeia o seu site, seja desde a sua programação até ao seu espaço para armazenam.
  17. 17. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  SÁ, Luis Carlos - Infotec Blog: Tecnologia em primeira mão. [Em linha]. [Cosult. 8 Nov. 2013]. Disponível em WWW: <URL: http://www.infotecblog.com.br/2013/06/melhores-plataformas-para-criar-sites..html#.UojU-9Lxri4>.  Biblioteca do conhecimento online – Poster. [Em linha]. [Cosult. 12 Nov. 2013]. Disponível em WWW: <URL: http://www.b-on.pt/index.php?option=com_content&view=article&id=406%3Aposter&catid=44%3Aapresentacao-detrabalhos&Itemid=7&lang=pt>.  WordPress Portugal – Site da Comunidade Portuguesa de WordPress. [Em linha]. [Cosult. 12 Nov. 2013]. Disponível em WWW: <URL: http://wp-portugal.com/sobre-o-wordpress/>.  Direcção Geral de Arquivos: Base de dados Digitarq – Produção, Conversão e Gestão de Conteúdos Digitais de Arquivo [Em linha]. Lisboa: DGARQ, 2013. [Consult. 15 Nov. 2013]. <Disponível em WWW: <URL: http://digitarq.dgarq.gov.pt/>.  OLIVEIRA, Lino. (2011). Implementação de uma Plataforma Integrada de Sistemas de Gestão de Conteúdos e Aplicações Web 2.0 para Instituições de Ensino Superior (Tese de Doutoramento). Universidade Portucalense, Porto. Disponível em WWW: <URL: http://www.linooliveira.com/publicacoes/tese.htm>.  Referências no Digoo sobre posters. [Em linha]. [Consult. 15 Nov. 2013]. <Disponível em WWW: <URL: https://www.diigo.com/user/linooliveira/posters>.  SANTARÉM. Câmara Municipal [Em linha]. Santarém: 2013. [Consult. 15 Nov. 2013]. <Disponível em WWW: <URL: http://www.cm-santarem.pt/Paginas/Default.aspx>.
  18. 18. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (1)  BRAGANÇA. Câmara Municipal [Em linha]. Bragança: 2013. [Consult. 15 Nov. 2013]. <Disponível em WWW: <URL: http://www.cm-braganca.pt>.  TBFiles – Armazenamento e Gestão de Arquivo [Em linha]. [Consult. 15 Nov. 2013]. <Disponível em WWW: <URL: http://www.tbfiles.com/armazenamento-gestao-de-arquivo>.  Drupal – Open Source CMS. [Em linha]. [Consult. 20 Dez. 2013]. <Disponível em WWW: <URL: https://drupal.org/>.  Drupal Portugal. [Em linha]. [Consult. 27 Dez. 2013]. <Disponível em WWW: <URL: http://drupal-pt.org/ >.  Drupal. [Em linha]. [Consult. 18 Dez. 2013]. <Disponível em WWW: <URL: http://drupal.com/ >.  Joomla! - The CMS Trusted By Millions for their Websites. [Em linha]. [Consult. 19 Dez. 2013]. <Disponível em WWW: <URL: http://www.joomla.org/ >.  Comunidade Portuguesa Joomla – JoomlaPT. [Em linha]. [Consult. 21 Dez. 2013]. <Disponível em WWW: <URL: http://www.joomlapt.com/>.  Wordpress. [Em linha]. [Consult. 22 Dez. 2013]. <Disponível em WWW: <URL: http://pt.wordpress.com/>.

×