João 3.1 20 - nicodemos - nascer de novo

645 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
645
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

João 3.1 20 - nicodemos - nascer de novo

  1. 1. “Havia um fariseu chamado Nicodemos, uma autoridade entre os judeus.2Ele veio a Jesus, à noite, e disse: “Mestre, sabemos que ensinas da parte de Deus, pois ninguém pode realizar os sinais milagrosos que estás fazendo, se Deus não estiver com ele”.3Em resposta, Jesus declarou: “Digo-lhe a verdade: Ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo”. 4Perguntou Nicodemos: “Como alguém pode nascer, sendo velho? É claro que não pode entrar pela segunda vez no ventre de sua mãe e renascer!”5Respondeu Jesus: Digo-lhe a verdade: Ninguém pode entrar no Reino de Deus, se não nascer da água e do Espírito.6O que nasce da carne é carne, mas o que nasce do Espírito é espírito.7Não se surpreenda pelo fato de eu ter dito: É necessário que vocês nasçam de novo.8O vento sopra onde quer. Você o escuta, mas não pode dizer de onde vem nem para onde vai. Assim acontece com todos os nascidos do Espírito.9Perguntou Nicodemos: “Como pode ser isso?” 10Disse Jesus: Você é mestre em Israel e não entende essas coisas? 11Asseguro-lhe que nós falamos do que conhecemos e testemunhamos do que vimos, mas mesmo assim vocês não aceitam o nosso testemunho.12Eu lhes falei de coisas terrenas e vocês não creram; como crerão se lhes falar de coisas celestiais?13Ninguém jamais subiu ao céu, a não ser aquele que veio do céu: o Filho do homem.14Da mesma forma como Moisés levantou a serpente no deserto, assim também é
  2. 2. necessário que o Filho do homem seja levantado,15para que todo o que nele crer tenha a vida eterna. 16Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. 17Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que este fosse salvo por meio dele.” ( João 3.1-17- NVI) Entre os judeus os mais respeitáveis cidadãos sem dúvida eram os mestres do Sinédrio (conselho de juízes do povo de Israel, aproximadamente 20 pessoas), um em particular chamado Nicodemos um doutor da Lei, homem cujo nome em grego significa “Conquistador do povo”, que atingira uma certo grau de status entre seus pares, impactado pelos ensinos e sinais de Jesus realizados em Jerusalém no período da páscoa (Jo. 2.23) agora com suas convicções abaladas com inúmeras
  3. 3. perguntas vai ao seu à noite (v.2) esse fato é muito sintomático, pois evidencia seu desejo de não perder sua reputação. E ainda no versículo 2 ele diz “Rabi” (“Meu Grande (mestre)”) revelando pelo conhecimento natural o fato de causa efeito “ninguém pode realizar os sinais milagrosos que estás fazendo, se Deus não estiver com ele”, mas enquanto respirar para realizar suas perguntas Jesus o interpõe dizendo “Ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo " (v.3) A palavra grega utilizada para “de novo” é ανωθεν anothen - de cima, de um lugar mais alto. É claro que Nicodemos entendera o que Jesus dissera quanto a necessidade de um nascimento do alto e não etário(biológico), mas
  4. 4. preferiu fazer-se de desentendido e questionar Jesus como é possível tal coisa (v.4). Então Jesus responde v.5 “Ninguém pode entrar no Reino de Deus, se não nascer da água e do Espírito” referindo-se certamente a promessa de Ezequiel (36.25-26) “Aspergirei água pura sobre vocês e ficarão puros; eu os purificarei de todas as suas impurezas e de todos os seus ídolos. 26Darei a vocês um coração novo e porei um espírito novo em vocês; tirarei de vocês o coração de pedra e lhes darei um coração de carne.” Mas qualquer tipo de má interpretação Jesus dissipa no v.6 “O que nasce da carne é carne, mas o que nasce do Espírito é espírito.” Revelando que o novo nascimento não é algo comportamental, muitos iludidos pela religião, buscam garantir o fato de nascer de novo por questões externas (ter um comportamento impecável),
  5. 5. veja Nicodemos era um homem que tinha tais ações, mas vemos ler o que Jesus irá dizer no versículo 7 “É necessário que vocês nasçam de novo.” O reino de Deus não é obra do nosso intelecto de nossas ações externas, mas do Espírito Santo. É uma recriação totalmente nova, vinculando nossa natureza à de Deus, não trata-se de uma versão melhor de você mas de uma total dependência do espírito v.8 “O vento sopra onde quer. Você o escuta, mas não pode dizer de onde vem nem para onde vai. Assim acontece com todos os nascidos do Espírito.” Não somos mais previsíveis em nossa natureza humana (somos guiados pelo Espírito Santo (Gl 5.25 “Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito.”) Mas como esse processo acontece será a pergunta de Nicodemos v.9
  6. 6. “...Como pode ser isso?” E Jesus irá discorrer do v.10-16 como obtemos a vida Eterna, vamos ler o v.15-16 “para que todo o que nele crer tenha a vida eterna. Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.” E quero finalizar lendo o 17 “Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que este fosse salvo por meio dele.” Cristo não veio para condenar o mundo mas ser o meio pelo qual o mundo pode ser salvo. Por isso quero perguntar, você nasceu de novo? Nicodemos era mestre em Israel conhecia muito da bíblia, tinha um comportamento ilibado, mas seu coração não provou a revolução do novo nascimento. Você sabe para onde está indo existencialmente?
  7. 7. Precisamos avançar para a semelhança de Cristo – Fp 3.13-14 “Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão,14prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.”

×