Embriologia

12.467 visualizações

Publicada em

Embriologia

Publicada em: Educação
0 comentários
40 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.467
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.466
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
810
Comentários
0
Gostaram
40
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Embriologia

  1. 1. Desenvolvimentoembrionário
  2. 2. Desenvolvimento Embrionário• Inicia após a primeira divisãodo zigoto, que então passa aser chamado de embrião.• Mitoses vão se sucedendo eos grupos de células vão seespecializando para formaros tecidos e os órgãos donovo ser.• Embriologia – ramo dabiologia que estuda odesenvolvimentoembrionário.
  3. 3. Etapas• Segmentação (clivagens) – aumento do númerode células.• Gastrulação – período de formação dos folhetosgerminativos.• Organogênese (neurulação) – processo dediferenciação dos tecidos e dos órgãos.
  4. 4. Vitelo• A distribuição e aquantidade de vitelo, noóvulo, determina asdistintas formas deóvulos e as diferençasnos padrões desegmentação.• Função: nutrir o embriãodurante odesenvolvimentoembrionário.
  5. 5. • Oligolécitos – óvulos com pouco vitelo, distribuídohomogeneamente no citoplasma.• Ocorre em mamíferos placentários e equinodermos.ViteloNúcleoCitoplasmaTipos de óvulos• Heterolécitos – óvulos com muito vitelo distribuído de formaheterogênea no citoplasma.• Ocorre anfíbios e alguns peixes.Polo animalPolo vegetativoNúcleoCitoplasma com pouco viteloCitoplasma com muito vitelo
  6. 6. • Telolécito – óvulos com muito vitelo distribuído de formaheterogênea no citoplasma, com nítida separação entre o poloanimal e polo vegetativo.• Ocorre alguns peixes, répteis, aves, alguns moluscos, mamíferosovíparos. Polo animalPolo vegetativoCitoplasma sem viteloNúcleoCitoplasma com muito vitelo• Centrolécito – o vitelo ocupa praticamente toda a célula, ficandoo citoplasma restrito a periferia do óvulo.• Ocorre artrópodes.ViteloNúcleoCitoplasma
  7. 7. Segmentação (clivagem)• Período em que ocorre o aumento do número de células(sucessivas mitoses) sem aumentar o volume do embrião.• Novas células formadas são denominadas blastômeros.• Distribuição do vitelo, no óvulo, determina o tipo desegmentação.
  8. 8. Tipos básicos de segmentaçãoHOLOBLÁSTICA (total)Ocorre em todo o ovo.•Isolécitos (oligolécitos)•HeterolécitosMEROBLÁSTICA (parcial)Ocorre na porção onde está onúcleo.•Telolécitos•Centrolécitos
  9. 9. Segmentação HOLOBLÁSTICAPode formar células de tamanhos iguais ou diferentes, entre si.Tipos de segmentação holoblástica:IGUAL DESIGUAL• Ocorre em ovos oligolécitos.• Todas as células formadas são de mesmotamanho.• Ocorre em ovos heterolécitos.• São formadas células com diferençasacentuadas no tamanho.
  10. 10. Segmentação MEROBLÁSTICAHá dois tipos básicos de segmentação meroblástica:DISCOIDAL SUPERFICIAL• Ocorre em ovos telolécito.• O único local a se dividir é o discodo citoplasma (polo animal).• Ocorre em ovos centrolécitos.• Divisões ocorrem no núcleo queposteriormente migram para aperiferia.
  11. 11. Fases da segmentaçãoGeralmente ocorre em duas fases:•Mórula – maciço celular; semelhante a uma amora.•Blástula – forma-se uma cavidade interna, blastocele, cheia delíquido.
  12. 12. Segmentação (clivagem)
  13. 13. Gastrulação• Fase do desenvolvimento embrionário marcada peladiferenciação dos folhetos germinativos, do arquêntero edo blastóporo.•Arquêntero (intestino primitivo) – é uma cavidade que secomunica com o exterior por um orifício denominadoblastóporo.•Blastóporo – pode dar origem à boca (protostômios) ouao ânus (deuterostômios).
  14. 14. Celoma: cavidade responsávelpela separação dos órgãosinternos da parede do corpo(compartimento).Tubo digestório do embrião.
  15. 15. Gastrulação• Folhetos germinativos ou embrionários – lâminas celulares que naorganogênese darão origem aos tecidos e órgãos.•Na maioria das espécies, os blastômeros se diferenciam em 3conjuntos de células (ectoderme, mesoderme e endoderme).
  16. 16. Tipos de GastrulaçãoOcorre basicamente de duas formas: EMBOLIA (invaginação)EPIBOLIA (recobrimento)• Embolia (invaginação) – ocorre um aprofundamento das células da blástulapara o interior da blastocele, formando uma abertura chamada blastóporo. Acavidade interna que começa a se formar é denominada arquêntero.Mesentoderma
  17. 17. • Epibolia (recobrimento) – processo caracterizado pela rápidadivisão dos micrômeros, que acabam recobrindo os macrômeros.
  18. 18. Neurulação• Formação da nêurula (mais desenvolvida que agástrula).• Peixes, aves, mamíferos, répteis e anfíbios.
  19. 19. Organogênese• As células dos folhetos embrionários(ectoderme, mesoderme e endoderme)iniciam a diferenciação celular, ou seja,formação dos tecidos e órgãos.• Ocorre nos primeiros meses de vida.
  20. 20. Anexos Embrionários• Estruturas que surgem a partir dos folhetosembrionários, mas que não fazem parte do corpo doembrião.• Ocorre em alguns peixes e em todos os répteis, aves emamíferos.• Exemplos de anexos embrionários:• Vesícula vitelínica (vitelina)• Âmnio (âmnion)• Cório (córion)• Alantoide
  21. 21. Vesícula Vitelínica• Armazenamento de substâncias nutritivas para o desenvolvimento doembrião.• Bem desenvolvido em peixes, répteis, aves e mamíferos ovíparos.• É reduzido em mamíferos placentários, pois a nutrição ocorre viaplacentária.• Produção das primeiras hemácias.
  22. 22. ÂmnioÂmnio (âmnion)• Membrana que envolve o embrião como um saco, delimitando umacavidade denominada cavidade aminiótica, que é preenchida por umlíquido chamado líquido aminiótico.• Tem como função proteger o embrião (amortece choques mecânicos),além de evitar que o embrião perca água para o meio (dessecação).• Manutenção da temperatura corporal.
  23. 23. Cório• Película fina queenvolve o embrião eseus anexosembrionários.• Répteis, aves,mamíferosplacentários e nãoplacentários.• Funções: protetora erespiratória.
  24. 24. Alantoide• Surge a partir dodesenvolvimento da regiãoposterior do intestino doembrião, formando umaespécie de saco.• A função do alantoide éarmazenar as excretasnitrogenadas do embrião ea mobilização de parte docálcio (formação doesqueleto).• É bem desenvolvido nosrépteis e nas aves.
  25. 25. Placenta e cordão umbilical
  26. 26. Gêmeos
  27. 27. GÊMEOS MONOZIGÓTICOS GÊMEOS DIZIGÓTICOS• Também chamados idênticos ouunivitelinos.• Se originam de um único zigoto.• São geneticamente idênticos,obviamente, do mesmo sexo.• Cerca de 25% dos gêmeos sãomonozigóticos.• Também chamados fraternos oubivitelinos.• São semelhantes a dois irmãos departos diferentes.• Se originam de dois zigotos ou maisdistintos, cada um resultante dafecundação de um óvulo por umespermatozoide. Portanto, podem serde mesmo sexo ou de sexos distintos.

×