Captação de voluntários um recurso fundamental para as organizações (silvia naccache)

1.283 visualizações

Publicada em

Palestra de Silvia Naccache no dia 23/05/12 - Captação de Voluntários: um recurso fundamental para as organizações. #FLAC2012

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.283
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
62
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Debater junto com o grupo que listou os benefícios do trabalho voluntário para o voluntário
  • Debater junto com o grupo que listou os benef í cios do trabalho volunt á rio para a organiza ç ão
  • Debater junto com o grupo que listou os benef í cios do trabalho volunt á rio para a sociedade
  • Atividade de ciclo de gerenciamento
  • Estimular - A empresa pode realizar palestras informativas, apoiar ações espontâneas, oferecer espaço para que os voluntários se reunam, guardem materiais, armazenem o produto de coletas, ou ainda permitir que eles realizem campanhas internas, mobilizando os colegas em torno de uma causa. Também é muito útil franquear aos voluntários espaço nos meios de comunicação da empresa: murais, jornais internos, boletins eletrônicos, ou colocar equipamentos, instalações e sistemas da empresa à disposição de uma determinada ação voluntária. Grupos Autônomos - apoiar o funcionamento de grupos de voluntários já existentes e estimular a criação de outros Reconhecer o trabalho desenvolvido pelos voluntários através dos meios de comunicação ou homenagens formais Articular - Projetos próprios - formalmente estruturados, criados e mantidos pela empresa. Projetos de organizações sociais - apoiar projetos conduzidos por organizações sociais que desenvolvam trabalhos relacionados com a causa apoiada pela empresa.
  • Captação de voluntários um recurso fundamental para as organizações (silvia naccache)

    1. 1. VOLUNTARIADO ORGANIZADO
    2. 2. Centro de Voluntariadode São PauloMissão Incentivar e consolidar a cultura e o SITE: www.voluntariado.org.br trabalho voluntário na cidade de São Paulo e promover a educação para o exercício consciente da solidariedade e da cidadania.
    3. 3. Quem é o voluntário?É a pessoa que, motivada por valoresde participação e solidariedade, doa seu TEMPO TRABALHO TALENTOde maneira espontânea e não remunerada,para causas de interesse social e comunitário.
    4. 4. PÚBLICOATENDIDO ÁREAS DE ATUAÇÃO
    5. 5. PONTOS A• Qual a motivação? CONSIDERAR• O que gosta de fazer?• Quais os seus valores?• Que habilidades ou talentos quer oferecer?• Qual a disponibilidade de tempo?• Com que público gosta de atuar?• Em que área e local quer contribuir?• Qual a ação ou atividade quer realizar?• Realizar ações individuais;• Participar de projetos ou grupos;• Participar do programa de voluntariado de sua empresa• Procurar uma organização social;• Realizar atividades presenciais ou a distância
    6. 6. Legislação Lei nº 9.608 / 1998A Lei do Voluntariado define que o serviço voluntário: Não é remunerado; Não gera vínculo empregatício; Não pode ser exigido em contrapartida de algum benefício; É exercido em entidade pública ou privada, sem fins lucrativos e com objetivos sociais. Exige a assinatura do Termo de Adesão; O Termo de Adesão deve:  Estabelecer o objeto e as condições de trabalho;  Definir o reembolso de despesas.
    7. 7. BENEFÍCIOS DO VOLUNTARIADO Para o voluntário: Desenvolvimento pessoal e profissional; Descoberta de novas potencialidades; Aumento do círculo de amizades; Participação na construção de uma sociedade mais justa. Ampliação da visão do mundo; Aprendizado de realizar atividades com poucos recursos e 9 muita criatividade.
    8. 8. BENEFÍCIOS DO VOLUNTARIADO Para a organização social:Ampliação e fortalecimento dos serviços e programas;Atração de novas habilidades, talentos e conhecimentos;Otimização dos recursos humanos e financeiros;Aumento de visibilidade.
    9. 9. BENEFÍCIOS DO VOLUNTARIADOPara a sociedade/comunidade: Influência na formulação de políticas públicas; Melhoria da qualidade de vida; Ampliação de oportunidades sociais; Valorização da experiência da comunidade e dosvoluntários.
    10. 10. 7 PASSOS PARA OVOLUNTARIADO ORGANIZADO2.Vontade - Conhecer o voluntário atual3.Preparar a organização social - Sensibilizar e envolver a equipe4.Diagnóstico - identificar oportunidades de trabalho voluntário5.Liderança eficiente - destacar coordenador de voluntários6.Formar equipes de voluntários7.Administrar o ciclo de gerenciamento dos voluntários8.Comunicação eficiente
    11. 11. 1. Vontade Ser o desejo de todos: Voluntários Funcionários Diretoria Organização Empresa
    12. 12. 2. PREPARAR A ORGANIZAÇÃO SOCIALComunicar o Programa de Voluntariado:Legislação Serviço VoluntárioManual/Código de ética/Regimento internoSensibilizar e envolver a todos Como se fazRealizar palestras e cursos ? Promover o intercâmbio entre funcionários e voluntários Promover grupos de trabalho e reuniõesManual de normas e procedimentos doPrograma de Voluntariado Deve ser claro, objetivo e conhecido; Entregue no momento da assinaturado Termo de Adesão; Instrumento de consulta permanente.
    13. 13. 3.Objetivos bem definidos OportunidadeNecessidades de trabalhoda organização voluntário VAGAQue características, potencialidades,habilidades,conhecimentos,disponibilidade de tempoe talento o voluntário deve terpara ocupar a vaga existente Conversar com as pessoas; z ? e fa Sentir o ambiente de trabalho; o s Com Identificar problemas e necessidades; Definir necessidades que possam ser supridas com trabalho voluntário;
    14. 14. 4.Liderança Eficiente Coordenador de Voluntários Atividades: Perfil: Diagnosticar necessidades Ter boa comunicação Recrutar e selecionar Saber ouvir Orientar e treinar Ter habilidade em solucionar conflitos Administrar conflitos Ter capacidade de coordenação Ser comprometido com a causa Monitorar e avaliar Exercer liderança Valorizar e reconhecerIdentificar o líder/coordenador de voluntários na organização social
    15. 15. 5. Equipes de Voluntários Escolher uma causa coerente com seus valores; Trabalhar de forma coordenada e integrada; Ouvir, discutir, transmitir e aceitar sugestões. Participar das capacitações; Buscar ações transformadoras para quem recebee para quem faz; Executar funções de acordo com sua vontade,habilidades e disponibilidade.
    16. 16. 6. Ciclo de Gerenciamento de Voluntários I - ADMISSÃO III - MANUTENÇÃO Descrição Supervisão Recrutamento Avaliação Seleção Valorização/Reconhecimento II - INCORPORAÇÃO Orientação Treinamento IV - DESLIGAMENTO Formação de Equipe Integração
    17. 17. 7. Comunicação Interpessoalrelacionamentos Internaapoio da empresa na mobilização, informação,capacitação, reconhecimento do voluntariado Externarelacionamento com as organizações sociais ecom a comunidade
    18. 18. orgsociais@voluntariado.org.br www.voluntariado.org.br 11- 3266-5477Este material é de propriedade do CVSPe não pode ser copiado parcial outotalmente sem prévia autorização.

    ×