Raio-X das Relações Bilaterais Brasil - China (Março 2011)

617 visualizações

Publicada em

Levantamento mensal das trocas comerciais entre Brasil- China.
Estudo realizado pela área de Análise Econômica do Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior da FIESP.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
617
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Raio-X das Relações Bilaterais Brasil - China (Março 2011)

  1. 1. Março | 2011 Aumento do Embarque de soja para China garante o primeiro superávit do ano. Depois de dois meses consecutivos de déficit na balança comercial com a China, o Brasil fechou o mês de março com um superávit de US$679,0 milhões. A inversão dos saldos é explicada pelo aumento do embarque de soja no mês, que saiu de US$ 53,0 milhões em fevereiro para US$ 862,5 milhões em março de 2011. Soja exportada para China aumenta 33%, mas receita dos exportadores cai. No acumulado do ano (janeiro a março de 2011), o preço médio das vendas de soja para a China aumentaram 33,0% em relação ao mesmo período de 2010. Apesar do aumento do preço médio, a queda de 27,3% da quantidade embarcada, gerou ao setor uma receita 3% menor que nos três primeiros meses do ano passado. Preço do minério de ferro exportado para a China mais do que dobra. Na comparação do primeiro trimestre de 2011 em relação ao primeiro trimestre de 2010, o minério de ferro teve aumento de 145% no preço médio. A queda de 3,3% da demanda chinesa por minério brasileiro foi pequena e o setor fechou o trimestre com ganho de receita de 137,0%, saindo de US$1,5 bilhão (jan-mar 2010) para US$ 3,7 bilhões (jan-mar 2011). Importações da China de manufaturados crescem 35%. Puxada principalmente por Aparelhos de ar condicionado, partes de aparelhos de ar condicionado, transmissores e receptores de telefonia celular e adubos e fertilizantes, as importações brasileiras da China cresceram 35% na comparação do primeiro trimestre de 2011 contra o mesmo período de 2010. China desbanca EUA no fornecimento de Adubos e Fertilizantes para o Brasil. No primeiro trimestre do ano a China passa a ser o principal exportador de adubos e fertilizantes para o Brasil, detendo 52,9% da pauta. No mesmo período do ano passado, o posto de principal parceiro cabia aos EUA que detinham 98,1% do mercado brasileiro do produto. As vendas chinesas saíram de US$ 46 mil (jan- mar 2010) para US$ 52,8 milhões (jan-mar 2011). Elaboração: DEREX / Área de Análise Econômica do Comércio Exterior – Fevereiro de 2011
  2. 2. Raio-X do Comércio Exterior Brasileiro Março de 2011 Evolução da Balança Comercial Brasil-China (US$ bilhões) 3,5 3,3 3,2 3,3 3,2 2,8 2,7 2,72,6 2,5 2,6 2,6 2,5 2,3 2,4 2,4 2,3 2,3 2,2 2,4 2,1 1,8 2,0 2,2 1,7 1,8 1,6 0,9 0,8 0,9 0,8 0,5 -0,4 0,5 0,7 0,3 0,1 -0,6 -0,2 mar/10 abr/10 mai/10 jun/10 jul/10 ago/10 set/10 out/10 nov/10 dez/10 jan/11 fev/11 mar/11 Exportação Importação Saldo Evolução da Balança de Manufaturados Brasil-China (US$ bilhões) 2,0 2,3 2,3 2,7 2,5 2,6 2,1 2,3 2,3 2,4 1,6 1,8 1,9 0,1 0,1 0,1 0,1 0,1 0,2 0,1 0,1 0,1 0,2 0,1 0,0 0,1 -1,9 -1,5 -1,7 -1,8 -2,2 -2,2 -2,4 -2,4 -2,0 -2,1 -2,2 -2,3 -2,5mar/10 abr/10 mai/10 jun/10 jul/10 ago/10 set/10 out/10 nov/10 dez/10 jan/11 fev/11 mar/11 Exportação Importação Saldo Composição da Pauta - janeiro-março de 2011 Exportações Importações 0% 10% 3% 5% 85% 97% Básicos Manufaturados SemimanufaturadosElaboração: DEREX / Área de Análise Econômica do Comércio ExteriorFonte: AliceWeb/MDIC 01
  3. 3. Raio-X do Comércio Exterior Brasileiro Março de 2011 Exportações - Principais Produtos (US$ milhões) jan - mar jan - mar Part. 2011 Var. 2011 2010Total 7.136,8 4.648,7 100% 54% Básicos 6.068,1 3.647,1 85,0% 66% Minérios de ferro e seus concentrados 3.714,0 1.566,7 52,0% 137% Óleos brutos de petróleo 1.209,9 967,8 17,0% 25% Soja, mesmo triturada 915,5 943,2 12,8% -3% Carne de frango 81,6 32,7 1,1% 150% Minérios de cobre e seus concentrados 49,2 24,6 0,7% 100% Mármores e granitos brutos 27,3 23,7 0,4% 15% Minérios de manganes 22,4 49,7 0,3% -55% Resíduos vegetais 9,0 4,2 0,1% 115% Minério de Cromo 7,1 3,4 0,1% 108% Demais 32,0 31,1 0,4% 3% Semimanufaturados 722,69 664,22 10,1% 9% Celulose 274,5 261,2 3,8% 5% Ferro-ligas 117,6 85,2 1,6% 38% Couros e peles depilados 84,1 0,0 1,2% - Ferro fundido bruto e ferro "spiegel" 63,9 64,4 0,9% -1% Óleo de soja bruto 27,8 29,5 0,4% -6% Catodos de cobre 21,3 28,5 0,3% -25% Demais 133,5 195,5 1,9% -32% Manufaturados 346,0 337,3 4,8% 3% Aviões 65,0 89,7 0,9% -28% Polímeros plásticos #N/D 34,9 34,6 45,4 13,5 0,5% -23% 157% Demais produtos manufaturados 31,3 22,2 0,4% 41% Papel e cartão 27,1 18,5 0,4% 47% Bombas e compressores 14,9 16,2 0,2% -8% Partes de motores para automóveis 11,3 9,8 0,2% 16% Partes e peças para veículos 10,3 5,4 0,1% 92% Rolamentos e engrenagens 10,1 11,2 0,1% -10% Hidrocarbonetos e seus derivados 9,0 4,8 0,1% 87% Demais 97,6 100,7 1,4% -3%Elaboração: DEREX / Área de Análise Econômica do Comércio Exterior 02Fonte: AliceWeb/MDIC
  4. 4. Raio-X do Comércio Exterior Brasileiro Março de 2011 Importações - Principais Produtos (US$ Milhões) jan - mar jan - mar Part. Var. 2011 2010 2011Total 7.186,4 5.257,7 100,0% 37% Básicos 216,5 75,8 3,0% 186% Coques de Hulha 93,0 0,0 1,3% - Filés de peixe congelados 41,8 8,4 0,6% 399% Alhos frescos ou refrigerados 11,3 28,4 0,2% -60% Feijões 8,9 0,0 0,1% - Hortaliças secas em pedaços 8,8 5,6 0,1% 57% Bacalhau 6,0 2,9 0,1% 107% Demais 46,7 30,5 0,7% 53% Semimanufaturados 17,3 20,9 0,2% -17% Manganes bruto 2,2 2,6 0,0% -17% Antimonio em formas brutas 2,0 0,9 0,0% 117% Cacau em pó 1,9 3,0 0,0% -38% Produtos semimanufaturados de liga de açõ 1,3 0,0 0,0% - Outras ligas de ferromanganes 1,2 4,9 0,0% -75% Demais 8,8 9,5 0,1% -7% Manufaturados 6.952,6 5.161,0 96,7% 35% Partes e aparelhos de televisão e transmissores 265,4 241,1 3,7% 10% Circuitos impressos e aperelhos de telefonia 133,8 86,4 1,9% 55% Aparelhos de ar condicionado 85,9 40,2 1,2% 114% Partes de aparelhos de ar condicionado 83,9 28,9 1,2% 191% Transmissores e receptores de telefonia celular 83,4 30,0 1,2% 177% Maquinas para processamento de dados 80,5 68,3 1,1% 18% Telas de LCD 76,5 125,4 1,1% -39% Circuitos impressos 64,0 52,6 0,9% 22% Circuitos impressos para aparelhos de telefonia 62,3 51,9 0,9% 20% Circuitos integrados e microconjuntos eletronicos 53,6 44,5 0,7% 20% Lâmpadas, tubos eletricos e farois 53,0 64,8 0,7% -18% Adubos ou fertilizantes 52,8 0,0 0,7% - Máquinas automáticas para proc. de dados 51,1 22,7 0,7% 125% Outros acumuladores elétricos 43,6 38,0 0,6% 15% Demais produtos manufaturados 43,3 23,6 0,6% 83% Demais 5.719,7 4.242,5 79,6% 35%Elaboração: DEREX / Área de Análise Econômica do Comércio Exterior 03Fonte: AliceWeb/MDIC
  5. 5. Raio-X do Comércio Exterior Brasileiro Março de 2011 Participação da China nas importações brasileiras de janeiro e março de 2011 US$ milhões Participação jan-mar jan-mar jan-mar jan-mar15 Principais Produtos 2011 2010 2011 2010 Partes e aparelhos de televisão e transmissores 265,4 241,1 43,9% 52,1% ▼ Circuitos impressos e aperelhos de telefonia 133,8 86,4 55,8% 52,2% ▲ Aparelhos de ar condicionado 85,9 40,2 99,0% 99,2% ▼ Partes de aparelhos de ar condicionado 83,9 28,9 72,7% 60,8% ▲ Transmissores e receptores de telefonia celular 83,4 30,0 58,1% 43,1% ▲ Maquinas para processamento de dados 80,5 68,3 95,0% 92,9% ▲ Telas de LCD 76,5 125,4 73,1% 39,5% ▲ Circuitos impressos 64,0 52,6 59,4% 56,3% ▲ Circuitos impressos para aparelhos de telefonia 62,3 51,9 34,1% 37,2% ▼ Circuitos integrados e microconjuntos eletronicos 53,6 44,5 21,1% 23,5% ▼ lampadas,tubos eletricos e farois 53,0 64,8 83,9% 88,1% ▼ Adubos ou fertilizantes 52,8 0,0 52,9% 0,9% ▲ Máquinas automáticas para proc. de dados 51,1 22,7 47,8% 23,4% ▲ Outros acumuladores elétricos 43,6 38,0 62,6% 62,2% ▲ Demais produtos manufaturados 43,3 23,6 96,5% 92,9% ▲ Comparação do preço médio das importações brasileiras da China e do Mundo no acumulado de janeiro e março de 2011 US$ / Kg15 Principais Produtos China Mundo Diferença Partes e aparelhos de televisão e transmissores 20,5 23,2 -12% Circuitos impressos e aperelhos de telefonia 125,0 123,3 1% Aparelhos de ar condicionado 4,1 4,2 0% Partes de aparelhos de ar condicionado 5,1 6,5 -21% Transmissores e receptores de telefonia celular 181,4 251,6 -28% Maquinas para processamento de dados 93,8 95,3 -2% Telas de LCD 77,0 80,6 -4% Circuitos impressos 36,3 45,4 -20% Circuitos impressos para aparelhos de telefonia 339,6 504,6 -33% Circuitos integrados e microconjuntos eletronicos 3.532,3 1.129,1 213% lampadas,tubos eletricos e farois 7,7 6,8 13% Adubos ou fertilizantes 0,4 0,4 -1% Máquinas automáticas para proc. de dados 128,2 130,4 -2% Outros acumuladores elétricos 66,9 62,5 7% Demais produtos manufaturados 0,3 0,3 -2%Elaboração: DEREX / Área de Análise Econômica do Comércio ExteriorFonte: AliceWeb/MDIC 04

×