Dezembro | 2011                  Superávit Comercial com a China dobra em 2011. Na comparação com o                  ano d...
RAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINA                      Evolução da Balança Comercial Brasil-China (US$ bilhões...
RAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINA                                 Exportações - Principais Produtos (US$ Milhõ...
RAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINA                                 Importações - Principais Produtos (US$ Milhõ...
RAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINA               Participação da China nas Importações Brasileiras de Manufatur...
Raio- X das Relações Bilaterais Brasil- China (Dezembro 2011)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Raio- X das Relações Bilaterais Brasil- China (Dezembro 2011)

765 visualizações

Publicada em

Levantamento mensal das trocas comerciais entre Brasil- China. Estudo realizado pela área de Análise Econômica do Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior da FIESP.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
765
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
94
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Raio- X das Relações Bilaterais Brasil- China (Dezembro 2011)

  1. 1. Dezembro | 2011 Superávit Comercial com a China dobra em 2011. Na comparação com o ano de 2010, o superávit comercial com a China cresceu 122%, saindo de US$ 5,2 bilhões para US$ 11,5 bilhões. Esse saldo é reflexo de um crescimento das exportações (+44%) superior ao crescimento das importações (+28%). Soja e Minério de ferro impulsionam superávit comercial. As exportações para a China de soja e minério de ferro, apresentaram, em dólares, crescimento de, respectivamente, 54% e 48% em relação ao ano de 2010. Por outro lado, a quantidade embarcada destes produtos apresentaram crescimentos mais modestos de, 8% e 16%, respectivamente. Isso mostra, que grande parte do superávit brasileiro com a China continua sendo mantido pela alta do preços de commodities. Juntos, esse produtos representam 69,4% de toda a pauta de exportação para o país asiático. Déficit de Manufaturas é 25,7% maior que o ano passado. Em 2011, o Brasil apresentou recorde no déficit de manufaturas com a China (US$ 29,6 bilhões). O aprofundamento do déficit, em relação ao ano passado (US$ 23,6 bilhões) foi de 25,7%. Açúcar brasileiro ganha destaque dentre as vendas de produtos semi e manufaturados. As exportações brasileiras de açúcar bruto (semimanufaturado) e acúcar refinado (manufaturado) aumentaram consideravelmente em relação à 2010. O crescimento do açúcar bruto foi maior no preço (129%) que no volume embarcado (65%). Já a demanda chinesa por açúcar refinado, foi cinco vezes maior (94 mil toneladas) que no ano passado (16,6 mil toneladas). No mesmo período, a receita deste último produto, saiu de US$ 9,3 milhões para US$ 60 milhões. Bombas e compressores chineses são 77% mais barato que no resto do mundo. Em 2011, o preço médio de Bombas e Compressores vindos da China (US$ 5,1) foram 77% mais barato que os comprados do resto do mundo (US$ 22,5). Em relação ao ano passado, a participação nas importações brasileiras cresceu 5 p.p. e chegou a 19,4%. Ainda que este produto detenha alto diferencial de preço médio (77%), não possui participação tão elevada no mercado brasileiro como alguns produtos chineses que chegam a ter 80% do market share.
  2. 2. RAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINA Evolução da Balança Comercial Brasil-China (US$ bilhões) 4,7 4,4 4,6 4,5 4,3 3,9 3,6 3,5 3,7 3,2 2,9 3,3 3,2 2,9 3,1 2,6 2,7 2,6 2,6 2,2 1,82,3 2,22,4 2,5 2,2 1,7 2,0 1,7 1,4 1,4 1,3 0,7 1,0 0,5 0,6 0,4 -0,2 -0,6 dez/10 jan/11 fev/11 mar/11 abr/11 mai/11 jun/11 jul/11 ago/11 set/11 out/11 nov/11 dez/11 Exportação Importação Saldo Evolução da Balança Comercial de Manufaturados Brasil-China (US$ bilhões) 2,8 3,2 3,1 2,8 3,0 2,3 2,3 2,4 2,1 2,5 2,6 2,5 2,1 0,2 0,1 0,1 0,1 0,1 0,1 0,2 0,2 0,3 0,3 0,2 0,2 0,2 -1,9 -2,1 -2,2 -2,3 -2,0 -2,5 -2,3 -2,4 -2,7 -2,8 -2,6 -2,9 -2,8 dez/10 jan/11 fev/11 mar/11 abr/11 mai/11 jun/11 jul/11 ago/11 set/11 out/11 nov/11 dez/11 Exportação Importação Saldo Composição da Pauta (Janeiro a Dezembro de 2011) Exportações Importações US$ 196,6 bi US$ 0,1 bi 96,6% US$ 5,7 bi 0,3% US$ 0,89 bi 2,8% 0,6% US$ 1,2 bi 2,7% 97,0% US$ 31,58 bi Básicos Semimanufaturados ManufaturadosFonte: AliceWeb/MDIC 03
  3. 3. RAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINA Exportações - Principais Produtos (US$ Milhões) Jan a Jan a Variação Part.* dez/11 dez/10 Valor PesoTotal 100% 44.315 30.786 44% 8% Básicos 85,0% 37.661 25.755 46% 8% Minérios de ferro e seus concentrados 44,7% 19.797 13.338 48% 8% Soja, mesmo triturada 24,7% 10.957 7.133 54% 16% Óleos brutos de petróleo 11,0% 4.884 4.053 20% -14% Algodão, em bruto 1,3% 569 140 306% 224% Carne de frango 1,0% 423 220 93% 61% Outros 2,3% 1.032 871 18% 5% Semimanufaturados 10,4% 4.594 3.622 27% 15% Celulose 2,9% 1.300 1.126 15% 13% Açúcar, em bruto 2,6% 1.157 505 129% 65% Óleo de soja, em bruto 1,7% 760 781 -3% -31% Ferroligas 1,0% 436 328 33% 59% Couros e peles depilados 0,9% 399 351 14% 7% Outros 1,2% 543 532 2% -7% Manufaturados 4,6% 2.029 1.395 45% 89% Aviões 1,4% 619 368 68% 57% Polímeros plásticos 0,7% 310 131 137% 102% Suco de laranja, congelado 0,3% 114 74 54% -2% Papel e cartão 0,2% 90 84 7% 5% Açúcar refinado 0,1% 60 9 544% 468% Partes de motores para automóveis 0,1% 46 46 1% 84% Rolamentos e engrenagens, partes e peças 0,1% 43 40 8% -14% Bombas e compressores 0,1% 42 56 -26% -38% Máquinas e aparelhos p/ fabricação de celulose e papel 0,1% 39 3 1237% 1804% Pedras preciosas ou semipreciosas, trabalhadas 0,1% 28 15 87% 63% Medicamentos para medicina humana e veterinária 0,1% 28 28 0,6% 20% Partes e peças para veículos 0,1% 27 22 23% 38% Hidrocarbonetos e seus derivados halogenados 0,1% 25 19 31% 87% Aparelhos transmissores ou receptores, e componentes 0,0% 21 17 23% -11% Turbinas e rodas hidráulicas 0,0% 18 9 96% 90% Outros 1,2% 517 473 9% 115%Participação sobre o total exportado no periodo de Janeiro a DezembroFonte: AliceWeb/MDIC 02
  4. 4. RAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINA Importações - Principais Produtos (US$ Milhões) Jan a Jan a Variação Part.* dez/11 dez/10 Valor PesoTotal 100% 32.788 25.595 28% 24% Básicos 2,7% 888 536 66% 44% Coques e semicoques de hulha, linhita ou turfa 1,1% 360 146 147% 154% Filés de peixes congelados, exceto merluza 0,5% 151 55 172% 165% Alhos comuns, frescos ou refrigerados 0,3% 102 141 -28% 4% Produtos hortícolas, secos 0,1% 40 33 21% 0% Feijão preto, em grãos, seco 0,1% 37 24 51% 44% Outros 0,6% 198 136 45% -56% Semimanufaturados 0,3% 103 105 -1% -17% Ferro-ligas 0,1% 21 37 -42% -54% Borracha sintética e borracha artificial 0,1% 19 5 297% 164% Manganês, em bruto 0,0% 16 25 -36% -47% Sucos e extratos vegetais 0,0% 6 5 20% -6% Produtos semimanufaturados de ferro ou aços 0,0% 5 2,9 90% 106% Outros 0,1% 37 31 19% 15% Manufaturados 96,3% 31.576 24.924 27% 21% Partes de aparelhos transmissores ou receptores 5,1% 1.684 1.439 17% 25% Máquinas automáticas para proc. de dados 4,0% 1.320 1.040 27% 7% Partes e acessórios p/ máquinas de process. de dados 3,4% 1.120 1.050 7% 3% Circuitos impressos e partes p/ aparelhos de telefonia 3,1% 1.027 724 42% 20% Circuitos integrados e microconjuntos eletrônicos 2,5% 809 898 -10% -17% Motores, geradores e transformadores elétricos 2,4% 781 687 14% 1% Laminados planos de ferro ou aços 2,3% 756 1.038 -27% -38% Aparelhos transmissores/receptores de telefonia celular 2,1% 702 341 106% 103% Aparelhos transmissores/receptores, outros 1,9% 618 495 25% -29% Compostos heterocíclicos, seus sais e sulfonamidas 1,8% 596 499 20% 7% Brinquedos, jogos e artigos para diversão 1,8% 591 420 41% 26% Tecidos e fibras têxteis, sintéticos ou artificiais 1,5% 501 355 41% 25% Automóveis de passageiros 1,5% 483 70 591% 593% Aparelhos eletromec. ou térmicos, de uso doméstico 1,4% 465 365 27% 16% Bombas e compressores 1,4% 448 342 31% 20% Outros 60,0% 19.675 15.160 30% 36%Participação sobre o total exportado no periodo de Janeiro a DezembroFonte: AliceWeb/MDIC 03
  5. 5. RAIO-X DAS RELAÇÕES BILATERAIS BRASIL - CHINA Participação da China nas Importações Brasileiras de Manufaturados US$ milhões Participação Principais Produtos Manufaturados jan-Dez jan-Dez jan-Dez jan-Dez ∆ 2011 2010 2011 2010 Partes de aparelhos transmissores ou receptores 1.684 1.439 46,5% 44,6% ▲ Máquinas automáticas para proc. de dados 1.320 1.040 53,0% 47,7% ▲ Partes e acessórios p/ máquinas de process. de dados 1.120 1.050 56,3% 55,1% ▲ Circuitos impressos e partes p/ aparelhos de telefonia 1.027 724 51,5% 49,5% ▲ Circuitos integrados e microconjuntos eletrônicos 809 898 18,4% 22,5% ▼ Motores, geradores e transformadores elétricos 781 687 25,1% 25,9% ▼ Laminados planos de ferro ou aços 756 1.038 31,0% 30,5% ▲ Aparelhos transmissores/receptores de telefonia celular 702 341 68,5% 58,9% ▲ Aparelhos transmissores/receptores, outros 618 495 49,3% 48,6% ▲ Compostos heterocíclicos, seus sais e sulfonamidas 596 499 20,5% 18,9% ▲ Brinquedos, jogos e artigos para diversão 591 420 81,6% 79,6% ▲ Tecidos e fibras têxteis, sintéticos ou artificiais 501 355 71,9% 69,0% ▲ Automóveis de passageiros 483 70 4,1% 0,8% ▲ Aparelhos eletromec. ou térmicos, de uso doméstico 465 365 83,9% 83,2% ▲ Bombas e compressores 448 342 19,4% 14,4% ▲ Preço Médio das Importações Brasileiras de Manufaturados (Janeiro a Dezembro de 2011) Principais Produtos Manufaturados US$/Kg Diferença (China-Mundo) Mundo China US$/Kg % Partes de aparelhos transmissores ou receptores 21,1 15,2 -5,9 -28% Máquinas automáticas para proc. de dados 109,2 47,6 -61,6 -56% Partes e acessórios p/ máquinas de process. de dados 83,5 30,3 -53,2 -64% Circuitos impressos e partes p/ aparelhos de telefonia 192,0 125,3 -66,7 -35% Circuitos integrados e microconjuntos eletrônicos 1.083,4 899,3 -184,2 -17% Motores, geradores e transformadores elétricos 16,1 8,2 -8,0 -49% Laminados planos de ferro ou aços 1,1 0,9 -0,3 -24% Aparelhos transmissores/receptores de telefonia celular 195,4 151,1 -44,3 -23% Aparelhos transmissores/receptores, outros 148,3 26,5 -121,8 -82% Compostos heterocíclicos, seus sais e sulfonamidas 20,5 8,0 -12,4 -61% Brinquedos, jogos e artigos para diversão 7,9 5,8 -2,1 -26% Tecidos e fibras têxteis, sintéticos ou artificiais 4,3 4,5 0,2 5% Automóveis de passageiros 11,9 5,9 -6,0 -51% Aparelhos eletromec. ou térmicos, de uso doméstico 13,2 4,6 -8,7 -66% Bombas e compressores 22,5 5,1 -17,4 -77%Fonte: AliceWeb/MDIC 04

×