Raio-X das Relações Bilaterais Brasil - China ( Agosto 2011)

606 visualizações

Publicada em

Levantamento mensal das trocas comerciais entre Brasil- China.
Estudo realizado pela área de Análise Econômica do Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior da FIESP.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
606
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Raio-X das Relações Bilaterais Brasil - China ( Agosto 2011)

  1. 1. agosto | 2011 Recorde de importações: As importações provenientes da China atingiram recorde de US$ 3,3 bi em agosto, o que também significa recorde de importações de manufaturas, uma vez que estes produtos representam 96,5% da pauta. A cifra de US$ 3,2 bi em importações de manufaturas ultrapassou o valor importado no mês passado, recorde até então. [pág. 01] Maior déficit mensal já registrado: Com recorde de importações, o déficit na balança comercial de produtos manufaturados também atingiu maior nível da série (US$ 2,9 bi), o que representa um aprofundamento de 35% em relação a agosto de 2010. No acumulado do ano, o déficit atinge US$ 19,0 bi. [pág. 01] Volume embarcado de soja permanece estagnado: No acumulado de janeiro a agosto, na comparação com o mesmo período de 2010, o volume exportado de soja para a China mantém-se praticamente inalterado. Por outro lado, por conta da alta no preço da commodity , as exportações em dólares tiveram um aumento de 33%. [pág. 02] Queda nas exportações de petróleo: A despeito da alta no preço do produto este ano, fazendo com que as exportações em valor aumentassem 18%. Quando considerado o quantum, as vendas de petróleo à China tiveram uma queda de 15%, na comparação do acumulado do ano com mesmo período do ano passado. [pág. 01] Queda nas importações de siderurgia: As importações de produtos siderúrgicos, como as ferro-ligas e os laminados planos de ferro ou aços , tiveram redução de 44% e 36% (em peso), respectivamente. Em 2010, a forte entrada destes produtos provenientes da China no mercado brasileiro foram motivo de grande preocupação. [pág. 03] China aumenta sua participação nas compras de LCD: Mesmo com uma redução de mais de 70% nas importações brasileiras de dispositivos de cristais líquidos (LCD), na comparação do acumulado de janeiro a agosto a China ampliou sua participação neste segmento: de 48,6% em 2010 para 71,0% este ano. [pág. 04] Preço médio dos siderúrgicos chineses é menor: Apesar da queda já destacada, as importações brasileiras dos produtos laminados de ferro ou aços encontram preço 17% mais barato em relação ao mundo, nas compras provenientes da China. Não só neste produto, claramente, mas todos os 15 principais manufaturados importados do parceiro possuem preço médio menor em relação à média das importações brasileiras. [pág. 04]Elaboração: DEREX / Área de Análise Econômica do Comércio Exterior
  2. 2. Raio-X das Relações Bilaterais Brasil-China Agosto de 2011 Evolução da Balança Comercial Brasil-China (US$ bilhões) 4,7 4,4 4,6 4,3 3,9 3,2 3,3 3,2 3,3 2,7 2,9 2,7 2,72,6 2,32,6 2,6 2,5 2,6 2,4 2,2 2,3 2,22,4 2,2 1,8 1,7 2,0 1,7 1,4 1,4 0,8 0,5 0,7 0,5 0,1 -0,4 -0,2 -0,6 ago/10 set out nov dez/10 jan fev mar abr mai jun jul ago/11 Exportação Importação Saldo Evolução da Balança Comercial de Manufaturados Brasil-China (US$ bilhões) 2,8 3,2 2,3 2,7 2,5 2,6 2,3 2,3 2,4 2,5 2,6 2,1 2,1 0,2 0,1 0,1 0,1 0,2 0,1 0,1 0,1 0,1 0,1 0,2 0,2 0,3 -2,1 -2,4 -1,9 -2,1 -2,2 -2,3 -2,0 -2,6 -2,5 -2,5 -2,4 -2,7 -2,9 ago/10 set out nov dez/10 jan fev mar abr mai jun jul ago/11 Exportação Importação Saldo Composição da Pauta (Janeiro a Agosto de 2011) Exportações Importações US$ 25,2 bi US$ 25,2 bi 86,6% 96,5% US$ 2,7 bi US$ 2,7 bi 9,3% 3,2% 4,0% US$ 1,2 bi 0,3% US$ 1,2 bi Básicos Semimanufaturados ManufaturadosFonte: AliceWeb/MDIC 03
  3. 3. Raio-X das Relações Bilaterais Brasil-China Agosto de 2011 Exportações - Principais Produtos (US$ Milhões) Jan a Jan a Variação Part.* Ago/11 Ago/10 Valor PesoTotal 100% 29.051 19.914 46% 8% Básicos 86,6% 25.158 16.558 52% 8% Minérios de ferro e seus concentrados 42,9% 12.459 6.741 85% 11% Soja, mesmo triturada 29,7% 8.631 6.498 33% 0,04% Petróleo, em bruto 11,3% 3.281 2.789 18% -15% Minérios de manganês e seus concentrados 0,3% 83 155 -47% -36% Carne de frango 0,9% 259 118 119% 70% Outros 1,5% 445 257 73% 21% Semimanufaturados 9,3% 2.711 2.490 9% -2% Celulose 2,7% 789 798 -1% -7% Óleo de soja, em bruto 1,7% 495 580 -15% -41% Açúcar, em bruto 1,7% 489 337 45% 4% Couros e peles depilados 0,9% 256 252 2% 7% Ferroligas 0,9% 258 226 14% 15% Outros 1,5% 423 297 42% 91% Manufaturados 4,0% 1.169 859 36% 67% Aviões 1,0% 292 242 21% 11% Polímeros plásticos 0,6% 170 69 145% 107% Papel e cartão, para fins gráficos 0,2% 64 59 8% 4% Bombas e compressores 0,1% 30 39 -23% -36% Suco de laranja, congelado 0,2% 73 38 89% 10% Partes de motores para automóveis 0,1% 31 30 6% 89% Rolamentos e engrenagens, partes e peças 0,1% 27 27 1% -14% Álcoois acíclicos e seus derivados halogenados 0,0% 7 25 -74% -75% Hidrocarbonetos e seus derivados halogenados 0,0% 9 15 -40% 31% Partes e peças para veículos 0,1% 18 13 36% 43% Medicamentos para medicina humana e veterinária 0,1% 21 13 59% 113% Compostos químicos de funções nitrogenadas 0,0% 10 9 16% -11% Aparelhos transmissores ou receptores, e componentes 0,0% 8 9 -11% -52% Circuitos integrados e microconjuntos eletrônicos 0,0% 7 9 -17% -49% Laminadores de metais e seus cilindros 0,0% 3 9 -66% -62% Outros 1,4% 398 253 57% 119%*Participação sobre o total exportado no periodo de Janeiro a Agosto de 2011.Fonte: AliceWeb/MDIC 02
  4. 4. Raio-X das Relações Bilaterais Brasil-China Agosto de 2011 Importações - Principais Produtos (US$ Milhões) Jan a Jan a Variação Part.* Ago/11 Ago/10 Valor PesoTotal 100% 20.948 15.485 35% 36% Básicos 3,2% 666 316 111% 74% Coques e semicoques de hulha, linhita ou turfa 1,5% 306 99 208% 216% Alhos comuns frescos ou refrigerados 0,3% 69 93 -26% -28% Filés de peixes congelados, exceto de merluza 0,5% 97 27 257% 230% Produtos hortícolas secos 0,1% 27 17 62% -5% Tripas de animais 0,1% 24 11 109% 55% Outros 0,7% 143 69 109% -28% Semimanufaturados 0,3% 61 73 -16% -24% Ferro-ligas 0,1% 14 31 -54% -65% Manganês, em bruto 0,0% 10 14 -31% -44% Borracha sintética e borracha artificial 0,0% 7 3 94% 45% Sucos e extratos vegetais 0,0% 3 3 11% -38% Couros e peles, exceto em bruto 0,0% 1 2,0 -32% -68% Outros 0,1% 26 19 34% 61% Manufaturados 96,3% 20.169 15.087 34% 32% Partes de aparelhos transmissores ou receptores 5,1% 1.059 932 14% 14% Partes de máquinas para processamento de dados 3,4% 722 678 6% 3% Máquinas automáticas para proc. de dados 4,1% 867 646 34% 8% Circuitos integrados e microconjuntos eletrônicos 2,6% 544 572 -5% -17% Laminados planos de ferro ou aços 2,1% 435 556 -22% -36% Circuitos impressos para aparelhos de telefonia 3,4% 717 473 52% 33% Motores, geradores e transformadores elétricos 2,4% 512 448 14% 1% Dipositivos de cristal líquido (LCD) 0,8% 158 371 -57% -79% Compostos heterocíclicos, seus sais e sulfonamidas 1,7% 361 325 11% 8% Aparelhos transmissores ou receptores 1,8% 371 322 15% -48% Tecidos de malha 1,2% 257 270 -5% -11% Brinquedos, jogos e artigos para diversão 1,6% 344 243 41% 27% Aparelhos eletromecânicos ou térmicos, uso doméstico 1,6% 325 235 38% 21% Tecidos de fibras têxteis, sintéticas ou artificiais 1,4% 302 232 30% 17% Lâmpadas, tubos elétricos e faróis 0,9% 194 230 -16% -19% Outros 62,1% 12.999 8.552 52% 54%*Participação sobre o total importado no periodo de Janeiro a Agosto de 2011.Fonte: AliceWeb/MDIC 03
  5. 5. Raio-X das Relações Bilaterais Brasil-China Agosto de 2011 Participação da China nas Importações Brasileiras de Manufaturados US$ milhões Participação Principais Produtos Manufaturados jan-ago jan-ago jan-ago jan-ago 2011 2010 2011 2010 Partes de aparelhos transmissores ou receptores 1.059 932 44,3% 44,9% ▼ Partes de máquinas para processamento de dados 722 678 55,1% 55,1% ▲ Máquinas automáticas para proc. de dados 867 646 53,4% 47,6% ▲ Circuitos integrados e microconjuntos eletrônicos 544 572 17,9% 22,0% ▼ Laminados planos de ferro ou aços 435 556 27,4% 26,8% ▲ Circuitos impressos para aparelhos de telefonia 717 473 50,8% 48,5% ▲ Motores, geradores e transformadores elétricos 512 448 24,8% 26,1% ▼ Dipositivos de cristal líquido (LCD) 158 371 71,0% 48,6% ▲ Compostos heterocíclicos, seus sais e sulfonamidas 361 325 19,3% 20,2% ▼ Aparelhos transmissores ou receptores 371 322 48,0% 48,2% ▼ Tecidos de malha 257 270 87,2% 86,6% ▲ Brinquedos, jogos e artigos para diversão 344 243 79,4% 77,0% ▲ Aparelhos eletromecânicos ou térmicos, uso doméstico 325 235 84,5% 83,2% ▲ Tecidos de fibras têxteis, sintéticas ou artificiais 302 232 71,7% 68,3% ▲ Lâmpadas, tubos elétricos e faróis 194 230 60,7% 67,4% ▼ Preço Médio das Importações Brasileiras de Manufaturados (Janeiro a Agosto de 2011) Principais Produtos Manufaturados US$/Kg Diferença (China-Mundo) Mundo China US$/Kg % Partes de aparelhos transmissores ou receptores 17,5 15,1 -2,4 -14% Partes de máquinas para processamento de dados 40,3 29,1 -11,2 -28% Máquinas automáticas para proc. de dados 62,4 46,5 -15,9 -25% Circuitos integrados e microconjuntos eletrônicos 1.058 882,1 -175,8 -17% Laminados planos de ferro ou aços 1,0 0,9 -0,2 -17% Circuitos impressos para aparelhos de telefonia 157,1 129,1 -28,0 -18% Motores, geradores e transformadores elétricos 13,1 8,1 -5,0 -38% Dipositivos de cristal líquido (LCD) 121,9 116,1 -5,7 -5% Compostos heterocíclicos, seus sais e sulfonamidas 15,7 7,9 -7,8 -50% Aparelhos transmissores ou receptores 49,0 28,0 -21,0 -43% Tecidos de malha 4,7 4,6 -0,1 -3% Brinquedos, jogos e artigos para diversão 6,5 6,2 -0,3 -5% Aparelhos eletromecânicos ou térmicos, uso doméstico 5,1 4,6 -0,5 -10% Tecidos de fibras têxteis, sintéticas ou artificiais 4,4 4,4 0,0 0% Lâmpadas, tubos elétricos e faróis 9,1 8,2 -0,9 -9%Fonte: AliceWeb/MDIC 04

×