Filosofia I - 3º ano

4.624 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.624
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
427
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
256
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Filosofia I - 3º ano

  1. 1. Filosofia I PROFESSORA: RAQ UEL
  2. 2. INTRODUÇÃO À FILOSOFIA:O que é filosofia? – Do Mito à Filosofia
  3. 3. O que éfilOsOfia?
  4. 4. Filosofia é Visão de Mundo?
  5. 5. MAFALDA E A FILOSOFIA
  6. 6. No Dia Seguinte...
  7. 7. Filosofia é uma palavra grega, composta por: philo e sophia. Philo deriva-se de philia, que significaamizade, amor fraterno, respeito entre os iguais. Sophia quer dizer sabedoria e dela vem a palavra sophos, sábio..
  8. 8. Filosofia significa amizade pela sabedoria, amor erespeito pelo saber.Filósofo: o que ama a sabedoria, temamizade pelo saber, deseja saber.
  9. 9. Atribui-se ao filósofo grego Pitágoras de Samos (que viveu noséculo V antes de Cristo) a invenção da palavra filosofia.Pitágoras teria afirmadoque a sabedoria plena e completa pertence aos deuses, mas que oshomens podem desejá-la ou amá-la, tornando- se filósofos.
  10. 10. Os estudos filosóficos podemcontribuir de maneira significativa na vida do individuo, já quedemanda a formação integral do ser humano.
  11. 11. é a filOsOfia que reúne OpensamentO fragmentadO pelasciências e as Outras fOrmas dOcOnhecer. Busca resgatar aintegraçãO que se lOcaliza nOsentidO humanO dO sentir, dOpensar e dO agir.
  12. 12. A filosofia dá ao ser humano aoportunidade de desenvolver ascompetências necessárias para o seu pensarautônomo, indagando sobre as coisas. Éuma disciplina de caráter interdisciplinar,pois é capaz de estabelecer um elo entretodos os saberes.
  13. 13. Enfim...A Filosofia pode ser entendida como uma aspiração ao conhecimento racional, lógico e sistemático da realidade natural e humana, da origem e causas do mundo e de suas transformações, da origem e causas das ações humanas e do próprio
  14. 14. para que serve afilOsOfia?
  15. 15. cOmO surgiu a filOsOfia?
  16. 16. dO mitO àfilOsOfia
  17. 17. O que éO mitO?
  18. 18. Para os gregos...Mito é um discurso pronunciado ouproferido para ouvintes que recebem anarrativa como verdadeira porqueconfiam naquele que narra.É uma narrativa feita em público.Baseada na autoridade e confiabilidadeda pessoa do narrador
  19. 19. O pensamento mítico é pornatureza uma explicação darealidade que não necessita demetodologia e rigor, enquantoque o logos caracteriza-se pelatentativa de dar resposta a estamesma realidade, a partir deconceitos racionais.
  20. 20. Os mitos cumpriamuma função socialmoralizante de talforma que essasnarrativas ocupavamo imaginário doscidadãos da pólisgrega direcionandosuas condutas.
  21. 21. A Mitologia Hoje
  22. 22. Na modernidade, podemospensar filosoficamente outrosconceitos para o mito. Um dosmodos de entender o mito épensá-lo como fantasmagoria,isto é, aquilo que a sociedadeimagina de si mesma a partir deuma aparência que acredita ser arealidade.
  23. 23. Por exemplo....É mítica a ideia de progresso, porque éuma ideia que nos move e alimenta nossaação, mas, na realidade não se concretiza.A sociedade moderna não progride nosentido que tudo o que é novo é absorvidopara a manutenção e ampliação dasestruturas do sistema capitalista. Oprogresso apresenta-se como um mitoporque alimenta o nosso imaginário.
  24. 24. Para Nietzsche (1844 – 1900)o iluminismo não cumpriu o quese propôs a fazer. Não libertou oshomens de seus prejuízos, osmitos não foram abandonados,mas substituídos por novos emais elaborados heróis. O quepode ser tão escravizador quantoo dogma, isso porque a técnica eo saber científico podem estar aserviço do capital.
  25. 25. da cOnsciência mítica à cOnsciência filOsófica
  26. 26. A filosofia surgiu gradualmente apartir da superação dos mitos, rompendo em parte com a mentalidade mitológica.
  27. 27. Diferença entre Filosofia e Mito? O MITO FILOSOFIA O mito pretendia narrar como as A Filosofia, ao coisas eram ou contrário, se preocupa tinham sido no em explicar como e passado imemorial, por que, no passado,longínquo e fabuloso, no presente e no voltando-se para o futuro (isto é, na que era antes que totalidade do tempo), tudo existisse tal as coisas são como como existe no são; presente.
  28. 28. O mito narrava a origematravés de genealogias erivalidades ou alianças entreforças divinas sobrenaturais epersonalizadas, enquanto aFilosofia, ao contrário, explicaa produção natural das coisaspor elementos e causasnaturais e impessoais.
  29. 29. O mito não se importava comcontradições, com o fabuloso e oincompreensível, não só porque esses eramtraços próprios da narrativa mítica, comotambém porque a confiança e a crença nomito vinham da autoridade religiosa donarrador. A Filosofia, ao contrário, nãoadmite contradições, fabulação e coisasincompreensíveis, mas exige que aexplicação seja coerente, lógica e racional;além disso, a autoridade da explicação nãovem da pessoa do filósofo, mas da razão,que é a mesma em todos os seres humanos.
  30. 30. AtitudeFilosófica

×