Trabahando com crianças do berçário

916.961 visualizações

Publicada em

Mini-curso para Professores iniciantes -

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
916.961
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
875.010
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
33
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabahando com crianças do berçário

  1. 1. A igreja, através da ED, maior agência de Educação Religiosa, não pode deixar de fora de seu currículo as crianças de 0 a 2 anos. Alguns podem questionar: Por que ensinar os bebês? Por que não esperar que completem 3 anos, quando já podem falar para que utilizem a revista do maternal? Deixe- nos apontar algumas razões bíblicas:
  2. 2. • Deus escolhe alguns para o ministério já no ventre da mãe (Jr 1.5). • Ainda no ventre, a criança pode experimentar o poder de Deus (Lc 1.41).
  3. 3. Precisamos educá-las segundo os preceitos das Sagradas Escrituras. Mas como ensinar os bebês? Como educar nessa fase? Cabe aos educadores que trabalham no berçário levar a criança a criar uma imagem positiva de si e a fortalecer a auto-estima. Para isso, a criança precisa conhecer o próprio corpo, suas potencialidades e seus limites. Desenvolver a comunicação e a interação social.
  4. 4. No começo do ano, principalmente no mês de fevereiro, é uma choradeira no berçário. Os bebês choram por falta da mamãe, e por estarem em ambientes e pessoas diferentes. Estranham e choram mesmo
  5. 5. E o mais importante: aprender que existe um único Deus criador que nos ama e que enviou Jesus, seu único filho para nos salvar. Nesta fase, a criança aprende através dos cânticos, ao ouvir uma história, observando, tocando.Todos os momentos vividos pela criança são educativos Quando o bebê ouve uma história e tenta repetir palavras, também está desenvolvendo as linguagens oral e escrita, mesmo que ainda não
  6. 6. Sempre você deve inovar nas contações de histórias, observe o exemplo dessa caixa de faqueiros pintada e coberta por dentro com veludo. Fixar os bonecos com velcro. E a história contada foi a "Criação do Mundo". Olha só que legal!
  7. 7. Apresentação com os fantoches (casa de fantoche) entram em cena. Bom mesmo é ver os pequenos com um livro na mão, e com uma história pronta para ser contada. Bom mesmo é ver os olhinhos do bebê curioso, com um sorriso encantado, tentando descobrir a magia do lúdico ao contar uma história. Alías, bom mesmo é ouvir uma história seja com fantoches, livros.... não importa qual maneira, desde que ela seja contada.
  8. 8. No berçário fique atenta as ilustrações, pois elas ajudam a chamar atenção para os livros e a contar enredo. As figuras grandes, coloridas e bonitas aprimoram a percepção visual
  9. 9. SENTAR E FICAR NA ALTURA DOS OLHOS DA CÇA EDUCADORA CALMA, CHEIA DO ESPIRITO SANTO RECEPÇÃO DAS CRIANÇAS; MUSIQUINHA DE BOAS VINDAS MUSIQUINHA COM O NOME DELES ESTÁ ALI PARA SERVIR A AJESUS, HISTÓRIA: MOSRAR O PORQUINHO. EM SEGUIDA: O FILHO PRÓDIGO
  10. 10. JÁ IMAGINOU O QUE ACONTECERIA SE TRÁTASSEMOS A NOSSA BÍBLIA DO JEITO QUE TRATAMOS O NOSSO CELULAR?
  11. 11. E SE SEMPRE CARREGÁSSEMOS A NOSSA BÍBLIA NO BOLSO OU NA BOLSA? E SE DÉSEMOS UMAS OLHADAS NELA VÁRIAS VEZES AO DIA?
  12. 12. E SE VOLTÁSSEMOS PARA APANHÁ-LA QUANDO A ESQUECEMOS EM CASA, NO ESCRITÓRIO...? E SE A USÁSSEMOS PARA ENVIAR MENSAGENS AOS NOSSOS AMIGOS?
  13. 13. E SE A TRATÁSSEMOS COMO SE NÃO PUDÉSSEMOS VIVER SEM ELA? E SE A DÉSSEMOS DE PRESENTE ÀS CRIANÇAS?
  14. 14. E SE A USÁSSEMOS QUANDO VIAJAMOS? E SE LANÇÁSSEMOS MÃO DELA EM CASO DE EMERGÊNCIA?
  15. 15. MAIS UMA COISA: Ao contrário do celular, a BÍBLIA não fica sem sinal. Ela “pega” em qualquer lugar.
  16. 16. Não é preciso se preocupar com a falta de crédito porque JESUS já pagou a conta e os créditos não têm fim
  17. 17. E o melhor de tudo Não cai a ligação e a carga da bateria é para toda a vida.
  18. 18. “BUSCAI AO SENHOR ENQUANTO SE PODE ACHAR, INVOCAI-O ENQUANTO ESTÁ PERTO” (Is. 55:6)

×