Choques unidimensionais

1.854 visualizações

Publicada em

Física - Choque mecanicos

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.854
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
646
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Choques unidimensionais

  1. 1. Choques Unidimensionais a conservação da quantidade de movimento http://pir2.forumeiros.com
  2. 2. Choque, ou colisão é o encontro cinético entre dois corpos. Ao menos um dos corpos possui velocidade inicial e está em rota de colisão com o outro. Choques unidimensionais são colisões em que o vetor quantidade de movimento, antes e depois da colisão, só possui componente em uma direção, que será a mesma, antes e depois. São chamadas colisões ou choques frontais.
  3. 3. componente em uma direção componentes em duas direções
  4. 4. • Choque perfeitamente elástico: não ocorrem deformações e a energia se conserva (como entre duas bolas de bilhar) • Choque parcialmente elástico: ocorre alguma deformação e a energia não se conserva (como entre duas bolas de borracha) • Choque totalmente inelástico: os corpos se unem e a energia não se conserva (como entre duas bolas de neve)
  5. 5. (choque perfeitamente elástico) A quantidade de movimento não se conserva nesse caso sendo perfeitamente elástico e unidimensional, conservam-se direção e módulo. O sentido se inverte
  6. 6. a elasticidade de um choque é medida pelo coeficiente de restituição define-se coeficente de restituição, como a relação em módulo entre a velocidade de afastamente (após o choque) e a velocidade de aproximação (antes do choque) perfeitamente elástico parcialmente elástico OBS: não há coeficiente de restituição num choque perfeitamente inelástico
  7. 7. (choque perfeitamente elástico) equacionamento: (o sinal algébrico está contido nas velocidades) (de acordo com a relatividade de Galileu) (escolha arbitrária de eixo orientado)
  8. 8. A B ou Note que a solução do módulo contornada em verde é a própria situação inicial. A solução contornada em vermelho representa a situação após o choque. (os sinais das velocidades são dados pela orientação do eixo)
  9. 9. A B E concluímos algebricamente que ambos invertem o sentido após o choque (1) (2) aplicando (2) em (1) temos:
  10. 10. (choque perfeitamente elástico) A quantidade de movimento não se conserva nesse caso choque inelástico com e=0,8

×