A agricultura

1.197 visualizações

Publicada em

Trabalho realizado por: Joana Rodrigues, João Castelo, Maria Vieira e Tatiana Mogas

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.197
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A agricultura

  1. 1. A Agricultura Tradicional, Intensiva e Biológica
  2. 2. Agricultura • Agricultura é o conjunto de técnicas utilizadas para cultivar plantas com o objetivo de obter alimentos, fibras, energia, matéria-prima para roupas, construções, medicamentos, ferramentas, ou apenas para contemplação estética. Nomadização Sedentarização Renascimento Revolução industrial/agrícola 9000 a.C. Séc. XV Séc. XVIII-XIX Séc. XXI Recolha de alimentos Aparecimento da Agricultura Desenvolvimento agrário- Novas técnicas agrícolas; Difusão das espécies Agricultura mecanizada Agricultura Biológica
  3. 3. A extensão dos solos agrícolas no mundo
  4. 4. Economicamente distinguem-se dois tipos de agricultura: Agricultura tradicional, de subsistência Agricultura moderna, de mercado ou comercial
  5. 5. Agricultura Tradicional
  6. 6. AgriculturaTradicional • Tipo de atividade agrícola que utiliza técnicas rudimentares, destinando-se a sua produção ao consumo familiar. • Apresenta baixo rendimento e baixa produtividade. • É essencialmente praticada nos países em desenvolvimento. • Predomina a policultura (cultivo simultâneo de várias espécies no mesmo terreno, procurando ir ao encontro das necessidades da família). • A terra é trabalhada de uma forma descontínua e intensiva.
  7. 7. Vantagens Desvantagens • Possibilita a renovação natural do solo; • Utiliza racionalmente os recursos naturais; • Garante a subsistência das famílias, tanto a nível alimentar como económico. • Maior dificuldade em evoluir por estar ligada às técnicas rudimentares, tradições e heranças culturais; • Maior dependência dos fatores climáticos; • Esgotamento dos solos.
  8. 8. Agricultura Moderna
  9. 9. Agricultura Moderna • É um tipo de agricultura que se orienta para a venda de produtos nos mercados nacionais ou internacionais; • Tem como finalidade principal a rendibilidade financeira • É uma agricultura:  especializada;  mecanizada;  científica e tecnologicamente avançada;  praticada em explorações extensas;  gerida de acordo com as regras do mercado.
  10. 10. Vantagens Desvantagens Aumento da produtividade; Aumento do rendimento graças aos progressos técnicos e científicos; Possibilidade de lutar contra as contrariedades climáticas, atuar sobre o solo e combater os parasitas que constituem obstáculos à produção. P0luição dos solos e das águas subterrâneas; Menos emprego; Esgotamento dos solos; Criação de excedentes que reduzem os rendimentos agricolas.
  11. 11. Agricultura Biológica
  12. 12. Agricultura Biológica • Agricultura Biológica é um modo de produção que visa produzir alimentos e fibras têxteis de elevada qualidade, saudáveis, ao mesmo tempo que promove práticas sustentáveis e de impacto positivo no ecossistema agrícola; • Utiliza rotações de culturas, os adubos verdes, a compostagem; • Proíbe o uso de organismos geneticamente modificados e aproveita os recursos locais (ex. estrume animal).
  13. 13. 12000000 10000000 8000000 6000000 4000000 2000000 0 12000000 Hectares Biológicos 4200000 1900000 210000 Austrália Argentina EUA Portugal Hectares Biológicos
  14. 14. Vantagens Desvantagens Produz alimentos saudáveis ricos em nutrientes. Fertiliza o solo, reduzindo a desertificação. Usa racinalmente a água e preserva os aquíferos. Reduz o impacte sobre a biodeversidade. Respeita a vida selvagem e os ambientes naturais. Preserva a vida rural. Protege a saúde dos agricultores. Premite uma autêntica segurança alimentar. São mais caros que os produtos normais. Existem menos produtos de origem biológica a venda. É raro encontrar um restaurante que confeccione refeições com estes produtos.
  15. 15. A Agricultura em Portugal
  16. 16. Os principais produtos agrícolas de Portugal são:  os cereais (trigo, cevada, milho e arroz);  as batatas; as uvas (para produção de vinho);  as azeitonas; tomates; a cortiça;  as resinas; madeiras de pinho e eucalipto
  17. 17. Produção de tomate em Portugal
  18. 18. Produção de colza em Portugal • Tudo começou com um projeto da IBEROL que planeava implantar em portugal 20000 ha de colza. • Os campos experimentais foram estabelecidos na Beira Interior e no Alentejo. • Esta planta é uma oleaginosa herbácea e pode atingir 1 a 1,8 metros de altura. • O seu óleo pode ser utilizado na produção de biodisel. • O rendimento da extração é cerca de 45% sendo o restante farinha ou bagaço. • Esta cultura tem inúmeras vantagens: tem um baixo custo de instalação; uma condução simples e os agricultores beneficiam de uma ajuda comunitária de 45€/ ha.
  19. 19. Produção de citrinos em Portugal • A produção nacional de plantas de citrinos provém sobretudo da região centro do país, principalmente de Coimbra, onde mais de 80% das plantas são certificadas. • Já há viveiros com grande especialização a fazer na ordem das 100 mil plantas/ano com sistemas de intensificação em estufas. • A maior dificudade neste tipo de produção reside no fato de em Portugal faltar apoio a nivel de investigação na produção de porta-enxertos, principalmente através de micropropagação tendo de se recorrer à importação.
  20. 20. Fase inicial da extração de semente. Fase de secagem e posterior tratamento. Armazenamento ( 5ºC). Pré-germinação (humidade e temperatura controladas). Plântulas com 3 semanas após o início da pré-germinação.
  21. 21. Produção de Proteas • Começaram a ser produzidas em Portugal na década de 70, primeiro na ilha da Madeira e depois nos Açores; só a partir de 1997 começaram a ser produzidas na Zambujeira do Mar ( Alentejo). • O exotismo destas plantas tem-lhes garantido uma procura crescente e cotações capazes de compensar os elevados custos de transporte. • A maior parte da produção nacional é exportada para a Holanda e daí é distribuída pelos outros destinos.
  22. 22. Biofungicida Português lançado nos EUA

×