TRICOMONÍASE

Trichomonas vaginalis
A TRANSMISSÃO
 A transmissão acontece através do contato sexual.
 Tricomoníase no homem:
•

No sexo masculino a infecção pelo Trichomonas vaginalis costuma ser assintomática e

transitór...
PREVENÇÃO DA
TRICOMONÍASE
 Para se reduzir o risco de contaminação pelo Trichomonas:
• Use sempre camisinha durante as re...
TRATAMENTO DA
TRICOMONÍASE
 É proibido o consumo de álcool ou drogas em quem está sendo
tratado;
 É importante tratar a ...
E S C O L A E S T A D UA L A N T Ô N I O VA L A D A R E S
PROFESSORES: MARISA, ROBERTA, CÁTIA,
O D E T E E L É O.
A L U N ...
TRICOMONÍASE 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

TRICOMONÍASE 

1.182 visualizações

Publicada em

Trabalho apresentado pelos alunos na Escola Estadual Antônio Valadares, Terenos/MS.

Alunos: Pedro Camilo, Otavio, Mickael e Lucas Azevedo. Ano=> 1º Ano “A”

Professoras Responsáveis: Marisa Gonzaga, Cátia, Roberta e Sandra Paulino;

Palestrantes: Doutor: Luiz Otávio e Enfermeira: Denise; Parceria: Secretaria Municipal de Saúde de Terenos.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.182
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

TRICOMONÍASE 

  1. 1. TRICOMONÍASE Trichomonas vaginalis
  2. 2. A TRANSMISSÃO  A transmissão acontece através do contato sexual.
  3. 3.  Tricomoníase no homem: • No sexo masculino a infecção pelo Trichomonas vaginalis costuma ser assintomática e transitória, melhorando espontaneamente em muitos casos. Porém o homem costuma ser um transmissor assintomático do parasita que causa a doença. Sintomas: O quadro mais comum é a uretrite (inflamação da uretra) levando à dor para urinar e corrimento uretral purulento. Uma complicação pouco comum mas possível é a infecção da próstata pelo Trichomonas, levando à prostatite.  Tricomoníase na mulher: • No sexo feminino a infecção pelo Trichomonas vaginalis também pode ser assintomática, mas pelo menos 2/3 das mulheres infectadas apresentam sintomas. Sintomas: • Vaginite, inflamação da vagina que cursa com corrimento amarelo-esverdeado de odor desagradável associado à disúria (dor para urinar); • Dispareunia (dor durante o ato sexual) e prurido (coceira) vaginal.
  4. 4. PREVENÇÃO DA TRICOMONÍASE  Para se reduzir o risco de contaminação pelo Trichomonas: • Use sempre camisinha durante as relações sexuais Evite ter múltiplos parceiros(as); • Evite relações com pessoas sabiamente contaminadas e ainda não tratadas; • Se você tem corrimento, evite relações sexuais até ser vista pelo seu ginecologista.
  5. 5. TRATAMENTO DA TRICOMONÍASE  É proibido o consumo de álcool ou drogas em quem está sendo tratado;  É importante tratar a doença e evitar relações sexuais durante o tratamento;  A Tricomoníase não tratada é fator de risco para infertilidade e câncer do colo do útero. Nas grávidas a infecção está associada a parto prematuro;  Como a taxa de sucesso de cura é muito alta, se os sintomas desaparecerem não é preciso repetir exames para se confirmar a cura.
  6. 6. E S C O L A E S T A D UA L A N T Ô N I O VA L A D A R E S PROFESSORES: MARISA, ROBERTA, CÁTIA, O D E T E E L É O. A L U N O S : P E D R O C A M I L O, O T AV I O, M I C K A E L E L U C A S A Z E V E D O. A N O = > 1 º A N O “A”

×