Escola Estadual Antonio PintoPereiraProf. Rafael M. MatosTemas Transversais: Bullying
Bullying• É um termo que vem do inglês (bully –“valentão”) utilizado para descrever formas deviolência verbal, física ou p...
Dividimos o bullying em dois:• Direto – tem a forma mais comum entreagressores masculinos;• Indireto – mais comum entre mu...
• O bullying é um problema mundial, pode ocorrerpraticamente em qualquer contexto no qual aspessoas interajam, tais como e...
• Podemos incluir como bullying:Apelidos pejorativos criados para humilhar oscolegas.
Muitos que presenciam o bullying se silenciam emrazão de temer serem as próximas vítimas doagressor.Geralmente no espaço e...
Pessoas que sofrem bullying podem se tornaradultos com sentimentos negativos e baixaautoestima. Podem ter sérios problemas...
Bullying é um ato ilícito, por desrespeitar adignidade da pessoa humana. Assim váriaspessoas recorrem à justiça para que a...
No Brasil uma pesquisa realizada em 2010 comalunos de escolas públicas e particulares revelouque as humilhações típicas do...
A Associação Brasileira Multiprofissional deProteção à Infância e Adolescência (Abrapia)sugere as seguintes atitudes para ...
- Estimular lideranças positivas entre os alunos,prevenindo futuros casos;- Interferir diretamente nos grupos, o quantoant...
Escola APPÉ contra todo tipo de Bullying!
Bibliografia pesquisada:• Brasil Escola. Disponível em:<www.brasilescola.com>. Data: 15/05/2013.• Bullying Portal Professo...
Bullying
Bullying
Bullying
Bullying
Bullying
Bullying
Bullying
Bullying
Bullying
Bullying
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Bullying

1.949 visualizações

Publicada em

Escola Estadual Antonio Pinto Pereira - Temas Transversais: Bullying - Prof. Rafael Matos.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.949
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.745
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Bullying

  1. 1. Escola Estadual Antonio PintoPereiraProf. Rafael M. MatosTemas Transversais: Bullying
  2. 2. Bullying• É um termo que vem do inglês (bully –“valentão”) utilizado para descrever formas deviolência verbal, física ou psicológica. Podem serintencionais ou repetitivas praticado por umindivíduo ou um grupo com intuito de intimidaro outro incapaz de se defender.
  3. 3. Dividimos o bullying em dois:• Direto – tem a forma mais comum entreagressores masculinos;• Indireto – mais comum entre mulheres ecrianças, sendo a maior característica oisolamento social da vítima, através decomentários espalhados, não aceitação da vítimaem grupos, intimidação de pessoas que tentemse aproximar da vítima, etc.
  4. 4. • O bullying é um problema mundial, pode ocorrerpraticamente em qualquer contexto no qual aspessoas interajam, tais como escola,faculdade/universidade, família, mas podetambém ocorrer no local de trabalho e entrevizinhos.
  5. 5. • Podemos incluir como bullying:Apelidos pejorativos criados para humilhar oscolegas.
  6. 6. Muitos que presenciam o bullying se silenciam emrazão de temer serem as próximas vítimas doagressor.Geralmente no espaço escolar isso acontece ondese tem pouca supervisão de pessoas adultas.
  7. 7. Pessoas que sofrem bullying podem se tornaradultos com sentimentos negativos e baixaautoestima. Podem ter sérios problemas derelacionamento, podendo, inclusive, contraircomportamento agressivo. Em casos extremos, avítima poderá tentar até cometer um suicídio.
  8. 8. Bullying é um ato ilícito, por desrespeitar adignidade da pessoa humana. Assim váriaspessoas recorrem à justiça para que atos debullying sejam ressarcidos de alguma forma.O Código Civil brasileiro determina que todo atoilícito que cause dano a outra pessoa gera odever de indenizar.
  9. 9. No Brasil uma pesquisa realizada em 2010 comalunos de escolas públicas e particulares revelouque as humilhações típicas do bullying sãocomuns do 5º e 6º anos. As três cidadesbrasileiras com maior incidência dessa práticasão: Brasília, Belo Horizonte e Curitiba.
  10. 10. A Associação Brasileira Multiprofissional deProteção à Infância e Adolescência (Abrapia)sugere as seguintes atitudes para um ambientesaudável na escola:- Conversar com os alunos e escutar atentamentereclamações ou sugestões;- Estimular os estudantes a informar os casos;- Reconhecer e valorizar as atitudes da garotadano combate ao problema;- Criar com os estudantes regras de disciplinapara a classe em coerência com o regimentoescolar;
  11. 11. - Estimular lideranças positivas entre os alunos,prevenindo futuros casos;- Interferir diretamente nos grupos, o quantoantes, para quebrar a dinâmica do bullying.
  12. 12. Escola APPÉ contra todo tipo de Bullying!
  13. 13. Bibliografia pesquisada:• Brasil Escola. Disponível em:<www.brasilescola.com>. Data: 15/05/2013.• Bullying Portal Professor. Disponível em:<www.bullyingportalprofessor.wordpress.com>.Data: 15/05/2013.• Revista Escola. Disponível em:<www.revistaescola.abril.com.br>. Data:15/05/2013.

×