CASO DE ÊXITO
VIVO, BRAsIL

TECNOLOGIA
A BORDO
A Ericsson e a operadora Vivo oferecem tecnologia 3G ao
barco hospital, lev...
A parceria entre a Ericsson e a Vivo
levou a um excelente e inovador projeto
de inclusão social em áreas ainda sem
energia...
PERFIL DO CLIENTE
A Vivo é a marca de telefonia móvel do
Grupo Telefónica no Brasil.
Oferecendo serviços que incluem linha...
Junto com a Vivo, estamos trazendo a
tecnologia 3G para uma área que não
possuía nenhuma conectividade
anteriormente e, co...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Vivo, Brasil: Tecnologia a bordo

396 visualizações

Publicada em

Em 2009, a Vivo e a Ericsson embarcaram em um projeto que mudou a vida de milhares de pessoas na Amazônia brasileira. Como parte de um grande programa de inclusão digital que visa oferecer serviços de educação e saúde para mais de 30 mil pessoas em cerca de 175 comunidades às margens do rio Tapajós, a Vivo e a Ericsson estão trabalhando para levar os benefícios da Sociedade Conectada a essas comunidades ribeirinhas.

http://www.ericsson.com/br/article/2013-01-21-abare-css-po_732377866_c

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
396
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vivo, Brasil: Tecnologia a bordo

  1. 1. CASO DE ÊXITO VIVO, BRAsIL TECNOLOGIA A BORDO A Ericsson e a operadora Vivo oferecem tecnologia 3G ao barco hospital, levando serviços de saúde a milhares de pessoas na Amazônia.
  2. 2. A parceria entre a Ericsson e a Vivo levou a um excelente e inovador projeto de inclusão social em áreas ainda sem energia elétrica.” Mauricio Santos, Diretor da Regional Norte da Vivo Photos: Hans Berggren
  3. 3. PERFIL DO CLIENTE A Vivo é a marca de telefonia móvel do Grupo Telefónica no Brasil. Oferecendo serviços que incluem linha fixas, móveis e serviços de internet, a Vivo é líder no setor de telecomunicações móveis brasileiro, abrangendo mais de 3.400 cidades em todo o país. A Telefónica lançou a Vivo em 2003, após a privatização da empresa estatal Telebras em 1998. A gigante brasileira das telecomunicações foi gerenciada por um joint venture da Telefónica e Portugal Telecom, até que a Telefónica assumiu todo o negócio em 2010. Em 2012, a Telefónica unificou todos seus serviços de telefonia fixa e móvel sob a marca Vivo. Site: www.vivo.com.br com tecnologia de terceira geração (3G) para transmissão de voz e dados concedeu tais serviços a mais de 20 mil pessoas, em uma área que não possuía nenhum tipo de conectividade móvel até o momento. Porém algo inesperado aconteceu. O rio Tapajós agiu como um espelho refletindo o sinal da torre. A Vivo e a Ericsson, em um esforço colaborativo com a ONG Projeto Saúde e Alegria (PSA), viram nisto a oportunidade para estender o projeto de inclusão digital e aprimorar ainda mais as vidas das comunidades locais além da conectividade. Fluindo com conectividade 3G Em 2009, a Vivo e a Ericsson embarcaram em um projeto que mudou a vida de milhares de pessoas na Amazônia brasileira. Como parte de um grande programa de inclusão digital que visa oferecer serviços de educação e saúde para mais de 30 mil pessoas em cerca de 175 comunidades às margens do rio Tapajós, a Vivo e a Ericsson estão trabalhando para levar os benefícios da Sociedade Conectada a essas comunidades ribeirinhas. Os habitantes de mais de 70 comunidades ribeirinhas às margens do rio Tapajós possuíam somente acesso limitado, quando havia, a serviços médicos. Eles precisavam viajar até cinco horas para chegar aos hospitais ou centros de saúde das cidades mais próximas e eram obrigados a pagar para cobrir seus gastos com despesas de viagem, alimentação e estadia durante o tempo longe de casa. Foram realizadas diversas tentativas no passado de manter uma equipe de profissionais de saúde nas comunidades locais, porém os serviços de emergência eram inadequados, os serviços de diagnóstico precários e segundas opiniões eram quase impossíveis se obter. Em uma primeira etapa, a Vivo e a Ericsson uniram-se em parceria para instalar a primeira estação radio-base na cidade de Belterra. Como planejado, a antena de telefonia móvel Para mudar esta situação, o projeto Saúde e Alegria começou a usar um grande barco equipado com equipamentos e médicos para atender as comunidades locais, oferecendo uma ampla gama de serviços de saúde, incluindo atendimentos de emergência e serviços de diagnóstico. A Vivo aprimorou a conectividade no barco, aproveitando o reflexo do sinal pelo rio e permitindo aos médicos a bordo do Abaré, bem como às comunidades próximas de onde o barco estivesse atracado, acesso a banda larga móvel 3G. Os provedores de serviços de saúde a bordo agora podem compartilhar diagnósticos e conhecimentos com outros profissionais da área médica de todo o mundo, obter segundas opiniões quando necessário e enviar raios-x e outras imagens para outros médicos a fim de garantir diagnósticos corretos e tratamentos adequados. Além disso, programas de treinamento estão disponíveis no barco em parceria com universidades locais. O resultado de tudo isto foi assistência médica de qualidade para milhares de pessoas da Amazônia. “Recebemos residentes e estudantes de medicina a bordo, e com a conectividade, é possível desenvolver programas de aprendizagem com as universidades”, explicou o Dr. Fabio Tozzi, médico e coordenador a bordo do Abaré. “Estamos começando a ensinar aos novos estudantes e médicos que é possível oferecer uma boa medicina em regiões afastadas.”
  4. 4. Junto com a Vivo, estamos trazendo a tecnologia 3G para uma área que não possuía nenhuma conectividade anteriormente e, com a conexão do barco hospital, estamos melhorando a vida de milhares de pessoas.” Eduardo Ricotta, Vice-presidente, Ericsson América Latina. VISÃO GERAL CLIENTE: Vivo, Brasil OBJETIVO DO CLIENTE: > Habilitar soluções em conectividade 3G para comunidades ribeirinhas, garantindo o acesso a serviços de saúde e educação SOLUÇÃO > Infraestrutura de rede 3G E ainda há mais por vir O barco-hospital Abaré faz parte de um programa de inclusão digital maior que a Ericsson está inserida na Amazônia brasileira. O programa visa oferecer serviços de educação e saúde a mais de 30 mil pessoas em cerca de 175 comunidades às margens do rio Tapajós. O sucesso do barco hospital Abaré levou à implantação de um sistema de saúde da família fluvial, conduzido pelo governo brasileiro, para garantir o acesso das comunidades ribeirinhas locais a serviços de saúde de maneira oportuna. Uma consulta no hospital em terra custa ao governo o equivalente a aproximadamente $7 dólares, consideravelmente menos do que os $34 dólares do barco hospital, até considerarmos os custos sociais para pacientes que precisam viajar de áreas remotas para uma cidade a fim de obter cuidados médicos, obrigado a pagar pelas despesas de alimentação, viagem e estadia. Levando tais despesas em consideração, o custo de uma consulta médica chega aos $74 dólares. Reconhecendo os importantes benefícios sociais que o barco hospital representa para as comunidades locais, o governo iniciou um programa para abrir mais 100 barcos hospitais adicionais, com o financiamento para 32 deles já aprovado, garantindo que estarão em operação em um futuro próximo. de outros 100 barcos programados para zarpar, estão sendo concluídas as etapas para transformar o barco Abaré em um barco hospital e escola. A conectividade terá um papel ainda mais importante ao conectar os médicos e alunos de todo o mundo para participar nos estudos de caso amazonenses. “Este projeto mostrou o poder que um celular pode representar na vida das pessoas”, explicou Santos, Diretor da Regional Norte da Vivo. “A parceria entre a Ericsson e a Vivo levou a um excelente e inovador projeto e inclusão social em áreas ainda sem energia elétrica. Com a antena do barco hospital Abaré, colocamos em operação a primeira antena fluvial móvel da Amazônia, ajudando famílias das regiões mais remotas. Ficamos muito contentes com o resultado e com a expectativa de mudanças ainda maiores para as comunidades.” “A Ericsson está extremamente orgulhosa de estar envolvida neste projeto”, disse Eduardo Ricotta, Vice- Presidente, Ericsson América Latina. “Junto com a Vivo, estamos trazendo a tecnologia 3G para uma área que não possuía nenhuma conectividade anteriormente e, com a conexão do barco hospital, estamos melhorando a vida de milhares de pessoas.” Abaré, um barco hospital que oferece serviços de saúde, um hospital conectado e mesmo uma escola conectada, está ajudando criar a Sociedade Conectada da Amazônia. BENEFÍCIOS AO CLIENTE: > Impacto positivo de novos serviços de telecomunicações > Capacidade de oferecer diversos benefícios aos usuários finais além das telecomunicações > Ecossistema único para teste de novas soluções e medição do impacto socio-econômico Para obter mais informações sobre este artigo, entre em contato com Rogerio Loripe, Key Account Manager: rogerio.loripe.guimaraes@ ericsson.com Em outubro de 2012, a revista brasileira A Rede concedeu seu maior prêmio anual para o projeto Abaré em reconhecimento ao uso de novas tecnologias para serviços de inclusão social. Atualmente, com a política pública em vigor para apoiar o trabalho do Abaré e Ericsson AB SE-126 25 Stockholm, Sweden Telephone +46 10 719 00 00 www.ericsson.com ERC-13:000011 Upt © Ericsson AB 2013

×