Transporte 
conectado: 
A tecnologia 
melhorando a 
mobilidade 
urbana 
Por: Guilherme Lopasso, Especialista em estratégia...
E o problema da mobilidade urbana só tende a 
se agravar, pois as cidades não param de 
crescer. Diariamente cerca de 7.50...
incentivando os usuários dos trens a baixá-lo 
gratuitamente em seus smartphones. Dessa 
maneira, cada usuário ajuda volun...
Somos uma empresa líder mundial no fornecimento de tecnologias de comunicação, 
oferecendo serviços, software e infraestru...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Transporte conectado: A tecnologia melhorando a mobilidade urbana

998 visualizações

Publicada em

Os congestionamentos de trânsito nas grandes cidades são uma das principais causas da perda de tempo e do desperdício de combustível, além de piorar a poluição do ar e aumentar o estresse dos condutores. A União Europeia estima que 1% do PIB seja perdido em congestionamentos. “City Life”, um estudo do ConsumerLab, área da Ericsson que estuda o comportamento do usuário, em 13 metrópoles mundiais, concluiu que o trânsito é a principal causa de insatisfação dos cidadãos moradores dos grandes conglomerados urbanos...

Publicada em: Tecnologia
1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
998
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
315
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Transporte conectado: A tecnologia melhorando a mobilidade urbana

  1. 1. Transporte conectado: A tecnologia melhorando a mobilidade urbana Por: Guilherme Lopasso, Especialista em estratégia, Ericsson América Latina e Caribe
  2. 2. E o problema da mobilidade urbana só tende a se agravar, pois as cidades não param de crescer. Diariamente cerca de 7.500 novos habitantes se somam à população das grandes cidades do mundo. Em 2050, estima-se que 70% da população mundial se concentrarão em grandes centros urbanos. Para lidar com o deslocamento de grandes massas de população, a solução será priorizar o transporte público com a aplicação das tecnologias de informação e comunicação (TICs). Aqui no Brasil, o sistema de ônibus de Curitiba é um bom exemplo de como a tecnologia pode ser aliada na gestão da mobilidade urbana. A cidade foi a primeira do mundo a conectar o transporte público à banda larga móvel. Os 2,5 mil ônibus que circulam na capital paranaense são continuamente monitorados no que diz respeito a sua velocidade e seu tempo nas estações. Atualmente, estão sendo implementados painéis eletrônicos nos pontos de ônibus que informam o tempo previsto de chegada do veículo e osdados também estarão disponíveis para aplicativos como o Moovit e o Transit, do Google Maps, permitindo que o cidadão veja em seu smartphone a localização de seus ônibus. Em Paris, a operadora local dos trens metropolitanos recentemente lançou um aplicativo chamado Tranquilen e vem Os congestionamentos de trânsito nas grandes cidades são uma das principais causas da perda de tempo e do desperdício de combustível, além de piorar a poluição do ar e aumentar o estresse dos condutores. A União Europeia estima que 1% do PIB seja perdido em congestionamentos. “City Life”, um estudo do ConsumerLab, área da Ericsson que estuda o comportamento do usuário, em 13 metrópoles mundiais, concluiu que o trânsito é a principal causa de insatisfação dos cidadãos moradores dos grandes conglomerados urbanos. Em São Paulo, uma pessoa passa, em média, duas horas e quarenta minutos no trânsito, diariamente. Em São Paulo, por exemplo, uma pessoa passa, em média, duas horas e quarenta minutos no trânsito, diariamente. A Fundação Getúlio Vargas estima que os paulistanos desperdiçaram cerca de 21 bilhões de dólares com tempo improdutivo e queima de combustível nos congestionamentos durante 2012. Na cidade do México, a perda anual é estimada em 3 bilhões de dólares pelo Instituto Mexicano para Competitividade.
  3. 3. incentivando os usuários dos trens a baixá-lo gratuitamente em seus smartphones. Dessa maneira, cada usuário ajuda voluntariamente no monitoramento do fluxo de passageiros permitindo que o aplicativo obtenha a informação de sua localização. O aplicativo mostra diversas informações como quão cheios estão os trens em determinado horário e é possível, ainda, identificar em quais vagões há mais assentos livres. Os usuários podem, então, planejar o melhor momento de sair do trabalho, evitando, assim, os horários mais disputados. Em Santiago, a Subsecretaria de Transportes do Governo do Chile, a operadora móvel Enter e a Ericsson assinaram um acordo de colaboração em setembro de 2014 para o desenvolvimento de uma ferramenta de Cidades Inteligentes para otimizar o transporte público. A ferramenta vai coletar os dados gerados por milhões de assinantes da Entel com o objetivo de analizar a sua movimentação ao usar os sistemas de ônibus e metrô. O fluxo de tráfego de pessoas será mapeado de maneira a planejar melhorias no sistema de transporte público. Em suma, a aplicação da tecnologia móvel no transporte público tem se mostrado uma grande aliada na melhoria da qualidade vida das pessoas nas grandes cidades, como demonstrado nos exemplos citados. Sensível a essa tendência, a Ericsson lançou a Connected Transport Initiative, em novembro do 2013, e está trabalhando na criação de sistemas de transporte mais eficientes, seguros e confortáveis. O objetivo será determinar como sistemas de transporte inteligente podem ser implementados. A aplicação da tecnologia móvel no transporte público tem se mostrado uma grande aliada na melhoria da qualidade vida das pessoas nas grandes cidades.
  4. 4. Somos uma empresa líder mundial no fornecimento de tecnologias de comunicação, oferecendo serviços, software e infraestrutura para operadoras de rede móvel e fixa em todo o mundo, em um ambiente de constante evolução. Cerca de 40% do tráfego móvel global passa pelas redes da Ericsson, além de gerenciarmos redes que servem mais de 1 bilhão de assinantes no mundo todo a cada dia. Com mais do que 35.000 patentes concedidas, temos um dos mais fortes portfólios de patentes da indústria. Nossa visão é ser o condutor principal de uma comunicação para todos. Ao usar a inovação para capacitar as pessoas, as empresas e a sociedade, estamos viabilizando a Sociedade Conectada, em que tudo o que pode ser conectado é conectado. Ericsson Telecomunicacoes S.A. - São Paulo Rua Maria Prestes Maia, 300 Sao Paulo-SP CEP 02047-901 Brasil Telefone: +55 11 2224 2000 O conteúdo deste documento está sujeito a revisão, sem aviso prévio, devido à contínua evolução da metodologia, design e manufatura. A Ericsson não terá nenhuma responsabilidade por qualquer erro ou dano de qualquer espécie resultante da utilização deste documento. ERC-14:000260 Upb © Ericsson AB 2014 Ericsson SE-126 25 Stockholm, Sweden Telephone +46 10 719 0000 www.ericsson.com

×