Filosofia da natureza

945 visualizações

Publicada em

Seminário de Evoluções das Ideias de Física

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
945
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Filosofia da natureza

  1. 1. • Qual a verdadeira estrutura dos fenômenos?; • Preocupações científicas de Platão e Aristóteles;  Platão: Aplicação da metodologia matemática;  Aristóteles: pesquisas centradas na Biologia.
  2. 2.  Filosofia Natural de Aristóteles: Aristóteles estabeleceu a filosofia natural nos trabalhos: Física, Do Céu, Meteorologia e Metafísica. Física: No tratado Física ele lida com objetos naturais em geral. Na Idade Média a palavra physica, em latim, era rotineiramente usada como sinônimo para “ filosofia natural”. Filosofia da Natureza
  3. 3.  Filosofia Natural de Aristóteles:  Livro I: Natureza das coisas, os corpos elementares e seus compostos;  “não conhecemos uma coisa até que entendemos suas condições primárias, ou primeiros princípios”.  Livro II: Tenta explicar o que é a Natureza. Afirma que tudo que existe tem um objetivo. A natureza é uma causa, uma causa com um propósito. • Causas materiais(do que uma coisa é feita); • Causas formais(a forma da coisa); • Causas eficientes(o agente responsável pelo que tudo surge); • Causas finais(o propósito para o qual a coisa foi criada). Filosofia da Natureza
  4. 4.  Filosofia Natural de Aristóteles: 1) Livro III: A natureza pode ser definida como “um princípio de movimento e mudança” e que se não entendermos o significado de movimento não entenderemos o que é natureza. 2) Livro IV: Diz que o físico deve ter um conhecimento de “lugar”, pois o “movimento” no seu significado mais geral e primário é a mudança de lugar, isto é, a “locomoção”. Filosofia da Natureza
  5. 5.  Filosofia Natural de Aristóteles: Do Céu: Ele considera o cosmos dividido em duas regiões qualitativamente diferentes, governada por leis diferentes.  A Física celeste a física terrestre eram ambas parte da filosofia natural, mas eram regidas por leis diferentes. A região terrestre era constituída de quatro esferas concêntricas, cada uma associada a um dos elementos. Filosofia da Natureza
  6. 6.  Filosofia Natural de Aristóteles: Meteorologia: Aristóteles discute a região intermediária entre aquela do movimento dos corpos celestes e a do movimento dos corpos materiais. Filosofia da Natureza
  7. 7.  Filosofia Natural de Aristóteles: Metafísica: Aristóteles estabelece e estuda os primeiras princípios de todo conhecimento científico. A metafísica é a ciência das primeiras causas e princípios, é onde desenvolve sua teologia. Filosofia da Natureza
  8. 8.  Eudoxo: Primeira explicação matemática(geométrica) para o movimento dos corpos celestes;  Mil anos depois de sua morte a opinião de Aristóteles sobre qualquer assunto foi considerada como a palavra final. Filosofia da Natureza
  9. 9. A ciência grega depois de Aristóteles e a ciência Alexandrina  Teofrasto (371-286 a.C.): assumiu a liderança do Liceu onde ficou por trinta e seis anos. Discordava de alguns pontos da filosofia aristotélica;  Estraton (286-268 a.C), sucessor de Teofrasto, dedicou-se ao estudo da natureza, construindo equipamentos e fazendo observações experimentais especificamente destinadas a testar algumas hipóteses por ele levantadas; • Propôs uma revisão fundamental da teoria de movimento de Aristóteles, negando a distinção entre corpos leves e pesados; • Acreditava também que a velocidade dos corpos pesados aumentava quando eles caiam;
  10. 10. Aristarco de Samos (séc III a.C): foi um dos últimos filósofos pitagóricos, um dos principais astrônomos de sua época e o primeiro a afirmar que o Sol, e não a Terra, era o centro do sistema planetário;  Sugeriu um método engenhoso para calcular as distâncias relativas do Sol e da Lua A ciência grega depois de Aristóteles e a ciência Alexandrina
  11. 11. Aristarco de Samos Método de Aristarco na medição das distâncias do Sol e da Lua em relação à Terra.
  12. 12.  Eratóstenes (séc III a.C.): diretor da biblioteca de Alexandria; primeira medida do tamanho da Terra. A ciência grega depois de Aristóteles e a ciência Alexandrina
  13. 13.  Hiparco de Nicéia ( séc II a.C.): inventou o astrolábio, descobriu a precessão dos equinócios  Hipácia (415 d.C.): último cientista em Alexandria, matemática e astrônoma. A ciência grega depois de Aristóteles e a ciência Alexandrina
  14. 14. Ptolomeu  Procurou desenvolver a estrutura matemática para calcular com precisão os movimentos celestes sem estar preocupado com as causas desses movimentos;  Afirmou que a astronomia devia renunciar a todas as tentativas de explicar a realidade física;  Acredita que os corpos celestes se movem em órbitas esféricas e que a própria terra é esférica e se encontra no meio do Universo;

×