Cicatrização e reparo 2

5.527 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
6 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.527
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
242
Comentários
1
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cicatrização e reparo 2

  1. 1. Cicatrização e Reparo Prof. Axell Donelli L. Lima
  2. 2. Pele
  3. 3. Reparo • Células do tecido conjuntivo – – – – – Fibroblastos Miofibroblastos Pericitos Adipócitos Leiomiócitos
  4. 4. Reparo • Matriz conjuntiva (MEC) – Matriz intersticial (colágeno fibrilar e nãofibrilar, fibronectina e proteoglicanos) – MB (colágeno IV, laminina, glicoproteínas)
  5. 5. TIPOS DE COLÁGENO • • • • Tipo I: tendões, ossos, derme; Tipo II: cartilagem, pulmão; Tipo III: tecido areolar; Tipo IV: membranas basais;
  6. 6. Reparo • Reparo X Regeneração • Tecido de granulação • Reparo ocorre por: – Angiogênese – Fibrose – Remodelamento
  7. 7. Angiogênese • Degradação proteolítica da MB • Migração de células endoteliais • Proliferação de células endoteliais • Maturação de células endoteliais e remodelamento em tubos • Recrutamento de células periendoteliais • TGF- B
  8. 8. Angiogênese • Vasculogênese • Angiogênese • Tecido de Granulação
  9. 9. Vasculogênese e Angiogênese • A motilidade e a migração das células endoteliais são controlados por integrinas, proteínas matricelulares, trombospondina 1, proteases. • Endostatina.
  10. 10. Fibrose • Proliferação de fibroblastos induzida por fatores de crescimento, IL-1 e TNF-alfa produzidas por cels. Inflamatórias, plaquetas, macrófagos • TGF-beta – Migração e proliferação de fibroblastos – Aumento da síntese de colágeno e fibronectina – Diminuição da degradação da MEC por metaloproteinases – Quimiotático para monócitos.
  11. 11. Fibrose • Síntese crescente de colágeno (TGF-b, PDGF e TNF) • Degradação do colágeno.
  12. 12. Remodelagem Tecidual • Degradação do colágeno e de outras proteínas da MEC é realizada pelas metaloproteinases. São elas: – – – – Colagenases intersticiais Gelatinases Estromelisinas Metaloproteinases da matriz ligadas à membrana (MBMM)
  13. 13. Remodelagem Tecidual • Produzidas por macrófagos, fibroblastos, neutrófilos e algumas células epiteliais. • Induzidas por, fagocitose, e estresse físico. • Inibidas por TGF-b e esteróides.
  14. 14. Remodelagem Tecidual • São produzidas em forma inativa e são ativadas por proteinases como a plasmina. • Ativadas vão degradar a MEC. • São inibidas pelos inibidores teciduais específicos das metaloproteinases (TIMP)
  15. 15. Cicatrização de feridas • Por primeira intenção • Por segunda intenção
  16. 16. Tabela 2.3: Atividade biológica dos atores de crescimento implicados na reparação cutânea. FATOR de CRESCIMENTO PDGF Atividade Biológica • vasoconstrição • modulador da síntese de componentes de matriz extracelular • aumenta proliferação de fibroblastos, cels. da musc. lisa e cels. gliais • ativação de fosfolipases EGF in vitro • aumenta proliferação de queratinócitos e cels. endoteliais • aumenta a síntese de GAGs • favorece a união EGF - EGF-R • aumenta a produção de IGH in vitro • favorece a hiperplasia e hipertrofia IGF • modula a proliferação de queratinócitos • aumenta a síntese de fosfatidilcolina • diminui o catabolismo protéico • inibe a glicogênese em adipócitos TGF • regula a proliferação cél. e síntese de componentes de matriz extra celular • diminui o crescimento de queratinócitos e fibroblastos • favorece a formação de queratina • aumenta a proliferação de fibroblastos e osteoblastos • imunossupressor de linfócitos T FGF in vitro • atua como um fator de concorrência
  17. 17. Cicatrização de feridas • Fatores que influenciam a cicatrização • Aspectos patológicos do Reparo – Formação deficiente da cicatriz – Formação excessiva – Contratura
  18. 18. Tipos de Cicatrização • 1a Intenção; • 2a Intenção;
  19. 19. FATORES GERAIS • • • • • • • Estado nutricional; Proteínas; Ácido ascórbico (Vit. C); Sistema imune; Estresse; Idade; Doenças sistêmicas;
  20. 20. FATORES LOCAIS • Crosta; • Infecções; • Mobilização de tecidos desvitalizados;
  21. 21. Obrigado!!!

×