“Funcional brain networks before the
onset of psychosis: A prospective fMRI
study with graph theoretical analysis”
Métodos...
O Artigo
Comparação de 37
indivíduos ARMS
Desenvolveram
psicose (P)
Não desenvolveram
psicose (NP)
O Artigo
Dados
fMRI
Análise teórica
de Grafos
Comparação
das redes
cerebrais
funcionais
O Artigo
Córtex Cingulado
Anterior Dorsal
Função de suporte
executivo
Reduções na
centralidade
topológica
Introdução
Fase que precede a psicose:
 deficiências cognitivas;
 alterações de humor;
 sintomas psicóticos atenuados;
...
Introdução
 Necessidade de identificar biomarcadores;
 Indivíduos ARMS:
 decréscimo do volume de massa
cinzenta lobo te...
Introdução
Hipóteses
 Indivíduos ARMS (P) – redução centralidade
topológica do CCA ≠ ARMS (NP) + Grupo de
controlo.
Métodos
Participantes
 22 voluntários saudáveis;
 37 indivíduos ARMS;
 36 destes com lateralidade à direita e 1 à
esque...
Métodos
Seguimento Clínico
 24 meses (X = 24,67m);
 7 (19%) evoluíram para psicose (5 H; 2 M)
 Xidade = 24,2 +/- 4,9;
...
Métodos
Seguimento Clínico
 4 sujeitos receberam diagnóstico de
esquizofrenia;
 1 de perturbação esquizoafectiva;
 2 ca...
Métodos
Tarefas experimentais
Tarefa de fluência verbal
Obtidos dados de fMRI
 Dizer uma palavra em resposta a uma letra
...
Métodos
Aquisição e processamento de imagens
 Dados da fMRI – recolhidos no Instituto de
Psiquiatria do Hospital Maudsley...
Métodos
Aquisição e processamento de imagens
 108 volumes cerebrais foram recolhidos de cada
sujeito. Cada volume continh...
Métodos
Aquisição e processamento de imagens
 A suavização espacial (5 mm) e um filtro alto
(0,01 Hz) foram aplicados nas...
Aquisição e processamento de imagens
Métodos
Análise da conectividade funcional
 A conectividade funcional foi determinada
através da realização de correlaçõe...
Métodos
Análise de redes
1. Degree-centrality (DC): O grau de um nó é o
número de ligações de um nó;
2. Farnness-centralit...
Métodos
Análise de redes
3. Betweenness-centrality (BC): Expressa a
frequência com que um nó é visitado pela
informação qu...
Resultados
Dados demográficos e clínicos
 O grupo de controle, os grupos ARMS-NP e
ARMS-P não diferiram nas medidas de id...
Comparações de medidas globais de rede
Comparações entre grupos de
indicadores regionais no CCA
Discussão
 Indivíduos ARMS (P) mostram uma diminuição
mais acentuada da centralidade topológica no
CCA do que os indivídu...
Discussão
 Em indivíduos ARMS (NP), a importância
topológica do CCA é reduzida, porém ainda
permanece entre os nós da red...
Discussão
 Isto sugere que o estado mental de risco está
associado a um papel menor no
encaminhamento de informações em r...
Discussão
 Este estudo não nos permite determinar se
as diferenças funcionais observadas no CCA
de sujeitos ARMS-P reflec...
Discussão
 Mudanças longitudinais no volume de
massa cinzenta no CCA foram observadas
nos indivíduos ARMS com a progressã...
Discussão
 Estudos futuros deverão examinar a
possível associação entre reduções na
centralidade topológica do CCA em red...
Conclusão
 Este estudo fornece evidências de que as
alterações na organização funcional do
cérebro precedem o apareciment...
Trabalho realizado por...
Afonso Arribança
Emanuel da Conceição
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

" Redes cerebrais Funcional antes do início da psicose : Estudo prospectivo com fMRI análise teórica gráfico "

253 visualizações

Publicada em

Trabalho apresentado por Afonso Arribança e Emanuel António na Unidade Curricular de Metódos de Estudos em Neuropsicologia, no Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica Portuguesa, Lisboa

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
253
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

" Redes cerebrais Funcional antes do início da psicose : Estudo prospectivo com fMRI análise teórica gráfico "

  1. 1. “Funcional brain networks before the onset of psychosis: A prospective fMRI study with graph theoretical analysis” Métodos de Estudo em Neuropsicologia Mestrado em Neuropsicologia 14 de Dezembro de 2013 Prof.ª Maria Vânia Nunes
  2. 2. O Artigo Comparação de 37 indivíduos ARMS Desenvolveram psicose (P) Não desenvolveram psicose (NP)
  3. 3. O Artigo Dados fMRI Análise teórica de Grafos Comparação das redes cerebrais funcionais
  4. 4. O Artigo Córtex Cingulado Anterior Dorsal Função de suporte executivo Reduções na centralidade topológica
  5. 5. Introdução Fase que precede a psicose:  deficiências cognitivas;  alterações de humor;  sintomas psicóticos atenuados;  declínio de funções sociais e ocupacionais.
  6. 6. Introdução  Necessidade de identificar biomarcadores;  Indivíduos ARMS:  decréscimo do volume de massa cinzenta lobo temporal, ínsula, CC;  Alteração da activação nas regiões Frontal, Temporal e CC.
  7. 7. Introdução Hipóteses  Indivíduos ARMS (P) – redução centralidade topológica do CCA ≠ ARMS (NP) + Grupo de controlo.
  8. 8. Métodos Participantes  22 voluntários saudáveis;  37 indivíduos ARMS;  36 destes com lateralidade à direita e 1 à esquerda;  Nativos de língua inglesa;  Recrutados via OASIS;  Diagnóstico baseado no CAARMS.
  9. 9. Métodos Seguimento Clínico  24 meses (X = 24,67m);  7 (19%) evoluíram para psicose (5 H; 2 M)  Xidade = 24,2 +/- 4,9;  SPA (Síndrome psicótica atenuada);  8,5 meses entre o início da pesquisa e a transição para a psicose;  Nenhum dos indivíduos recebeu medicação anti-psicótica e 1 tomava anti-depressivo.
  10. 10. Métodos Seguimento Clínico  4 sujeitos receberam diagnóstico de esquizofrenia;  1 de perturbação esquizoafectiva;  2 casos não receberam diagnóstico formal, mas receberam medicação anti-psicótica.
  11. 11. Métodos Tarefas experimentais Tarefa de fluência verbal Obtidos dados de fMRI  Dizer uma palavra em resposta a uma letra apresentada visualmente;  Não usar nomes, palavras repetidas ou variações gramaticais de uma palavra já usada;
  12. 12. Métodos Aquisição e processamento de imagens  Dados da fMRI – recolhidos no Instituto de Psiquiatria do Hospital Maudsley (Londres), num sistema de 1,5 T GE Sigma;  A fluência verbal foi estudada através de uma sequência ecoplanar de imagens ponderada em T2 (TR = 4000 ms, TE = 40 ms);
  13. 13. Métodos Aquisição e processamento de imagens  108 volumes cerebrais foram recolhidos de cada sujeito. Cada volume continha 22 axiais, 5 milímetros de fatias com uma lacuna de 0,5 milímetros entre cada fatia;  A Universidade de biblioteca de software fMRIB de Oxford (FSL) foi utilizado para processamento de imagem.
  14. 14. Métodos Aquisição e processamento de imagens  A suavização espacial (5 mm) e um filtro alto (0,01 Hz) foram aplicados nas imagens cruas;  Modelos de ROI foram aplicados ao espaço padrão utilizado para o registo. Variáveis de incómodo (ventrículos, o ruído da substância branca, movimento) foram extraídas e adicionadas como co-variantes sem interesse.
  15. 15. Aquisição e processamento de imagens
  16. 16. Métodos Análise da conectividade funcional  A conectividade funcional foi determinada através da realização de correlações parciais entre fMRI de séries temporais para todos os pares de nós;
  17. 17. Métodos Análise de redes 1. Degree-centrality (DC): O grau de um nó é o número de ligações de um nó; 2. Farnness-centrality (FC): É definido como o comprimento médio de um caminho curto entre um nó e todos os outros nós que constituem a rede. Está relacionada com a velocidade com que a informação pode levar desde um nó aos outros nós na rede;
  18. 18. Métodos Análise de redes 3. Betweenness-centrality (BC): Expressa a frequência com que um nó é visitado pela informação quando esta é transferida ao longo das rotas mais curtas entre qualquer par de nós no sistema; está relacionada com a importância que um nó pode ter ao nível do sistema de transmissão de informações.
  19. 19. Resultados Dados demográficos e clínicos  O grupo de controle, os grupos ARMS-NP e ARMS-P não diferiram nas medidas de idade;  A proporção de homens e o sexo feminino também não diferiram entre os grupos experimentais;  ARMS-P e ARMS-NP não diferiram nas medidas de sintomas positivos, sintomas, ou sintomas psicopatológicos gerais.
  20. 20. Comparações de medidas globais de rede
  21. 21. Comparações entre grupos de indicadores regionais no CCA
  22. 22. Discussão  Indivíduos ARMS (P) mostram uma diminuição mais acentuada da centralidade topológica no CCA do que os indivíduos ARMS (NP) e os indivíduos do grupo de controlo  Em indivíduos saudáveis, o CCA desempenha um papel proponderante na organização da rede funcional do cérebro;
  23. 23. Discussão  Em indivíduos ARMS (NP), a importância topológica do CCA é reduzida, porém ainda permanece entre os nós da rede mais centrais;  Nos indivíduos ARMS (P), esta região não ocupa um papel central na organização da rede funcional;
  24. 24. Discussão  Isto sugere que o estado mental de risco está associado a um papel menor no encaminhamento de informações em redes cerebrais executivas através do CCA e que esta alteração de rede é particularmente evidente nos indivíduos ARMS que posteriormente desenvolvem psicose;
  25. 25. Discussão  Este estudo não nos permite determinar se as diferenças funcionais observadas no CCA de sujeitos ARMS-P reflectem diferenças estáveis ​​na organização das redes cerebrais (desenvolvimento neurológico), ou se são resultado de mudanças progressivas na função cerebral que antecederam o primeiro episódio psicótico;
  26. 26. Discussão  Mudanças longitudinais no volume de massa cinzenta no CCA foram observadas nos indivíduos ARMS com a progressão da doença posterior ao longo de um período de seguimento de 200 dias, o que sugere que um período crítico de mudanças neuroanatómicas pode preceder o início de psicose.
  27. 27. Discussão  Estudos futuros deverão examinar a possível associação entre reduções na centralidade topológica do CCA em redes funcionais executivas e as propriedades estruturais da região.
  28. 28. Conclusão  Este estudo fornece evidências de que as alterações na organização funcional do cérebro precedem o aparecimento da psicose, e sugere que a perda de centralidade topológica no CCA é um potencial biomarcador para a transição para psicose.
  29. 29. Trabalho realizado por... Afonso Arribança Emanuel da Conceição

×