Gestao seissigma

332 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
332
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gestao seissigma

  1. 1. Seis Sigma: uma estratégia S eis para melhorar resultados E s t ratégia Seis Sigma harmoniza os programas de qualidade e pode ser aplicada a empresas de todos os tamanhos e de qualquer ramo de atividade Estratégia Seis Sigma é uma extensão dos conceitos da Qualidade Total com foco na melhoria contínua dos processos, iniciando por aqueles que atingem diretamente o cliente. A estratégia Seis Sigma não é uma proposta inovadora. Ela aproveita todas as iniciativas de qualidade que estão em andamento ou que já foram implantadas na instituição, harmonizando-as e estabelecendo metas desafiadoras de redução de desperdício. O fascínio e a cobiça que a estratégia Seis Sigma gera são decorrentes dos resultados financeiros (tabela 1). No Brasil, seguindo essa tendência, registram- se iniciativas na Brahma, Belgo Mineira, Gerdau, Maxion, Votorantim Cimentos, América Latina Logística, Líder Táxi Aéreo, Tupy Fundições, Fiat Automóveis, Kodak e Mangels. Embora os resultados divulgados sejam de grandes empresas, a filosofia que sustenta o Seis Sigma é a da melhoria contínua e pode ser aplicada a empresas de todos os tamanhos, nos vários ramos de prestação de serviços ou de manufatura, Regis Blauth seja de capital público ou privado. Soluções personalizadas empresa, são escolhidas as ferramentas da qualidade a serem empregadas, são estabelecidas as metas e quantificados os recursos necessários para atingi-las. A estratégia Seis Sigma considera a natureza do Procede-se dessa forma porque, por exemplo, um hospital negócio, seu tamanho, suas características específicas e que atende clientes do SUS, de convênios e particulares os aspectos culturais e sociais das pessoas que dele tem uma projeção de resultados diferente da de umaGestão participam. Nessa caracterização, são identificadas as siderúrgica ou da de uma empresa de transporte aéreo. lacunas existentes entre as necessidades e desejos dos A aplicação da estratégia exige um minucioso diagnóstico clientes e as atuais capacidades produtivas. Para cada e elaboração de um projeto personalizado para a 36 r e v i s t a F A E B U S I N E S S , n . 5, abr. 2 0 03
  2. 2. Para cada empresa, são escolhidas as ferramentasimplementação das melhorias. Para uma da qualidade a serem Ressalte-se que uma empresa que utilizainstituição, a prioridade pode ser, por empregadas, são máquinas sofisticadas, desenvolveexemplo, a melhoria na logística, estabelecidas as metas processos inteiramente automatizados eotimizando os processos de transporte, e quantificados os fabrica produtos de altíssima precisão etempo de espera, dimensionamento de recursos necessários sem defeitos não necessariamenteestoques, procedimentos de controle e representa uma organização Seis Sigma, para atingi-lasinventário; para outra instituição, o se nessa empresa existirem outrosprimordial pode ser a melhoria dos processos de processos ineficientes e pessoas descomprometidas. Umatransformação; e em outra, a prioridade pode ser o instituição, porém, pode iniciar a estratégia Seis Sigmarelacionamento com os clientes e a rede de distribuição. melhorando alguns processos e convivendo com outros que optar por manter sem alterações devido a limitações de recursos. Ao adotar o Seis Sigma, uma instituição não precisa obrigatoriamente utilizar esse nome. Muitas instituições adotaram a estratégia Seis Sigma e a chamaram por nomes próprios. Porém, mais importante que o nome é o resultado alcançado. O ciclo DMAIC Muitos modelos de melhorias têm como referência o ciclo do PDCA (Plan-Do-Check-Act.), originalmenteR eduzir o desperdício concebido por Deming. A filosofia desse ciclo é sua aplicação contínua, ou seja, a última etapa de um ciclo determina o início de um novo ciclo. Na estratégia Seis Uma preocupação permanente na estratégia Seis Sigma Sigma o ciclo DMAIC tem as mesmas características. Esseé a redução da quantidade de desperdício, que tecnicamente ciclo é formado pelas seguintes etapas:é denominada de “defeitos”. Na estratégia Seis Sigma, • “D” DEFINIR. Nesta etapa é necessário definir comdefeito é qualquer desvio de uma característica que gere precisão:insatisfação ao cliente (externo ou interno). - as necessidades e desejos dos clientes; O fato de que um processo Seis Sigma equivale à - transformar as necessidades e desejos dos clientesredução de defeitos em produtos ou serviços para um nível em especificações do processo, considerando ade 3,4 defeitos por milhão causa um bloqueio inicial às disponibilidade de fornecimento de insumos, ainstituições, que julgam ser praticamente impossível. capacidade produtiva e o posicionamento do serviçoTodavia, mesmo grandes e famosas empresas que ou produto no mercado, tendo em conta as ofertasadotaram a estratégia Seis Sigma, como a GE e a Motorola, dos concorrentes.alcançaram esse nível em alguns de seus processos. A • “M” MEDIR. Nesta etapa é necessário medir com ...adoção da estratégia as direciona à busca permanente da precisão o desempenho de cada etapa do processo,melhoria nos demais processos. identificando os pontos críticos e passíveis de 37 r e v i s t a F A E B U S I N E S S , n.5, abr. 2 0 03
  3. 3. melhoria. Todas as vezes que ocorrem defeitos no fantasiosos. Os dirigentes dessas empresas querem saber processo ocorrem gastos adicionais de recursos para “o que deixaram de fazer” ou “o que fizeram de errado repor o nível de produção: insumos, tempo, mão-de- nos programas de qualidade anteriores”, a fim de evitar obra para executar a atividade. Esses custos novos investimentos com resultados decepcionantes. Essa precisam ser mensurados. condição é praticamente um pré-requisito para dar início • “A” ANALISAR. Analisar os resultados das medições a novas iniciativas. permite identificar as “lacunas”, ou seja, determinar o que falta nos processos para atender e encantar os clientes. A busca da causa-raiz dos problemas leva Os dirigentes querem saber “o ao desenvolvimento de hipóteses e à formulação de que deixaram de fazer” ou “o que experimentos, visando à eficácia dos processos. Para fizeram de errado” nos programas realizar as melhorias nos processos são elaborados de qualidade anteriores, para projetos ou planos de ação acompanhados de evitar novos investimentos com cronogramas, dimensionamento de recursos resultados decepcionantes necessários, custos e retorno do investimento. • “I” IMPLEMENTAR. O sucesso da implementação das melhorias está relacionado com a forma de venda do Keki Bhote, um dos mentores do programa Seis Sigma plano às pessoas, que deve contemplar a da Motorola, afirmou que uma empresa está em condições demonstração das vantagens que a mudança vai de obter sucesso com essa estratégia, quando todos os trazer e, sempre que possível, aproveitar suas seus processos alcançarem o que ele qualifica como contribuições na forma de operacionalizar a estratégia. “qualidade classe mundial”. Bhote agrupou os processos • “C” CONTROLAR. O estabelecimento de um sistema em dez áreas distintas: administração, organização, permanente de avaliação e controle é fundamental avaliação, ferramentas, clientes, projeto, fornecedores, para garantia da qualidade alcançada e identificação produção, serviço de apoio, pessoal. Mas não basta de desvios ou novos problemas, os quais devem exigir alcançar a classe mundial em uma área e descuidar de ações corretivas e padronizações de procedimentos. outra. Ele identificou quatro estágios de desenvolvimento para os programas de qualidade: • Estágio 1 - Inocência. A direção da instituição considera a qualidade como um mal necessário, “os ossos do ofício”. • Estágio 2 - Despertar. A direção admite que qualidade é importante, mas insiste que seu custo é elevado e que não observa claramente uma relação entre o investimento e o benefício. • Estágio 3 - Compromisso e Implantação. A direção reconhece que a qualidade agrega valor para os clientes e para a instituição, então compromete-se Estágios com uma profunda transformação e destina recursos para treinamento e implantação.Gestão As empresas acumulam experiências de programas • Estágio 4 - Classe mundial. A direção formaliza a de qualidade que tiveram resultados por algum tempo e qualidade como um dos valores mais importantes da que foram perdendo seu brilho inicial, caindo na vala instituição. Esse valor é reconhecido e vivenciado por comum dos métodos milagrosos com resultados todos desde a alta direção até o “chão” de fábrica. 38 r e v i s t a F A E B U S I N E S S , n . 5, abr. 2 0 03
  4. 4. Bhote relacionou, para cada área, indicadores querepresentam os estágios em que a empresa está. De maneira Na estratégiasimples, é possível fazer um diagnóstico da empresa e avaliar, Seis Sigma, defeitode modo geral, o estágio em que ela está e o que precisa é qualquer desviomelhorar para atingir a classe mundial. O livro de Keki Bhote, de uma característicaQualidade de Classe Mundial, trata detalhadamente que gere insatisfaçãodesse tema. ao clienteR ever e reforçar Nas áreas de administração e de pessoal as empresas apresentaram seus melhores desempenhos, nas áreas de Utilizando os princípios propostos por Bhote, a FAE ferramentas da qualidade, projetos e serviços de apoio tiveramConsulting (empresa de consultoria empresarial) elaborou o pior desempenho e nas áreas de organização, avaliação,uma pesquisa com clientes dos mais variados ramos de clientes, fornecedores e produção, um desempenho médio.atividades. Os primeiros resultados apresentaram algumas A pesquisa mostrou a necessidade premente de umatendências e observações interessantes: revisão e reforço nos programas de qualidade, visando atingir o mais depressa possível a qualidade classe mundial • 20% das empresas têm seus processos classificados nas dez áreas de avaliação. Ressalte-se que a Estratégia no estágio 1 “Inocência”. Essas empresas correm o Qualidade e Produtividade Seis Sigma é uma tendência sério risco de se tornar cada dia menos competitivas natural para as empresas que querem competir no no mercado. mercado globalizado.ν • 70% têm seus processos classificados nos estágios 2 ou 3, o que significa que estão engajadas em programas de qualidade. Sua permanência no mercado está relacionada com o grau de comprometimento com esses programas e busca do estágio 4 “Qualidade Classe Mundial”. Regis Blauth é engenheiro eletrônico, com MBA em Marketing • 10% apenas das empresas têm seus processos pelo ISPG, professor convidado da Pós-Graduação da FAE classificados no estágio 4 “Qualidade Classe Mundial” Business School e consultor da FAE Consulting para a Estratégia e estão em condições de alcançar resultados com a Qualidade e Produtividade Seis Sigma. estratégia Seis Sigma. E-mail: rblauth@brturbo.com ... 39 r e v i s t a F A E B U S I N E S S , n.5, abr. 2 0 03

×