Biologia Celular
Profa. Dra. Ivina Brito
As membranas celulares não são simples fronteiras inertes que compartimentam a
célula, mas sim estruturas que exercem ativ...
MICROVILOS ou MICROVILOSIDADES
• Presentes na maioria das células
• Células especializadas na absorção de substâncias
• Cé...
MICROVILOS ou MICROVILOSIDADES
Cada microvilosidade é uma expansão do citoplasma, coberto por membrana
MICROVILOS ou MICROVILOSIDADES
Cada microvilosidade é uma expansão do citoplasma, coberto por membrana
• No intestino:
• A...
MICROVILOS ou MICROVILOSIDADES
Cada microvilosidade é uma expansão do citoplasma, coberto por membrana
• Nos rins:
• Captu...
São expansões longas e filiformes da superfície de algumas células
epiteliais
• Não possuem a capacidade de movimento dos ...
São expansões longas e filiformes da superfície de algumas células
epiteliais
ESTEROCÍLIOS
Estruturas especializadas garantem a junção celular, a vedação do espaço
intercelular e a comunicação entre as células
• D...
DESMOSSOMAS
• Une fortemente as células
• Conferem resistência mecânica aos tecidos
• Importantes nas camadas celulares ex...
DESMOSSOMAS
• Placa circular de proteínas unidas por filamentos e
substâncias adesivas
• São locais onde o citoesqueleto s...
HEMIDESMOSSOMAS
• Estruturas semelhantes aos demossomas
• Presentes nas células que estão em contato
com a lâmina basal
• ...
HEMIDESMOSSOMAS
DESMOSSOMAS
• Pênfigo foliáceo
• Doença auto-imune da epiderme
• Causa o afastamento das células
• Penetração de líquido v...
JUNÇÕES ADERENTES
• Similar aos desmossomas
• Função de ancoragem entre as membranas e ancoragem do citoesqueleto
• Formam...
JUNÇÕES ADERENTES
ZÔNULA OCLUSIVA
• Também é chamada de junção oclusiva
• Bloqueia o espaço intercelular impedindo a passagem de substâncias...
ZÔNULA OCLUSIVA
ZÔNULA OCLUSIVA
• Doença celíaca
• Doença auto-imune
• As junções se soltam permitindo a
entrada de glúten
• Estimula sist...
JUNÇÕES COMUNICANTES
• Também é chamada de junção gap
• Estabelece comunicação entre as células
• É um canal que atravessa...
• Formação dos tecidos
• Multiplicação celular
• Fagocitose
• Síntese de anticorpos
• Regulação do metabolismo celular
A t...
• A troca de sinais ocorre através de:
• moléculas sinalizadoras ou ligantes
• moléculas receptoras ou receptores
A intera...
Insulina (ligante)
Receptor de insulina
Glicose
Glicogênio
Piruvato
Ácidos graxos
• Endócrina (secreção de hormônios)
• Parácrina ou autócrina
• Sinapses (neurotransmissores)
Existem três tipos de sinaliz...
Sinalização endócrina
Sinalização autócrina
Sinalização parácrina
• Sinapses
• locais de contato entre células nervosas
• secreção de neurotransmissores
• Outras características:
• Adaptação induzida: exige uma adaptação estrutural recíproca entre
ambas as moléculas
• Satura...
• Citosólicos
• hormônios esteróides
• Membranares
Tipos de receptores:
• Receptores citosólicos
• O hormônio esteroide entra no citosol e se liga
ao seu receptor
• O complexo ligante-receptor e...
• Receptores citosólicos
• Receptor inativo: ligado à chaperona
• Receptor ativo: libera a chaperona e muda de conformação
• Receptores membranares
• Quando ocorre a interação ligante-receptor
o domínio citosólico sofre alterações
Domínio extern...
SEGUNDOS MENSAGEIROS: responsáveis por propagar os sinais dentro das células
1. O que são microvilosidades e quais são as suas funções?
2. Quais são os tipos de especializações da membrana que garant...
Aula 4   membranas celulares especializações e sinalização
Aula 4   membranas celulares especializações e sinalização
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula 4 membranas celulares especializações e sinalização

492 visualizações

Publicada em

AV1

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
492
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 4 membranas celulares especializações e sinalização

  1. 1. Biologia Celular Profa. Dra. Ivina Brito
  2. 2. As membranas celulares não são simples fronteiras inertes que compartimentam a célula, mas sim estruturas que exercem atividades complexas • Constituem barreiras permeáveis seletivas que controlam a passagem de solutos • Fornecem o suporte físico • Formam vesículas transportadoras • Promove a adesão entre as células • Possui receptores que interagem com hormônios, neurotransmissores, etc • Participa dos processos de endocitose e de exocitose
  3. 3. MICROVILOS ou MICROVILOSIDADES • Presentes na maioria das células • Células especializadas na absorção de substâncias • Células do intestino delgado e dos rins Cada microvilosidade é uma expansão do citoplasma, coberto por membrana
  4. 4. MICROVILOS ou MICROVILOSIDADES Cada microvilosidade é uma expansão do citoplasma, coberto por membrana
  5. 5. MICROVILOS ou MICROVILOSIDADES Cada microvilosidade é uma expansão do citoplasma, coberto por membrana • No intestino: • Aumentar a área da membrana • Facilitar o transporte de nutrientes • Célula  vasos sanguíneos / linfáticos  todo o corpo
  6. 6. MICROVILOS ou MICROVILOSIDADES Cada microvilosidade é uma expansão do citoplasma, coberto por membrana • Nos rins: • Capturam moléculas aproveitáveis do filtrado do plasma  que dará origem à urina
  7. 7. São expansões longas e filiformes da superfície de algumas células epiteliais • Não possuem a capacidade de movimento dos cílios verdadeiros • São encontrados em células epiteliais do epidídimo e ductos do aparelho genital masculino • Aumentam a superfície de absorção ESTEROCÍLIOS
  8. 8. São expansões longas e filiformes da superfície de algumas células epiteliais ESTEROCÍLIOS
  9. 9. Estruturas especializadas garantem a junção celular, a vedação do espaço intercelular e a comunicação entre as células • Desmossomas e junções aderentes • Zônulas oclusivas • Junções comunicantes
  10. 10. DESMOSSOMAS • Une fortemente as células • Conferem resistência mecânica aos tecidos • Importantes nas camadas celulares expostas a constantes atritos, como é o caso da epiderme
  11. 11. DESMOSSOMAS • Placa circular de proteínas unidas por filamentos e substâncias adesivas • São locais onde o citoesqueleto se prende à membrana • Formam um elo de ligação entre o citoesqueleto de células vizinhas
  12. 12. HEMIDESMOSSOMAS • Estruturas semelhantes aos demossomas • Presentes nas células que estão em contato com a lâmina basal • Não possuem a metade correspondente à outra célula epitelial
  13. 13. HEMIDESMOSSOMAS
  14. 14. DESMOSSOMAS • Pênfigo foliáceo • Doença auto-imune da epiderme • Causa o afastamento das células • Penetração de líquido vindo do tecido conjuntivo.
  15. 15. JUNÇÕES ADERENTES • Similar aos desmossomas • Função de ancoragem entre as membranas e ancoragem do citoesqueleto • Formam um cinturão ao redor do corpo da célula
  16. 16. JUNÇÕES ADERENTES
  17. 17. ZÔNULA OCLUSIVA • Também é chamada de junção oclusiva • Bloqueia o espaço intercelular impedindo a passagem de substâncias através do epitélio • Formada por proteínas transmembranárias
  18. 18. ZÔNULA OCLUSIVA
  19. 19. ZÔNULA OCLUSIVA • Doença celíaca • Doença auto-imune • As junções se soltam permitindo a entrada de glúten • Estimula sistema imunológico
  20. 20. JUNÇÕES COMUNICANTES • Também é chamada de junção gap • Estabelece comunicação entre as células • É um canal que atravessa a membrana das células vizinhas • Permite a passagem de nucleotídeos, aminoácidos, íons • Podem estar abertas ou fechadas
  21. 21. • Formação dos tecidos • Multiplicação celular • Fagocitose • Síntese de anticorpos • Regulação do metabolismo celular A troca de sinais químicos entre as células é essencial para:
  22. 22. • A troca de sinais ocorre através de: • moléculas sinalizadoras ou ligantes • moléculas receptoras ou receptores A interação ligante-receptor desencadeia uma resposta celular específica
  23. 23. Insulina (ligante) Receptor de insulina Glicose Glicogênio Piruvato Ácidos graxos
  24. 24. • Endócrina (secreção de hormônios) • Parácrina ou autócrina • Sinapses (neurotransmissores) Existem três tipos de sinalização:
  25. 25. Sinalização endócrina Sinalização autócrina Sinalização parácrina
  26. 26. • Sinapses • locais de contato entre células nervosas • secreção de neurotransmissores
  27. 27. • Outras características: • Adaptação induzida: exige uma adaptação estrutural recíproca entre ambas as moléculas • Saturabilidade: o número de receptores existentes em cada célula é limitado • Reversibilidade: a ligação substância indutora-receptor é reversível Os ligantes unem-se aos receptores com uma grande especificidade
  28. 28. • Citosólicos • hormônios esteróides • Membranares Tipos de receptores:
  29. 29. • Receptores citosólicos • O hormônio esteroide entra no citosol e se liga ao seu receptor • O complexo ligante-receptor entra no núcleo e se combina com um gene, induzindo a síntese de uma proteína
  30. 30. • Receptores citosólicos • Receptor inativo: ligado à chaperona • Receptor ativo: libera a chaperona e muda de conformação
  31. 31. • Receptores membranares • Quando ocorre a interação ligante-receptor o domínio citosólico sofre alterações Domínio externo Domínio transmembrana Domínio citosólico 1) Adquire atividade enzimática ou ativa uma enzima independente do receptor 2) Ativa a proteína G, localizada na membrana plasmática, a qual ativa uma enzima
  32. 32. SEGUNDOS MENSAGEIROS: responsáveis por propagar os sinais dentro das células
  33. 33. 1. O que são microvilosidades e quais são as suas funções? 2. Quais são os tipos de especializações da membrana que garantem a adesão entre as células? Caracterize cada uma. 3. O que são zônulas oclusivas? 4. Caracterize as junções comunicantes. 5. Defina os três tipos de sinalização química entre as células. 6. Cite os tipos de receptores e como eles atuam.

×