EQUIPE EDGARDD SALVADOR - 3º B 
ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA MANOEL LÚCIO DA SILVA
O polietileno (ou polieteno) tem fórmula geral (CH2-CH2)n, é um 
polímero de alta produção mundial e economicamente viável...
A primeira ideia que nos vem à mente quando pensamos em 
silicone, é seu uso como próteses para estética (aumento de seios...
Polifenóis são substâncias caracterizadas por possuírem uma ou 
mais hidroxilas ligadas a um anel aromático. Então, são fe...
Os termofixos, como o próprio nome diz, possuem uma estrutura 
mais rígida, tudo se explica pela estrutura que os compõem:...
A formação dos copolímeros pode se dar de forma regular ou 
irregular. Abaixo podemos ver que os monômeros diferentes pode...
Inventada em 1839 pelo americano Charles Goodyear, a vulcanização 
permitiu a obtenção da borracha de alta resistência usa...
Poliéster é uma categoria de polímeros que contém o grupo 
funcional éster na sua cadeia principal. Apesar de existirem mu...
Poliuretano (denominado pela sigla PU) é um polímero que 
compreende uma cadeia de unidades orgânicas unidas porligações 
...
Os elastômeros são uma classe de polímeros que possuem como 
principal característica a elasticidade, podendo, em condiçõe...
Aramida é o nome de uma fibra sintética nuito resistente e 
leve, produzida pela Du Pont, com o nome comercial de 
¨Kevlar...
Os policarbonatos são um tipo particular de poliésteres, polímeros 
de cadeia longa, formados por grupos funcionais unidos...
Os impactos ambientais causados pelos plásticos estão em todos os 
lugares, indo da poluição visual até a morte de animais...
Termoplástico é um plástico (polímero artificial) que, a uma dada 
temperatura, apresenta alta viscosidade podendo ser con...
O consumo de água mineral 
cresceu 145% nos últimos dez anos. 
Mas os ambientalistas alertam: a 
fabricação das garrafas p...
Fibra têxtil é a matéria-prima fibrosa a partir da qual os tecidos 
têxteis são fabricados. As fibras são transformadas em...
EQUIPE: 
EDGARDD SALVADOR 
ALUNAS: 
FERNANDA Nº 10 
EDJANE Nº 08 
NATALIA Nº 26 
3º H 
POLIMÉROS 
PROFESSOR ORIENTADOR: 
P...
SLIDE - EQUIPE EDGARDD SALVADOR
SLIDE - EQUIPE EDGARDD SALVADOR
SLIDE - EQUIPE EDGARDD SALVADOR
SLIDE - EQUIPE EDGARDD SALVADOR
SLIDE - EQUIPE EDGARDD SALVADOR
SLIDE - EQUIPE EDGARDD SALVADOR
SLIDE - EQUIPE EDGARDD SALVADOR
SLIDE - EQUIPE EDGARDD SALVADOR
SLIDE - EQUIPE EDGARDD SALVADOR
SLIDE - EQUIPE EDGARDD SALVADOR
SLIDE - EQUIPE EDGARDD SALVADOR
SLIDE - EQUIPE EDGARDD SALVADOR
SLIDE - EQUIPE EDGARDD SALVADOR
SLIDE - EQUIPE EDGARDD SALVADOR
SLIDE - EQUIPE EDGARDD SALVADOR
SLIDE - EQUIPE EDGARDD SALVADOR
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

SLIDE - EQUIPE EDGARDD SALVADOR

247 visualizações

Publicada em

Slide apresentado a Disciplina de Química, que aborda o tema Polímeros, sob orientação do Professor Paulo Celso da Escola Estadual de Educação Básica Manoel Lúcio da Silva

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
247
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

SLIDE - EQUIPE EDGARDD SALVADOR

  1. 1. EQUIPE EDGARDD SALVADOR - 3º B ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA MANOEL LÚCIO DA SILVA
  2. 2. O polietileno (ou polieteno) tem fórmula geral (CH2-CH2)n, é um polímero de alta produção mundial e economicamente viável, daí o porquê de seu uso em larga escala. Este polímero pode ser produzido por diferentes reações de polimerização, como por exemplo a polimerização por radicais livres, polimerização aniônica, polimerização por coordenação de íons ou polimerização catiônica. Cada um destes mecanismos de reação produz um tipo diferente de polietileno. É um polímero de cadeia linear não ramificada, embora as ramificações sejam comuns nos produtos comerciais. As cadeias de polietileno se rompem sob a temperatura de arrefecimento Tg em regiões amorfas e semi-cristalinas.
  3. 3. A primeira ideia que nos vem à mente quando pensamos em silicone, é seu uso como próteses para estética (aumento de seios, glúteos, etc.). Mas a utilização deste polímero vai muito além da vaidade feminina. O silicone tem hoje uma enorme importância comercial, vejamos então a química deste composto. Os polímeros de silicone mantém-se associados pelas fortes ligações que os une, daí a resistência. Uma prova da rigidez deste material é seu uso para a fabricação de próteses para substituir cartilagens (orelhas, nariz) e articulações para os dedos. Em se tratando de produtos domésticos, o silicone tem seu uso em utensílios de cozinha (luvas, espátulas, talheres, suportes, etc). É muito útil também em impermeabilizações, lubrificações e polimentos. Fórmula molecular do silicone
  4. 4. Polifenóis são substâncias caracterizadas por possuírem uma ou mais hidroxilas ligadas a um anel aromático. Então, são fenóis, porém podem apresentar um ou mais grupos hidroxila e mais de um anel aromático. Um polifenol é consequente da reação entre um fenol comum e o formaldeído. Polímeros desse tipo são resistentes aos impactos e estáveis com relação ao aquecimento. São usados em materiais elétricos (tomadas e interruptores), cabos de panela, revestimento de freios e na forma de chapas decoradas para revestir móveis. Sua cadeia principal é bastante complexa, onde se encontram diversas outras cadeias unidas. Geralmente os polifenóis são sólidos, cristalinos, tóxicos, cáusticos e pouco solúveis em água. São visíveis na luz UV. Geralmente os polifenóis são substâncias naturais encontradas em plantas, tais como flavonóides, taninos, lignanas, derivados do ácido cafeico, dentre outras. Muitas destas substâncias são classificadas como antioxidantes naturais e possuem propriedades terapêuticas, estando presentes em alimentos e plantas medicinais.
  5. 5. Os termofixos, como o próprio nome diz, possuem uma estrutura mais rígida, tudo se explica pela estrutura que os compõem: ligações cruzadas unem os fios de polímeros. Durante o preparo deste tipo de plástico, o mesmo é aquecido para formar pontes fixas na estrutura polimérica. A baquelita é um exemplo de plástico termofixo, ela é usada para compor cabos de frigideira por ser dura, resistente e não condutora (o cabo não se aquece no fogo).
  6. 6. A formação dos copolímeros pode se dar de forma regular ou irregular. Abaixo podemos ver que os monômeros diferentes podem se arranjar de forma regular intercalada ou em blocos, de forma aleatória, dispondo-se ao acaso, e também pode acontecer de blocos de monômeros serem enxertados como cadeias laterais. Essas mudanças modificam as propriedades do polímero final.
  7. 7. Inventada em 1839 pelo americano Charles Goodyear, a vulcanização permitiu a obtenção da borracha de alta resistência usada nos pneus dos veículos automotores. Vulcanização é o processo químico destinado a melhorar as propriedades físicas da borracha natural ou sintética. A borracha acabada adquire, assim, maior força tênsil e resistência à dilatação e à abrasão, e torna-se elástica a uma variedade maior de temperaturas. A forma mais simples de provocar a vulcanização consiste em aquecer a borracha com enxofre. O inventor do processo, Goodyear, observou também a importância de certa substâncias, os aceleradores, que apressam a vulcanização ou a fazem ocorrer a temperaturas mais baixas. As reações entre a borracha e o enxofre não são plenamente conhecidas, mas sabe-se que o enxofre não se dissolve ou dispersa simplesmente na borracha, mas combina-se quimicamente, em geral na forma de pontes entre as moléculas com longa cadeia de átomos.
  8. 8. Poliéster é uma categoria de polímeros que contém o grupo funcional éster na sua cadeia principal. Apesar de existirem muitos poliésteres, o substantivo masculino "poliéster" como material específico refere-se ao polietileno tereftalato (PET). Os poliésteres incluem produtos químicos que ocorrem naturalmente, tais como a cutina presente na cutícula das plantas, e produtos químicos sintéticos obtidos por policondensação tais como o policarbonato epolibutirato. Os poliésteres naturais e alguns sintéticos são biodegradáveis, mas a maioria dos últimos não.
  9. 9. Poliuretano (denominado pela sigla PU) é um polímero que compreende uma cadeia de unidades orgânicas unidas porligações uretânicas. É amplamente usado em espumas rígidas e flexíveis, em elastômeros duráveis e em adesivos de alto desempenho, em selantes, em fibras, vedações, gaxetas,preservativos, carpetes, peças de plástico rígido e tintas. Poliuretanos tem este nome porque são formados por unidades de uretano, ou carbamato.
  10. 10. Os elastômeros são uma classe de polímeros que possuem como principal característica a elasticidade, podendo, em condições normais, deformar-se e rapidamente voltar ao seu estado inicial. Entre eles estão a borracha natural e a borracha sintética. Imitando a natureza, os químicos inventaram as borrachas sintéticas, que são formadas por reações de polimerização semelhantes à do poli-isopreno acima, mas que são formadas por outros polímeros diênicos, como o polibutadieno e o policloropreno, ou neopreno. Existem também borrachas sintéticas formadas por copolímeros, como o Buna-S (but-1,3-dieno com o vinilbenzeno em presença de sódio metálico), o Buna-N ou perbunan (but-1,3-dieno com acrilonitrila na presença de sódio metálico) e o ABS (acrilonitrila, estireno e but-1,3-dieno). Veja sobre esses elastômeros feitos em laboratório no artigo “Borrachas Sintéticas”.
  11. 11. Aramida é o nome de uma fibra sintética nuito resistente e leve, produzida pela Du Pont, com o nome comercial de ¨Kevlar¨. É usada na fabricação de cintos de segurança, cordas, coletes à prova de balas, raquetes de tênis, etc. A aramida é , proporcionalmente, sete vezes mais resistente do que o aço.
  12. 12. Os policarbonatos são um tipo particular de poliésteres, polímeros de cadeia longa, formados por grupos funcionais unidos por grupos carbonato (-O-(C=O)-O-). São moldáveis quando aquecidos, sendo por isso chamados termoplásticos. Como tal, estes plásticos são muito usados atualmente na moderna manufatura industrial e no design. O tipo de policarbonato mais utilizado é baseado no bisfenol A. Por vezes o termo policarbonato é utilizado como sinônimo deste polímero particular (policarbonato de bisfenol A).
  13. 13. Os impactos ambientais causados pelos plásticos estão em todos os lugares, indo da poluição visual até a morte de animais. Se pensarmos que despejamos bilhões de sacolas plásticas no mundo todos os anos, teremos uma noção do tamanho do problema. Por serem leves, os sacos, sacolas plásticas e outros materiais voam com o vento, indo parar em árvores, arbustos, fios de alta tensão, gramados, beiras de estrada, rios, lagos, oceanos – ou seja, acabam poluindo as cidades e a natureza. Muitas sacolas plásticas acabam em bueiros nas cidades, agravando o problema das enchentes, pois impedem a drenagem das águas das chuvas. Sacos plásticos abandonados também são depósito de água das chuvas e podem ajudar na proliferação do mosquito da dengue. Os sacos e sacolas que chegam até a natureza são confundidos com comida por animais, que as ingerem e morrem engasgados – tartarugas marinhas confundem as sacolas plásticas com águas-vivas. Outros animais menores morrem ao se enroscarem no plástico. Na índia, centenas de vacas morrem por ano ao ingerirem sacos plásticos com restos de alimentos.
  14. 14. Termoplástico é um plástico (polímero artificial) que, a uma dada temperatura, apresenta alta viscosidade podendo ser conformado e moldado. Antes de atingir o estado fundido passam por uma transição vitria. Exemplos de termoplásticos são o polipropileno, o polietileno, e o policloreto de vinil (vulgo PVC), entre outros. É um material polimérico sintético, que, quando sujeito à ação de calor, facilmente se deforma podendo ser remodelado e novamente solidificado mantendo a sua nova estrutura. Isto significa que, os plásticos quando dividos em termoplásticos e termofixos, os primeiros são altamente recicláveis ao contrário dos termofixos. Isto acontece porque as cadeias macromoleculares dos termoplásticos se encontram ligadas por Forças de van der Waals ou por Ligações de Hidrogênio que se quebram por ação do calor, fundindo-se o material. Ao ser novamente resfriado, voltam a ser restabelecidas as suas ligações intermoleculares, não havendo desta forma quebra das ligações covalentes dos monómeros que formam as macromoléculas.
  15. 15. O consumo de água mineral cresceu 145% nos últimos dez anos. Mas os ambientalistas alertam: a fabricação das garrafas plásticas é um processo industrial que provoca grande quantidade de gases que agravam o efeito estufa. Nos Estados Unidos, a fabricação e reciclagem das garrafas plásticas consumiram 17 milhões de barris de petróleo em 2006, o que produziu 2,5 milhões de toneladas de dióxido de carbono e outros gases. O dano é triplicado quando se consideram as emissões provocadas pelo transporte e refrigeração das garrafas. Além disso, ao serem descartadas, produzem lixo que nem sempre é reciclado.
  16. 16. Fibra têxtil é a matéria-prima fibrosa a partir da qual os tecidos têxteis são fabricados. As fibras são transformadas em fios pelo processo de fiação. Estes diferem entre si, e dependem do comprimento das fibras, que podem ser longas, como as fibras de seda, ou curtas, como por exemplo as fibras de algodão ou lã. Entre as naturais, a do algodão é certamente a mais importante, e representa, aproximadamente, 50% da produção mundial anual de fibras. As fibras animais são responsáveis por 6% da produção mundial, dentre as quais a lã é a mais importante. Há também as fibras de crina de diversos tipos de cabra, que fornecem o mohair e acashmere, e as finíssimas fibras produzidas pelo bicho-da-seda. Com exceção da seda, as fibras naturais são relativamente curtas (em média, entre dois e 50 centímetros de comprimento).
  17. 17. EQUIPE: EDGARDD SALVADOR ALUNAS: FERNANDA Nº 10 EDJANE Nº 08 NATALIA Nº 26 3º H POLIMÉROS PROFESSOR ORIENTADOR: PAULO CELSO

×