Motins, sedições e resistência escrava

10.403 visualizações

Publicada em

Motins, sedições e resistência escrava

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.403
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5.510
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
113
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Motins, sedições e resistência escrava

  1. 1. Motins, Sedições e Resistência escrava
  2. 2. Revoltas coloniais <ul><li>Política metropolitana; </li></ul><ul><li>As revoltas coloniais possuíam interesses específicos; </li></ul><ul><li>Representavam as relações entre a Metrópole e a Colônia; </li></ul><ul><li>Existem várias versões historiográficas; </li></ul>Motins, Sedições e Resistência escrava
  3. 3. Visão reducionista <ul><li>Defende a tese de que a colônia estava submetida totalmente; </li></ul><ul><li>Atendimento dos interesses metropolitanos; </li></ul>Motins, Sedições e Resistência escrava
  4. 4. Visão revisionista <ul><li>Defende a existência de uma dinâmica interna colonial; </li></ul><ul><li>Estabelecimento de relações de poder, trabalho e sociabilidade; </li></ul>Motins, Sedições e Resistência escrava
  5. 5. Nova interpretação <ul><li>Interação de interesses; </li></ul><ul><li>Economia de dom; </li></ul><ul><li>Troca de favores entre a Metrópole e a colônia (reis e súditos); </li></ul>Motins, Sedições e Resistência escrava
  6. 6. Questão teórico-conceitual <ul><li>Divisão das revoltas </li></ul><ul><li>Movimentos de contestação; </li></ul><ul><li>Movimentos de oposição; </li></ul>Motins, Sedições e Resistência escrava
  7. 7. Movimentos de Contestação <ul><li>Nativistas: 1ª metade do século XVIII; </li></ul><ul><li>Até a 1ª metade do século XVIII, os movimentos contestatórios exigiam mudanças, mas não o rompimento do estatuto colonial. </li></ul>Motins, Sedições e Resistência escrava
  8. 8. Movimentos de oposição <ul><li>Separatistas: 2ª metade do século XVIII; </li></ul><ul><li>Desde o final do século XVIII, os movimentos de libertação sofreram a influência do Iluminismo e defendiam o fim do pacto colonial; </li></ul><ul><li>Uma das razões de vários movimentos era o abuso tributário da Coroa portuguesa em relação aos colonos. </li></ul>Motins, Sedições e Resistência escrava
  9. 9. Motins, Sedições e Resistência escrava <ul><li>Observação: todas as revoltas tiveram muitas faces (contestação/oposição) e devem ser estudadas em suas especificidades); </li></ul>
  10. 10. Motins, Sedições e Resistência escrava
  11. 11. A Guerra dos Bárbaros <ul><li>Disputa envolvendo os colonos e os índios tapuias; </li></ul><ul><li>Travada entre o fim do século XVII e o início do século XVIII; </li></ul><ul><li>Contexto da expansão colonial (avanço da pecuária no Sertão nordestino); </li></ul>Motins, Sedições e Resistência escrava
  12. 12. Motins, Sedições e Resistência escrava
  13. 13. Revolta de Beckman (1684) <ul><li>Ocorrida em decorrência do problema da mão-de-obra no Maranhão; </li></ul><ul><li>Confronto dos colonos com os jesuítas (tentativa de escravização indígena); </li></ul><ul><li>Confronto com a Companhia de Comércio do Maranhão; </li></ul><ul><li>Liderança: Manoel e Thomas Beckman; </li></ul>Motins, Sedições e Resistência escrava
  14. 14. Motins, Sedições e Resistência escrava
  15. 15. Motins, Sedições e Resistência escrava
  16. 16. Motins, Sedições e Resistência escrava
  17. 17. Guerra dos Mascates (1710-1711) <ul><li>Ocorrida em Pernambuco; </li></ul><ul><li>Confronto envolvendo os senhores de engenho de Olinda e os comerciantes de Recife; </li></ul><ul><li>Causa: elevação de Recife à categoria de Vila; </li></ul><ul><li>Término: vitória dos mascates; </li></ul>Motins, Sedições e Resistência escrava
  18. 18. Motins, Sedições e Resistência escrava
  19. 19. Regiões mineradoras <ul><li>Palco de várias revoltas antifiscais; </li></ul>Motins, Sedições e Resistência escrava
  20. 20. Fatores de instabilidade nas Minas <ul><li>Ausência de laços familiares; </li></ul><ul><li>Constantes crises de abastecimento; </li></ul>Motins, Sedições e Resistência escrava
  21. 21. Motins, Sedições e Resistência escrava
  22. 22. Guerra dos Emboabas <ul><li>Confronto entre paulistas e forasteiros; </li></ul><ul><li>Disputas pelo controle das Minas; </li></ul><ul><li>Luta pelo monopólio da exploração aurífera; </li></ul><ul><li>tensões relacionadas com o comércio </li></ul><ul><li>e a especulação de artigos de consumo </li></ul><ul><li>como a carne de gado, controlada pelos </li></ul><ul><li>forasteiros. </li></ul>Motins, Sedições e Resistência escrava
  23. 23. A política tributária da Coroa nas áreas mineradoras <ul><li>Intensa cobrança de impostos; </li></ul><ul><li>Atendimento das necessidades financeiras da Metrópole; </li></ul><ul><li>Contexto histórico: decadência da produção de açúcar no Nordeste, crescimento da dependência econômica portuguesa em relação à Inglaterra; </li></ul><ul><li>Controle sobre a exploração do ouro no Brasil; </li></ul>Motins, Sedições e Resistência escrava
  24. 24. Motins, Sedições e Resistência escrava
  25. 25. Revolta de Vila Rica (1720) <ul><li>Contra o estabelecimento das Casas de Fundição; </li></ul><ul><li>Liderança de Filipe dos Santos; </li></ul>Motins, Sedições e Resistência escrava
  26. 26. Resistência escrava <ul><li>Lutas pela liberdade dos cativos; </li></ul><ul><li>Revoltas, fugas, assassinatos, feitiçaria, etc.; </li></ul><ul><li>Quilombos: principal estratégia; </li></ul>Motins, Sedições e Resistência escrava
  27. 27. Motins, Sedições e Resistência escrava
  28. 28. Os quilombos <ul><li>Reduto de negros fugitivos; </li></ul><ul><li>Apresentavam grande variedade étnica; </li></ul><ul><li>Proliferaram-se pelo território brasileiro; </li></ul><ul><li>Quilombo dos Palmares: mais famoso e duradoura comunidade quilombola do Brasil; </li></ul>Motins, Sedições e Resistência escrava
  29. 29. Motins, Sedições e Resistência escrava
  30. 31. Feitiçaria e tumultos <ul><li>Formas de resistência ao sistema escravista; </li></ul><ul><li>Atemorizavam os senhores de escravos; </li></ul>Motins, Sedições e Resistência escrava

×