Governo Sarney

11.681 visualizações

Publicada em

Governo Sarney

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
9 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.681
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.655
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
171
Comentários
0
Gostaram
9
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Governo Sarney

  1. 1. <ul><li>Que País é Este </li></ul><ul><li>Legião Urbana </li></ul><ul><li>Composição: Renato Russo, 1987 </li></ul><ul><li>Nas favelas, no senado Sujeira pra todo lado Ninguém respeita a constituição Mas todos acreditam no futuro da nação Que país é esse? Que país é esse? Que país é esse? No Amazonas, no Araguaia iá, iá, Na Baixada Fluminense Mato Grosso, nas Gerais e no Nordeste tudo em paz Na morte eu descanso, mas o Sangue anda solto Manchando os papéis, documentos fiéis </li></ul><ul><li>Ao descanso do patrão Que país é esse? Que país é esse? Que país é esse? Que país é esse? Terceiro mundo, se for Piada no exterior Mas o Brasil vai ficar rico Vamos faturar um milhão Quando vendermos todas as almas Dos nossos índios num leilão Que país é esse? Que país é esse? Que país é esse? </li></ul>
  2. 2. GOVERNO SARNEY 1985 – 1990
  3. 4. <ul><li>Sarney foi eleito vice-presidente da República na chapa de Tancredo Neves, por eleição indireta, superando a chapa do candidato Paulo Maluf. </li></ul>
  4. 5. <ul><li>Assumiu a presidência, por ser o vice-presidente, em 15 de março de 1985 diante do adoecimento de Tancredo Neves. Com o falecimento de Tancredo em 21 de abril, tornou-se o titular do cargo de presidente da República do Brasil. </li></ul>
  5. 6. FATOS MARCANTES <ul><li>O governo Sarney foi marcado pela gigante crise econômica, a inflação chegou a 70% ao mês . </li></ul><ul><li>Para tentar combatê-la vieram os planos econômicos: </li></ul><ul><li>Plano Cruzado </li></ul><ul><li>Plano Bresser </li></ul><ul><li>Plano Verão </li></ul><ul><li>Foi feita uma convocação para a elaboração de uma nova Constituição . </li></ul>
  6. 7. CRUZEIRO- MOEDA VIGENTE
  7. 9. A CRISE ECONÔMICA
  8. 10. PLANO CRUZADO Na área econômica, o governo Sarney adotou uma política considerada heterodoxa. Entre as medidas de maior destaque estão o Plano Cruzado, em 1986: congelamento geral de preços por doze meses, e a adoção do &quot;gatilho salarial&quot; (reajuste automático de salários sempre que a inflação atingia ou ultrapassava os 20%).
  9. 12. SURGE UMA NOVA MOEDA O Cruzado é proveniente do Plano Cruzado , implantado pelo governo Sarney. O Plano tinha como objetivo combater a inflação e aumentar o poder aquisitivo da população. A partir do dia 28 de Fevereiro de 1986, mil cruzeiros passaram a valer um cruzado.
  10. 13. CRUZADO
  11. 14. Para implantar o Cruzado o governo aproveitou as cédulas de 10 mil, 50 mil e 100 mil cruzeiros, carimbando-as para o novo padrão. O Carimbo era circular com as palavras &quot;Banco Central do Brasil&quot; e &quot;Cruzado&quot;, com o valor no centro. Cr$ 1.000 = Cz$ 1,00
  12. 15. FISCAIS DO SARNEY Com o Plano Cruzado as pessoas viram a possibilidade de uma estabilidade econômica, já que os produtos chegavam a aumentar várias vezes ao dia. A inflação desestabilizava a economia familiar, o que causava protestos constantes e sem o vislumbre de uma luz no fim do túnel e essa luz veio com o pronunciamento do Presidente pedindo socorro ao povo para ajudá-lo nesta batalha. Criou-se um clima de fiscalização de preços por parte da população. Os &quot;fiscais do Sarney&quot;, como foram chamados, davam queixa à polícia, informando os produtos que eram taxados com ágio.
  13. 17. <ul><li>MANIFESTAÇÃO EM BELO HORIZONTE – AV. AFONSO PENA. </li></ul>
  14. 18. O Plano Cruzado acabou por não dar certo, frustrando a população brasileira. No decorrer do ano, o Cruzado foi perdendo sua eficiência, com uma grave crise de abastecimento, a cobrança de ágio disseminada entre fornecedores e a volta da inflação. O governo manteve o congelamento até as eleições estaduais de 1986, tentando obter os maiores dividendos políticos possíveis do plano. Surge então o Plano Bresser e o Plano Verão , que também fracassaram. Mais uma vez a inflação dispara e a moeda muda, surge o Cruzado Novo
  15. 19. Cruzado Novo
  16. 20. <ul><li>O Cruzado Novo entrou em circulação no dia 15 de janeiro de 1989, na segunda reforma monetária do presidente José Sarney. A nova moeda substituía o Cruzado, sendo que um Cruzado Novo valia 1000 Cruzados. Foram aproveitadas as cédulas de mil, 5 mil e 10 mil Cruzados, que receberam um carimbo para o novo padrão monetário. O carimbo adotado era um triangulo com as palavras &quot;cruzado novo&quot; em duas linhas próximas à base do triângulo. </li></ul><ul><li>Cz$ 1.000,00 = NCz$ 1,00 </li></ul>
  17. 22. A NOVA CONSTITUIÇÃO Foi na gestão de Sarney que o Brasil assistiu à costura de uma nova Constituição (em 1988). A nova carta tinha como objetivo criar um Estado de Democrático de Direito, estabelecendo como princípios fundamentais o respeito aos direitos e às garantias individuais (direito à saúde, à educação, à liberdade de expressão, ao voto) e à soberania nacional e o estímulo à cidadania.
  18. 24. A Constituição, entre outras medidas, estendeu de quatro para cinco anos o mandato de Sarney; estabeleceu eleições diretas em todos os níveis, com voto de analfabetos e facultativo para 16 e 18 e acima de 70 anos; legalizou atividades sindicais e de organização partidária; criou o horário eleitoral gratuito, sob controle do TSE (Tribunal Superior Eleitoral); demarcou terras indígenas; e garantiu férias remuneradas com um terço do valor recebido, constitucional para trabalhadores com carteira assinada.
  19. 26. <ul><li>Por causa dos planos econômicos mal sucedidos e o alto índice de inflação, a gestão terminou com pouca credibilidade e aprovação popular. </li></ul>CANDIDATOS A ELEIÇÃO DE 1989

×