Aula de Física - As Leis de Newton

17.138 visualizações

Publicada em

As Leis de Newton

Paulo César Penteado
Carlos Magno A. Torres

Publicada em: Educação, Tecnologia
2 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
17.138
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
49
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
469
Comentários
2
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula de Física - As Leis de Newton

  1. 1. Física Ciência e Tecnologia As Leis de Newton Paulo César Penteado Carlos Magno A. Torres
  2. 2. <ul><li>Construir e investigar situações problema, identificar a situação física, utilizar modelos físicos, generalizar de uma a outra situação, prever, avaliar e analisar. </li></ul><ul><li>Compreender a física presente no mundo vivencial e nos equipamentos e procedimentos tecnológicos. </li></ul><ul><li>Descobrir o “como funciona” os equipamentos e aparelhos tecnológicos. </li></ul>Competência Habilidade
  3. 3. Um ponto material isolado está em repouso ou em movimento retilíneo uniforme, ou seja, a: Fr = 0 Segundo os autores, Todo corpo continua em seu estado de repouso ou movimento em linha reta com velocidade escalar constante a menos que seja obrigado a alterar esse estado pela força de uma ação resultante externa. 1ª Lei de Newton (Lei da inércia)
  4. 4. Ilustração da 1ª Lei O boneco simula um ser humano durante um teste de colisão.
  5. 5. <ul><li>Comprovação na Prática da 1ª Lei de Newton </li></ul><ul><li>Para visualizar a simulação, acesse </li></ul><ul><li>http://www.youtube.com/watch?v=6BFR26hcbko </li></ul>Professor: discuta em aula o comportamento dos corpos após um choque. Simulação em vídeo da 1ª Lei
  6. 6. Força é causa que produz num corpo variação de velocidade e, portanto, aceleração. A resultante das forças aplicadas a um ponto material é igual ao produto de sua massa pela aceleração adquirida: Fr = m. a Segundo os autores, A aceleração de um corpo submetido a uma força resultante externa é inversamente proporcional a sua massa. 2ª Lei de Newton (Princípio Fundamental da Dinâmica)
  7. 7. Ilustração da 2ª Lei Esquema de uma caixa em movimento com velocidade constante.
  8. 8. <ul><li>Comprovação na Prática da 2ª Lei de Newton </li></ul><ul><li>Para visualizar a simulação, acesse </li></ul><ul><li>http://www.youtube.com/watch?v=vyMnwx88-BE&NR=1 </li></ul>Simulação em vídeo da 2ª Lei Professor: através deste vídeo, podemos calcular a aceleração média adquirida pelo carro, após registrar o tempo que o carro leva para atingir, por exemplo, a velocidade de 100 Km/h. Podemos também calcular a força aplicada pelo pé do motorista, no acelerador, desprezando o atrito existente.
  9. 9. <ul><li>Segundo os autores, </li></ul><ul><li>Toda vez que um corpo A exerce uma força F num corpo B, este também exerce em A uma força F tal que essas forças: </li></ul><ul><li>Têm a mesma intensidade (módulo); </li></ul><ul><li>Têm a mesma direção; </li></ul><ul><li>Têm sentidos opostos; </li></ul><ul><li>Tem a mesma natureza, sendo ambas de campo ou ambas de contato. </li></ul><ul><li>Não se equilibram, pois estão aplicadas em corpos diferentes. </li></ul>3ª Lei de Newton (Ação e Reação)
  10. 10. Ilustração da 3ª Lei Representação da roda de tração, que é a roda acionada pelo motor.
  11. 11. <ul><li>Comprovação na Prática da 2ª Lei de Newton </li></ul><ul><li>Para visualizar a simulação, acesse </li></ul><ul><li>http://www.youtube.com/watch?v=ffHVSGkQWIc </li></ul>Simulação em vídeo da 3ª Lei Professor: discuta em aula a existência do par ação e reação, nesta simulação.

×