SUICIDIO 
SUICIDALIDADE 
FFOOTTOO –– 
MMIISSTTUURREEBBAASS..CCOOMM 
EEVVAANNDDRROO MMAACCIIEELL AARRAANNTTEESS 
MMÉÉDDIICC...
SUMARIO 
O – DEFINIÇAO 
*ATO INTENCIONAL DE MATAR A SI MESMO 
O – SUMARIO 
*PROBLEMA DE SAUDE PUBLICA 
*MEIOS – 
- INTOXIC...
ETIOLOGIA, INCIDENCIA 
*HOMENS – 
- MENOS TENTATIVAS 
- TENDEM A EFETIVAR MAIS O SUICIDIO : MAIOR 
MORTALIDADE 
- SOBRETUD...
ETIOLOGIA, INCIDENCIA 
*SUICÍDIO MATA 2.5x MAIS QUE HOMICÍDIOS NOS EUA' 
- POUCO SE FALA NO ASSUNTO 
- VERGONHA DE ADMITIR...
ETIOLOGIA, INCIDENCIA 
O – TENTATIVAS DE SUICIDIO 
*PROBLEMAS SITUACIONAIS – MAIOR CATEGORIA 
- AMBIVALENCIA : 
. NAO DESE...
ETIOLOGIA, INCIDENCIA 
O – TENTATIVAS 
MENOS PROVAVEIS DE SEREM VERDADEIRAMENTE SUICIDAS 
*INGESTAO DE PEQs QUANTIDADES DE...
FATORES DE RISCO 
- IMPULSIVIDADE, MUDANÇAS DE HUMOR 
*IDADE – ADOLESCENCIA E MAIORES DE 55 A 
*SEXO MASCULINO 
*SOLIDAO 
...
FATORES DE RISCO 
- IMPULSIVIDADE, MUDANÇAS DE HUMOR 
*PERDAS – INTERESSE PELA VIDA, CAPACIDADE DE SENTIR PRAZER 
*ESTRESS...
FATORES DE RISCO 
- IMPULSIVIDADE, MUDANÇAS DE HUMOR 
O – GRUPOS DE MAIOR RISCO 
 DEPRESSAO GRAVE OU DOENÇAS PSICOTICAS –...
FATORES DE RISCO 
- IMPULSIVIDADE, MUDANÇAS DE HUMOR 
O – MANIA – MUITO RARAMENTE 
O – RISCO AUMENTADO 
*EM INICIO DE TRAT...
QUADRO CLINICO 
O – QUADRO CLINICO 
*ANSIEDADE, PANICO, MEDO 
*DEPRESSAO – MUDANÇA DE HUMOR 
- MELHORA SIGNIFICATIVA PODE ...
DIAGNOSTICO 
O – SINAIS 
*NÃO HÁ TESTES PREDITIVOS/CRITÉRIOS CLÍNICOS QUE ANTEVEJAM 
*MAIORIA DAS PESSOAS COMUNICA SEUS PE...
TRATAMENTO – ABORDAGEM 
INICIAL 
‘’ TABU E' MORRER EM VÃO ‘’ 
*FALAR ABERTAMENTE SOBRE '' IDEAL SUICIDA '' – 
- FALAR SOBR...
TRATAMENTO – RECOMENDAÇOES 
*CONSCIENTIZAR A FAMILIA DE IMEDIATO 
*UMA VEZ IDENTIFICADO O RISCO – TTO PSIQUIATRICO 
ESPECI...
TRATAMENTO – MEDICAMENTOS 
O – MEDICAMENTOS – DADOS EM PEQUENAS QUANTIDADES 
*IGUALMENTE ASSOCIADOS 'AS TENTATIVAS 
O – SE...
FAÇA A SUA PARTE !! 
1100 DDEE SSEETTEEMMBBRROO 
DDIIAA MMUUNNDDIIAALL DDEE PPRREEVVEENNÇÇAAOO DDOO SSUUIICCÍÍDDIIOO 
VVAA...
PE. FABIO DE MELO
PPAAII 
NNOOSSSSOO 
ONDE 02 OU MAIS ENTIVEREM REUNIDOS EM MEU NOME ... 
EU ESTAREI NO MEIO DELES. 
JESUS CRISTO
SUICÍDIO - SUICIDALIDADE
SUICÍDIO - SUICIDALIDADE
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

SUICÍDIO - SUICIDALIDADE

442 visualizações

Publicada em

TABU E' MORRER EM VÃO !!

CLÍNICA MÉDICA – SOBERANA
FACEBOOK.COM/CLINICAMEDICAEASOBERANA

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
442
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

SUICÍDIO - SUICIDALIDADE

  1. 1. SUICIDIO SUICIDALIDADE FFOOTTOO –– MMIISSTTUURREEBBAASS..CCOOMM EEVVAANNDDRROO MMAACCIIEELL AARRAANNTTEESS MMÉÉDDIICCOO –– CCRRMM--MMGG' :: 3322225511 CCLLÍÍNNIICCAA MMÉÉDDIICCAA
  2. 2. SUMARIO O – DEFINIÇAO *ATO INTENCIONAL DE MATAR A SI MESMO O – SUMARIO *PROBLEMA DE SAUDE PUBLICA *MEIOS – - INTOXICAÇÃO EXÓGENA, TRAUMATISMOS, QUEIMADURAS - ARMA DE FOGO/BRANCA, ACIDENTES AUTOMOBILÍSTICOS
  3. 3. ETIOLOGIA, INCIDENCIA *HOMENS – - MENOS TENTATIVAS - TENDEM A EFETIVAR MAIS O SUICIDIO : MAIOR MORTALIDADE - SOBRETUDO EM MAIORES IDADES *MULHERES – - MAIS TENTATIVAS, C/ MENOS MORTALIDADE
  4. 4. ETIOLOGIA, INCIDENCIA *SUICÍDIO MATA 2.5x MAIS QUE HOMICÍDIOS NOS EUA' - POUCO SE FALA NO ASSUNTO - VERGONHA DE ADMITIR ‘ DISTURBIOS PSIQUIATRICOS ‘ - TEMOR DE SOFRER PRECONCEITOS *SUICIDIO ( OMS' 2014 ) – - MUNDO : 800 MIL CASOS/ANO - BRASIL : 12 MIL CASOS/ANO ( 08º PAIS DO MUNDO ) - PREVISAO : AUMENTAR
  5. 5. ETIOLOGIA, INCIDENCIA O – TENTATIVAS DE SUICIDIO *PROBLEMAS SITUACIONAIS – MAIOR CATEGORIA - AMBIVALENCIA : . NAO DESEJA MORRER, NEM CONTINUAR DO MESMO JEITO ---------- *PODE SER UMA ATITUDE IMPULSIVA OU AGRESSIVA – - NAO ASSOCIADA 'A DEPRESSAO *PODE SER UMA ESTRATEGIA – CONTROLAR/FERIR OS DEMAIS
  6. 6. ETIOLOGIA, INCIDENCIA O – TENTATIVAS MENOS PROVAVEIS DE SEREM VERDADEIRAMENTE SUICIDAS *INGESTAO DE PEQs QUANTIDADES DE FARMACOS/VENENOS *ARRANHOES SUPERFICIAIS DE PULSOS *REALIZADAS PROXIMAS A OUTRAS PESSOAS *AVISO PREVIO A OUTRAS PESSOAS *ARQUITETADO PARA SER DESCOBERTO
  7. 7. FATORES DE RISCO - IMPULSIVIDADE, MUDANÇAS DE HUMOR *IDADE – ADOLESCENCIA E MAIORES DE 55 A *SEXO MASCULINO *SOLIDAO *POBRE VINCULO AFETIVO-FAMILIAR *PERDA RECENTE DE PESSOA SIGNIGICATIVA *SITUAÇAO SOCIAL HUMILHANTE *DESEMPREGO *DOENÇAS FISICAS – GRAVES, INCAPACITANTES *DOENÇAS CRONICAS – - NEO, HIV', AIDS' ( 30x MAIS QUE A POPULAÇAO ), HEMODIALISE, DÇAS RESPIRATORIAS *TOXICOS – - ALCOOL ( FATOR PRECIPITANTE/SIGNIFICATIVO EM MUITAS TENTATIVAS ) - MAIOR PARTE DOS ETILISTAS QUE SE SUICIDOU TAMBÉM SOFRIA DE DEPRESSÃO - ILICITOS - SEDATIVOS A LONGO PRAZO
  8. 8. FATORES DE RISCO - IMPULSIVIDADE, MUDANÇAS DE HUMOR *PERDAS – INTERESSE PELA VIDA, CAPACIDADE DE SENTIR PRAZER *ESTRESSE/ANSIEDADE, DEPRESSAO/DESESPERANÇA *PSICOSE, TRANSTORNO DE PERSONALIDADE *PENSAMENTOS ILUSORIOS *INTERESSE EM METODOS VIOLENTOS *TENTATIVA PREVIA DE SUICIDIO *HF' DE SUICIDIO – J AM ACAD CHILD ADOLESC PSYCHIATRY - FILHOS DE PAIS SUICIDAS : RISCO DE DESORDENS PSIQUIATRICAS *EXPOSIÇAO RECENTE A SUICIDIO *DISPOSIÇAO DE MEIOS EFICAZES PARA REALIZAR O ATO
  9. 9. FATORES DE RISCO - IMPULSIVIDADE, MUDANÇAS DE HUMOR O – GRUPOS DE MAIOR RISCO  DEPRESSAO GRAVE OU DOENÇAS PSICOTICAS – - DEPRESSAO MAIOR : 01ª CAUSA - PSICOSES AFETIVAS : DEPRESSAO *TIPOS – ENDOGENA ( PANICO ), EXOGENA ( AIDS' ) *RISCO AUMENTADO EM 10 A 15% *COMPLICAÇAO MAIS IMPORTANTE DA DEPRESSAO O – ESQUIZOFRENIA – 02ª CAUSA *10x MAIOR QUE A POPULAÇAO *MEIO MAIS COMUM – PULAR DE PONTE
  10. 10. FATORES DE RISCO - IMPULSIVIDADE, MUDANÇAS DE HUMOR O – MANIA – MUITO RARAMENTE O – RISCO AUMENTADO *EM INICIO DE TRATAMENTOS PSIQUIATRICOS – - MELHORA DO ANIMO E DA ENERGIA - MAS PERSISTE SINTOMAS : . DE DESESPERANÇA E PENSAMENTOS SUICIDAS *EM SUSPENSAO PREMATURA/SUBITA DE TRATAMENTOS PQs – - RETORNAM APENAS PENSAMENTOS NEGATIVOS
  11. 11. QUADRO CLINICO O – QUADRO CLINICO *ANSIEDADE, PANICO, MEDO *DEPRESSAO – MUDANÇA DE HUMOR - MELHORA SIGNIFICATIVA PODE SE DEVER A DECISAO DE COMETER SUICIDIO *DOENÇA PSICOTICA – - TENDEM A NAO VERBALIZAR SUAS PREOCUPAÇOES - SAO IMPREVISIVEIS - FREQUEN/TE SAO BEM SUCEDIDOS NAS SUAS TENTATIVAS O – COMPLICAÇOES – RELACIONADAS 'AS TENTATIVAS *DANOS CEREBRAIS POR HIPOXIA, NEUROPATIAS PERIFERICAS *ESTENOSE ESOFAGICA, DIFUNÇOES TENDINEAS
  12. 12. DIAGNOSTICO O – SINAIS *NÃO HÁ TESTES PREDITIVOS/CRITÉRIOS CLÍNICOS QUE ANTEVEJAM *MAIORIA DAS PESSOAS COMUNICA SEUS PENSAMENTOS E INTENÇÕES – - PALAVRAS C/ TEMAS DE SENTIMENTO DE CULPA, BAIXA AUTOESTIMA - RUÍNA MORAL, DESESPERANÇA O – CACTERÍSTICAS COMUNS NA MENTE DOS SUICIDAS *AMBIVALÊNCIA – DESEJOS DE VIVER E DE MORRER SE ALTERNAM - HÁ URGÊNCIA EM SAIR DA DOR DE VIVER, MAS EXISTE DESEJO DE VIVER - APOIO EMOCIONAL NECESSÁRIO : DESEJO DE VIVER AUMENTARÁ *IMPULSIVIDADE – MINUTOS A HORAS - ACALMANDO TAL CRISE E GANHANDO TEMPO, O MÉDICO PODE AJUDAR *RIGIDEZ – INCAPAZES DE PERCEBER OUTRA MANEIRA DE SAIR DO PROBLEMA
  13. 13. TRATAMENTO – ABORDAGEM INICIAL ‘’ TABU E' MORRER EM VÃO ‘’ *FALAR ABERTAMENTE SOBRE '' IDEAL SUICIDA '' – - FALAR SOBRE, NAO AUMENTA O RISCO *QUESTIONAMENTO DIRETO AO PACIENTE – - SUA VIDA VALE A PENA, TEM PLANOS ( RECENTES ) P/ O FUTURO - JA' PENSOU EM SUICIDIO *REAÇOES PESSOAIS *MÉDICO DEVE FICAR TRANQUILO – - SUICÍDIOS AUMENTAM EM PROPORÇÃO ÀS REAÇÕES (-) DO ENTREVISTADOR *EVITAR ATITUDES MORALISTAS E CRÍTICAS *PERGUNTAS GRADUALMENTE E DE MANEIRA EMPÁTICA – - DIFICILMENTE O PACIENTE FICARÁ IRRITADO C/ O EXAMINADOR *MAIORIA – ESSA ABORDAGEM PROVOCA ALÍVIO E APROVAÇÃO DO PACIENTE - PELO FATO DE O MÉDICO TER RECONHECIDO A SERIEDADE DE SUAS QUEIXAS
  14. 14. TRATAMENTO – RECOMENDAÇOES *CONSCIENTIZAR A FAMILIA DE IMEDIATO *UMA VEZ IDENTIFICADO O RISCO – TTO PSIQUIATRICO ESPECIALIZADO *MANTER PACIENTE EM LOCAIS SEM ACESSO A MEIOS LETAIS – - MEDICAMENTOS, DROGAS, VENENOS, ARMAS *EVITAR DIRIGIR *INTERNAÇAO PSIQUIATRICA – - CASOS DE GRAVE RISCO : INTENSA IDEAÇAO SUICIDA
  15. 15. TRATAMENTO – MEDICAMENTOS O – MEDICAMENTOS – DADOS EM PEQUENAS QUANTIDADES *IGUALMENTE ASSOCIADOS 'AS TENTATIVAS O – SEDAÇAO – BENZODIAZEPINICOS O – ANTIDEPRESSIVOS *NAO INDICADOS NA EMERGENCIA *POSTERIOR – OPTAR P/ ISRS' – (+) SEGURO EM SUPERDOSES O – PSICOTROPICOS O – PSICOTERAPIA ( DE SUPORTE )
  16. 16. FAÇA A SUA PARTE !! 1100 DDEE SSEETTEEMMBBRROO DDIIAA MMUUNNDDIIAALL DDEE PPRREEVVEENNÇÇAAOO DDOO SSUUIICCÍÍDDIIOO VVAALLEEUU AA PPRREESSEENNÇÇAA !! FFOOTTOO –– TTHHEE EEYYEESS OOFF CCHHIILLDDRREENN AARROOUUNNDD TTHHEE WWOORRLLDD
  17. 17. PE. FABIO DE MELO
  18. 18. PPAAII NNOOSSSSOO ONDE 02 OU MAIS ENTIVEREM REUNIDOS EM MEU NOME ... EU ESTAREI NO MEIO DELES. JESUS CRISTO

×