CARACTERIZAÇÃO DA BACIA
HIDROGRÁFICA DO PARNAÍBA
A região hidrográfica do Parnaíba está situada entre as coordenadas
02º 21’ S e 11º 06’ S de latitude e 47º 21’ W e 39º 44...
Localização da Bacia Hidrográfica do Parnaíba
A grande extensão territorial da Bacia
do Parnaíba favorece que ela
atravesse áreas com características
físicas distintas,...
Desse modo vale descrever as configurações dos aspectos físicos,
como geologia, clima, vegetação e solos encontrados ao lo...
O Clima da região da Bacia de acordo com a classificação de Koppen são
de três tipos: o megatérmico chuvoso (quente e úmid...
Os principais biomas que as águas da Bacia do Parnaíba atravessam
são a Caatinga em sua porção leste, o Cerrado na porção ...
Principais atividades econômicas
desenvolvidas na bacia do
Parnaíba.
 No Alto Parnaíba
As principais atividades
econômicas da região estão
ligadas a agropecuária com maior
destaque para a ag...
 No médio Parnaíba
Teresina cuja é capital do estado,
detentora do maior PIB dentre os
municípios integrados da bacia do
...
 No Baixo Parnaíba
A cidade de Parnaíba segundo a
fundação CEPRO-PI é a segunda
maior do estado do Piauí, seu PIB
gira en...
SITUAÇÃO ATUAL DA BACIA DO PARNAÍBA
 Segundo o Ministério de Minas e Energia (2005) na bacia
hidrográfica em questão existe um empreendimento
hidrelétrico em...
 Existem, entre construídos e projetados, 32 barragens à
barragem de Boa Esperança inaugurada em 1970 é a maior e
mais im...
 São três os seus principais cursos: Alto, Médio e Baixo
Parnaíba. No Médio Parnaíba, na altura da cidade piauiense de
Gu...
Fonte: Chesf, 2013.
 A conexão dos elementos físicos contribui para a formação das Bacias
Hidrográficas, a partir dessas características os p...
 FIM
CARACTERIZAÇÃO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO PARNAÍBA
CARACTERIZAÇÃO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO PARNAÍBA
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

CARACTERIZAÇÃO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO PARNAÍBA

622 visualizações

Publicada em

CARACTERIZAÇÃO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO PARNAÍBA

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
622
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

CARACTERIZAÇÃO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO PARNAÍBA

  1. 1. CARACTERIZAÇÃO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO PARNAÍBA
  2. 2. A região hidrográfica do Parnaíba está situada entre as coordenadas 02º 21’ S e 11º 06’ S de latitude e 47º 21’ W e 39º 44’W de longitude, ocupando uma área de 331.441 Km², onde 249.497 km² pertencem ao Piauí (que possui 99% de sua área dentro da bacia), 65.492 Km² pertencem ao Maranhão e 13.690 Km² pertencem ao Ceará (CARDENO DA REGIÃO HIDROGRÁFICA DO PARNAÍBA).
  3. 3. Localização da Bacia Hidrográfica do Parnaíba
  4. 4. A grande extensão territorial da Bacia do Parnaíba favorece que ela atravesse áreas com características físicas distintas, mais precisamente três biomas diferentes, o Cerrado no alto Parnaíba, a Caatinga no Médio e o Costeiro no Baixo, fato que também reflete nas características hidrológicas de cada uma das referidas regiões.
  5. 5. Desse modo vale descrever as configurações dos aspectos físicos, como geologia, clima, vegetação e solos encontrados ao longo da Bacia Hidrográfica em estudo. A Geologia da área de acordo com Caderno da Região Hidrográfica do Parnaíba (2006, p. 40) A Região encontra-se instalada em duas grandes unidades estruturais: o escudo cristalino (cerca de 15% da área) e a Bacia sedimentar do Parnaíba (85%). Caracteriza-se, principalmente, por sedimentos de cobertura Cenozóico (areias e argilas), Rochas Sedimentares do Mesozóico e Paleozóico (arenitos e argilitos) e Rochas Pré-Cambrianas (gnaises, granitos e migmatitos).
  6. 6. O Clima da região da Bacia de acordo com a classificação de Koppen são de três tipos: o megatérmico chuvoso (quente e úmido); o semi-árido e uma variedade do clima AW`, o BSwh`(semi-árido).  Na região do baixo Parnaíba e litorânea há o predomínio do clima megatérmico chuvoso, que se caracteriza por chuvas entre fevereiro e maio com temperaturas mais baixas nos meses de março e abril.  A região onde há presença de caatinga hiperxerófita, o clima é o semi- árido, qu e apresenta temperaturas elevadas, superiores a 18ºC, pouca precipitação com distribuição irregular durante o ano.  No sudeste da região hidrográfica a atuação é do clima AW`, o BSwh` que é uma variação do semi-árido, caracterizando-se por possuir curta estação chuvosa no verão.
  7. 7. Os principais biomas que as águas da Bacia do Parnaíba atravessam são a Caatinga em sua porção leste, o Cerrado na porção sul e sudoeste e o Costeiro na área do litoral. Na região Hidrográfica do Parnaíba são encontrados ainda os seguintes compartimentos do relevo: depressões periféricas à Bacia Sedimentar do Maranhão-Piauí, chapadões do Alto-Médio Parnaíba, planalto oriental da Bacia Sedimentar do Maranhão-Piauí, baixos planaltos do Médio-Baixo Parnaíba, tabuleiros pré-litorâneos e planície costeira
  8. 8. Principais atividades econômicas desenvolvidas na bacia do Parnaíba.
  9. 9.  No Alto Parnaíba As principais atividades econômicas da região estão ligadas a agropecuária com maior destaque para a agricultura de sequeiro (soja, arroz, feijão, milho, caju, algodão, cana-de- açúcar). A agricultura irrigada ainda não é significativa, apesar do grande potencial para a fruticultura (manga, coco, maracujá e banana) Usina Hidroelétrica Boa Esperança- Guadalupe
  10. 10.  No médio Parnaíba Teresina cuja é capital do estado, detentora do maior PIB dentre os municípios integrados da bacia do Parnaíba cerca de mais 47% (CEPRO,2012).
  11. 11.  No Baixo Parnaíba A cidade de Parnaíba segundo a fundação CEPRO-PI é a segunda maior do estado do Piauí, seu PIB gira entorno de 4,4%, cerca de 1131,355 milhões (CEPRO,2012).
  12. 12. SITUAÇÃO ATUAL DA BACIA DO PARNAÍBA
  13. 13.  Segundo o Ministério de Minas e Energia (2005) na bacia hidrográfica em questão existe um empreendimento hidrelétrico em operação e outros diversos estágios de planejamentos, que configuram um significativo aposte de energia para a expansão da oferta do setor elétrico brasileiro nos próximos anos.  Considerando os períodos de escassez e diminuição do volume de água na bacia, esta é considerada, ao lado das Bacias do amazonas e do Paraná uma das três grandes bacias sedimentares brasileiras.
  14. 14.  Existem, entre construídos e projetados, 32 barragens à barragem de Boa Esperança inaugurada em 1970 é a maior e mais importante de todas as barragens do Parnaíba.  Na Bacia do Parnaíba já foram perfurados cerca de 8.000 poços.  São 19 os projetos de irrigação de iniciativa pública, projetados, em construção ou construídos.  A possibilidade de navegação deste rio facilitou o povoamento e as comunicações até pouco tempo atrás. Hoje, a navegação é feita, principalmente na época de cheias, por pequenas embarcações.
  15. 15.  São três os seus principais cursos: Alto, Médio e Baixo Parnaíba. No Médio Parnaíba, na altura da cidade piauiense de Guadalupe, encontra-se a barragem de Boa Esperança, que impulsiona a usina de mesmo nome, geradora de energia integrante do sistema CHESF.
  16. 16. Fonte: Chesf, 2013.
  17. 17.  A conexão dos elementos físicos contribui para a formação das Bacias Hidrográficas, a partir dessas características os potenciais são descobertos. O desenvolvimento das atividades econômicas da bacia hidrográfica do Parnaíba ocorre através da utilização dos recursos hídricos como o turismo. O uso inadequado desses recursos pode resultar no impacto negativo ao meio ambiente, influenciando na qualidade de vida da população.  Dessa forma a preservação da bacia é necessária, como forma de garantir o desenvolvimento das atividades, sem comprometer totalmente os recursos naturais. RESULTADOS
  18. 18.  FIM

×